Notice (8): Undefined variable: description_for_layout [APP/View/Layouts/default.ctp, line 16] - 43 questões grátis para resolução." /> Notice (8): Undefined variable: description_for_layout [APP/View/Layouts/default.ctp, line 34] - 43 questões gratuitas para resolução." />
43 resultados encontrados para . (0.015 segundos)

77638 VUNESP (2016) - MPE-SP - Engenheiro Industrial / Português

Mostrar/Esconder texto associado

Do ponto de vista do autor, as redes sociais

  • a)
    são um universo ao qual os usuários resistem porque são afeitos à discrição nos relacionamentos.
  • b)
    preservam identidades e opiniões, sendo, portanto, ponto de referência para a busca de informações qualificadas.
  • c)
    garantem julgamentos justos, pela comunidade, dos usuários que nelas expõem seus hábitos e ideologias.
  • d)
    disponibilizam abundantes informações, o que exige que seus usuários filtrem o que de fato interessa.
  • e)
    condensam a infinidade de dados nelas circulantes, caracterizando-se como um meio confiável de exposição pessoal.

77639 VUNESP (2016) - MPE-SP - Engenheiro Industrial / Português

Mostrar/Esconder texto associado

A substituição do trecho destacado por aquele colocado entre parênteses está de acordo com a norma-padrão de regência verbal em:

  • a)
    … e fazer o uso que quiser das informações que conseguir. (a que achar conveniente)
  • b)
    … superexposição [...] ao julgamento da comunidade de que escolhemos participar. (com a qual escolhemos conviver)
  • c)
    … terá a chance de meter o bedelho onde bem quiser… (intrometer-se aonde desejar)
  • d)
    McLuhan já alertava que a aldeia global… (prenunciava de que)
  • e)
    O fluxo de informação que percorre as artérias das redes sociais… (ao qual atravessa)

77640 VUNESP (2016) - MPE-SP - Engenheiro Industrial / Matemática

Considere a seguinte tabela de desconto mensal de imposto

de renda na fonte, de trabalhadores assalariados.



Um trabalhador que teve como desconto de imposto de

renda, em determinado mês de vigência da tabela, o valor

de R$ 185,20, teve uma base de cálculo que, para

atingir R$ 10.000,00, precisa ser adicionado a

  • a)
    R$ 5.600,00.
  • b)
    R$ 6.000,00.
  • c)
    R$ 6.400,00.
  • d)
    R$ 6.800,00.
  • e)
    R$ 7.200,00.

77641 VUNESP (2016) - MPE-SP - Engenheiro Industrial / Engenharia Industrial

No Brasil, o alto custo da energia elétrica, associado ao crescimento significativo do consumo dessa fonte de energia, abre caminho para a instalação de centrais de cogeração que atendam às necessidades elétricas e térmicas. Baseado nesse contexto, é correto afirmar que

  • a)
    o setor primário está entre os setores potencialmente viáveis à implantação de sistemas de cogeração, compreendendo segmentos, tais como mineração e pecuária, que apresentam requerimentos térmicos em menor escala, quando comparados ao setor industrial.
  • b)
    a cogeração com termoacumulação consiste em um sistema que acumula energia a alta temperatura durante os períodos de menor demanda, consequentemente consumindo recursos (energia) das concessionárias nas horas de menor tarifação, para que essa energia acumulada seja então utilizada em períodos de maior demanda, deslocando o pico de consumo de fontes externas de eletricidade para um período em que os custos são mais baixos.
  • c)
    no uso da biomassa para fins energéticos, o setor sucroalcooleiro tem sido pioneiro na utilização do bagaço de cana para a geração de energia elétrica por meio de cogeração, em que o poder calorífico da biomassa resultante da prensagem da cana, em princípio, propicia o uso de turbo-geradores acionados por uma linha elétrica, resultando na produção de energia elétrica durante o período da safra, exclusivamente para consumo próprio.
  • d)
    uma das principais dificuldades à implantação de sistemas de cogeração consiste em conciliar os perfis elétrico e térmico produzidos com as oscilações da demanda, fazendo-se necessária a interligação dos sistemas elétricos entre o autoprodutor e a empresa de distribuição de energia local, possibilitando, assim, a comercialização das faltas e dos excedentes elétricos, prática já consolidada em outros países.
  • e)
    na prática, a construção de termoelétricas deve sempre ser dedicada exclusivamente à produção de energia elétrica, a fim garantir a totalidade da eficiência energética.

77642 VUNESP (2016) - MPE-SP - Engenheiro Industrial / Engenharia Industrial

O correto gerenciamento dos resíduos sólidos é, atualmente, um dos principais desafios dos grandes centros urbanos. Sob este aspecto, o estudo de viabilidade deve levar em conta a avaliação conjunta das variáveis técnicas, sociais, ambientais e econômicas, tornando-se essencial para a escolha adequada dentre os possíveis cenários ou alternativas de fato eficazes, relacionados à coleta e ao tratamento de resíduos sólidos. Considerando estas características, assinale a alternativa correta.

  • a)
    Muitas soluções têm sido adotadas por segmentos (abastecimento de água, esgotamento sanitário, manejo dos resíduos sólidos e manejo das águas pluviais), aumentando a eficácia individual dos resultados de cada especialidade, que somados contribuem para a otimização global.
  • b)
    No gerenciamento dos resíduos urbanos, o manejo e a disposição do resíduo sólido final é o propósito único e exclusivo.
  • c)
    Um aterro sanitário pode ter receitas oriundas pela comercialização da energia elétrica gerada com utilização do biogás e, em contrapartida, despesas pelo tratamento dos lixiviados. Outras alternativas podem incluir receitas oriundas da comercialização de subprodutos, como vendas de materiais recicláveis, de compostos orgânicos e de vapor dos processos térmicos.
  • d)
    O modelo de gerenciamento dos resíduos sólidos a ser perseguido deve considerar a especialização segmentada de alternativas (como, por exemplo, transporte, tratamento biológico, tratamento térmico, etc.), a fim de garantir a melhor eficiência de cada uma dessas segmentações e que resulte no sistema com um custo mais viável, mais ambientalmente efetivo e socialmente aceitável pela população.
  • e)
    Em consonância com a Política Nacional de Resíduos Sólidos, a avaliação de uma potencial solução para o tratamento de resíduos sólidos urbanos (RSU) deve considerar os custos com base na obrigatoriedade dos municípios estabelecerem metas de reciclagem e de aumento de envio para aterro sanitário.

77643 VUNESP (2016) - MPE-SP - Engenheiro Industrial / Engenharia Industrial

Assinale a alternativa correta, considerando o contexto de telecomunicações no Brasil, em que uma reflexão sobre os desafios e as oportunidades de desenvolvimento da infraestrutura e da economia desse setor surge em contexto de profundas transformações estruturais que deslocaram a dinâmica de evolução setorial, partindo das redes de telefonia propriamente ditas para os serviços de telecomunicações.

  • a)
    Atualmente, a infraestrutura de telecomunicações ainda é vista apenas como aquela utilizada para a prestação de serviços de telefonia.
  • b)
    Em termos de tecnologia e operadores, a infraestrutura de telecomunicações passa a permitir também a exploração de novos serviços e suas aplicações multimídia, tanto por parte das empresas historicamente pertencentes ao setor (operadoras de telefonia) quanto por competidores tradicionalmente não vinculados às telecomunicações.
  • c)
    Em meio às atuais transformações, a privatização da prestação de serviços de telecomunicações no Brasil trouxe a modernização da sua infraestrutura e o aumento do acesso da população aos serviços, propiciando também um mercado pouco concentrado e distribuído entre muitas operadoras.
  • d)
    O analfabetismo não se caracteriza como um gargalo relacionado à capacidade da população em usufruir dos serviços de telecomunicações.
  • e)
    Atualmente não são verificados gargalos relacionados à capacidade (renda média) da população de arcar com os custos dos dispositivos, o que propicia às operadoras uma projeção de serviços de telecomunicações mais sustentável.

77644 VUNESP (2016) - MPE-SP - Engenheiro Industrial / Engenharia Industrial

Valéria, engenheira de uma tradicional indústria, optante por um PDV, está pensando em investir os recursos que receber em uma empresa prestadora de serviços. Ela tem uma proposta para montar essa empresa investindo R$ 200.000,00 à vista, hoje. Com essa empresa, ela espera receber resultados líquidos (lucros) durante os próximos três anos de: R$ 50.000,00 ao final do primeiro ano; R$ 60.000,00 ao final do segundo ano; e, finalmente, R$ 70.000,00 ao final do terceiro ano, quando Valéria pretende vender sua participação na empresa por R$ 200.000,00. Considerando que a taxa de custo de capital seja 10% ao ano, calcule o valor presente líquido (VPL) aproximado e avalie se Valéria deve ou não investir na empresa.

Considere VF = VP * (1 + i)n

  • a)
    O VPL é de aproximadamente R$ 100.000,00 (lucro), portanto Valéria deve investir.
  • b)
    O VPL é de aproximadamente R$ 180.000,00 (lucro), portanto Valéria deve investir.
  • c)
    O VPL é de aproximadamente R$ 500.000,00 (lucro), portanto Valéria deve investir.
  • d)
    O VPL é de aproximadamente – R$ 50.000,00 (prejuízo), portanto Valéria não deve investir.
  • e)
    O VPL é de aproximadamente – R$ 20.000,00 (prejuízo), portanto Valéria não deve investir.

77645 VUNESP (2016) - MPE-SP - Engenheiro Industrial / Engenharia Industrial

Durante a 3 Conferência das Partes (COP-3), realizada em 1997 no Japão com a presença de representantes de mais de 160 países, foi celebrado o Protocolo de Quioto, com o propósito de minimizar o acúmulo de gases de efeito estufa (GEE) na atmosfera. Com relação ao Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL), principal instrumento proposto por este protocolo relativo à redução ou à limitação das emissões futuras de dióxido de carbono e outros gases responsáveis pelo efeito estufa, assinale a alternativa correta.

  • a)
    O Protocolo de Quioto dispõe sobre o MDL como dispositivo de flexibilidade concebido para o favorecimento dos países desenvolvidos (os mais industrializados), prometendo incentivar o desenvolvimento sustentável e, ao mesmo tempo, auxiliar esses países a cumprirem parte de suas metas de redução de emissões de GEE.
  • b)
    O MDL oferece aos países desenvolvidos a possibilidade de se beneficiarem economicamente dos projetos de redução de emissões (posto que são os maiores países poluidores), os quais darão origem aos chamados “créditos de carbono”, que são basicamente toneladas de CO2 que deixam de ser emitidas ou são retiradas da atmosfera, e que podem ser negociados no mercado mundial.
  • c)
    Para validação dos projetos dentro das regras do MDL, a contribuição para o desenvolvimento sustentável de cada projeto deve ser avaliada pela Autoridade Nacional Designada (no caso do Brasil, é o Conselho Nacional do Meio Ambiente – CONAMA).
  • d)
    Segundo o Portal Brasil, graças ao MDL, o país ocupa a primeira posição mundial entre os países que participam do Mercado de Crédito de Carbono, com cerca de 5% do total mundial.
  • e)
    Um projeto homologado dentro das regras do MDL recebe uma Redução Certificada de Emissão (RCE) para cada tonelada de CO2 reduzida ou removida da atmosfera. O RCE é o documento considerado como “papel-moeda” para a comercialização de créditos de carbono, cuja compra pelos países signatários permite a estes poderem cumprir parte de suas metas de redução de emissões.

77646 VUNESP (2016) - MPE-SP - Engenheiro Industrial / Legislação Federal

Nos termos do que dispõe a Lei n 12.527/2011 – Lei de

Acesso à Informação, é correto afirmar que

e entidades públicas, por qualquer meio legítimo, devendo o pedido conter a identificação do requerente e os motivos determinantes da solicitação.

  • a)

    dados, processados ou não, que podem ser utilizados para produção e transmissão de conhecimento, contidos em qualquer meio, suporte ou formato, são considerados integridade.

  • b)

    os Municípios com população igual ou superior a 12000 (doze mil) habitantes ficam dispensados da divulgação obrigatória na internet, ou de divulgação em tempo real, de informações relativas à execução orçamentária e financeira.

  • c)

    a informação em poder dos órgãos e entidades públicas, observado o seu teor e em razão de sua imprescindibilidade à segurança da sociedade ou do Estado, poderá ser classificada, dentre outras, como reservada, pelo prazo de 5 (cinco) anos, a partir da data de sua produção.

  • d)

    os interessados terão amplo acesso às informações pessoais, independentemente de classificação de sigilo como ultrassecreta, pelo prazo máximo de 10 (dez) anos, a contar da sua data de produção.

  • e)

    qualquer interessado poderá apresentar pedido de acesso à informação de interesse público aos órgãos e entidades públicas, por qualquer meio legítimo, devendo o pedido conter a identificação do requerente e os motivos determinantes da solicitação.

79143 VUNESP (2016) - MPE-SP - Engenheiro Industrial / Português

Mostrar/Esconder texto associado

Assinale a alternativa em que os sinais de pontuação estão empregados segundo os mesmos princípios da norma- -padrão adotados na passagem – com certa diferença na duração do mandato: o dos senadores, mais longo; o dos deputados, mais curto.

  • a)
    A separação os fez perder muita coisa: ele, a guarda dos filhos; ela, a casa em que morava com as crianças.
  • b)
    Há algo importante a explicar: a perda de clientes, muitos deles inadimplentes; entretanto, ninguém fala nada.
  • c)
    Os meios de divulgação são os seguintes: internet, mensagem de celular e jornais; com eles, atingiremos o público.
  • d)
    Foi o que disse o funcionário: o carregamento não chegou, ainda; e os pedidos estão se acumulando, mais e mais.
  • e)
    Fui reticente, mas agora me explico: meu dinheiro acabou, nada me resta; e meu pai não pode me ajudar, coitado.