30 resultados encontrados para . (0.009 segundos)

77838 VUNESP (2016) - MPE-SP - Biólogo / Biologia

Espécies exóticas invasoras têm um significativo impacto

na vida e no modo de vida das pessoas. Sobre essas

espécies, é correto afirmar que

  • a)
    sua disseminação leva à heterogeneização dos ambientes, com a ampliação de características que a biodiversidade local proporciona, e à manutenção das propriedades ecológicas essenciais.
  • b)
    ao contrário de alguns problemas ambientais que se amenizam com o tempo, a contaminação biológica tende a se multiplicar e se espalhar, causando problemas de longo prazo que se agravam.
  • c)
    em ecossistemas ricos em nutrientes, a presença dessas espécies cria, muitas vezes, condições favoráveis para o estabelecimento de outras espécies invasoras, que agora podem se fixar.
  • d)
    as plantas invasoras, em seu processo de ocupação, diminuem sua área de ocorrência e convivem com a flora nativa de modo geral com relações tipo inquilinismo e cooperação.
  • e)
    espécies introduzidas no país no passado e que não aparentam ser problemáticas no presente podem ser cultivadas em larga escala, sem que causem altera-ções ambientais no futuro.

77839 VUNESP (2016) - MPE-SP - Biólogo / Biologia

Os fungos, organismos importantes em vários processos

industriais, caracterizam-se por serem

  • a)
    heterotróficos quimiolitotróficos, procariotos anucleados, com um cromossomo circular e vários plasmí- deos.
  • b)
    autotróficos fotorganotróficos, acariotos plurinucleados, com cromossomos pares, centríolos e plastídeos.
  • c)
    heterotróficos quimiorganotróficos, eucariotos uni ou plurinucleados, com cromossomos lineares ehistonas.
  • d)
    autotróficos quimiolitotróficos, procariotos com nucleoide contendo muitos nucleotídeos, ausência de ribossomos e ergastoplasma.
  • e)
    heterotróficos fotorganotróficos, eucariotos uninucleados, com um cromossomo circular e plastídeos e ausência de centríolo.

77840 VUNESP (2016) - MPE-SP - Biólogo / Biologia

Entre as diferentes tecnologias de tratamento de esgoto, as lagoas anaeróbias têm como vantagem e desvantagem, respectivamente:

  • a)
    os custos de implantação e operação reduzidos; e a contaminação do solo.
  • b)
    a eficiência de remoção de coliformes de 90 a 99%; e a produção de maus odores e insetos.
  • c)
    pequena superfície e grande profundidade; aplica- ção apenas a efluentes com baixo teor de matéria orgânica.
  • d)
    a eliminação de patógenos de 60 a 99%; e a remo- ção anual do lodo formado.
  • e)
    o alto custo de implantação; e a necessidade de equipamentos complexos para funcionamento.

77841 VUNESP (2016) - MPE-SP - Biólogo / Biologia

O enriquecimento ecológico da vegetação secundária

da Mata Atlântica, promovido por meio do plantio ou da

semeadura de espécies nativas, independe de autoriza-

ção do órgão ambiental competente, quando realizado

  • a)
    nas práticas silviculturais que gerem produtos ou subprodutos comercializáveis a fim de melhorar a renda dessa população.
  • b)
    em remanescentes de vegetação nativa secundária nos estágios inicial, médio e avançado de regenera- ção, sem necessidade de qualquer corte ou supressão de espécies nativas existentes.
  • c)
    com supressão de espécies nativas no estágio primário e exóticas que gere produtos necessários à fabricação de rações animais.
  • d)
    nos casos em que o enriquecimento ecológico exigir o corte ou a supressão de espécies nativas que gerem produtos ou subprodutos não comercializáveis.
  • e)
    em remanescentes florestais nos estágios inicial e médio de regeneração, em áreas de até vinte hectares por ano, que envolva o corte e o manejo seletivo de espécies nativas.

77842 VUNESP (2016) - MPE-SP - Biólogo / Biologia

A região Noroeste de São Paulo caracteriza-se pela

predominância de

  • a)
    Floresta Estacional Semidecidual Altamontanha e Floresta Ombrófila Mista.
  • b)
    Floresta Estacional Decidual e Mata Paludosa.
  • c)
    Floresta Ombrófila Densa e Cerradão.
  • d)
    Vegetação de Restinga e Floresta Ombrófila Densa Altamontanha.
  • e)
    Cerrado e Floresta Estacional Semidecidual.

77843 VUNESP (2016) - MPE-SP - Biólogo / Biologia

Um dado importante na restauração de florestas tropicais

é a classe de substrato usado para garantir a

germinação de sementes e um bom desenvolvimento

das mudas. Devem ser consideradas as seguintes

características: boa estrutura e consistência, porosidade

suficiente para boa drenagem e aeração das raízes,

capacidade de retenção de água, ausência de sementes

de ervas daninhas, viabilidade econômica e boa disponibilidade

e facilidade de preparo. Assinale a alternativa

que contém correta e respectivamente a classe, o exemplo

e as vantagens de substratos comumente usados.

  • a)
    Grupo A; Composto orgânico de bovinos, casca de eucalipto e pinus, bagaço de cana e lixo urbano; Produzido por processos naturais, boa consistência, média a alta porosidade e retenção de água, fácil obtenção e baixo custo.
  • b)
    Grupo B; Turfa; Alta densidade, partículas grandes, levando aeração e drenagem, equilíbrio entre macro e micro poros, difícil obtenção e baixo custo.
  • c)
    Grupo C; Casca de arroz carbonizada, cinza da caldeira de biomassa e bagaço de cana carbonizado; Formado a partir de processos naturais com alta atividade biológica, elevada capacidade de retenção de água e média e alta concentração de N, P e K.
  • d)
    Grupo D; Vermiculita; Baixa densidade global e alta porosidade (>80%), fácil obtenção, alto custo e isentode inóculos de doenças.
  • e)
    Grupo E; Terra de subsolo; Se mais argilosa, eleva a aeração e a drenagem, fácil obtenção e de baixo custo.

77844 VUNESP (2016) - MPE-SP - Biólogo / Biologia

Nos oceanos, é correto afirmar que

  • a)
    na zona batial, a temperatura fica em torno de 15 ºC, devido a correntes marinhas quentes que se originam no Equador e se deslocam por grandes profundidades.
  • b)
    a zona nerítica atinge cerca de 200 m de profundidade e aproximadamente 50 km de extensão a partir do litoral, sendo rica em produtividade e biomassa e intensivamente explorada comercialmente.
  • c)
    a ressurgência que corresponde à subida de águas profundas para a superfície é um fenômeno queocorre em várias regiões costeiras entre 30 e 45º de latitude e que depende da rotação do planeta e da alta incidência de chuvas na costa.
  • d)
    a Corrente de Humboldt tem origem na América Central e se desloca para leste em direção ao norte da Europa, possibilitando um clima ameno na costa atlântica europeia, especialmente na Irlanda, Grã- -Bretanha e sul da Escandinávia.
  • e)
    na zona intertidal, há a presença maciça de organismos nectônicos de grande porte em função da presençade algas pluricelulares em abundância, possibilitando a pesca de muitas espécies marinhas para consumo humano.

80956 VUNESP (2016) - MPE-SP - Biólogo / Biologia

A dispersão passiva de vegetais envolve o transporte

de seus frutos e suas sementes. Assinale a alternativa

que apresenta essa forma de transporte e sua defini-

ção correta.

  • a)
    Endozoocoria é quando a dispersão se faz através da ingestão do fruto e posterior liberação da semente, passando pelo trato digestivo animal.
  • b)
    Quiropterocoria é a dispersão realizada por morcegos insetívoros de hábitos diurnos, com excelente visão para cores e olfato aguçado.
  • c)
    Saurocoria é a dispersão por formigas vegetarianas que preferem sementes com elaiossoma, uma partemacia que, usualmente, contém substância oleosa.
  • d)
    Ombro-hidrocoria ocorre quando plantas aquáticas e litorâneas possuem frutos e sementes somente um pouco mais leves que a água e são transportadossubmersos.
  • e)
    Ornitocoria é quando os frutos e as sementes são carregados acidentalmente, aderidos a espinhos, ganchos ou exsudatos viçosos que se soltam facilmente da planta-mãe, e são depositados, geralmente, perto do nível do solo.

80957 VUNESP (2016) - MPE-SP - Biólogo / Biologia

Suponha que o peso molecular de um determinado aminoácido seja 125 daltons e de um polipeptídeo eucarió- tico seja 50000 daltons. Admita que o RNA mensageiro transcrito que especifica esse polipeptídeo possua um códon de início e um de término. Quantos códons possui essa molécula de RNA mensageiro?

  • a)
    150002.
  • b)
    1202.
  • c)
    402.
  • d)
    377.
  • e)
    43.

80958 VUNESP (2016) - MPE-SP - Biólogo / Biologia

As principais características dos esgotos domésticos

são matéria sólida, temperatura, odor, cor e turbidez,

variação de vazão e ação de bactérias na degradação

da matéria. Além disso,

  • a)
    contêm aproximadamente 50% de água e 50% de sólidos, sendo esses resíduos sólidos que causam os problemas de poluição das águas, trazendo a necessidade de se tratar os esgotos.
  • b)
    a temperatura do esgoto é bastante elevada, cerca de 5 vezes superior à das águas de abastecimento, e a velocidade de decomposição do esgoto é proporcional à diminuição da temperatura.
  • c)
    os odores característicos do esgoto são causados pelos gases formados no processo de decomposi-ção aeróbia. O odor de mofo é típico de esgoto fresco e o odor de ovo podre é típico do esgoto séptico.
  • d)
    a cor e a turbidez indicam de imediato o estado de decomposição do esgoto, sendo a cor preta típica do esgoto fresco e a tonalidade acinzentada acompanhada de alguma turbidez típica do esgoto velho.
  • e)
    os excretas lançados no solo sofrem ação de natureza bioquímica pela presença de bactérias saprófitas até sua mineralização, e a decomposição aeróbia acontece quando a matéria orgânica está em íntimo contato com o gás oxigênio.