60 resultados encontrados para . (0.006 segundos)

72321 VUNESP (2016) - MPE-SP - Analista de Promotoria I / Português

Mostrar/Esconder texto associado

A palavra “renitentes” tem sinônimo e antônimo adequados, respectivamente, em:

  • a)
    obstinados e cordatos.
  • b)
    persistentes e verdadeiros.
  • c)
    obcecados e inflexíveis.
  • d)
    contundentes e mutantes.
  • e)
    antiquados e volúveis.

72322 VUNESP (2016) - MPE-SP - Analista de Promotoria I / Saúde Pública

Segundo o artigo 197 da Constituição Federal do Brasil, são de relevância pública as ações e serviços de saúde, cabendo ao poder público dispor, nos termos da lei, entre outras atribuições, sobre sua

  • a)
    regulamentação, fiscalização e controle ficando sua execução exclusivamente para terceiros.
  • b)
    regulamentação, fiscalização e execução, sem participação de terceiros.
  • c)
    regulamentação e fiscalização apenas, ficando o controle e a execução para terceiros e pessoa jurídicas de direito privado.
  • d)
    execução, que deve ser feita diretamente ou através de terceiros e, também, por pessoa física ou jurídica de direito privado.
  • e)
    fiscalização e execução, como atribuições restritas do Ministério da Saúde, de instituições filantrópicas e universitárias.

72323 VUNESP (2016) - MPE-SP - Analista de Promotoria I / Saúde Pública

Em seus fundamentos, a atenção básica à saúde no Brasil

  • a)
    não adota a territorialização, porque tem como objetivo descentralizar e disseminar, no máximo possível, as ações setoriais e intersetoriais que venham em benefício da população em geral.
  • b)
    prevê a adscrição dos usuários, isto é, um processo de vinculação de pessoas e/ou famílias e grupos a profissionais/equipes, com o objetivo de ser referênciapara o seu cuidado.
  • c)
    estabelece um sistema de saúde com porta de entrada específica, de qualidade resolutiva e acesso universale, para esses fins, equipado com tecnologia de alta complexidade e equipes médicas especializadas.
  • d)
    determina que as ações programáticas não cabem às unidades básicas, cuja função primordial é o atendimento da demanda espontânea.
  • e)
    prevê, para as unidades básicas, equipes homogêneas, de mesma formação profissional, como forma de garantir um processo de trabalho centrado nosprocedimentos.

72324 VUNESP (2016) - MPE-SP - Analista de Promotoria I / Saúde Pública

Segundo a portaria de número 1.271/2014, do Ministé- rio da Saúde, que define a Lista Nacional de Notificação Compulsória de doenças, agravos e eventos de saúde pú- blica nos serviços de saúde públicos e privados em todo o território nacional, a “Violência doméstica e/ou outras violências”

  • a)
    são de notificação imediata diretamente ao Ministé- rio da Saúde.
  • b)
    são de notificação semanal à Secretaria Municipal de Saúde.
  • c)
    são de notificação imediata à Secretaria Estadual de Saúde.
  • d)
    passam de notificação semanal para imediata quando da ocorrência de óbito.
  • e)
    não são agravos de notificação compulsória.

72325 VUNESP (2016) - MPE-SP - Analista de Promotoria I / Medicina

Em relação ao quadro clínico do delirium, é correto afirmar que

  • a)
    o falso reconhecimento para pessoas indica maior gravidade.
  • b)
    a memória recente encontra-se preservada.
  • c)
    os delírios são sistematizados.
  • d)
    a capacidade de executar tarefas com objetivos definidos é mantida.
  • e)
    ocorre um aumento da capacidade de focar e manter a atenção.

72326 VUNESP (2016) - MPE-SP - Analista de Promotoria I / Medicina

Mostrar/Esconder texto associado

O quadro apresentado caracteriza efeitos colaterais de

  • a)
    mirtazapina.
  • b)
    escitalopram.
  • c)
    imipramina.
  • d)
    bupropiona.
  • e)
    trazodona.

72327 VUNESP (2016) - MPE-SP - Analista de Promotoria I / Medicina

Pacientes idosos frequentemente são polimedicados. A utilização de lítio em idosos deve ser feita com cautela devido aos efeitos colaterais e interações medicamentosas. Pode ocorrer redução da concentração de lítio em combinação com

  • a)
    inibidores da enzima conversora de angiotensina.
  • b)
    metronidazol.
  • c)
    diuréticos osmóticos.
  • d)
    anti-inflamatórios não esteroides.
  • e)
    propranolol.

72328 VUNESP (2016) - MPE-SP - Analista de Promotoria I / Medicina

Durante uma entrevista forense, o psiquiatra

  • a)
    tem o objetivo de beneficiar o avaliado.
  • b)
    deve propor a conduta terapêutica.
  • c)
    deve informar o avaliado sobre as conclusões da avaliação.
  • d)
    baseia-se nas informações obtidas através da anamnese objetiva com conhecidos ou familiares.
  • e)
    deve informar o periciando que as informações relevantes serão remetidas à autoridade que solicitou a perícia.

72329 VUNESP (2016) - MPE-SP - Analista de Promotoria I / Medicina

Mostrar/Esconder texto associado

O mecanismo de ação da medicação que é indicada é

  • a)
    bloquear os receptores dopaminérgicos.
  • b)
    inibir os potenciais de ação sódio dependentes.
  • c)
    realizar antagonismo de receptores noradrenérgicos.
  • d)
    ser agonista de receptores dopaminérgicos.
  • e)
    inibir a recaptação da noradrenalina.

72330 VUNESP (2016) - MPE-SP - Analista de Promotoria I / Medicina

Assinale a alternativa correta em relação ao transtorno obsessivo compulsivo (TOC).

  • a)
    O TOC tem prevalência de 15% ao longo da vida, com início mais precoce em meninos.
  • b)
    Em crianças são mais comuns as obsessões de agressão, os rituais de colecionismo e a crítica mais pobre do que nos adultos.
  • c)
    O início precoce de sintomas obsessivos compulsivos está associado ao sexo feminino, comorbidade com tiques, pior crítica e menor transmissibilidade genética.
  • d)
    Pacientes que apresentam comorbidade com tiques, transtorno de deficit de atenção e hiperatividade e tricotilomania apresentam TOC de maior gravidade mas têm melhor resposta ao tratamento.
  • e)
    Quando uma paciente com anorexia nervosa apresenta compulsões relacionadas com a comida, mas não tem compulsões relacionadas a outros aspectos, deve receber o diagnóstico de TOC como comorbidade.