99 resultados encontrados para . (0.010 segundos)

147742 VUNESP (2014) - PC-SP - Médico Legista / Português

Mostrar/Esconder texto associado

Na opinião de Bryan Caplan, com relação ao desemprego,

  • a)
    o povo o vê como uma grande oportunidade para a cria– ção de novas modalidades de trabalho e crescimento econômico.
  • b)
    os especialistas tratam–no como uma oportunidade para o aumento da produção, com uma diminuição da mão de obra.
  • c)
    a visão que os especialistas têm dele vai ao encontro dos anseios da maior parte da população.
  • d)
    os especialistas e a população consideram–no a possibilidade de melhor aproveitamento dos trabalhadores e o fortalecimento da democracia.
  • e)
    os especialistas encaram–no como um entrave para o desenvolvimento da economia.

147743 VUNESP (2014) - PC-SP - Médico Legista / Português

Mostrar/Esconder texto associado

Os dois–pontos empregados na frase apresentada têm a mesma

função que em:

  • a)

    A obra fala sobre o que é o 'sal da vida': não sentir culpa por se dar o direito ao descanso e de perceber os raros encantos simples da vida. (ISTOÉ, 15 de janeiro de 2014)

  • b)

    Um rapaz que foi pai muito jovem, e era um pai maravilhoso, certa vez se queixou sorrindo: — “Todo dia a mesma coisa, levanta a tampa do vaso, escova os dentes,..." (Lya Luft)

  • c)

    O repórter comentou a respeito de Nelson Ned: — “Sua especialidade eram as canções “estoura–peito", isto é, boleros e baladas românticas..." (Veja, 15 de janeiro de 2014. Adaptado)

  • d)

    A gente precisa continuar acreditando que é preciso construir: a vida, o futuro, o caráter, a família, as amizades e os amores. (Lya Luft. Adaptado)

  • e)

    ... resolveu lançar–se (Françoise) em outra seara após receber um cartão–postal de um amigo em férias com a seguinte mensagem: “Uma semana roubada de férias na Escócia." (ISTOÉ, 15 de janeiro de 2014)

147744 VUNESP (2014) - PC-SP - Médico Legista / Direito Penal

Apropriar–se o funcionário público de dinheiro, valor ou

qualquer outro bem móvel, público ou particular, de que tem

a posse em razão do cargo, ou desviá–lo, em proveito próprio

ou alheio. Essa é uma definição do crime de

  • a)

    roubo.

  • b)

    furto.

  • c)

    estelionato.

  • d)

    peculato.

  • e)

    advocacia administrativa.

147745 VUNESP (2014) - PC-SP - Médico Legista / Não classificada

Nos termos da Lei n.º 9.434/97, que trata da disposição post mortem de tecidos, órgãos e partes do corpo humano para fins de transplante, é correto afirmar que

  • a)
    em nenhuma hipótese será admitida a presença de médico de confiança da família do falecido no ato da comprovação e atestação da morte encefálica.
  • b)
    a remoção post mortem de tecidos, órgãos ou partes do corpo de pessoa juridicamente incapaz poderá ser feita desde que permitida expressamente por ambos os pais, ou por seus responsáveis legais.
  • c)
    a retirada de tecidos, órgãos e partes do corpo de pessoas falecidas para transplantes ou outra finalidade terapêutica, não dependerá da autorização da família do falecido.
  • d)
    será permitida a remoção post mortem de tecidos, órgãos ou partes do corpo de pessoas não identificadas, desde que antecedida de laudo médico pericial e da autorização da autoridade policial competente.
  • e)
    a retirada post mortem de tecidos, órgãos ou partes do corpo humano destinados a transplante ou tratamento deverá ser precedida de diagnóstico de morte encefálica, constatada e registrada por, pelo menos, um dos médicos participantes das equipes de remoção e transplante.

147746 VUNESP (2014) - PC-SP - Médico Legista / Criminologia

A autonomia da Criminologia frente ao Direito Penal

  • a)
    é almejada pelos estudiosos da primeira, mas negada pelos estudiosos do segundo.
  • b)
    não se concretiza, uma vez que a primeira não é considerada ciência, ao contrário do segundo.
  • c)
    comprova–se, por exemplo, pelo caráter crítico que a primeira desenvolve em relação ao segundo.
  • d)
    não se vislumbra na prática, uma vez que todos os conceitos da primeira são emprestados do segundo.
  • e)
    não se efetiva, uma vez que ambos têm o mesmo objeto e são concretizados pelo mesmo método de estudo, qual seja, o empírico.

147747 VUNESP (2014) - PC-SP - Médico Legista / Criminologia

São propostas da Escola de Chicago (“ecologia criminal”) para o controle da criminalidade:

  • a)
    política de tolerância zero; criação de programas comunitários com intensificação das atividades recreativas; aumento das áreas verdes.
  • b)
    prevalência do controle social formal sobre o informal; criação de comitês de apoios de pais e mães para a educação das crianças; melhoria das condições das residências e conservação física dos prédios.
  • c)
    aumento das penas para o cometimento de delitos simples; criação de zonas de exclusão para isolamento das áreas mais perigosas; disseminação de atividades recreativas como escotismo e viagens culturais.
  • d)
    mudança efetiva nas condições econômicas e sociais das crianças; reconstrução da “solidariedade social” por meio do fortalecimento das forças construtivas da sociedade (igrejas, escolas, associações de bairros); apoio estatal para redução e diminuição da pobreza e desemprego.
  • e)
    controle individualizado, ou seja, controle específico e rígido sobre cada indivíduo; políticas uniformes em toda a cidade, diante do fracasso das estratégias “por vizinhança”; implantação de escolas e postos de saúde.

147748 VUNESP (2014) - PC-SP - Médico Legista / Raciocínio Lógico

Considere as premissas I, II e III.

I. Se Carlos é legista, então ele é médico.

II. Se Ana é perita criminal, então ela é policial civil.

III. Ana é policial civil e Carlos é legista.

Uma conclusão que pode ser indicada para que, juntamente

com essas três premissas, se tenha um argumento válido é

  • a)

    Carlos não é médico.

  • b)

    Carlos é médico e Ana é perita criminal.

  • c)

    Carlos é médico se, e somente se, Ana é perita criminal.

  • d)

    Carlos é médico ou Ana não é perita criminal.

  • e)

    Ana é perita criminal.

147749 VUNESP (2014) - PC-SP - Médico Legista / Informática

A operação de enviar um arquivo do computador local para um servidor na Internet, entendendo–se servidor como outro computador remoto conectado na Internet, é chamada de

  • a)
    Transferência Secundária.
  • b)
    Download.
  • c)
    E–mail.
  • d)
    Upload.
  • e)
    Transferência Primária.

147750 VUNESP (2014) - PC-SP - Médico Legista / Medicina Legal

Dentro das diversas áreas da Medicina Legal, pode–se dizer

que a pesquisa da reação de natureza vital nas vítimas é

abordada de modo mais específico na

  • a)

    Tanatologia.

  • b)

    Vitimologia.

  • c)

    Infortunística.

  • d)

    Traumatologia.

  • e)

    Criminalística.

147751 VUNESP (2014) - PC-SP - Médico Legista / Odontologia

Na odontologia médico–legal, o terceiro grande molar pode

contribuir na identificação de um indivíduo, em média, a

partir de

  • a)

    20 anos de idade, na segunda dentição.

  • b)

    36 meses de idade, na primeira dentição.

  • c)

    10 anos de idade, na segunda dentição.

  • d)

    15 anos de idade, na segunda dentição.

  • e)

    18 meses de idade, na primeira dentição.