30 resultados encontrados para . (0.007 segundos)

50907 UTFPR (2017) - UTFPR - Assistente Social / Serviço Social

Sobre o processo de revisão do Código de Ética de 1986 e transição para o Código de Ética dos Assistentes Sociais de 1993, Barroco (2006) pondera algumas categorias reflexivas importantes. Sobre este tema, assinale a alternativa correta.

  • a)
    A concepção e defesa de valores no Código de Ética de 1993, como a liberdade, por exemplo, representam o compromisso profissional com valores ideais burgueses.
  • b)
    Na revisão do Código de Ética de 1986, foi notória a necessidade de estabelecer uma codificação ética que desse concretude ao compromisso profissional, afirmando valores e princípios éticos de forma abstrata, desconsiderando aspectos práticos profissionais.
  • c)
    O processo de redemocratização da sociedade brasileira não guarda relação com a mudança do Código de Ética Profissional, tendo em vista a desvalorização de aspectos político-conjunturais da época.
  • d)
    O Código de Ética de 1993 representa o compromisso profissional com a classe trabalhadora, na concepção de um projeto profissional vinculado a um projeto social radicalmente conservador.
  • e)
    O Código de Ética de 1993 explicita sua diferencialidade em face do discurso liberal, ao afirmar a equidade e a democracia como valores éticos-políticos.

50910 UTFPR (2017) - UTFPR - Assistente Social / Serviço Social

De acordo com o Código de Ética Profissional do Assistente Social, são deveres do assistente social na sua relação com os usuários:

  • a)
    Ampla autonomia no exercício da Profissão, não sendo obrigado a prestar serviços profissionais incompatíveis com as suas atribuições, cargos ou funções.
  • b)
    Desagravo público por ofensa que atinja a sua honra profissional.
  • c)
    Denunciar falhas nos regulamentos, normas e programas da instituição em que trabalha, quando os mesmos estiverem ferindo os princípios e diretrizes deste Código, mobilizando, inclusive, o Conselho Regional, caso se faça necessário.
  • d)
    Respeitar a autonomia dos movimentos populares e das organizações das classes trabalhadoras.
  • e)
    Contribuir para a criação de mecanismos que venham desburocratizar a relação com os/as usuários/ as, no sentido de agilizar e melhorar os serviços prestados.

50916 UTFPR (2017) - UTFPR - Assistente Social / Português

Mostrar/Esconder texto associado

Assinale a alternativa correta, segundo o texto.

  • a)
    A corrupção existe porque o corrupto apenas aproveita as muitas oportunidades que tem e acumula mais e mais riquezas.
  • b)
    O problema da corrupção existe, porque a carne é fraca e insaciável e, além disso, a tentação é demasiada.
  • c)
    Se os corruptos racionalizassem sua ganância, não haveria o metafórico “centavo a mais” e poderiam ser perdoados, além de entendidos pela Polícia Federal.
  • d)
    A Polícia Federal reconhece que não é fácil deixar de roubar, até porque se um não roubar outro o fará.
  • e)
    O paradoxo do balão explica a capacidade, na frase de Oscar Wilde, de resistir a tudo menos à tentação.

50917 UTFPR (2017) - UTFPR - Assistente Social / Português

Mostrar/Esconder texto associado

Nos textos produzidos no ambiente profissional, utiliza-se uma linguagem objetiva, denotativa, preocupada em transmitir conteúdo, sem figuras de linguagem. O texto “A carne” está eivado de uma determinada figura. Assinale a alternativa que indica qual é essa figura.

  • a)
    Onomatopéia.
  • b)
    Antítese.
  • c)
    Eufemismo.
  • d)
    Ironia.
  • e)
    Hipérbole.

50920 UTFPR (2017) - UTFPR - Assistente Social / Serviço Social

Assinale a alternativa correta.

A Lei Orgânica de Saúde – LOS, Lei nº 8.080, de 19 de setembro de 1990, estabelece os parâmetros para o desenvolvimento da política de saúde em todo o território nacional. A lei estabelece, entre outras coisas, que são determinantes e condicionantes de saúde pública:

  • a)
    O acesso à alimentação, à moradia, ao saneamento básico, ao meio ambiente, ao trabalho, à renda, à educação, à atividade física, ao transporte, ao lazer e aos bens e serviços essenciais.
  • b)
    O acesso às iniciativas privadas de oferta de serviços de saúde, sejam em nível ambulatorial ou emergencial, independentemente do poder aquisitivo de cada pessoa.
  • c)
    A proibição da oferta de serviços básicos de saúde pela iniciativa privada, uma vez que é dever do Estado ofertar as condições fundamentais para promoção da saúde e prevenção da doença, em todo o território nacional.
  • d)
    A livre concorrência entre o setor público e privado, na oferta de serviços especializados em saúde, como no tratamento do câncer, ficando livre ao cidadão optar por como será feito seu atendimento e responsabilizar o Estado pelo custeio.
  • e)
    A proibição de oferta de medicação pela rede pública de saúde, considerando-se o direito do cidadão de optar pelo laboratório produtor da medicação, de acordo com sua preferencia.

50921 UTFPR (2017) - UTFPR - Assistente Social / Serviço Social

Sobre a questão social, segundo Santos (2012), analise as assertivas a seguir.

I) Há diferenças entre modos de produção (escravismo e sistema feudal) e o modo de produção capitalista. Neste último, o desenvolvimento das forças produtivas operadas nos seus marcos é capaz de reduzir, significativamente, a dependência e a determinação de fatores naturais na produção de escassez.

II) O desenvolvimento das forças produtivas, independentemente do modo de produção, apresenta o mesmo potencial de redução de desigualdades e pobreza.

III) A escassez, produzida nos marcos do capitalismo, tem relação com o modo pelo qual as relações sociais de produção são estabelecidas; tal escassez poderia ser superada, caso fossem superadas as formas de exploração do trabalho.

IV) As lutas de classes são aspectos constitutivos e inelimináveis da “questão social", tendo em vista as relações sociais contraditórias e antagônicas, que expressam o modo de produção capitalista: a socialização da produção da riqueza e a apropriação privada do que é socialmente produzido.

Estão corretas as assertivas:

  • a)
    I, II, III e IV.
  • b)
    I, II e IV.
  • c)
    II, III e IV.
  • d)
    II e III.
  • e)
    I, III e IV.

56048 UTFPR (2017) - UTFPR - Assistente Social / Português

Mostrar/Esconder texto associado

A expressão “a carne é fraca” tem origem na Bíblia: “Vigiem e orem para que não caiam em tentação. O espírito está pronto, mas a carne é fraca” (Mateus 26:41). Popularizada, seu significado está também presente no provérbio:

  • a)
    Quando um não quer, dois não brigam.
  • b)
    Papagaio come milho, periquito leva a fama.
  • c)
    A ocasião faz o ladrão.
  • d)
    Errar é humano.
  • e)
    O seguro morreu de velho.

56057 UTFPR (2017) - UTFPR - Assistente Social / Serviço Social

A Lei nº 12.711, de 29 de Agosto de 2012, que dispõe sobre o ingresso nas universidades federais e nas instituições federais de ensino médio de nível técnico, conhecida como Lei de Cotas, estabelece os limites e processos pelos quais as universidades públicas da rede federal de ensino deverão incluir a reserva de vagas para públicos específicos em seus processos de seleção. Sobre a proporção de reserva de vagas, de acordo com a definição legal, analise as afirmativas a seguir.

I) As universidades têm liberdade, devido a sua autonomia administrativa, para definir, de acordo com sua realidade, o número de vagas, por curso, que serão reservadas às categorias definidas por lei.

II) As universidades têm a obrigatoriedade de reservar cinquenta por cento das vagas para estudantes oriundos de escolas públicas e, dentro dessas vagas, definir os limites de acordo com o perfil demográfico da unidade da federação onde estão instaladas, respeitando o último senso do IBGE.

III) As categorias de cotas que devem ser respeitadas pelas universidades, de acordo com a legislação, são dentre os estudantes de escola pública, reserva para os auto declarados pretos, pardos, indígenas e portadores de deficiência.

Está(ão) correta(s) apenas:

  • a)
    I.
  • b)
    I e II.
  • c)
    I e III.
  • d)
    II e III.
  • e)
    II.

56062 UTFPR (2017) - UTFPR - Assistente Social / Serviço Social

A concepção da intitulada “questão social” não é fonte unânime e homogênea entre os autores e estudiosos do tema. Porém, considerando a “questão social” na perspectiva da tradição marxista, alguns elementos são específicos. Sendo assim, sobre a concepção e a gênese da questão social para Santos (2012), é correto afirmar que:

  • a)
    a questão social remete às expressões do processo de formação e desenvolvimento da classe operária e de seu ingresso no cenário político da sociedade, exigindo seu reconhecimento como classe por parte do Estado e do empresariado.
  • b)
    o processo de acumulação ou reprodução ampliada do capital não explica a gênese da questão social, segundo o viés da tradição marxista.
  • c)
    o processo capitalista de produção se satisfaz com o tempo de trabalho socialmente necessário para produzir respostas às necessidades humanas, o que configura o chamado processo de produção de maisvalia.
  • d)
    no tocante à relação entre o desemprego e o desenvolvimento tecnológico, é correto afirmar que o fator determinante do desemprego não guarda relação com o desenvolvimento tecnológico, já que este último não é empregado na perspectiva de valorização do capital.
  • e)
    a designação do conceito de “questão social”, invariavelmente, será associada com os processos de desigualdade e pobreza, independentemente das características específicas dos diferentes modos de produção.

56063 UTFPR (2017) - UTFPR - Assistente Social / Serviço Social

De acordo com Santos, Filho e Backx (2017), reduzir a dimensão técnico operativa do trabalho do assistente social a instrumental técnico operativo significa reduzi-la a um estatuto meramente formal, compatível com os ditames da racionalidade burguesa. Assim, em relação aos elementos constitutivos da dimensão técnico operativa, é correto afirmar que:

  • a)
    para desenvolver as ações profissionais, o profissional utiliza ferramentas que são os instrumentos.
  • b)
    os instrumentos são as dimensões técnico operativas desenvolvidas pelos profissionais.
  • c)
    as ações profissionais expressam os procedimentos que os profissionais realizam, de menor abrangência.
  • d)
    os procedimentos são de caráter individual, determinados pela reconceituação da profissão que suprime os conceitos caso, grupo e comunidade.
  • e)
    procedimentos e atividades profissionais são sinônimos, considerando uma visão mais ampla relativa as ações profissionais.