30 resultados encontrados para . (0.013 segundos)

53103 UFU-MG (2017) - UFU-MG - Médico endocrinologista / Português

Mostrar/Esconder texto associado

Em: “[...] pagamos para ver e até concedemos medalhas olímpicas a homens e mulheres que lutam em ringues ou “octógonos[...]" (linhas 11 e 12), a proposição em destaque mantém com a anterior relação de:

  • a)
    explicação.
  • b)
    adição.
  • c)
    exemplificação.
  • d)
    justificativa.

53126 UFU-MG (2017) - UFU-MG - Médico endocrinologista / Direito Administrativo

O art. 116, inciso VIII, da Lei 8.112/90 dispõe que “é dever do servidor público guardar sigilo sobre assunto da repartição".

Em relação à referida conduta, prevista no Estatuto dos Servidores Públicos Civis Federais, é correto afirmar que:

  • a)
    se refere ao dever de respeito a seu superior hierárquico.
  • b)
    a falta de observância ao mencionado dever, pelo servidor público, pode sujeitá-lo a uma pena de demissão.
  • c)
    se refere ao dever de sigilo do agente público quanto a fatos que digam respeito ao ambiente da repartição, envolvendo assuntos formais ou mesmo informais do órgão.
  • d)
    é uma faculdade do servidor e não uma obrigação a que esteja sujeito.

53131 UFU-MG (2017) - UFU-MG - Médico endocrinologista / Medicina

Paciente do sexo feminino, 40 anos, sobrepeso, previamente hígida, foi submetida a exames de rotina, solicitados por clinico geral. Traz solicitado cortisol plasmático às 8h= 30 mcg/dL. Ao exame físico, circunferência abdominal= 85 cm; normotensa; não encontrado nenhum sinal sugestivo de síndrome de Cushing. Nega antecedente de HAS, dislipidemia e osteoporose. Está em uso de anticoncepcional oral (ACO).

Sobre a dosagem de cortisol plasmático às 8h, pode-se afirmar que

  • a)
    seus níveis podem estar elevados em mulheres, usando ACO.
  • b)
    deve ser solicitada para rastreamento de hipercortisolismo em indivíduos assintomáticos.
  • c)
    esse é um bom exame para rastreamento de hipercortisolismo.
  • d)
    seus níveis não sofrem alteração com a venopunção.

53132 UFU-MG (2017) - UFU-MG - Médico endocrinologista / Medicina

Paciente do sexo feminino, 35 anos, vem apresentando perda de peso nos últimos três meses (8Kg) e nictúria. Ao exame físico, apresenta-se desidratada IMC= 22 kg/m2 , Pressão arterial= 100x80 mmHg. Antecedente familiar de DM2 diagnosticado em avó de 55 anos; nega DM em outros membros. Essa paciente comparece ao Pronto Socorro com os seguintes resultados dos exames solicitados, previamente, pelo clínico: GJ= 280 mg/dL; HbA1c= 9% e anti-GAD positivo.

Qual o diagnóstico clínico da paciente acima?

  • a)
    LADA (Latent Autoimmune Diabetes in Adults).
  • b)
    MODY (Maturity onset diabetes of the young).
  • c)
    Diabetes mellitus tipo 2.
  • d)
    Diabetes secundário.

53133 UFU-MG (2017) - UFU-MG - Médico endocrinologista / Medicina

Na insuficiência adrenal secundária, qual(is) o(s) melhor(es) parâmetro(s) no manejo da reposição de glicocorticoide?

  • a)
    Dosagem de cortisol salivar.
  • b)
    Parâmetros clínicos (peso corporal, fatiga, náuseas, falta de energia, surgimento de estrias/obesidade central, hipertensão).
  • c)
    Dosagem de ACTH.
  • d)
    Dosagem de cortisol plasmático às 8h.

53134 UFU-MG (2017) - UFU-MG - Médico endocrinologista / Medicina

Qual das funções do PTH é observada fisiologicamente em humanos?

  • a)
    Estímulo da 1α-hidroxilase 25(OH), vitamina D3 no túbulo proximal renal.
  • b)
    Inibição da 1α-hidroxilase 25(OH, vitamina D3 no túbulo proximal renal.
  • c)
    Inibição da reabsorção renal de cálcio nos túbulos proximais.
  • d)
    Estímulo de osteoblastos.

57762 UFU-MG (2017) - UFU-MG - Médico endocrinologista / Português

Mostrar/Esconder texto associado

Assinale a alternativa que indica o objetivo do autor, ao empregar o recurso das perguntas no último parágrafo do texto.

  • a)
    Defender a tese de que as civilizações atuais “descuidam a convivência, promovendo o desprezo pela vida e a indiferença pelo próximo, o que induz à violência”.
  • b)
    Demonstrar que não tem certeza sobre os fatores geradores de violência.
  • c)
    Manter uma interlocução direta com o leitor, levando-a a se posicionar sobre o assunto.
  • d)
    Profetizar sobre a violência, por meio dos provérbios: “Quem persegue o bem tem chance de alcançá-lo. Quem persegue o mal sempre o alcança”.

57763 UFU-MG (2017) - UFU-MG - Médico endocrinologista / Português

Mostrar/Esconder texto associado

Em: [...] “algumas instituições de primeira linha da civilização descuidam a convivência, promovendo o desprezo pela vida e a indiferença pelo próximo, o que induz à violência". (linhas 5 a 7) , a proposição em destaque tem por função indicar:

  • a)
    o modo como algumas instituições de primeira linha da civilização descuidam a convivência.
  • b)
    a razão pela qual algumas instituições de primeira linha da civilização descuidam a convivência.
  • c)
    a condição que determina algumas instituições de primeira linha da civilização descuidarem a convivência.
  • d)
    a causa de algumas instituições de primeira linha da civilização descuidarem a convivência.

57772 UFU-MG (2017) - UFU-MG - Médico endocrinologista / Medicina

Mostrar/Esconder texto associado

Com relação ao caso apresentado na questão anterior, foi solicitado adicionalmente ressonância magnética (RM) de adrenais, que demonstrou lesão de 3x4 cm de diâmetro, heterogenia, com bordas regulares e hipersinal em T2.

Diante do fenótipo da imagem a RM, qual o diagnóstico mais provável do incidentaloma em adrenal direita?

  • a)
    Feocromocitoma.
  • b)
    Aldosteronoma.
  • c)
    Carcinoma adrenal.
  • d)
    Carcinoma produtor de cortisol.

57773 UFU-MG (2017) - UFU-MG - Médico endocrinologista / Medicina

Paciente do sexo feminino, 56 anos, IMC= 30 Kg/m 2 , circunferência abdominal de 90cm, antecedente de hipertensão arterial primária em tratamento medicamentoso, apresenta os seguintes resultados nos exames solicitados na unidade básica de saúde: CT= 280 mg/dl, LDL=190MG/DL, HDL= 40 mg/dl, triglicérides= 250 mg/dl. GJ= 102 mg/dl e HbA1C= 6%.

A história clínica e os exames laboratoriais permitem concluir que a paciente apresenta

  • a)
    seis critérios para síndrome metabólica.
  • b)
    quatro critérios para síndrome metabólica.
  • c)
    três critérios para síndrome metabólica.
  • d)
    cinco critérios para síndrome metabólica.