30 resultados encontrados para . (0.007 segundos)

49984 UFG (2017) - UFG - Técnico de Laboratório - Histologia / Histologia

Quais são os componentes do microscópio óptico que fazem a ampliação da imagem?

  • a)
    Micrométrico, charriot e ocular.
  • b)
    Condensador, charriot e ocular.
  • c)
    Platina, macrométrico e ocular.
  • d)
    Condensador, objetiva e ocular.

49987 UFG (2017) - UFG - Técnico de Laboratório - Histologia / Histologia

Em uma amostra de tecido animal, que técnica pode ser utilizada para evidenciar os lipídeos nos cortes?

  • a)
    Congelação corados com Sudan Black.
  • b)
    Inclusão em resina corados com tricrômico de Masson.
  • c)
    Congelação corados com hematoxilina de Harris.
  • d)
    Inclusão em parafina corados com PAS.

49995 UFG (2017) - UFG - Técnico de Laboratório - Histologia / Histologia

As etapas iniciais do processamento histológico envolvem a desidratação dos tecidos. Este processo

  • a)
    ocorre após a diafanização.
  • b)
    visa à infiltração da parafina.
  • c)
    acontece pela filtração em papel anidro.
  • d)
    ocorre pelo emprego do vácuo durante o banho de parafina.

49996 UFG (2017) - UFG - Técnico de Laboratório - Histologia / Histologia

Observe a figura.



Na figura, todos os cortes representados no tubo encurvado

podem reconstruir a imagem tridimensional de um corte

histológico. Os planos de cortes 1, 2 e 3 correspondem,

respectivamente, aos seguintes planos:

  • a)
    oblíquo, longitudinal e vertical.
  • b)
    longitudinal, sagital e tangencial.
  • c)
    transversal, oblíquo e longitudinal.
  • d)
    vertical, caudal, horizontal.

49999 UFG (2017) - UFG - Técnico de Laboratório - Histologia / Histologia

Em microscopia de luz, o limite de resolução é:

  • a)
    a dimensão máxima que uma amostra pode ser visualizada.
  • b)
    o tamanho da imagem formada em relação à amostra observada.
  • c)
    a distância mínima entre dois pontos, que permite sua distinção.
  • d)
    o comprimento de onda da luz usada na fonte geradora.

50000 UFG (2017) - UFG - Técnico de Laboratório - Histologia / Histologia

É um exemplo de agente químico crioprotetor:

  • a)
    o álcool a 70%.
  • b)
    o etilenoglicol.
  • c)
    o álcool isoamílico.
  • d)
    a hidroquinona.

55084 UFG (2017) - UFG - Técnico de Laboratório - Histologia / Histologia

Qual é o objetivo da etapa de clarificação ou diafanização na confecção de uma lâmina histológica de amostra de tecido biológico?

  • a)
    Fixar o tecido na parafina.
  • b)
    Remover gordura da amostra.
  • c)
    Inibir o processo de autólise celular.
  • d)
    Garantir a inexistência de água na célula.

55085 UFG (2017) - UFG - Técnico de Laboratório - Histologia / Histologia

A utilização de colorações especiais é recomendada para melhor visualização dos componentes de alguns tecidos. Nesse contexto, o método tricrômico de

  • a)
    Gomori cora as fibras musculares em roxo, os núcleos em vermelho e o colágeno em azul.
  • b)
    Mallory cora os núcleos e os prolongamentos das células nervosas em roxo.
  • c)
    Masson cora os núcleos em preto, os citoplasmas em vermelho e o colágeno em azul ou verde.
  • d)
    Von Kossa cora os núcleos das células epiteliais em rosa-alaranjado e os citoplasmas em magenta.

55086 UFG (2017) - UFG - Técnico de Laboratório - Histologia / Histologia

São características da proveta e da pipeta volumétrica, respectivamente:

  • a)
    aquecer substâncias no preparo de soluções padrão; transferir volumes variáveis de líquidos no preparo de soluções.
  • b)
    transferir volumes variáveis de líquidos no preparo de soluções; medir volumes de líquidos no preparo de soluções padrão.
  • c)
    medir volumes variáveis de líquido por sucção; dissolver reagentes para o preparo de soluções.
  • d)
    dissolver substâncias sólidas com eficiência; medir volumes de líquidos com precisão.

55087 UFG (2017) - UFG - Técnico de Laboratório - Histologia / Histologia

Que tipo de estudo pode ser feito em um tecido ou em uma célula por meio da radioautografia?

  • a)
    Incorporação e detecção de isótopos radioativos no tecido.
  • b)
    Identificação e oxidação de resíduos de glicose na célula.
  • c)
    Localização e coloração de cálcio na célula.
  • d)
    Detecção e marcação de antígenos com anticorpos no tecido.