80 resultados encontrados para . (0.007 segundos)

74445 SUGEP - UFRPE (2016) - UFRPE - Médico - Veterinária / Medicina Veterinária

A tosse é um importante mecanismo de defesa do trato respiratório e também um sinal clínico esperado em grande parte das doenças desse sistema. A tosse pode ser classificada como produtiva (ou úmida) e não produtiva (ou seca) e também por sua intensidade. Tosses de alta intensidade são esperadas em:

  • a)
    colapso de traqueia (em cães) e efusão pleural (em gatos).
  • b)
    infecção traqueal por Bordetella bronchiseptica (em cães) e rinite fúngica (em gatos).
  • c)
    corpo estranho traqueal (em cães e gatos) e pneumonia intersticial (em gatos).
  • d)
    bronquite crônica (em cães) e colapso de traqueia (em cães).
  • e)
    rinite bacteriana crônica (em cães) e traqueobronquite infecciosa (em cães).

74446 SUGEP - UFRPE (2016) - UFRPE - Médico - Veterinária / Medicina Veterinária

Diabete insípido é uma doença de difícil diagnóstico, pois os sinais clínicos são vagos e inespecíficos. É sabido que uma das alterações laboratoriais que pode ocorrer é a azotemia. Qual a causa desse achado?

  • a)
    Desidratação.
  • b)
    Falência renal.
  • c)
    Falência cardíaca.
  • d)
    Diarreia.
  • e)
    Hiperosmolaridade plasmática.

74447 SUGEP - UFRPE (2016) - UFRPE - Médico - Veterinária / Medicina Veterinária

O hiperadrenocorticismo é uma das doenças endócrinas mais relevantes em caninos e pode ser classificada como pituitária-dependente, adrenaldependente ou iatrogênico. Em comum, todos apresentam altas concentrações séricas de corticoide. O excesso de corticoide prolongado pode ocasionar uma série de complicações médicas, EXCETO:

  • a)
    tromboembolismo pulmonar.
  • b)
    glomerulopatia com perda proteica.
  • c)
    hipertensão sistêmica.
  • d)
    hipotensão arterial.
  • e)
    pancreatite.

74448 SUGEP - UFRPE (2016) - UFRPE - Médico - Veterinária / Medicina Veterinária

Doenças do sistema urinário podem causar alterações sistêmicas detectadas por exames laboratoriais. Qual condição abaixo é a mais provável em um paciente com proteinúria intensa, hipoalbuminemia, edema e hipercolesterolemia?

  • a)
    Nefrolitíase.
  • b)
    Infecção do trato urinário.
  • c)
    Síndrome nefrótica.
  • d)
    Insuficiência renal aguda.
  • e)
    Obstrução crônica do trato urinário.

74449 SUGEP - UFRPE (2016) - UFRPE - Médico - Veterinária / Medicina Veterinária

As mudanças na coloração da pele fazem parte do quadro de algumas dermatopatias. Assinale a alternativa que apresenta somente doenças que cursam com despigmentação cutânea em cães.

  • a)
    Vitiligo, malasseziose, dermatomiosite, pioderma profundo.
  • b)
    Pioderma profundo, vitiligo, síndrome uveodermatológica.
  • c)
    Síndrome uveodermatológica, vitiligo, lúpus discoide, dermatomiosite.
  • d)
    Malasseziose, lúpus discoide, vitiligo, urticária.
  • e)
    Pioderma profundo, urticária, vitiligo, malasseziose.

74450 SUGEP - UFRPE (2016) - UFRPE - Médico - Veterinária / Medicina Veterinária

A otite externa representa um espectro de alterações inflamatórias que ocorrem no canal auditivo externo em resposta a uma agressão ao epitélio. As reais razões que produzem as lesões no ouvido são chamadas de causas primárias. Identifique, dentre as alternativas abaixo, qual a que apresenta causas primárias de otite.

  • a)
    Trauma, dermatite atópica, alergia alimentar, Otodectes.
  • b)
    Dermatite atópica, alergia alimentar, Otodectes, Malassezia.
  • c)
    Trauma, corpo estranho no canal auditivo, umidade, E. coli.
  • d)
    Dermatite atópica, alergia alimentar, Malassezia, corpo estranho no canal auditivo.
  • e)
    Trauma, alergia alimentar, Otedectes, Pseudomonas.

74451 SUGEP - UFRPE (2016) - UFRPE - Médico - Veterinária / Medicina Veterinária

O choque endotóxico pode ocorrer em animais com obstrução intestinal por corpo estranho devido: 1) ao aumento do número de bactérias dentro da alça intestinal com fluxo estagnado.

2) à presença de bactérias dentro do corpo estranho.

3) a consequências da desidratação causada pelo vômito.

4) à resposta do organismo à dilatação intestinal distal ao ponto de obstrução.

Está(ão) correta(s), apenas:

  • a)
    1.
  • b)
    2 e 3.
  • c)
    1 e 4.
  • d)
    2.
  • e)
    1, 3 e 4.

74452 SUGEP - UFRPE (2016) - UFRPE - Médico - Veterinária / Medicina Veterinária

Sobre a transfusão sanguínea em gatos, assinale a alternativa correta.

  • a)
    Gatos apresentam os tipos sanguíneos A, B e AB, sendo este último o tipo mais frequente na população; gatos apresentam anticorpos pré-formados contra os antígenos dos outros grupos na circulação, tornando obrigatório o teste de compatibilidade antes de qualquer transfusão.
  • b)
    Para calcular o volume necessário a ser transfundido, deve-se calcular a diferença entre o hematócrito do paciente e o hematócrito alvo, que deve ser 35%.
  • c)
    O paciente transfundido deverá ser observado por várias horas após a transfusão, já que as reações tardias tendem a ser as mais severas e potencialmente fatais.
  • d)
    A velocidade de infusão deve ser, inicialmente, de cerca de 1ml por minuto; se após alguns minutos não houver sinais de reações transfusionais agudas, então o restante deve ser infundido em uma taxa de 5 a 10ml/kg/hora.
  • e)
    Um gato de 4kg pode doar com segurança 60ml de sangue a cada vez; o sangue deve ser coletado em seringa com CPDA-1, na proporção de 1ml do anticoagulante para cada 10ml de sangue.

74477 SUGEP - UFRPE (2016) - UFRPE - Médico - Veterinária / Medicina Veterinária

Na eritropoiese, alguns substratos são importantes para que ocorra a adequada maturação e multiplicação eritrocitária. Assinale a alternativa em que esses substratos estão indicados corretamente.

  • a)
    Maturação: ferro, ácido nicotínico, cobre. Multiplicação: cobalto, ácido fólico, vitamina B12, apenas.
  • b)
    Maturação: cobalto, ferro, vitamina B6. Multiplicação: vitamina B12, selênio, piridoxina, ácido fólico.
  • c)
    Maturação: cobalto, vitamina B6, ferro. Multiplicação: cobre, ácido nicotínico, vitamina B12, ácido fólico.
  • d)
    Maturação: vitamina B6, cobre, ferro. Multiplicação: vitamina B12, cobalto, ácido fólico, ácido nicotínico.
  • e)
    Maturação: vitamina B6, cobalto, ácido fólico. Multiplicação: ácido nicotínico, vitamina B12, cobre, ferro.

74478 SUGEP - UFRPE (2016) - UFRPE - Médico - Veterinária / Medicina Veterinária

A anemia é uma manifestação clínica comum a várias

doenças. Correlacione as colunas abaixo,

considerando a classificação da anemia e sua relação

com as diferentes enfermidades.



A sequência correta, de cima para baixo, é:

  • a)
    4, 3, 1, 2.
  • b)
    3, 2, 1, 4.
  • c)
    3, 2, 4, 1.
  • d)
    2, 1, 3, 4.
  • e)
    4, 3, 2, 1.