47 resultados encontrados para . (0.013 segundos)

04500 MPE-SC (2012) - MPE-SC - Promotor de Justiça - Manhã / Direito Administrativo

I – No Brasil é adotado o sistema anglo-americano de unidade de jurisdição para o controle jurisdicional da Administração Pública.
II – Nos termos do artigo 5º, inciso II da Constituição Federal (“ninguém será obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa senão em virtude de lei’), para a Administração Pública existe plena liberdade de ação, desde que não vedada em lei.
III – A distribuição de competências administrativas decisórias, internamente na mesma pessoa jurídica pública, mantendo-se a união hierárquica, denomina-se desconcentração.
IV – A atividade discricionária da Administração Pública caracteriza-se por um poder de escolha entre soluções diversas, todas igualmente válidas para o ordenamento. Este juízo de conveniência e oportunidade corresponde à noção de mérito administrativo.
V – Segundo a “teoria dos motivos determinantes”, os motivos apresentados pelo agente público para justificar o ato administrativo vinculam sua atividade e o condicionam à sua própria validade.
  • a)
    Apenas as assertivas II, III, IV e V estão corretas.
  • b)
    Apenas as assertivas I, II, IV e V estão corretas.
  • c)
    Apenas as assertivas I, III, IV e V estão corretas.
  • d)
    Apenas as assertivas I, II, III e IV estão corretas.
  • e)
    Todas as assertivas estão corretas.

04501 MPE-SC (2012) - MPE-SC - Promotor de Justiça - Manhã / Direito Administrativo

I – Ao Poder Judiciário compete revogar atos administrativos por razões de mérito, no atendimento do interesse público.
II – É vedada a inclusão no objeto da licitação a obtenção de recursos financeiros para sua execução, qualquer que seja sua origem.
III – O princípio da vinculação ao instrumento convocatório estabelece que o edital e a carta- convite contêm as regras a serem observadas no processo licitatório. Em caso de modificação do edital que afete as propostas, as novas regras valerão apenas para os concorrentes já habilitados.
IV – É dispensável a licitação quando houver inviabilidade de competição, sendo inexigível em algumas situações legalmente previstas em que há competição, mas sua realização é facultada.
V – As autarquias submetem-se ao controle administrativo realizado pelos órgãos da cúpula da Administração direta, denominada de “tutela”.
  • a)
    Apenas as assertivas I, III e IV estão corretas.
  • b)
    Apenas a assertiva IV está correta.
  • c)
    Apenas as assertivas II e V estão corretas.
  • d)
    Apenas a assertiva V está correta.
  • e)
    Todas as assertivas estão corretas.

04502 MPE-SC (2012) - MPE-SC - Promotor de Justiça - Manhã / Direito Administrativo

I – O apossamento do imóvel particular pelo Poder Público, com sua integração no patrimônio público, sem obediência às formalidades do procedimento expropriatório é chamada de desapropriação indireta.
II – Não afasta a responsabilidade do servidor público pela prática de infração administrativa a sua absolvição por falta de provas na ação penal correspondente.
III – A concessão de serviços públicos é a transferência de sua prestação feita pelos entes públicos, mediante quaisquer das modalidades de licitação, à pessoa jurídica ou consórcio de empresas que demonstre capacidade para seu desempenho, por sua conta e risco e por prazo determinado.
IV – Pelos danos causados a terceiros pelo só fato da existência de obra pública executada por empreiteira privada contratada responde somente a Administração Pública.
V – Segundo a Constituição Federal o servidor público estável apenas perderá o cargo em duas hipóteses: mediante processo administrativo em que lhe seja assegurada ampla defesa ou em razão de sentença judicial transitada em julgado.
  • a)
    Apenas as assertivas III, IV e V estão corretas.
  • b)
    Apenas as assertivas I, II e V estão corretas.
  • c)
    Apenas as assertivas I e III estão corretas.
  • d)
    Apenas as assertivas I, II e IV estão corretas.
  • e)
    Todas as assertivas estão corretas.

04503 MPE-SC (2012) - MPE-SC - Promotor de Justiça - Manhã / Direito Administrativo

I – Dotados de personalidade jurídica própria, os órgãos públicos são unidades de atuação da Administração Pública, composto por pessoas e meios materiais para realização de determinadas atribuições.
II – Os cargos em comissão destinam-se tão somente às atribuições de assessoramento, chefia e direção, a serem preenchidos por servidores de carreira, nos casos, percentuais e condições mínimas previstos em lei.
III – Como regra geral, a Fazenda Pública, quando parte em juízo, dispõe de prazo em dobro para contestar e em quádruplo para recorrer, salvo exceções previstas em leis específicas.
IV – Os bens públicos de uso especial não admitem utilização, ainda que parcial, de forma exclusiva por particulares.
V – Os recursos administrativos são um modo de controle interno da Administração Pública, todavia inexiste uniformidade em seus prazos de interposição, sendo estes estabelecidos por cada lei ou decreto regulador de determinada matéria.
  • a)
    Apenas as assertivas I, III e IV estão corretas.
  • b)
    Apenas as assertivas II e V estão corretas.
  • c)
    Apenas as assertivas II, III e IV estão corretas.
  • d)
    Apenas as assertivas I e V estão corretas.
  • e)
    Todas as assertivas estão corretas.

04504 MPE-SC (2012) - MPE-SC - Promotor de Justiça - Manhã / Direito Administrativo

I – A tese da “reserva do possível” sustenta que a satisfação dos direitos fundamentais é limitada pela capacidade orçamentária do Estado.
II – Quando a Administração Pública pratica atos administrativos em situação de igualdade com os particulares, sem usar sua supremacia sobre os destinatários, para conservação de seu patrimônio e desenvolvimento de seus serviços, aqueles são classificados como atos de gestão.
III – As cláusulas exorbitantes caracterizam o contrato administrativo e excepcionam seu regime jurídico no que se refere às prerrogativas da Administração Pública, aproximando- o do contrato privado.
IV – Em observância ao princípio da continuidade, o particular não pode invocar a exceção do contrato não cumprido em face da Administração Pública.
V – A ocupação temporária da propriedade particular, quando realizada em caso de perigo público iminente, exime a Administração Pública de eventual indenização.
  • a)
    Apenas as assertivas IV e V estão corretas.
  • b)
    Apenas as assertivas II, III e IV estão corretas.
  • c)
    Apenas as assertivas I e II estão corretas.
  • d)
    Apenas as assertivas I, III e V estão corretas.
  • e)
    Todas as assertivas estão corretas.

15240 MPE-SC (2012) - MPE-SC - Promotor de Justiça - Manhã / Direito Constitucional

I – São de iniciativa privativa do Presidente da República as leis que disponham sobre organização do Ministério Público e da Defensoria Pública da União.
II – O afastamento do Presidente e do Vice Presidente da República há de ser precedido, em qualquer hipótese, da necessária licença do Congresso Nacional.
III – O Presidente da República poderá adotar medida provisória, com força de lei, sobre matéria relativa à nacionalidade, cidadania e direitos políticos, entretanto, deverá submetê- la, de imediato, ao Congresso Nacional.
IV – Compete ao Procurador Geral da República promover, privativamente, a ação declaratória de constitucionalidade.
V – À União compete planejar e promover a defesa permanente contra as calamidades públicas, especialmente as secas e as inundações.
  • a)
    Apenas as assertivas II e V estão corretas.
  • b)
    Apenas as assertivas I, II e V estão corretas.
  • c)
    Apenas as assertivas I e V estão corretas.
  • d)
    Apenas as assertivas II, III e IV estão corretas.
  • e)
    Todas as assertivas estão corretas.

15241 MPE-SC (2012) - MPE-SC - Promotor de Justiça - Manhã / Direito Constitucional

Os Estados podem incorporar-se entre si, subdividir-se ou desmembrar-se para se anexarem a outros, ou formarem novos Estados ou Territórios Federais, mediante aprovação da população diretamente interessada, através de plebiscito, e do Congresso Nacional, por lei complementar.
II – A criação, a incorporação, a fusão e o desmembramento de Municípios, far-se-ão por lei federal, dentro do período determinado pelo Congresso Nacional, e dependerão de consulta prévia, mediante plebiscito, às populações dos Municípios envolvidos.
III – Compete à União instituir diretrizes para o desenvolvimento urbano, inclusive habitação, saneamento básico e transportes urbanos.
IV – O plano diretor, aprovado pelo Poder Executivo Municipal, obrigatório para cidades com mais de quarenta mil habitantes, é o instrumento básico da política de desenvolvimento e de expansão urbana.
V – O título de domínio e a concessão de uso serão conferidos ao homem ou à mulher, ou a ambos, independentemente do estado civil.
  • a)
    Apenas as assertivas I, II e V estão corretas.
  • b)
    Apenas as assertivas I, III e IV estão corretas.
  • c)
    Apenas as assertivas II e III estão corretas.
  • d)
    Apenas as assertivas I, III e V estão corretas.
  • e)
    Todas as assertivas estão corretas.

15242 MPE-SC (2012) - MPE-SC - Promotor de Justiça - Manhã / Direito Constitucional

I – Os Procuradores-Gerais de Justiça nos Estados e no Distrito Federal e Territórios poderão ser destituídos por deliberação da maioria absoluta do Poder Legislativo, na forma da lei complementar respectiva.
II – São de iniciativa privativa do Presidente da República as leis que disponham sobre organização administrativa e judiciária, matéria tributária e orçamentária, serviços públicos e pessoal da administração dos Territórios.
III – Segundo a Constituição Federal, aos juízes, quando em disponibilidade, é facultado exercer qualquer outro cargo ou função.
IV – A Constituição do Estado de Santa Catarina atribui à Polícia Civil, entre outras funções, a execução dos serviços administrativos de trânsito e o controle da propriedade e uso de armas, munições, explosivos e outros produtos controlados.
V – Compete ao Tribunal de Justiça de Santa Catarina processar e julgar, originariamente, os mandados de segurança contra atos ou omissões do próprio Tribunal ou de alguns de seus
órgãos, segundo a Constituição Estadual.
  • a)
    Apenas as assertivas I, II, III e IV estão corretas.
  • b)
    Apenas as assertivas I, II, IV e V estão corretas.
  • c)
    Apenas as assertivas II e V estão corretas.
  • d)
    Apenas as assertivas II, III, IV e V estão corretas.
  • e)
    Todas as assertivas estão corretas.

15243 MPE-SC (2012) - MPE-SC - Promotor de Justiça - Manhã / Direito Constitucional

I – Ao Superior Tribunal de Justiça compete processar e julgar, originariamente, os mandados de segurança contra ato de Ministro de Estado.
II – Ao Supremo Tribunal Federal cabe processar e julgar, originariamente, o habeas corpus quando o coator ou o paciente for funcionário cujos atos estejam sujeitos diretamente à jurisdição do Supremo Tribunal Federal.
III – Recebida a denúncia contra o Senador ou Deputado Federal, por crime ocorrido após a diplomação, o Supremo Tribunal Federal dará ciência à Casa respectiva, que, por iniciativa de partido político nela representado e pelo voto da maioria de seus membros, poderá, até a decisão final, sustar o andamento da ação.
IV – Ao Supremo Tribunal Federal compete processar e julgar, originariamente, o pedido de medida cautelar das ações diretas de inconstitucionalidade.
V – Ao Supremo Tribunal Federal compete julgar em recurso ordinário as causas em que forem partes Estado estrangeiro ou organismo internacional, de um lado, e, do outro, pessoa residente ou domiciliada no País.
  • a)
    Apenas as assertivas I, II, III e IV estão corretas.
  • b)
    Apenas a assertiva V está correta.
  • c)
    Apenas as assertivas II e V estão corretas.
  • d)
    Apenas as assertivas I, III e V estão corretas.
  • e)
    Todas as assertivas estão corretas.

15244 MPE-SC (2012) - MPE-SC - Promotor de Justiça - Manhã / Direito Constitucional

I – Na hipótese de impedimento do Presidente da República e do Vice-Presidente, serão chamados ao exercício da Presidência, sucessivamente, o Presidente do Senado Federal, o Presidente da Câmara dos Deputados e o Presidente do Supremo Tribunal Federal.
II – Compete privativamente ao Senado Federal processar e julgar, originariamente, crimes políticos.
III – Perderá o mandato o Senador que perder ou tiver suspensos os direitos políticos.
IV – A ação declaratória de constitucionalidade poderá ser proposta pelo partido político com representação no Congresso Nacional ou por confederação sindical de âmbito nacional.
V – Compete ao Supremo Tribunal Federal processar e julgar, originariamente, a ação declaratória de constitucionalidade de lei ou ato normativo Federal.
  • a)
    Apenas as assertivas I, II e V estão corretas.
  • b)
    Apenas as assertivas II, IV e V estão corretas.
  • c)
    Apenas as assertivas III, IV e V estão corretas.
  • d)
    Apenas as assertivas II e IV estão corretas.
  • e)
    Todas as assertivas estão corretas.