50 resultados encontrados para . (0.014 segundos)

209411 CETRO (2013) - Ministério das Cidades - Primeiro Tenente - Metereologia / Não classificada

Uma importante fonte para formação de núcleos de condensação de nuvens (NCN) sobre os oceanos é o dimetil sulfeto (DMS) liberado pelo fitoplâncton marinho. Na atmosfera, o DMS é foto–oxidado, formando aerossóis de sulfato que são utilizados como NCN. Sabe–se que em uma determinada região do oceano, a atividade do fitoplâncton produz um aumento na concentração de aerossóis de sulfato a uma taxa de 3.0x10–2 ppt/h (partes por trilhão por hora). Afastando–se dessa região em direção ao norte, ocorre uma redução na concentração desses aerossóis a uma taxa de 5.31 x10–6 ppt/km, e, afastando–se em direção ao leste, verifica–se uma redução de 1 . 14x10–5 ppt/km. Qual será a taxa de variação temporal na concentração de aerossóis de sulfato nessa região se o vento tem direção NE e 50 km/h de intensidade?

  • a)
    2.94 x 10–2 ppt/h
  • b)
    –2.94 x 10–2 ppt/h
  • c)
    3.04 x 10–2 ppt/h
  • d)
    3.06 x 10–2 ppt/h
  • e)
    –3.06 x 10–2 ppt/h

209412 CETRO (2013) - Ministério das Cidades - Primeiro Tenente - Metereologia / Não classificada

Analise a figura a seguir



A figura acima representa uma carta de altitude típica, referente

a uma corrente de jato no Hemisfério Sul, em que o

sistema de corrente, hipoteticamente zonal e retilíneo, está

dividido em quadrantes enumerados de I a IV, e as linhas

tracejadas são as isotacas. Assinale a opção correta com relação

à circulação primária e à secundária da corrente de

jato no Hemisfério Sul.

  • a)
    Na entrada do jato, tem–se ar quente ascendendo no quadrante II e um ramo subsidente de ar frio no quadrante III, sendo que esse tipo de circulação é conhecido como circulação direta.
  • b)
    Os quadrantes I e III apresentam divergência em altos níveis e, portanto, movimento vertical ascendente.
  • c)
    Os quadrantes II e IV apresentam convergência em altos níveis e, portanto, movimento vertical descendente.
  • d)
    Na saída do jato, tem–se ar quente ascendendo no quadrante I e um ramo subsidente de ar frio no quadrante IV, sendo que esse tipo de circulação é conhecido como circulação indireta.
  • e)
    Os quadrantes I e II apresentam divergência em altos níveis e, portanto, movimento vertical ascendente.

209413 CETRO (2013) - Ministério das Cidades - Primeiro Tenente - Metereologia / Não classificada

Sabe–se que a formação de gotas líquidas nas nuvens pode ocorrer através de dois processos: nucleação homogênea e nucleação heterogênea. Na atmosfera real, a nucleação homogênea pode ser desconsiderada para propósitos práticos pelo fato de

  • a)
    as supersaturações (com respeito à água líquida) que se desenvolvem normalmente nas nuvens devido à ascensão adiabática, raramente excederem 1% , inviabilizando o processo de nucleação homogênea que requer maiores supersaturações.
  • b)
    a nucleação homogênea exigir a presença de núcleos de condensação de nuvens com diâmetros superiores a 2 µm (núcleos gigantes), os quais são raros na atmosfera.
  • c)
    a nucleação heterogênea, em que ocorre a formação da gota de água pura por condensação do vapor d'água supersaturado sem a presença de aerossóis, ser muito mais eficiente porque se inicia com a umidade relativa bem abaixo de 100% .
  • d)
    as gotículas líquidas formadas a partir da nucleação homogênea evaporarem rapidamente logo após formadas, porque a pressão de saturação do vapor d'água sobre o gelo é maior do que sobre a água líquida e, por isso, ocorre a formação e o crescimento de cristais de gelo às custas dessas gotículas.
  • e)
    os experimentos de laboratório comprovarem que o processo de nucleação homogênea somente ocorre nas chamadas nuvens quentes, que são muito raras na atmosfera, mesmo na região tropical.

209414 CETRO (2013) - Ministério das Cidades - Primeiro Tenente - Metereologia / Não classificada

Considerando a escassez de dados ambientais nas extensas áreas oceânicas, especialmente no Hemisfério Sul, o emprego dos satélites vem contribuindo para o progresso significativo de áreas como a meteorologia e a oceanografia. Nesse sentido, um dos sensores mais importantes para os serviços de previsão meteorológica responsáveis pela previsão do tempo em áreas marítimas denomina–se escaterômetro que realiza a estimativa

  • a)
    da cor do oceano a partir da intensidade da radiação emitida pelo mar nos canais visível e infravermelho próximo.
  • b)
    da temperatura da superfície do mar a partir da intensidade da radiação emitida pelo mar no canal infravermelho.
  • c)
    da direção e velocidade do vento à superfície a partir da rugosidade da superfície do mar.
  • d)
    da cobertura de gelo e neve a partir da temperatura da superfície do mar.
  • e)
    de precipitação a partir da obtenção de perfis verticais de temperatura e umidade na troposfera.

209415 CETRO (2013) - Ministério das Cidades - Primeiro Tenente - Metereologia / Não classificada

Com relação à equação do vento térmico, é correto afirmar que

  • a)
    expressa a relação entre a variação vertical (cisalhamento) do vento geostrófico e o gradiente vertical de temperatura de uma camada.
  • b)
    pode ser utilizada para a estimativa do tipo de advecção horizontal de temperatura de uma camada a partir de dados do perfil vertical do vento.
  • c)
    indica que a espessura de uma camada é inversamente proporcional à temperatura média dessa mesma camada.
  • d)
    é uma equação prognóstica utilizada para a previsão da temperatura média de uma camada.
  • e)
    indica que o vetor vento térmico é paralelo às isotermas (ou linhas de espessura constante) , com o ar quente à direita, no Hemisfério Sul.

209416 CETRO (2013) - Ministério das Cidades - Primeiro Tenente - Metereologia / Não classificada

Analise a tabela a seguir



Com base nessa tabela, assinale a opção que corresponde aos

padrões de mudança de direção e giro do vento causados pela

passagem de frentes frias na costa do Brasil e na costa

leste dos Estados Unidos.

  • a)
    Costa do Brasil: II Costa leste dos Estados Unidos: I
  • b)
    Costa do Brasil: I Costa leste dos Estados Unidos: II
  • c)
    Costa do Brasil: V Costa leste dos Estados Unidos: IV
  • d)
    Costa do Brasil: III Costa leste dos Estados Unidos: I
  • e)
    Costa do Brasil: II Costa leste dos Estados Unidos: VI

209417 CETRO (2013) - Ministério das Cidades - Primeiro Tenente - Metereologia / Não classificada

O método da perturbação é uma técnica simples e útil na análise qualitativa de ondas atmosféricas. Ele foi utilizado na equação do momento aplicada a ondas sonoras unidimensionais que se propagavam em um tubo reto paralelo ao eixo x, sem a possibilidade de oscilações transversais resultando em uma equação linearizada. Assinale a opção que apresenta essa equação.

  • a)



  • b)



  • c)

  • d)

  • e)

209418 CETRO (2013) - Ministério das Cidades - Primeiro Tenente - Metereologia / Não classificada

Analise os diagramas a seguir.



Nos diagramas de fase acima, baseados na metodologia desenvolvida

por Hart (2003) , as letras A e Z representam o início e o fim do ciclo de vida de um determinado ciclone. Com

base na análise desses diagramas, é correto afirmar que esse

ciclone pode ser classificado como

  • a)
    extratropical.
  • b)
    híbrido.
  • c)
    ocluso.
  • d)
    tropical.
  • e)
    frontal.

209419 CETRO (2013) - Ministério das Cidades - Primeiro Tenente - Metereologia / Não classificada

Com relação a uma imagem do canal infravermelho (IR), assinale a opção que apresenta, respectivamente, dois elementos que são de difícil identificação devido à pequena diferença de temperatura entre eles e a superfície terrestre, e que apresenta também um procedimento correto para superar essa limitação do canal IR.

  • a)
    Nuvens dos tipos cumulonimbus e estratos; comparação com imagens do canal visível nos mesmos horários.
  • b)
    Nuvens dos tipos estratos e nevoeiros; comparação com imagens do canal vapor d'água nos mesmos horários.
  • c)
    Nuvens dos tipos cumulonimbus e neve; comparação com imagens do canal visível nos mesmos horários.
  • d)
    Nuvens do tipo estratos e nevoeiros; comparação com imagens do canal visível nos mesmos horários.
  • e)
    Neve e nevoeiros; comparação com imagens do canal vapor d'água nos mesmos horários.

209420 CETRO (2013) - Ministério das Cidades - Primeiro Tenente - Metereologia / Não classificada

A distribuição vertical da temperatura na atmosfera padrão (típica) provê a base para a divisão da mesma em quatro camadas: troposfera, estratosfera, mesosfera e termosfera. Assinale a opção que somente apresenta camadas que possuam comportamento estável.

  • a)
    Troposfera e mesosfera.
  • b)
    Troposfera e termosfera.
  • c)
    Troposfera e estratosfera.
  • d)
    Estratosfera e mesosfera.
  • e)
    Estratosfera e termosfera.