20 resultados encontrados para . (0.009 segundos)

52236 MÁXIMA (2017) - Prefeitura de São José da Safira - MG - Agente de Combate a Endemias / Epidemiologia

A vigilância epidemiológica é responsável pelo controle de riscos de doenças e agravos à saúde. Constitui um procedimento que garante o seu bom funcionamento.

  • a)
    A aplicação de multa;
  • b)
    A denúncia;
  • c)
    A punição;
  • d)
    A investigação.

52237 MÁXIMA (2017) - Prefeitura de São José da Safira - MG - Agente de Combate a Endemias / Epidemiologia

O barbeiro, vetor da doença de chagas tem hábito noturno e se alimenta exclusivamente do sangue de animais vertebrados. A transmissão do Trypanossoma cruzi para o ser humano pode ocorrer por diversas formas, segundo a Organização Mundial Pan Americana da Saúde. Assinale a alternativa INCORRETA sobre estas formas de transmissão.

  • a)
    Vetorialmente ocorre por meio da saliva dos barbeiros ou “chupões” após o repasto sanguíneo.
  • b)
    Ocorre a transmissão por transfusão de sangue ou hemocomponentes ou transplante de órgãos de doadores infectados a receptores sadios.
  • c)
    A transmissão congênita ocorre da mulher infectada para o bebê durante a gravidez.
  • d)
    A transmissão oral ocorre através da ingestão de alimentos contaminados com parasitas provenientes de barbeiros infectados.

52238 MÁXIMA (2017) - Prefeitura de São José da Safira - MG - Agente de Combate a Endemias / Epidemiologia

Os fatores determinantes de doenças tanto podem pertencer especificamente ao ambiente, ao agente patogênico ou ao suscetível quanto podem resultar da interação entre estes elementos, sendo introduzida assim a ideia de sinergismo multifatorial na gênese das doenças. Todas as afirmativas estão corretas, EXCETO:

  • a)
    Resistência natural – capacidade de resistir à doença independentemente de anticorpos ou de reação específica dos tecidos, resultante de fatores intrínsecos do organismo, anatômicos ou fisiológicos, podendo ser genética ou adquirida, permanente ou temporária.
  • b)
    Portador passivo – reservatório humano que, embora esteja eliminando o agente, não apresenta sintomas clínicos no momento em que está sendo examinado, mas já os apresentaram ou apresentarão, caso se trate de portador convalescente ou incubado respectivamente.
  • c)
    Hospedeiro – ser vivo que oferece, em condições naturais, subsistência ou alojamento a um agente infeccioso ou, em outras palavras, ser vivo suscetível a um bioagente.
  • d)
    Vetor – ser vivo que veicula o agente infeccioso desde o reservatório até o hospedeiro potencial.

52239 MÁXIMA (2017) - Prefeitura de São José da Safira - MG - Agente de Combate a Endemias / Epidemiologia

Nos casos graves de dengue pode ocorrer a febre hemorrágica. Nas visitas domiciliares feitas pelo agente de combate a endemias, diante de uma situação de suspeita da doença devido a, por exemplo, o encontro de focos do mosquito transmissor, este profissional poderá alertar ao morador que esteja atento a certos sinais e sintomas e no caso de encontrar alguma pessoa com dor, pode alertar quanto ao uso do seguinte medicamento:

  • a)
    Paracetamol;
  • b)
    Dipirona;
  • c)
    Melhoral;
  • d)
    Buscopan.

56850 MÁXIMA (2017) - Prefeitura de São José da Safira - MG - Agente de Combate a Endemias / Epidemiologia

Doença descoberta por um mineiro em 1909, que se constitui numa das principais endemias na América Latina, um dos principais problemas sanitários, transmitida ao homem por um inseto, podendo ocorrer também por transfusão sanguínea, transmissão vertical ou congênita.

  • a)
    Tripanossomíase americana;
  • b)
    Febre amarela;
  • c)
    Esquistossomose mansônica;
  • d)
    Leishmaniose tegumentar americana.

56856 MÁXIMA (2017) - Prefeitura de São José da Safira - MG - Agente de Combate a Endemias / Epidemiologia

Doença típica de regiões que sofrem problemas de abastecimento de água tratada e que causou pandemia na Índia e outros países da Ásia, chegando até o norte da África em 1817 a 1823:

  • a)
    Peste;
  • b)
    Cólera;
  • c)
    Filariose;
  • d)
    Malária.

56857 MÁXIMA (2017) - Prefeitura de São José da Safira - MG - Agente de Combate a Endemias / Epidemiologia

Considera a doença como resultante da agressão de um agente a um organismo, sendo eficaz para a explicação da patogênese das doenças infecciosas. De acordo com tal conceito, numere a segunda coluna de acordo com a primeira.

I. Período de incubação

II. Período de transmissibilidade

III. Período de latência

IV. Patogenicidade

V. Infectividade

( ) Conjunto de qualidades específicas do bioagente, que lhe permitem vencer barreiras externas e penetrar em outro organismo vivo e aí multiplicar-se.

( ) Intervalo de tempo que decorre entre a exposição a um bioagente e o aparecimento de sinais ou sintomas da doença, durante o qual não existem sinais clínicos manifestos da doença e o doente ainda não constitui fonte de contágio.

( ) Intervalo de tempo entre a exposição do indivíduo a agente inanimado e o início dos sinais e sintomas de uma doença não infecciosa.

( ) Intervalo de tempo no qual o bioagente pode ser transferido, direta ou indiretamente, de um indivíduo infectado a outro, ou de um animal infectado ao homem, ou de um homem infectado a um animal, inclusive os artrópodes.

( ) Capacidade de o bioagente, uma vez instalado no organismo do homem e de outros animais, produzir sintomas em maior ou menor proporção dentre os hospedeiros infectados.

  • a)
    I, II, III, V, IV;
  • b)
    III, II, IV, I, V;
  • c)
    V, I, III, II, IV;
  • d)
    IV, III, II, I, V.

56969 MÁXIMA (2017) - Prefeitura de São José da Safira - MG - Agente de Combate a Endemias / Epidemiologia

É fundamental a participação da população na prevenção e controle do Aedes aegypty, vetor da dengue e outras doenças graves para o homem, especialmente para os grupos mais vulneráveis, como crianças, idosas e grávidas. Constituem medidas básicas e simples para a prevenção e o combate à dengue, EXCETO:

  • a)
    Furar recipientes plásticos antes de serem descartados;
  • b)
    Colocar areia nos pratos de vasos e flores e mantê-los secos;
  • c)
    Manter lixeiras tampadas;
  • d)
    Usar repelente como único meio de proteção contra o mosquito.

61067 MÁXIMA (2017) - Prefeitura de São José da Safira - MG - Agente de Combate a Endemias / Saúde Pública

Leia as alternativas abaixo sobre o Sistema Único de Saúde (SUS) e assinale a resposta CORRETA.

I. O SUS É formado pelo conjunto de ações e serviços de saúde prestados por órgãos e instituições públicas federais, estaduais e municipais, da administração direta e indireta e resultou de um processo de lutas, mobilização, participação e esforços desenvolvidos por um grande número de pessoas.

II. O SUS determina que a saúde seja um direito humano fundamental e é uma conquista do povo brasileiro.

III. O SUS é organizado e orientado no sentido do interesse individual e determina que a saúde seja um direito humano fundamental, uma conquista do povo brasileiro.

  • a)
    As alternativas I e III estão corretas;
  • b)
    Nenhuma alternativa está correta;
  • c)
    Somente a alternativa I está correta;
  • d)
    As alternativas I e II estão corretas.

61070 MÁXIMA (2017) - Prefeitura de São José da Safira - MG - Agente de Combate a Endemias / Saúde Pública

Assinale a resposta INCORRETA relativa ao Sistema Único de Saúde (SUS) no Brasil.

  • a)
    O SUS resultou de um processo de lutas, mobilização, participação e esforços de muitas pessoas.
  • b)
    É um sistema público, organizado e orientado às pessoas com situações de emprego, moradia e renda menos favorecidos.
  • c)
    É formado pelo conjunto de ações e serviços de saúde prestados por órgãos e instituições públicas federais, estaduais e municipais.
  • d)
    O SUS determina que a saúde seja um direito de todos e uma conquista do povo brasileiro.