39 resultados encontrados para . (0.009 segundos)

75497 IF-Sul-MG (2016) - IF-Sul-MG - Técnico em Assuntos Educacionais / Pedagogia

Até a metade dos anos 1960, o financiamento do Banco Mundial (BIRD) privilegiava os projetos de infraestrutura física, tais como comunicação, transporte e energia, como medidas de base para o crescimento econômico. No final da década de 1960, o Banco irá somar às metas puramente quantitativas que caracterizavam os projetos econômicos alguns objetivos voltados para a igualdade e o bem-estar social. Nesta ótica, partia-se do princípio de que o desenvolvimento econômico por si só não garantia a participação das camadas mais pobres nos benefícios do desenvolvimento. Com base nesta conclusão, o Banco passa a financiar o setor social, como medida de alívio e de redução da pobreza no Terceiro Mundo.

O setor educacional passa a ser considerado, ao lado da saúde e do desenvolvimento agrícola, entre os mais importantes no quadro dos financiamentos do Banco. Ainda na década de 1960, o Banco define os princípios e as diretrizes de sua política de crédito e de assistência à educação do Terceiro Mundo. FONSECA, M. O Banco Mundial e a educação: reflexões sobre o caso brasileiro. In: GENTILI, P. (org.). Pedagogia da exclusão: crítica ao neoliberalismo em educação, 2001, p. 169

Ao considerar o percurso histórico da educação no Brasil, a partir do excerto acima, depreende-se que a educação passou a contar:

  • a)
    Com o financiamento por ser considerada área que carecia de maiores assistências nos países de Terceiro Mundo.
  • b)
    Com financiamentos que, de acordo com as orientações do Banco Mundial, atendessem às orientações de seus projetos econômicos.
  • c)
    Com financiamento do Banco Mundial na mesma proporção em que passaram a ser financiadas as áreas de saúde e desenvolvimento agrícola.
  • d)
    Com financiamento do Banco Mundial por ser considerada uma área estratégica para o desenvolvimento social dos países subdesenvolvidos.

75498 IF-Sul-MG (2016) - IF-Sul-MG - Técnico em Assuntos Educacionais / Administração Pública

Durante o exercício de sua função, um servidor TAE necessitou organizar e acompanhar os dados de compras de uma determinada unidade acadêmica, envolvendo o diretor desta, os secretários e os chefes de departamento.

Qual solução mais eficiente, do ponto de vista da comunicação e transparência pública, que evitará redundância, duplicatas e desconformidades com as informações geradas?

  • a)
    Envio das informações no texto do e-mail para o secretário responsável.
  • b)
    Inserção dos dados em planilha compartilhada no google drive.
  • c)
    Inserção em bases de dados locais, como base do libre office.
  • d)
    Preenchimento dos dados em planilha modelo.

75499 IF-Sul-MG (2016) - IF-Sul-MG - Técnico em Assuntos Educacionais / Pedagogia

De forma geral, quando se planeja, o sujeito realiza uma série de operações. De acordo com Sacristán (1998, p. 205), “o plano dos(as) professores(as) não consiste na execução de certas práticas ajustadas a normas técnicas, mas na realização dessas operações dos mais diversos modos, referentes a uma certa parcela do currículo, a alguns alunos(as), numa situação [...].” Assim, conforme Sacristán, é essencial que, na elaboração de um plano:

  • a)
    Delimite-se o contexto, considerando as limitações a serem superadas de forma a atingir a homogeneidade de uma sala.
  • b)
    Tenha-se como objetivo o pensar ou o refletir sobre a prática antes mesmo de realizá-la.
  • c)
    Relacione-se somente à matéria a ser explicada, de forma que se torne significativo.
  • d)
    Siga-se uma sequência linear de passos sucessivos.

75500 IF-Sul-MG (2016) - IF-Sul-MG - Técnico em Assuntos Educacionais / Pedagogia

Para o educador Fernando Hernández (1998), em um processo de ensino e de aprendizagem, o professor

deve abandonar o papel de mero transmissor de conteúdo e passar a ser um pesquisador e, o aluno, no

mesmo sentido, deve ser um sujeito que interage com seu próprio conhecimento e não apenas um sujeito

acumulador passivo de informação. Para isso, esse autor propõe um currículo organizado por projetos,

que conta com a participação conjunta de professores e alunos.

Nessa linha de pensamento, depreende-se que o objetivo do projeto é oferecer métodos de organização

do:

  • a)

    Conhecimento em torno de um conhecimento crítico intrinsecamente passado pelos livros.

  • b)

    Conhecimento em torno da confrontação de opiniões, desde que não sejam diferentes umas das outras, e as conclusões que daí possam surgir.

  • c)

    Conhecimento escolar em relação ao tratamento da informação e os diferentes conhecimentos trazidos exclusivamente pelo professor em sala de aula.

  • d)

    Conhecimento escolar em relação ao tratamento da informação e os diferentes conteúdos em torno de problemas e hipóteses trazidos rotineiramente pelos alunos.

75501 IF-Sul-MG (2016) - IF-Sul-MG - Técnico em Assuntos Educacionais / Pedagogia

Observando a LDB nº 9494/96 e o Decreto nº 5.154/04, em relação à Educação Profissional de Nível Ensino Médio, atende integralmente à legislação vigente a afirmação de que:

  • a)
    Os cursos de educação profissional tecnológica de nível médio organizar-se-ão, no que concerne aos objetivos, características e duração, de acordo com as diretrizes curriculares definidas pelos respectivos Conselhos Estaduais de cada Unidade Federativa do Brasil, responsáveis pelo Cadastro Nacional de Cursos Técnicos (CNCT).
  • b)
    Os cursos e programas de educação profissional técnica de nível médio e os cursos de educação profissional tecnológica de graduação, quando estruturados e organizados em etapas com terminalidade, incluirão saídas intermediárias, que possibilitarão a obtenção de certificados de qualificação para o trabalho após sua conclusão com aproveitamento.
  • c)
    A oferta de cursos de qualificação profissional, inclusive formação inicial e continuada de trabalhadores, deve assegurar o cumprimento das finalidades estabelecidas para a formação geral e as condições de preparação para o exercício de profissões técnicas, observando as diretrizes curriculares nacionais para a educação profissional técnica de nível médio e cumprindo a mesma carga horária indicada para o ensino médio regular.
  • d)
    A oferta de cursos de educação profissional com terminalidade possibilita a conclusão intermediária de cursos de educação profissional técnica de nível médio ou de cursos de educação profissional tecnológica de graduação que caracterize uma qualificação para o trabalho, claramente definida e com identidade própria, não sendo possível o aproveitamento posterior das diferentes etapas com saídas intermediárias, previstas no Projeto Pedagógico desses cursos.
icon
Questão anulada pela banca organizadora do concurso.

75502 IF-Sul-MG (2016) - IF-Sul-MG - Técnico em Assuntos Educacionais / Português

Mostrar/Esconder texto associado

As porcentagens são mencionadas no texto com o objetivo de:

  • a)
    Defender a superioridade do ensino.
  • b)
    Defender a superioridade do ensino público sobre o privado.
  • c)
    Lastrear em dados concretos a opinião do jornal a respeito da formação docente no Brasil.
  • d)
    Demonstrar a inexistência de diferenças substanciais entre as redes de ensino pública e privada.

75503 IF-Sul-MG (2016) - IF-Sul-MG - Técnico em Assuntos Educacionais / Redação Oficial

O Manual de Redação Oficial da Presidência da República indica a estrutura e as formas de diagramação

dos documentos do Padrão Ofício. Quais informações estão em desacordo com o referido Manual?

  • a)

    Rejeição ao abuso de negrito, itálico, sublinhado, sombreado e bordas e outras formas que afetem a elegância do documento.

  • b)

    Utilização da fonte do tipo Times New Roman de corpo 12 no texto em geral, 11 nas citações e 10 nas notas de rodapé.

  • c)

    Inserção do cabeçalho na primeira página e discriminação da numeração da página a partir da segunda.

  • d)

    Impressão dos textos preferencialmente colorida em papel branco e em ambos os lados do papel.

75504 IF-Sul-MG (2016) - IF-Sul-MG - Técnico em Assuntos Educacionais / Gestão de Pessoas

Raquel Xavier, brasileira, solteira, contadora de uma Autarquia Federal, ao requerer sua aposentadoria em março de 2007, teve reconhecido direito que ampliou seu provento em 25%. A referida vantagem foi reconhecida pelo setor de Gestão de Pessoas e, desde então, vem recebendo seus proventos devidamente acrescidos da referida vantagem. No último dia 28/02/2016, o novo gestor da Gestão de Pessoas, valendo-se do princípio do autotutela, revisou os atos de aposentadoria concedida nos últimos 15 anos. Como resultado dessa revisão, a vantagem ora reconhecida para a servidora Raquel, após devida notificação da servidora, foi cancelada e solicitado o ressarcimento ao erário das vantagens recebidas nos últimos 5 anos.

Com base na presente situação, a atitude do novo gestor de Gestão de Pessoas em cancelar a vantagem e solicitar o ressarcimento ao erário está:

  • a)
    Correta, pois o princípio da autotutela possibilita à Administração Pública rever e corrigir seus atos independentemente dos efeitos decorrentes deles.
  • b)
    Incorreta, pois o direito da Administração de anular os atos administrativos de que decorram efeitos favoráveis para os destinatários decai em cinco anos, contados da data em que foram praticados, salvo comprovada má-fé.
  • c)
    Correta, pois o direito da Administração de anular os atos administrativos de que decorram efeitos favoráveis para os destinatários decai em dez anos, contados da data em que foram praticados, salvo comprovada má-fé.
  • d)
    Incorreta, pois o direito da Administração de anular os atos administrativos de que decorram efeitos favoráveis ou não para os destinatários decai em cinco anos, contados da data em que foram praticados, salvo comprovada má-fé.

75505 IF-Sul-MG (2016) - IF-Sul-MG - Técnico em Assuntos Educacionais / Informática

Utilizando uma conta do Gmail, você deseja encontrar um e-mail enviado para o endereço concurso@ifsuldeminas.edu.br e que contenha a palavra “provas”. Entretanto, a conta já possui muitos emails (na Entrada, Enviados etc). Qual a forma adequada para você pesquisar e encontrar especificamente esse e-mail?

  • a)
    Clique na seta da caixa de pesquisa, digite o endereço concurso@ifsuldeminas.edu.br no campo “Para” e a palavra “provas” no campo “Contém as palavras” e clique no ícone de pesquisa.
  • b)
    Clique na caixa Lixeira e procure uma mensagem de concurso@ifsuldeminas.edu.br com a palavra “provas”. Ao encontrar, marque a mensagem e clique no ícone de Mover para e, em seguida, selecione Entrada.
  • c)
    Clique na caixa de Entrada e, em seguida, pressione as teclas Ctrl+F para abrir a caixa de pesquisa do seu navegador. No campo de busca, digite o endereço concurso@ifsuldeminas.edu.br e a palavra “provas” e pressione Enter.
  • d)
    Clique no ícone de configurações do Gmail e selecione configurar caixa de entrada. Clique na guia Filtros e endereços bloqueados. Clique em Criar novo filtro, digite o endereço concurso@ifsuldeminas.edu.br no campo “De” e a palavra “provas” no campo “Assunto” e clique no ícone de pesquisa.

80491 IF-Sul-MG (2016) - IF-Sul-MG - Técnico em Assuntos Educacionais / Pedagogia

Os principais idealizadores do INEP e dos Centros de Pesquisas Educacionais – respectivamente Manoel Bergström Lourenço Filho (1897-1970) e Anísio Spínola Teixeira (1900-1971) – defendiam, à época da entrada em funcionamento dessas instituições, a ideia de que a educação era um instrumento fundamental para a estabilidade social e para a própria sobrevivência da nação. Um exemplo de como a educação era identificada por Lourenço Filho, no final dos anos de 1930, e por Anísio Teixeira, nos anos de 1950, como diretamente relacionada à consolidação de um Estado moderno, autônomo e desenvolvido no Brasil pode ser tomado pela relação estabelecida por eles entre a educação e o “complexo de inferioridade” do povo brasileiro diante dos países desenvolvidos. A carência de educação escolar sistemática era entendida como a origem, e o seu oferecimento a toda a população, como a solução para tal problema.

FERREIRA, M.S. Os Centros de Pesquisas Educacionais do INEP e os estudos em ciências sociais sobre a educação no Brasil. Revista Brasileira de Educação [online], vol. 13, n. 38, p. 279-292, 2008 Disponível em: . Acesso em: 08 maio 2016 De acordo com o excerto acima, o INEP:

  • a)
    Defendia a centralidade da educação para a superação do complexo de inferioridade do povo brasileiro.
  • b)
    Reconhecia a centralidade das instituições escolares para a pesquisa em educação e para as mudanças sociais.
  • c)
    Reconhecia o papel estratégico da pesquisa sobre as relações entre educação escolarizada e mudanças sociais.
  • d)
    Defendia que a carência da educação escolar era a consequência de um Estado moderno que gerou um complexo de inferioridade no povo brasileiro.