32 resultados encontrados para . (0.009 segundos)

72824 IF-RS (2016) - IF-RS - Professor - Agropecuária / Agropecuária

A textura do solo refere-se à proporção relativa das partículas de areia, silte e argila que compõem a terra fina do solo (fração menor que 2 mm). Assim, é CORRETO afirmar:

  • a)
    A sensação ao tato de aspereza quando a amostra de solo é esfregada entre o polegar e o indicador se deve ao predomínio de silte.
  • b)
    As proporções de areia, silte e argila são agrupadas num total de 12 classes texturais.
  • c)
    Solos com textura muito argilosa são aqueles onde se detecta mais de 50% de argila.
  • d)
    No campo a textura é estimada através do tato, esfregando-se uma amostra de solo úmido, amassada e bem homogeneizada, entre o polegar e o indicador.
  • e)
    Solos com maiores teores de argila, por apresentarem menor resistência à desagregação, são mais suscetíveis à erosão pelo impacto das gotas da chuva e pelo escoamento superficial das águas.

72825 IF-RS (2016) - IF-RS - Professor - Agropecuária / Agropecuária

Em relação às principais propriedades e características químicas, físicas e biológicas do solo afetados pela matéria orgânica, analise as afirmativas abaixo identificando com um “V” quais são VERDADEIRAS e com um “F” quais são FALSAS assinalando a seguir a alternativa CORRETA, na sequência de cima para baixo. ( ) A matéria orgânica é a principal fonte de nitrogênio no solo, sendo que seu teor é utilizado como um dos critérios de recomendação de adubação nitrogenada para as culturas nos estados de SC e RS.

( ) Os compostos orgânicos que constituem a matéria orgânica participam de ligações entre as partículas do solo, impactando na textura do solo.

( ) Os compostos de carbono da matéria orgânica servem como fonte de energia e nutrientes para os organismos do solo, de forma que a disponibilidade de carbono está relacionada à estimulação ou inibição da atividade enzimática desses.

( ) Devido à capacidade de lliberar ou receber íons H+, a matéria orgânica influencia no poder tampão do solo.

  • a)
    F – V – V – V.
  • b)
    F – F – V – V.
  • c)
    V – F – V – F.
  • d)
    V – F – V – V.
  • e)
    V – V – F – V

72826 IF-RS (2016) - IF-RS - Professor - Agropecuária / Agropecuária

Com relação ao termo qualidade de forragem, assinale a alternativa em que todas as afirmativas estão CORRETAS: I. Está diretamente relacionada com a produção de leite por animal e com o ganho de peso vivo diário.

II. Pode ser definida como o potencial da forragem em produzir uma resposta animal desejada, ou a combinação de características biológicas e químicas que determinam o potencial para a produção de leite, lã ou carne.

III. Pode ser considerada a combinação do valor nutritivo com o consumo da forragem.

IV. Os dois únicos fatores que interferem no valor nutritivo de uma pastagem são as características das plantas que a compõem e o potencial produtivo dos animais que se alimentam dela.

V. Uma das formas de estimar o valor nutritivo da forragem é através do seu teor de Fibra em Detergente Neutro (FDN), pois quanto maior for o FDN, maior será o consumo de matéria seca.

  • a)
    I, II, III, IV e V.
  • b)
    Apenas I, II, IV e V.
  • c)
    Apenas I, II, III e IV
  • d)
    Apenas I, II, III e V.
  • e)
    Apenas I, II e III.

72827 IF-RS (2016) - IF-RS - Professor - Agropecuária /

A propagação das hortaliças é muito importante, pois os erros acometidos nessa etapa geralmente não podem ser corrigidos posteriormente. Analise as afirmativas identificando com “V” as VERDADEIRAS e com “F” as FALSAS assinalando a seguir a alternativa CORRETA, na sequência de cima para baixo: ( ) Viveiros apresentam leitos de consistência mais pesada em relação à sementeira.

( ) A produção de mudas em copinhos proporciona diminuição do manuseio das mudas, prevenindo-se a disseminação de patógenos por mão contaminadas, além de ocasionar reduzida perda de água, diminuindo os custos com irrigação.

( ) A vermiculita expandida é um mineral utilizado na composição do substrato que recebe as sementes para a produção de mudas. Esse mineral absorve até cinco vezes o seu peso em água e deve ser usado na proporção de 30 a 40% do substrato em relação ao volume dos demais materiais.

( ) As mudas podem ser transplantadas com raiz nua, quando produzidas em sementeiras, ou com raiz protegida por torrão quando produzidas em viveiros, recipientes ou bandejas. A vantagem das mudas com raiz nua são o maior índice de “pegamento” e recuperação mais rápida das plantas após o transplante.

( ) O “endurecimento” das mudas previamente ao transplante objetiva adaptá-las melhor às condições menos favoráveis do local definitivo.

Para isso a irrigação deve ser suspensa às vésperas do transplante, com a finalidade de elevar o teor de matéria seca (MS) das plantas, o que favorece a retomada no desenvolvimento após o transplante. Além disso, o “endurecimento” é favorecido pelo adequado fornecimento de nitrogênio (N ), fósforo (P ) e potássio (K ).

  • a)
    V – F – V – F – F.
  • b)
    V – F – V – F – V.
  • c)
    F – F – F – V – F.
  • d)
    V – V – V – F – F.
  • e)
    V – V – F – F – F.

72828 IF-RS (2016) - IF-RS - Professor - Agropecuária / Agropecuária

O processo de propagação agâmica por estaquia baseia-se na capacidade de regeneração dos tecidos e emissão de raízes das plantas, devendo a estaca possuir ao menos uma gema. Em relação à estaca do tipo lenhosa simples. Qual alternativa completa as lacunas da frase abaixo na ordem que os números aparecem.

É obtida subdividindo-se o ramo em pedaços de ______ e _____ centímetros de comprimento, com diâmetro normalmente varia de _____ e _____ centímetros e cada estaca deve possuir de _____ a _____ gemas.

  • a)
    10 e 20 – 0,5 e 1,5 – 5 a 10.
  • b)
    20 e 30 – 0,5 e 1,5 – 4 a 6.
  • c)
    20 e 30 – 0,5 e 1,0 – 5 a 10.
  • d)
    10 e 20 – 0,5 e 1,0 – 4 a 6.
  • e)
    10 e 20 – 0,5 e 1,5 – 3 a 8.

72829 IF-RS (2016) - IF-RS - Professor - Agropecuária / Agropecuária

As plantas são constituídas basicamente de água, variando seu conteúdo de 70 a 90% da massa verde. Em relação aos efeitos do déficit hídrico, marque a alternativa CORRETA.

  • a)
    O fechamento dos estômatos aumenta a entrada de CO2 e, assim, diminui a taxa fotossintética.
  • b)
    A taxa fotossintética maior, em períodos de estiagem, deve-se à menor taxa de renovação e expansão de folhas.
  • c)
    A taxa respiratória nas folhas aumenta com o déficit hídrico.
  • d)
    Como consequência, em plantas estressadas pela falta de água, ocorre diminuição da concentração de aminoácidos livres, principalmente prolina e aminas.
  • e)
    Os estômatos das plantas tendem a se fechar quando existe deficiência de água, sendo o principal mecanismo da regulagem do balanço hídrico das plantas.

81255 IF-RS (2016) - IF-RS - Professor - Agropecuária / Agropecuária

Na evolução histórica dos jardins, o estilo contemporâneo, com influência __________, destaca-se por ser informal; assimétrico; limitado a formações naturais; caminhos sinuosos; amplos relvados; árvores isoladas, agrupadas ou a grandes maciços irregularmente distribuídos.

Assinale a alternativa que representa as palavras que preenchem CORRETAMENTE a lacuna no texto:

  • a)
    Oriental e Inglesa
  • b)
    Egípcia e Medieval
  • c)
    Grega e Romana
  • d)
    Romana e Persa
  • e)
    Francesa e Inglesa

81256 IF-RS (2016) - IF-RS - Professor - Agropecuária / Agropecuária

Com relação à amostragem de solo para frutíferas é CORRETO afirmar:

  • a)
    A recomendação geral é amostrar o solo nas camadas de zero a 30 cm e, em alguns casos (dependendo da cultur(A), de 30 a 60 cm de profundidade, antes de iniciar o cultivo. Após o plantio, podem-se coletar amostras de zero a 30 cm de profundidade para a reavaliação da fertilidade do solo.
  • b)
    A recomendação geral é amostrar o solo, exclusivamente com pá de corte, nas camadas de zero a 20 cm e, em alguns casos (dependendo da cultur(A), de 20 a 40 cm de profundidade, antes de iniciar o cultivo. Após o plantio, podem-se coletar amostras de zero a 20 cm de profundidade para a reavaliação da fertilidade do solo.
  • c)
    A recomendação geral é, independente do tipo de amostrador de solo (trado rosca, trado calador, trado caneca, trado holandês, pá-de-corte ou trado fatiador) amostrar o solo nas camadas de zero a 20 cm e, em alguns casos (dependendo da cultur(A), de 20 a 40 cm de profundidade, antes de iniciar o cultivo. Após o plantio, podem-se coletar amostras de zero a 20 cm de profundidade para a reavaliação da fertilidade do solo.
  • d)
    A recomendação geral é amostrar o solo, exclusivamente com pá de corte, nas camadas de zero a 30 cm e, em alguns casos (dependendo da cultur(A), de 30 a 60 cm de profundidade, antes de iniciar o cultivo. Após o plantio, podem-se coletar amostras de zero a 30 cm de profundidade para a reavaliação da fertilidade do solo.
  • e)
    A recomendação geral é, independente do tipo de amostrador de solo (trado rosca, trado calador, trado caneca, trado holandês, pá-de-corte ou trado fatiador), amostrar o solo nas camadas de zero a 40 cm e, em alguns casos (dependendo da cultur(A), de 40 a 60 cm de profundidade, antes de iniciar o cultivo. Após o plantio, podem-se coletar amostras de zero a 40 cm de profundidade para a reavaliação da fertilidade do solo.

81257 IF-RS (2016) - IF-RS - Professor - Agropecuária / Agropecuária

Assinale a alternativa que ilustra o preenchimento CORRETO dos parênteses, de cima para baixo: 1 – Porção da planta altamente digestível, que consiste principalmente de carboidratos, que permanecem após a extração de proteína bruta, cinza, fibra bruta, gordura e umidade.

2 – Gramíneas ou ervas monocotiledôneas que apresentam os perfilhos reunidos em um feixe de crescimento ereto.

3 – Fração da forragem composta por celulose, hemicelulose e lignina.

4 – Substância química indigestível, usada como indicador para estimar o consumo de animais na pastagem.

5 – Plantas que apresentam caule rastejante que enraíza nos nós, podendo a planta multiplicar-se por meio destes.

6 – É um composto orgânico de digestibilidade muito baixa, que reforça a parede celular dos vegetais, especialmente das árvores.

( ) Hábito estolonífero.

( ) Hábito cespitoso.

( ) Extrativos não-nitrogenados (ENN).

( ) Fibra em Detergente Neutro (FDN).

( ) Lignina.

( ) Óxido crômico (Cr2O3).

  • a)
    5 – 2 – 1 – 3 – 6 – 4.
  • b)
    5 – 2 – 1 – 6 – 4 – 3.
  • c)
    2 – 5 – 1 – 3 – 6 – 4.
  • d)
    5 – 2 – 3 – 1 – 4 – 3.
  • e)
    2 – 5 – 3 – 6 – 1 – 4.

81258 IF-RS (2016) - IF-RS - Professor - Agropecuária / Agropecuária

A cultura do tomateiro é uma das mais disseminadas ao redor do mundo, embora seja extremamente complexa e de elevado risco econômico. Com relação à implantação dessa cultura, analise as afirmativas identificando com “V” as VERDADEIRAS e com “F” as FALSAS, assinalando a seguir a alternativa CORRETA, na sequência de cima para baixo: ( ) A semeadura direta no campo apresenta algumas desvantagens, entre elas o gasto elevado com sementes, a dificuldade para realizar os tratos culturais iniciais e a necessidade de desbastar as plantinhas em excesso na maioria das situações, operação difícil e onerosa.

( ) A semeadura densa em sementeira, seguida pela repicagem para viveiro e posterior transplante para o campo, produz mudas mais vigorosas que nos demais métodos e em tempo reduzido. Porém, o excessivo manuseio danifica as raízes, favorecendo o aparecimento de problemas fitossanitários.

( ) A semeadura realizada diretamente em recipientes reúne uma série de vantagens. A primeira delas é a redução no manuseio das mudas, levando à diminuição na ocorrência de doenças, tanto pelo menor contato manual dos operadores quanto pela manutenção de raízes mais íntegras. Outras vantagens incluem maior precocidade no campo e economia de sementes.

( ) Atualmente a semeadura em bandejas é o método mais utilizado, por reunir todas as vantagens do método em recipientes, embora exija mais mão-de-obra durante as operações.

( ) Recomenda-se realizar o transplante para o sulco de plantio no crepúsculo e irrigar com frequência, para que as plantam retomem o desenvolvimento com rapidez. A muda deve ser transplantada em profundidade menor do que aquela em que se encontrava.

  • a)
    V – V – V – F – F.
  • b)
    V – F – V – F – F.
  • c)
    F – F – F – V – F.
  • d)
    V – F – V – F – V.
  • e)
    F – V – F – V – V.