34 resultados encontrados para . (0.009 segundos)

73280 IF-PE (2016) - IF-PE - Assistente de Alunos / Literatura

Mostrar/Esconder texto associado

Assinale o item que estabelece a CORRETA relação entre os TEXTOS 02 e 03.

  • a)
    Os dois textos tratam de grandes temas trágicos da História da humanidade, de maneira crítica e reflexiva.
  • b)
    Em ambos os textos, temos a utilização metafórica do vocábulo ROSA, embora para designar termos metaforizados diferentes.
  • c)
    No TEXTO 02, há uma clara denúncia social; no TEXTO 03, a temática amorosa é o tema que emerge da construção poética.
  • d)
    Os dois textos se apresentam como trabalho jornalístico de pesquisa dos fatos do cotidiano das grandes cidades.
  • e)
    No TEXTO 02, a construção poética é elaborada e precisa; no TEXTO 03, a estrutura dos parágrafos denota o caráter argumentativo.

73281 IF-PE (2016) - IF-PE - Assistente de Alunos / Raciocínio Lógico

Mostrar/Esconder texto associado

Em uma régua de 30cm de comprimento, se posicionássemos o Sol na marca 0 (zero) e o "Planeta Nove" na marca 30, em que posição da régua ficaria o planeta Terra?

  • a)
    0,5cm.
  • b)
    1,5cm.
  • c)
    0,05mm.
  • d)
    0,5mm.
  • e)
    0,15mm.

73282 IF-PE (2016) - IF-PE - Assistente de Alunos / Pedagogia

Em seu livro Crossing the Bridge: a Jungian approach to adolescence, Kiepenheuer (1990) descreve a adolescência como uma fase de crise e transformação. Certamente, tais transformações acabam por influenciar o comportamento dos estudantes que se encontram nesta importante fase do desenvolvimento. Sobre a adolescência, é CORRETO afirmar que

  • a)
    a perda da experiência da infância e as transformações ocorridas no cérebro do adolescente resultam em sentimentos de estranheza e inadaptação recorrentes; a incorporação de uma nova identidade pessoal e social em transformação gera um sentimento de ambiguidade que, em alguns casos, provoca comportamentos solidários e fraternos.
  • b)
    a perda da experiência da infância e as transformações ocorridas no corpo fazem o adolescente, na maioria das vezes, se sentir incomodamente padronizado (igual aos outros) nesta nova fase de sua vida; a incorporação de uma nova identidade pessoal e social em transformação gera um sentimento de busca pela diferença e autoafirmação que, em alguns casos, resulta em comportamentos agressivos.
  • c)
    a perda da experiência da infância e as transformações ocorridas no corpo fazem o adolescente, na maioria das vezes, se sentir estranho ou inadaptado; a incorporação de uma nova identidade pessoal e social em transformação gera uma valorização social do sujeito jovem que, por sua vez, o auxilia no processo de entrada na vida adulta.
  • d)
    a perda da experiência da infância e as transformações ocorridas no corpo fazem o adolescente, na maioria das vezes, se sentir estranho ou inadaptado à nova fase de sua vida; a incorporação de uma nova identidade pessoal e social em transformação gera um sentimento de ambiguidade que, em alguns casos, resulta em comportamentos agressivos.
  • e)
    a perda da experiência da infância e as transformações ocorridas no cérebro do adolescente resulta em sentimentos de euforia e pertencimento recorrentes; a incorporação de uma nova identidade pessoal e social em transformação gera um sentimento de ambiguidade que, em alguns casos, causa comportamentos solidários e fraternos.

73283 IF-PE (2016) - IF-PE - Assistente de Alunos / Pedagogia

No contexto escolar, as relações estabelecidas entre os estudantes devem ser objetos de atenção dos educadores. Neste contexto, o desenvolvimento psicossocial compreende, dentre outros aspectos, o aperfeiçoamento, ao longo do tempo, dos modos pelos quais cada sujeito se relaciona com os outros e o juízo moral que orienta tais relações. Sobre o desenvolvimento do juízo moral, com base nos postulados de Jean Piaget, é CORRETO afirmar que

  • a)
    a moral compreende um sistema de regras e a moralidade, em sua essência, é o respeito que os indivíduos sentem em relação a essas regras.
  • b)
    a moral compreende um sistema de recompensas e a moralidade, em sua essência, é o respeito que os indivíduos sentem em relação às consequências de suas ações.
  • c)
    a moral compreende um sistema de determinações genéticas e a moralidade, em sua essência, é o respeito que os indivíduos sentem em relação aos outros.
  • d)
    a moral compreende um sistema de regras e a moralidade, em sua essência, é o respeito que os indivíduos sentem em relação aos outros.
  • e)
    a moral compreende um sistema de regras e a moralidade, em sua essência, é o respeito que os indivíduos sentem em relação a essas regras e aos outros.

73284 IF-PE (2016) - IF-PE - Assistente de Alunos / Sociologia

Temos, no Brasil, uma grande diversidade cultural e racial. Descendentes de povos africanos e de índios brasileiros, de imigrantes europeus, asiáticos e latino-americanos compõem o cenário brasileiro. Por conta disso, podemos que afirmar que

  • a)
    atualmente, o termo “pluralidade cultural” não se aplica ao Brasil por causa da Globalização.
  • b)
    a mistura de todas estas raças e etnias não caracteriza a identidade do povo brasileiro.
  • c)
    o Brasil é um país dotado de uma ampla “pluralidade cultural”, ou seja, diferentes culturas foram e são produzidas pelos grupos sociais que fazem parte da nossa história.
  • d)
    a diversidade cultural e racial não interfere nas formas com que os habitantes do Brasil organizaram sua vida social e política.
  • e)
    ações racistas e discriminatórias não existem na sociedade brasileira por causa da grande diversidade cultural e racial do país.

73285 IF-PE (2016) - IF-PE - Assistente de Alunos / Direito Constitucional

O Artigo 227 da Constituição da República Federativa do Brasil trata do direito à proteção especial. Conforme o parágrafo 3º, o direito a essa proteção abrangerá os seguintes aspectos:

  • a)
    programas de prevenção e atendimento especializado à criança, ao adolescente e ao jovem dependente de entorpecentes e drogas afins.
  • b)
    garantia de pleno e formal conhecimento da atribuição de ato criminal na infância, privilégio na relação processual e defesa técnica por profissional habilitado, segundo dispuser a legislação tutelar específica.
  • c)
    programas de prevenção e atendimento especializado à criança, ao adolescente e ao jovem dependente de entorpecentes e drogas afins apenas quando de livre vontade do sujeito.
  • d)
    garantia de pleno e formal conhecimento da atribuição de ato infracional, privilégio na relação processual e defesa técnica por profissional habilitado, segundo dispuser a legislação tutelar específica.
  • e)
    idade mínima de treze anos para admissão ao trabalho, observado o disposto no Art. 7º, XXXIII.

73286 IF-PE (2016) - IF-PE - Assistente de Alunos / Legislação Federal

De acordo com os direitos do jovem, dispostos no Estatuto da Juventude (Lei nº 12.852/13),

assinale a alternativa CORRETA.

  • a)

    O jovem tem direito à educação de qualidade, com a garantia de educação básica, obrigatória e gratuita desde que apresente desempenho escolar adequado.

  • b)

    O jovem tem direito à participação social e política, mas não participa da formulação, execução e avaliação das políticas públicas de juventude.

  • c)

    O jovem tem direito à diversidade e à igualdade de direitos e de oportunidades e não será discriminado por motivo de: I - etnia, raça, cor da pele, cultura, origem, idade e sexo; II - orientação sexual, idioma ou religião; III - opinião, deficiência e condição social ou econômica.

  • d)

    O jovem tem direito à profissionalização, ao trabalho e à renda, exercido em condições de liberdade, equidade e segurança, adequadamente remunerado e sem proteção social.

  • e)

    O jovem tem direito à saúde e à qualidade de vida, mas não serão consideradas suas especificidades na dimensão da prevenção, promoção, proteção e recuperação da saúde de forma integral.

81641 IF-PE (2016) - IF-PE - Assistente de Alunos / Português

Mostrar/Esconder texto associado

Assinale o item que substitui corretamente o termo sublinhado do trecho que segue, sem mudar o sentido: “É, pois, função precípua dos Institutos Federais atuar a favor dos arranjos produtivos, sociais e culturais locais.” (6º parágrafo)

  • a)
    É, primordialmente, função precípua dos Institutos Federais atuar a favor dos arranjos produtivos, sociais e culturais locais.
  • b)
    É, contudo, função precípua dos Institutos Federais atuar a favor dos arranjos produtivos, sociais e culturais locais.
  • c)
    É, porém, função precípua dos Institutos Federais atuar a favor dos arranjos produtivos, sociais e culturais locais.
  • d)
    É, entretanto, função precípua dos Institutos Federais atuar a favor dos arranjos produtivos, sociais e culturais locais.
  • e)
    É, portanto, função precípua dos Institutos Federais atuar a favor dos arranjos produtivos, sociais e culturais locais.

81642 IF-PE (2016) - IF-PE - Assistente de Alunos / Português

Mostrar/Esconder texto associado

Observe as construções “Não se preocupe: Ele volta” e “os atabaques, ansiosos de consolo e de vingança, chamam os deuses africanos. Cristo sozinho não basta.”

Se fosse possível substituir os sinais em destaque por conjunções, quais poderiam ser para que o sentido não se alterasse?

  • a)
    Em ambas as construções, os sinais de pontuação podem ser substituídos pela conjunção “porém”.
  • b)
    Na primeira sentença, os dois pontos seria substituído por “porque” e na segunda, o ponto final seria substituído por “porém”.
  • c)
    Na primeira construção, substitui-se os dois pontos por “e” e na segunda, o ponto final é trocado por “pois”.
  • d)
    Nas duas construções, os sinais de pontuação poderiam ser substituídos pela conjunção “porque”.
  • e)
    Nas duas sentenças, os sinais de pontuação podem ser substituídos pela conjunção “portanto”.

81643 IF-PE (2016) - IF-PE - Assistente de Alunos / Direito Constitucional

A família, base da sociedade, tem especial proteção do Estado. Sobre o Art. 226 da Constituição

da República Federativa do Brasil, pode-se afirmar que

I. o casamento religioso não tem efeito civil, nos termos da lei.

II. para efeito da proteção do Estado, é reconhecida a união estável entre o homem e a mulher

como entidade familiar, devendo a lei facilitar sua conversão em casamento.

III. os direitos e deveres referentes à sociedade conjugal são exercidos igualmente pelo homem e

pela mulher.

IV. o casamento civil pode ser dissolvido pelo divórcio, após prévia separação judicial por mais

de um ano, nos casos expressos em lei, ou comprovada separação de fato por mais de dois

anos.

V. o Estado assegurará a assistência à família na pessoa de cada um dos que a integram, mas

está isento de criar mecanismos para coibir a violência no âmbito de suas relações.

Estão CORRETAS apenas

  • a)

    I, III e IV.

  • b)

    I, II e III.

  • c)

    II, III e IV.

  • d)

    II, III e V.

  • e)

    II, IV e V.

icon
Questão anulada pela banca organizadora do concurso.