10 resultados encontrados para . (0.012 segundos)

73896 IDECAN (2016) - UFPB - Arquiteto / Arquitetura

“Elemento construtivo para impedir a incidência direta da radiação solar sobre o interior de um edifício, de forma a evitar o aquecimento excessivo de determinadas áreas e ambientes.” Trata-se de:

  • a)
    Brise.
  • b)
    Cobogó.
  • c)
    Pergolado.
  • d)
    Abiombado.

82562 IDECAN (2016) - UFPB - Arquiteto / Arquitetura

Em paisagismo deve-se procurar trabalhar também com a preocupação voltada à qualidade de vida dos usuários das

edificações, espaços públicos e mobiliário urbano. Para ser considerado acessível, é imprescindível que o mobiliário

urbano ?atenda a determinadas condições, EXCETO:

  • a)
    Estar localizado junto a uma rota acessível.
  • b)
    Estar localizado fora da faixa livre para circulação de pedestres.
  • c)
    Ser projetado de modo a não possuir cantos vivos, arestas ou quaisquer outras saliências cortantes ou perfurantes.?
  • d)
    Ser projetado como obstáculo suspenso, assim como as jardineiras em sacadas, esculturas sobre pedestais e luminárias pendentes.

90007 IDECAN (2016) - UFPB - Arquiteto / Arquitetura

A largura da calçada pode ser dividida em três faixas distintas de uso. Analise-as.

I.Faixa de serviço: serve para acomodar o mobiliário, os canteiros, as árvores e os postes de iluminação ou sinalização.

Nas calçadas a serem construídas, recomenda-se reservar uma faixa de serviço com largura mínima de 0,70 m.

II.Faixa livre ou passeio: consiste no espaço de passagem da área pública para o lote. Esta faixa é possível apenas em

calçadas com largura superior a 2,00 m. Serve para acomodar a rampa de acesso aos lotes lindeiros sob autorização

do município para edificações já construídas.

III.Faixa de acesso: destina-se exclusivamente à circulação de pedestres, deve ser livre de qualquer obstáculo, ter

inclinação transversal até 3 %, ser contínua entre lotes e ter, no mínimo, 1,20 m de largura e 2,10 m de altura livre.

Está(ão) correta(s) a(s) afirmativa(s)

  • a)
    I, II e III.
  • b)
    I, apenas.
  • c)
    II, apenas.
  • d)
    I e III, apenas.

90008 IDECAN (2016) - UFPB - Arquiteto / Arquitetura

Analise as afirmativas a seguir. I.Cortes são movimentações de terra ou rocha cuja execução exige escavação do material que compõe o terreno natural no interior dos limites das seções projetadas. II.Aterros são áreas implantadas com o depósito e a compactação de materiais provenientes de cortes ou empréstimos, no interior dos limites das seções de projetos (off sets). III.Corpo do aterro é a parte do aterro constituída de material selecionado, situado entre o greide final da terraplenagem e o corpo do aterro. IV.Off sets são linhas de estacas demarcadoras da área de execução dos serviços. V.Camada final é a parte do aterro situado entre o terreno natural até 0.60 m abaixo da cota correspondente ao greide da terraplenagem. VI.Rachão é a camada final de terraplenagem executada com pedras provenientes do britador primário, espalhada mecanicamente e comprimida. Sobre essa camada será espalhado pó de pedra ou areia e vibrados até o completo preenchimento dos vazios, alcançando-se o embricamento do material pétreo. Estão corretas as afirmativas

  • a)
    I, II, III, IV, V e VI.
  • b)
    I e II, apenas.
  • c)
    II, III e VI, apenas.
  • d)
    I, II, IV e VI, apenas.

90009 IDECAN (2016) - UFPB - Arquiteto / Arquitetura

A geração das formas arquitetônicas na organização espacial e sua relação com a tecnologia pode ser classificada em

alguns “modos" distintos, EXCETO:

  • a)

    Icônica.

  • b)
    Sintética.
  • c)
    Canônica.
  • d)
    Pragmática.

95570 IDECAN (2016) - UFPB - Arquiteto / Arquitetura

De acordo com a ABNT NBR 9050 são considerados “fatores de impedância":

I. Mobiliário urbano que interfira em fluxo de pedestres.

II. Entradas de edificações junto ao alinhamento.

III. Vitrines junto ao alinhamento.

IV. Vegetação e postes de sinalização mal localizados.

Está(ão) correta(s ) a(s ) alternativa(s )

  • a)
    I, II, III e IV.
  • b)
    IV, apenas.
  • c)
    I e IV, apenas.
  • d)
    II e III, apenas.

95571 IDECAN (2016) - UFPB - Arquiteto / Arquitetura

Antes de iniciar qualquer construção, os profissionais responsáveis pela obra devem considerar diversos aspectos,

principalmente em relação à legislação. Inicialmente, deve-se elaborar um Projeto Básico, que consiste na reunião de

especificações do empreendimento, a fim de conseguir a liberação do alvará que permitirá sua construção. O Projeto

Básico deve conter:

I.Os documentos da licença ambiental para a construção.

II.Os projetos de arquitetura e engenharia com informações sobre estudos de viabilidade, especificações de serviços e

materiais que serão utilizados.

III.Orçamento detalhado da obra e sua programação.

IV.Citação das leis pertinentes ao uso da nova edificação.

V.Relatório detalhado com as especificações de segurança do trabalho durante a execução da obra.

Estão corretas as afirmativas

  • a)
    I, II, III, IV e V.
  • b)
    II e IV, apenas.
  • c)
    I, II e III, apenas.
  • d)
    II, III e V, apenas.

95572 IDECAN (2016) - UFPB - Arquiteto / Arquitetura

“Além dos projetos de arquitetura e engenharia com suas especificações e detalhes, o licenciamento ambiental é

também imprescindível para a construção de um empreendimento. O objetivo do licenciamento é realizado pelo

órgão ambiental competente, que pode ser municipal, estadual ou federal e tem como objetivo avaliar o tipo de

_______________ que o empreendimento causará na natureza, como a geração de materiais _________________,

emissões de ________________, risco de ________________ ou __________________." Assinale a alternativa que

completa correta e sequencialmente a afirmativa anterior.

  • a)
    problema / perigosos / gases / acidentes / perigo
  • b)
    melhoria / ativos / poeiras / incidentes / problemas
  • c)
    impacto / poluentes / ruídos / incêndios / explosões
  • d)
    modificação / perniciosos / poluentes / agravos / doenças

104447 IDECAN (2016) - UFPB - Arquiteto / Arquitetura

“Norma que fixa as condições exigíveis para representação gráfica de projetos de arquitetura, visando à sua boa

compreensão, mas que não abrange critérios de projeto, que são objeto de outras normas ou de legislação

específicas de municípios ou estados." Trata-se da:

  • a)
    NBR 5671/1990.
  • b)
    NBR 6492/1994.
  • c)
    NBR 13532/1995.
  • d)
    NBR 13531/1990.

104448 IDECAN (2016) - UFPB - Arquiteto / Arquitetura

“É um tipo de cobertura muito explorado na construção civil, pois permite a entrada de luz natural de maneira mais intensa e uniforme que a obtida por janelas laterais, assim, os níveis de iluminação durante o dia podem ficar acima dos 500 lux. Permite também a ventilação natural dos ambientes e, dependendo da sua orientação, pode funcionar como captador de vento ou como extrator do ar quente. Sua forma é fundamental para induzir a pressão negativa na parte posterior, onde está a janela de saída. Essa pressão negativa provoca a extração do ar de dentro do ambiente. Dependendo da forma, pode-se incrementar o fluxo de ar em até 20%. Em alguns edifícios, onde existe o mesmo programa, com demandas similares de conforto térmico, iluminação natural e ventilação, observa-se uma constante evolução no desenho da ‘cobertura’ com o intuito de otimizar seu funcionamento.” Trata-se de cobertura tipo:

  • a)
    Shed.
  • b)
    Cúpula.
  • c)
    Claraboia.
  • d)
    Torre de vento.