30 resultados encontrados para . (0.010 segundos)

147658 IDECAN (2014) - AGU - Economista / Economia

Com relação à função demanda de teoria do consumidor, marque V para as afirmativas verdadeiras e F para a falsas.

( ) A curva de Engel para um bem inferior é negativamente inclinada.

( ) A demanda por um bem derivada de uma função utilidade Cobb-Douglas é uma fração da renda em relação ao preço do mesmo bem.

( ) Considerando o efeito do preço de um bem sobre sua própria demanda, o efeito renda pode exatamente igualar o efeito substituição somente se o bem não for inferior.

A seqüência está correta em

  • a)

    F, V, F.

  • b)

    F, V, V.

  • c)

    V, F, V.

  • d)

    V, V, F.

  • e)

    V, V, V.

147659 IDECAN (2014) - AGU - Economista / Contabilidade Geral

Uma pessoa deseja analisar a capacidade de pagamento de uma empresa através de suas demonstrações contábeis.

Assinale a alternativa que indica o melhor grupo de indicadores de análise para medir a capacidade de pagamento de

uma empresa.

  • a)

    De liquidez.

  • b)

    De lucratividade.

  • c)

    De rentabilidade.

  • d)

    De endividamento.

  • e)

    De fluxos de caixa.

147660 IDECAN (2014) - AGU - Economista / Não classificada

Considere a série temporal dos saldos líquidos de caixa, representados por SCX e dos anos efetivamente transcorridos

(n ) entre o investimento (I ) e fim de um projeto de investimento como:

Assinale, a seguir, o valor da taxa interna que retorna esse investimento.

  • a)

    R$ 150,00.

  • b)

    R$ 160,00.

  • c)

    R$ 180,00

  • d)

    R$ 190,00.

  • e)

    R$ 200,00.

icon
Questão anulada pela banca organizadora do concurso.

147661 IDECAN (2014) - AGU - Economista / Direito Administrativo

"João Justo sempre buscou desempenhar suas atividades profissionais de forma escorreita e em estrita observância aos

preceitos éticos. Após se tornar servidor público civil da União, contudo, não tomou a precaução básica de conhecer a

legislação que regulamenta o assunto em sua nova carreira. Dez anos depois de assumir o cargo, foi surpreendido pela

notificação de procedimento de investigação instaurado pelo fato de: (i) participar de gerência de sociedade privada; (ii)

ter retirado de sua repartição um plano de trabalho do setor para estudo mais aprofundado em sua residência; e (iii)

cometer a outro servidor atribuições estranhas ao cargo que ocupa." Considerando o disposto na Lei n9 8.112/1990,

Estatuto dos Servidores Públicos Civis da União, indique qual das justificativas podem ser consideradas como válidas

para afastar a caracterização de eventual infringência ao art. 117 (das proibições ao servidor) da lei em comento.

  • a)

    Não há proibição quanto à retirada de documentos da repartição pelo servidor, quando esta se der por motivos de aperfeiçoamento profissional.

  • b)

    Ocorreu situação emergencial e transitória, devidamente comprovada, que justifica o cometimento a outro servidor de atribuições estranhas ao cargo que ocupa.

  • c)

    A retirada do plano de trabalho da repartição foi previamente comunicada ao superior imediato mediante o envio de um e-mail, o que afasta, no caso, a ocorrência de conduta proibida.

  • d)

    O Sr. João, embora de fato participe da gerência de sociedade privada, não pode ser penalizado por tal prática, pois a sociedade em questão não é personificada, sendo que a lei somente veda a participação em sociedades personificadas.

  • e)

    Não há penalidade no cometimento a outro servidor de atribuições estranhas ao cargo que ocupa, mas, sim, no cometimento a pessoa estranha à repartição, fora dos casos previstos em lei, o desempenho de atribuição que seja de sua responsabilidade ou de seu subordinado.

icon
Questão anulada pela banca organizadora do concurso.

147662 IDECAN (2014) - AGU - Economista / Direito Administrativo

A licitação para a concessão e para o arrendamento de bem público destinado à atividade portuária será regida pelo

disposto na Lei n9 12.815, de 2013, na Lei n9 12.462, de 4 de agosto de 2011, no Decreto n9 7.581, de 11 de outubro

de 2011 (de forma subsidiária), e no Decreto n9 8.033, de 27 de junho de 2013. Acerca das disposições previstas neste

último diploma legal, marque V paras as afirmativas verdadeiras e F para as falsas.

( ) A realização dos estudos prévios de viabilidade técnica, econômica e ambiental do objeto do arrendamento ou da

concessão, quando necessária, deverá observar as diretrizes do planejamento do setor portuário.

( ) Para a qualificação técnica nas licitações de arrendamento, o edital poderá estabelecer que o licitante assuma o

compromisso de obter sua pré-qualificação como operador portuário perante a administração do porto.

( ) O recurso em face dos atos do julgamento da proposta ou da habilitação deverá ser dirigido à Administração do

Porto, por intermédio da comissão de licitação, que apreciará sua admissibilidade.

( ) O poder concedente poderá anular o procedimento, no todo ou em parte, por vício insanável, mesmo após

exauridos os recursos administrativos, não cabendo recursos contra tal decisão.

A seqüência está correta em

  • a)

    V, V, F, F.

  • b)

    V, F, V, V.

  • c)

    V, F, V, F.

  • d)

    F, V, F, F.

  • e)

    F, F, V, V.

154711 IDECAN (2014) - AGU - Economista / Economia

Em relação aos Planos Collor I e II, analise as afirmativas.

I.O Plano Collor I visava a acabar com a indexação da economia, adotando diversas medidas para melhorar a eficiência da

gestão pública e reduzir os gastos do governo.

II.O Plano Collor I realizou uma reforma financeira, com o fim do overnight, substituído pelo FAF, no qual os títulos

públicos seriam transacionados.

III.O Plano Collor II tentou medidas de austeridade fiscal, via controle do fluxo de caixa no Ministério da Fazenda e restrição

orçamentária de vários ministérios, mas resistências políticas impediram a continuação dessas medidas.

Está( ão) correta(s ) apenas a(s ) afirmativa(s )

  • a)

    I.

  • b)

    II.

  • c)

    III.

  • d)

    I e II.

  • e)

    I e III.

154712 IDECAN (2014) - AGU - Economista / Economia

Sejam 2 projetos de investimento - A e B, mutuamente exclusivos, com taxas internas de retorno rA e rB positivas, e seja

a taxa mínima de atratividade igual a rC, positiva, associada a uma alternativa C. O projeto B tem um valor inicial a ser

aplicado maior do que o projeto A. Considere, ainda, a nomenclatura [B - A] o fluxo de caixa associado ao investimento

incrementai, obtido das parcelas de B deduzida as parcelas de A em cada período. Seja a taxa interna de retorno associada

a tal fluxo, igual a r[B A]. Pela análise incrementai, o projeto B deve ser escolhido

  • a)

    apenas quando rB > rA > rC.

  • b)

    para qualquer valor de rB, desde que rB> rA.

  • c)

    para qualquer valor de r [B_A], desde que r[B_A] > 0.

  • d)

    para qualquer valor de r B, desde que r[B_A] > rA e rB > rC.

  • e)

    para qualquer valor de rA e rA, desde que r[B_A] > rA e rB > rA.

154713 IDECAN (2014) - AGU - Economista / Direito Administrativo

A Lei n9 8.429, de 2 de junho de 1992, dispõe sobre as sanções aplicáveis aos agentes públicos em decorrência de atos

de improbidade, os quais foram divididos em três categorias, a saber:

1.Atos de Improbidade Administrativa que Importam Enriquecimento Ilícito.

2.Atos de Improbidade Administrativa que Causam Prejuízo ao Erário.

3.Atos de Improbidade Administrativa que Atentam Contra os Princípios da Administração Pública.

( ) Permitir, facilitar ou concorrer para que terceiro se enriqueça ilicitamente.

( ) Perceber vantagem econômica para intermediar a liberação ou aplicação de verba pública de qualquer natureza.

( ) Frustrar a licitude de processo licitatório ou dispensá-lo indevidamente.

( ) Frustrar a licitude de concurso público.

Assinale a seqüência de códigos que corresponde corretamente às categorias em que se enquadram as condutas, na

ordem em que são apresentadas e conforme a legislação mencionada.

  • a)

    1, 2, 2, 3.

  • b)

    1, 2, 3, 2.

  • c)

    2, 1, 2, 3.

  • d)

    2, 3, 1, 3.

  • e)

    3, 2, 2, 1

154714 IDECAN (2014) - AGU - Economista / Não classificada

Suponha que você seja definido como responsável por conduzir a elaboração de um termo de referência para a

realização de uma licitação para a concessão de bem público destinado à atividade portuária, dando especial atenção

aos critérios para julgamento. Para esse trabalho, foi realizado o estudo minucioso do Decreto n9 8.033, de 27 de junho

de 2013, que regulamenta o disposto na Lei n9 12.815, de 5 de junho de 2013, e as demais disposições legais que

regulam a exploração de portos organizados e de instalações portuárias. Indique a seguir qual combinação de critérios

NÃO pode ser considerada como válida em procedimentos licitatórios desta natureza, conforme o que preconiza o

diploma legal retrocitado.

  • a)

    Maior capacidade de movimentação e menor tarifa.

  • b)

    Menor tarifa e menor tempo de movimentação da carga.

  • c)

    Maior valor de investimento e menor contraprestação do poder concedente.

  • d)

    Menor contraprestação do poder concedente e maior capacidade de movimentação.

  • e)

    Melhor proposta técnica, conforme critérios objetivos estabelecidos pelo poder concedente, e menor tarifa.

164805 IDECAN (2014) - AGU - Economista / Economia

Um empresário monopolista contratou seus serviços profissionais de economista para lhe auxiliar no cálculo de

maximização de seus lucros. Após levantamentos junto à empresa, foi constatado que o preço da mercadoria

analisada é de R$ 40,00 e seu custo médio (Cme) é estimado em Cme =

De Posse das informações fornecidas, assinale a alternativa que enxota o valor, em reais, do custo total da empresa quando ocorre seu lucro

máximo.

  • a)

    R$ 150,00.

  • b)

    R$ 160,00.

  • c)

    R$ 180,00.

  • d)

    R$ 190,00.

  • e)

    R$ 200,00.