20 resultados encontrados para . (0.008 segundos)

75352 IBFC (2016) - SES-PR - Médico - Urologia / Medicina

Sobre o refluxo vesico ureteral é correto afirmar:

  • a)
    Existe uma maior incidência entre irmãos com refluxo que a população geral.
  • b)
    O enfraquecimento da musculatura do trígono vesical e ureteral não são causas importantes do refluxo.
  • c)
    O refluxo ocorre em 8 % das crianças com infecção do trato urinário.
  • d)
    A presença de duplicidade ureteral completa sugere a possibilidade de refluxo para o polo superior do rim.

75353 IBFC (2016) - SES-PR - Médico - Urologia / Medicina

Sobre o trauma renal, assinale a alternativa incorreta:

  • a)
    Um sangramento intenso tardio pode acontecer ate 4 semanas após o trauma.
  • b)
    Alguns casos não estão associados com hematúria, principalmente no caso de acidente com desaceleração rápida.
  • c)
    Na indisponibilidade da tomografia computadorizada a urografia excretora pode ser a opção para avaliação do trauma renal.
  • d)
    Hematúria microscópica e pressão arterial sistêmica

75354 IBFC (2016) - SES-PR - Médico - Urologia / Medicina

Entre as doenças sexualmente transmissíveis abaixo, assinale a que não se inclui entre as doenças e agravos de notificação compulsória, segundo a lista nacional:

  • a)
    Sífilis adquirida.
  • b)
    Sífilis em gestante.
  • c)
    Hepatite B.
  • d)
    Síndrome do corrimento uretral masculino.

75355 IBFC (2016) - SES-PR - Médico - Urologia / Medicina

A( s) anomalia( s) mais comum( s) associada(s ) com hipospádia é(são):

  • a)
    Mielomeningocele
  • b)
    Hérnia inguinal e testículo não palpável
  • c)
    Anomalias do trato urinário superior
  • d)
    Anomalias cardíacas

83693 IBFC (2016) - SES-PR - Médico - Urologia / Medicina

Não é indicação de nefrectomia do rim transplantado mal sucedido:

  • a)
    Cistos renais.
  • b)
    Febre.
  • c)
    Hematuria macroscópica.
  • d)
    Dor.

83694 IBFC (2016) - SES-PR - Médico - Urologia / Medicina

Sobre a infecção genital pelo herpes vírus, assinale a alternativa correta:

  • a)
    O tratamento antiviral sistêmico adequado não cura a infecção, mas altera a freqüência ou a gravidade das recidivas depois do término do tratamento.
  • b)
    Na infecção recorrente os sintomas de dor e irritação nas lesões genitais são semelhantes da infecção primária, exceto pelo quadro sistêmico.
  • c)
    A infecção primaria pelo vírus esta associada com febre, mal estar e mialgia, como também dor e irritação nas lesões genitais que pioram gradativamente ate o sétimo dia.
  • d)
    DST (Doença Sexualmente Transmissível) ulcerativa não aumenta o risco de transmissão do HIV.

83695 IBFC (2016) - SES-PR - Médico - Urologia / Medicina

O tipo de cálculo mais comum em pacientes com hiperparatireoidismo é de:

  • a)
    Fosfato amônio magnesiano
  • b)
    Oxalato de cálcio
  • c)
    Fosfato de cálcio
  • d)
    Ácido úrico

83696 IBFC (2016) - SES-PR - Médico - Urologia / Medicina

O tipo histológico mais comum dos tumores malignos observado em bexigas extróficas é:

  • a)
    Carcinoma de pequenas células
  • b)
    Adenocarcinoma
  • c)
    Carcinoma de células transicionais
  • d)
    Carcinoma de células escamosas

88369 IBFC (2016) - SES-PR - Médico - Urologia / Medicina

Vítima de acidente automobilístico com lesão medular, acima do centro miccional sacral, vai apresentar de imediato o comportamento vesical de:

  • a)
    Bexiga neurogênica espástica com hiperatividade vesical.
  • b)
    Bexiga neurogênica flácida.
  • c)
    Bexiga neurogênica espática sem hiperatividade vesical.
  • d)
    Bexiga neruogenica espastica e dissinergia detrusoresfincter.

88370 IBFC (2016) - SES-PR - Médico - Urologia / Medicina

Nos casos de pacientes com derivação urinária continente com substituição da bexiga com segmento de alça intestinal podemos encontrar qual o distúrbio metabólico ou nutricional:

  • a)
    Acidose metabólica hiponatrêmica, hipoclorêmica e hipercalêmica.
  • b)
    Acidose metabólica hipernatrêmica e hipoclorêmica.
  • c)
    Acidose metabólica hipernatrêmica e hiperclorêmica e hipercalêmica.
  • d)
    Acidose metabólica hiponatrêmica, hipoclorêmica e hipocalêmica.