20 resultados encontrados para . (0.009 segundos)

75141 IBFC (2016) - SES-PR - Médico - Geriatria / Medicina

O uso da via subcutânea para aplicação de medicamentos ou infusão de soluções encontra amplo respaldo na literatura internacional de geriatria e cuidados paliativos. Com relação a via subcutânea, qual alternativa descreve corretamente um antibiótico que pode ser administrado por essa via:

  • a)
    Vancomicina.
  • b)
    Amoxicilina.
  • c)
    Azitromicina.
  • d)
    Cefepime.

75142 IBFC (2016) - SES-PR - Médico - Geriatria / Medicina

Os pacientes idosos estão especialmente sujeitos a ocorrência de eventos iatrogênicos. Muitas vezes são tratados como qualquer outro paciente adulto, sem que se leve em consideração a singularidade que envolve o processo de envelhecimento. Com relação ao uso de medicamentos inapropriados para idosos, baseando-se no critério de Beers-Fick, qual alternativa abaixo esta correta:

  • a)
    Utilização precoce de benzodiazep in icos para tratamento de insônia, agitação ou delirium.
  • b)
    Doses de digoxina maiores que 0,125 miligramas/dia não aumentam risco de toxicidade.
  • c)
    Não utilizar antiespasmódicos para reduzir secreção oral em pacientes em cuidados paliativos.
  • d)
    Antipsicóticos aumentam risco de acidente vascular encefálico e mortalidade em pacientes com demência.

75143 IBFC (2016) - SES-PR - Médico - Geriatria / Medicina

Dentre os diagnósticos diferenciais da demência esta a depressão. Na depressão em pessoas idosas, podem estar presentes queixa de deficit de memoria, perda de concentragdo e de atengdo e de redugdo da capacidade intelectual alem de fadiga, perda de energia, alterações psicomotoras, do sono e do apetite. Qual das alternativa s abaixo mostra corretamente características clinicas das queixas cognitivas na demência que se diferenciam daquelas de um paciente com depressão:

  • a)
    Queixas de perda cognitiva são minimizadas e tardia deterioração da capacidade para atividades sociais.
  • b)
    Progressão rapida dos sintomas são pouco usuais e queixas de perda cognitiva são enfatizadas.
  • c)
    Data de inicio das queixas cognitivas são identificadas com precisão e a deterioração da capacidade para atividades sociais é precoce.
  • d)
    História de depressão é usual e paciente faz descrição detalhada de sua perda cognitiva.

75144 IBFC (2016) - SES-PR - Médico - Geriatria / Medicina

O Estatuto do idoso veio das bases, foi capitaneado pela luta dos aposentados e pensionistas, é um grande ganho para a sociedade pela ampla proteção e reconhecimento dos direitos do idoso, mas infelizmente, nem todas as pessoas idosas o conhecem. Sobre esse terra assinale a alternativa correta:

  • a)
    No Estatuto do Idoso são previstos também mecanismos que aplicam penalidades para aqueles que discriminarem as pessoas idosas, impedindo ou dificultando seu acesso a operações bancarias, aos meios de transportes, ao direito de contratar ou por qualquer outro meio necessário ao exercício da cidadania.
  • b)
    A politica nacional do idoso foi um marco por seguir normativos nacionais e intemacionais e ainda, por ser implementada de forma integrada e centralizada. Ap6s a promulgação dessa lei foram implantados fóruns estaduais, como espagos abertos de discussão visando ao fortalecimento da politica.
  • c)
    O Estatuto do idoso é pouco abrangente nas linhas de ação, serviços de prevenção e atendimento a violencia contra a pessoa idosa e a proteção jurídico-social por intermédio de instituições de defesa dos direitos.
  • d)
    Conselhos do Idoso, Nacional, do Distrito Federal, Estaduais e Municipais não tem muita importancia na participação da formulação, supervisão, fiscalização e avaliação da politica do idoso.

84172 IBFC (2016) - SES-PR - Médico - Geriatria / Medicina

As manifestações clinicas de delirium refletem um largo espectro da disfunção cerebral. Caracteriza-se por apresentar distúrbios na cognição, atenção e consciência, no ciclo sono-vigília e no comportamento psicomotor. Tem inicio agudo e curso flutuante. Com relacao a esse tema assinale a alternativa correta:

  • a)
    A correção de déficits sensoriais, fornecendo ao paciente Óculos e aparelho auditivo, não traz beneficio.
  • b)
    O tratamento farmacológico com antipsicótico deve ser reservado aos casos de delirium hiperativo.
  • c)
    O tratamento sintornatico é principalmente realizado com condutas farmacológicas.
  • d)
    Fecaloma e medicações são causas incomuns de delirium em pacientes internados.

84173 IBFC (2016) - SES-PR - Médico - Geriatria / Medicina

Como reflexo das mudanças epidemiológicas em todo o mundo, vem ocorrendo o aumento progressivo da prevalência das síndromes demenciais. Dentre as alternativa s abaixo, qual se enquadra corretamente na classificado das demências potencialmente reversíveis:

  • a)
    Atrofia de múltiplos sistemas.
  • b)
    Doença de Huntington.
  • c)
    Síndrome de Binswanger.
  • d)
    Hidrocefalia de pressão normal.

84174 IBFC (2016) - SES-PR - Médico - Geriatria / Medicina

O significativo envelhecimento da população, e os importantes avanços terapeuticos, com otimização do tratamento clinico, intervencionista e cirtIrgico das cardiopatias, contribuirão para crescente e alarmante aumento na prevalência e incidencia de insuficiencia cardiaca. Com relação a esse terra 6 correto afirmar:

  • a)
    Pacientes idosos com insuficiência cardíaca não se beneficiam de medidas de cuidados paliativos.
  • b)
    Dentre as síndromes hipercinéticas, a deficiência de tiamina pode causar insuficiência card laca.
  • c)
    Pacientes idosos que realizaram quimioterapia podem desencadear cardiomiopatia dilatada isquemica e consequentemente levar a insuficiência cardíaca.
  • d)
    Dentre as principais alterações cardiovasculares associadas ao envelhecimento estão: diminuição da função do no sinusal, diminuição da resposta beta-adrenergica e aumento da resposta barorreceptora.

84175 IBFC (2016) - SES-PR - Médico - Geriatria / Medicina

As doengas cerebrovasculares tem alta prevalência em todo o mundo, constituindo grave problema de saúde pública, correspondendo a segunda causa de morte mundial. Dentre os principais fatores de risco modificáveis para doengas cerebrovasculares, assinale a alternativa correta:

  • a)
    Fibrilação atrial, idade e forame oval patente.
  • b)
    Estenose carotidea, tabagismo e ataque isquemico transitOrio (AIT).
  • c)
    Ateromatose do arco aórtico, raga e hipertensão arterial.
  • d)
    Hist6ria familiar, diabetes melito e cardiopatia isquemica.

84176 IBFC (2016) - SES-PR - Médico - Geriatria / Medicina

A hipertensão arterial é uma doença altamente prevalente em indivíduos idosos, tornando-se fator determinante na morbidade e na mortalidade elevadas dessa população(II Diretriz Brasileira de Cardiogeriatria, 2010). Com relação ao tratamento da hipertensão arterial em pacientes idosos assinale a alternativa correta;

  • a)

    De um modo geral, os bloqueadores adrenérgicos de ação central, alfabloqueadores e diuréticos em altas doses devem ser evitados pelo potencial de exacerbação de alterações posturais da pressão arterial e de alterações cognitivas nessa faixa etária.

  • b)
    Os benefícios dos betabloqueadores no tratamento da hipertensão arterial no idoso são tão claros os dos diuréticos.
  • c)
    Os antagonistas dos canais cálcio não são eficazes como monoterapia, devendo-se dar preferência aqueles de longo tempo de ação para o tratamento da hipertensão arterial.
  • d)
    O mecanismo anti-hipertensivo dos diuréticos está relacionado, em uma primeira frase a redução da resistência vascular periférica e, a seguir, a depleção de volume.

87153 IBFC (2016) - SES-PR - Médico - Geriatria / Medicina

A Doenga de Parkinson é um transtorno neurologico complexo, progressivo, que afeta a saúde e a qualidade de vida dos pacientes e compromete a estrutura socioeconomica familiar. Dentre as alternativa s abaixo, qual aquela que se enquadra corretamente nos sintomas e sinais adicionais mais prevalentes da doenga de Parkinson no idoso:

  • a)
    Diarreia, bradicinesia e micrografia.
  • b)
    Hipotensão ortostatica, alucinação auditiva e demência.
  • c)
    Hipomimia facial, depressão e ansiedade.
  • d)
    Fala hipnofônica, hipertensão e perda do balango dos braços.