20 resultados encontrados para . (0.013 segundos)

75446 IBFC (2016) - SES-PR - Médico - Cirurgia Torácica / Medicina

A respeito dos derrames pleurais parapneumônicos, analise as afirmativas e assinale a alternativa correta: I.Líquido pleural purulento em que a análise bioquímica apresenta pH 1.000 UI/l, indicam evolução complicada da infecção e provável necessidade de drenagem do derrame. II.Na fase fibrinopurulenta, o derrame pleural aumenta de volume e o líquido torna-se mais turvo e facilmente coagulável, podendo iniciar a formação de septações. III.A toracoscopia pode ser indicada na fase fibrinopurulenta, por possibilitar a ruptura das aderências e a remoção da fibrina e material infectado, com liberação de todas as superfícies pulmonares, incluindo as diafragmáticas, permitindo a reexpansão do pulmão e a melhora da infecção. Estão corretas:

  • a)
    Apenas as afirmativas I e II.
  • b)
    Apenas as afirmativas II e III.
  • c)
    Apenas as afirmativas I e III.
  • d)
    Todas as afirmativas.

75447 IBFC (2016) - SES-PR - Médico - Cirurgia Torácica / Medicina

Sobre os aspectos clínicos do mesotelioma maligno difuso, analise as afirmativas abaixo, atribua valores Verdadeiro (V ) ou Falso (F ) e assinale a alternativa que apresenta a sequência correta de cima para baixo: ( ) As síndromes paraneoplásicas são frequentes. ( ) Ocorre mais comumente em pacientes do sexo feminino. ( ) Por extensão direta pode comprometer o pericárdio ocasionando derrame, o miocárdio e o diafragma ocasionando ascite.

  • a)
    V ; F ; V.
  • b)
    F ; V ; V.
  • c)
    V ; V ; F.
  • d)
    F ; F ; V.

75448 IBFC (2016) - SES-PR - Médico - Cirurgia Torácica / Medicina

No tumor fibroso solitário de pleura, a maioria dos pacientes é assintomático, sendo que as manifestações clínicas são atribuíveis às dimensões do tumor (tumores gigantes). Dentre as manifestações clínicas apresentadas abaixo, do tumor fibroso solitário de pleura, a de maior incidência é:

  • a)
    Hemoptise.
  • b)
    Febre.
  • c)
    Dispnéia.
  • d)
    Tosse.

75449 IBFC (2016) - SES-PR - Médico - Cirurgia Torácica / Medicina

Sobre a Classificação TNM para câncer de pulmão nãopequenas células, está correto o que se afirma em:

  • a)
    O estádio T1N1M0 corresponde ao estadiamento IB, estando indicada cirurgia com loboctomia ou pneumectomia.
  • b)
    No estádio IIIA os tumores T3N1 são tratados com ressecção cirúrgica e tratamento quimioterápico adjuvante.
  • c)
    O estádio T2N0M0 corresponde ao estadiamento IIB e o tratamento cirúrgico pode ser realizado com loboctomia pulmonar e esvaziamento mediastinal.
  • d)
    No estádio IIA os tumores T1N2M0 apresentam diâmetro de 3 a 5 cm e não há comprometimento de linfonodos regionais ou outros órgãos.

84047 IBFC (2016) - SES-PR - Médico - Cirurgia Torácica / Medicina

A causa mais comum de derrame pleural transudativo é a:

  • a)
    Atelectasia.
  • b)
    Tromboembolia pulmonar.
  • c)
    Insuficiência renal.
  • d)
    Insuficiência cardíaca congestiva (ICC).

84048 IBFC (2016) - SES-PR - Médico - Cirurgia Torácica / Medicina

O mesotelioma maligno difuso tem como principal fator de risco a exposição ao asbesto, tem origem em células mesoteliais ou subserosas, sendo mais frequente o tipo histológico:

  • a)
    Sarcomatóide.
  • b)
    Misto (epitelial-sarcomatóide).
  • c)
    Epitelial.
  • d)
    Desmoplástico.

84049 IBFC (2016) - SES-PR - Médico - Cirurgia Torácica / Medicina

A respeito do tumor fibroso solitário de pleura, está correto o que se afirma em:

  • a)
    São tumores não pediculados e se originam na pleura parietal.
  • b)
    Não apresenta manifestações paraneoplásicas.
  • c)
    São tumores com pleomorfismo celular e com alto índice de mitoses.
  • d)
    O tumor pode apresentar-se com ou sem derrame pleural.

84050 IBFC (2016) - SES-PR - Médico - Cirurgia Torácica / Medicina

Sobre os tumores neurogênicos do mediastino está correto o que se afirma em:

  • a)
    Os ganglioneuroblastomas e neuroblastomas são hormonalmente ativos e comumente apresentam síndromes endócrinas com produção de catecolaminas.
  • b)
    Localizam-se no mediastino anterior.
  • c)
    Os tumores que se originam na bainha de nervos periféricos ocorrem mais comumente em crianças.
  • d)
    Os tumores da bainha nervosa são geralmente malignos.

88407 IBFC (2016) - SES-PR - Médico - Cirurgia Torácica / Medicina

Dentre as colagenoses, o acometimento pleural está mais comumente associado a artrite reumatóide (AR) e ao lúpus eritematoso sistêmico (LES). Sobre os aspectos clínicos do derrame pleural relacionado as colagenoses mencionadas, está correto o que se afirma em:

  • a)
    No LES o derrame pleural geralmente é unilateral, localizado à esquerda e volumoso.
  • b)
    Na AR, o nível de glicose apresenta-se baixo, geralmente abaixo de 50 mg/dl; pH
  • c)
    Na AR na maioria das vezes o derrame pleural é bilateral e os pacientes geralmente são sintomáticos, sendo os principais sintomas clínicos: dor torácica, dispnéia, tosse e febre.
  • d)
    No LES o líquido pleural é tipicamente transudato, apresentando geralmente pH

88408 IBFC (2016) - SES-PR - Médico - Cirurgia Torácica / Medicina

A respeito dos diferentes tratamentos nos casos de pneumotórax, analise as afirmativas abaixo, dê valores Verdadeiro ( V) ou Falso ( F) e assinale a alternativa que apresenta a sequência correta de cima para baixo: ( ) A drenagem pleural fechada é indicada no tratamento inicial do pneumotórax espontâneo primário ou secundário no paciente sintomático, nos casos de pneumotóraces volumosos, quando houver derrame pleural associado ao pneumotórax e no pneumotórax hipertensivo. ( ) Nos casos de recidiva o tratamento deve ser preferencialmente iniciado por videotoracoscopia, sendo considerado um procedimento eficaz no controle do pneumotórax. ( ) O pneumotórax hipertensivo é considerado uma situação de emergência, devendo ser abordado por toracocentese de alívio com posterior drenagem definitiva. ( ) O tratamento cirúrgico no primeiro episódio de pneumotórax espontâneo está indicado em casos de fístula aérea prolongada, não-expansão pulmonar, em mergulhadores e hemopneumotórax, dentre outros.

  • a)
    F ; V ; V ; V.
  • b)
    V ; F ; V ; V.
  • c)
    V ; V ; V ; V.
  • d)
    F ; F ; V ; V.