20 resultados encontrados para . (0.011 segundos)

75133 IBFC (2016) - SES-PR - Fonoaudiólogo / Fonoaudiologia

Com relação ao processamento auditivo, leia as afirmações abaixo e assinale a alternativa correta. I. O transtorno de processamento auditivo é um déficit auditivo e não o resultado de outras alterações de ordem cognitiva, linguagem ou distúrbios relacionados.

II. É possível encontrarmos diferentes combinações de déficits de processamento auditivo, porém todos os casos apresentam sintomas funcionais semelhantes.

  • a)
    Apenas I correta.
  • b)
    Apenas II correta.
  • c)
    I e II corretas.
  • d)
    I e II incorretas.

75134 IBFC (2016) - SES-PR - Fonoaudiólogo / Fonoaudiologia

Um dos critérios para a realização do diagnóstico diferencial entre dislexia do desenvolvimento e distúrbio de aprendizagem é:

  • a)
    A diferença de desempenho na prova de consciência fonológica.
  • b)
    A diferença de desempenho na prova de processamento auditivo.
  • c)
    A diferença de desempenho nas provas de habilidades sintáticas, semãnticas e pragmáticas.
  • d)
    A diferença de desempenho em provas de raciocínio lógico-matemático.

75135 IBFC (2016) - SES-PR - Fonoaudiólogo / Fonoaudiologia

Leia as afirmações abaixo e assinale a alternativa correta. I. A deglutição adaptada acontece por um padrão inadequado da língua, sem que haja qualquer alteração da morfologia da cavidade oral.

II. A deglutição atípica ocorre em consequência de uma atipia dento-oclusal, sendo que a língua se adapta à forma da cavidade oral ou tipo facial.

  • a)
    Apenas I correta.
  • b)
    Apenas II correta.
  • c)
    I e II corretas.
  • d)
    I e II incorretas.

75136 IBFC (2016) - SES-PR - Fonoaudiólogo / Fonoaudiologia

A audiometria de observação comportamental, frequentemente realizada em bebês, se caracteriza por ser uma avaliação:

  • a)
    Qualitativa, na qual se observa a presença apenas de choro frente a sons de alta intensidade.
  • b)
    Quantitativa, na qual é possível obter os níveis mínimos de resposta separadamente para cada orelha.
  • c)
    Qualitativa, na qual se observam mudanças no comportamento da criança desencadeadas por estímulos sonoros.
  • d)
    Quantitativa, na qual se obtém os limiares auditivos por meio de sons calibrados.

75137 IBFC (2016) - SES-PR - Fonoaudiólogo / Fonoaudiologia

Basicamente, o teste de Weber compara a captação do estímulo por via óssea entre as duas orelhas. Resultado de Weber indiferente é comumente encontrado em paciente:

  • a)
    Com perda auditiva neurossensorial unilateral.
  • b)
    Normo-ouvinte ou com perda auditiva simétrica.
  • c)
    Com perda auditiva mista unilateral.
  • d)
    Com perda auditiva condutiva unilateral.

83733 IBFC (2016) - SES-PR - Fonoaudiólogo / Fonoaudiologia

Assim como a linguagem oral, a linguagem escrita também se desenvolve em estágios, com relação à aquisição da linguagem escrita, a fase alfabética se caracteriza:

  • a)
    Pela diferenciação entre desenho e letra.
  • b)
    Por um domínio da correspondência entre grafema e fonema.
  • c)
    Pela descoberta da quantidade mínima de letras para se escrever uma palavra.
  • d)
    Pela introdução de consoantes na escrita.

83734 IBFC (2016) - SES-PR - Fonoaudiólogo / Fonoaudiologia

Em um paciente adulto com disfagia neurogênica que apresenta sintomas clínicos típicos de atraso no disparo do reflexo de deglutição, refluxo nasal, e diminuição da elevação laríngea, possui alteração:

  • a)
    Na fase esofágica.
  • b)
    Na fase faríngea.
  • c)
    Na fase oral.
  • d)
    Na fase preparatória oral.

83735 IBFC (2016) - SES-PR - Fonoaudiólogo / Fonoaudiologia

A realização do potencial evocado auditivo na população pediátrica é bastante útil e a estimativa do limiar auditivo eletrofisiológico, nesses casos, é estabelecido:

  • a)
    Na menor intensidade em que a onda V é identificada.
  • b)
    Na menor amplitude em que a onda III é identificada.
  • c)
    Na maior intensidade em que a onda IV é identificada.
  • d)
    Na menor intensidade em que a onda I é identificada.

87148 IBFC (2016) - SES-PR - Fonoaudiólogo / Fonoaudiologia

Assinale a alternativa correta que representa, respectivamente, os processos fonológicos de uma criança que fala "apelha" para abelha e "dalinha" para galinha.

  • a)
    Simplificação de líquida e sonorização de fricativa.
  • b)
    Ensurdecimento de plosiva e frontalização de velar.
  • c)
    Ensurdecimento de plosiva e simplificação de líquida.
  • d)
    Substituição de plosiva e sonorização de plosiva.

87149 IBFC (2016) - SES-PR - Fonoaudiólogo / Fonoaudiologia

A reabilitação vocal realizada por meio de sons facilitadores tem como objetivo favorecer um melhor equilíbrio funcional da produção vocal. Esse tipo de trabalho age de modo direto na fonte glótica. Assinale a alternativa que contenha exemplos dessa técnica.

  • a)
    Sons nasais, sons fricativos e sons vibrantes.
  • b)
    Manobras musculares, repetição auditiva e deslocamento lingual.
  • c)
    Rotação de ombros, fala mastigada e sussurro.
  • d)
    Sons hiperagudos, bocejo-suspiro e assobio.