26 resultados encontrados para . (0.012 segundos)

210855 IBFC (2013) - EBSERH - Terapeuta Ocupacional / Terapia Ocupacional

De que forma o déficit cognitivo presente em 50 a 70%

dos casos de crianças com Paralisia Cerebral (PC ) pode

limitar sua reabilitação, por:

  • a)

    Falta de entendimento e convivência social.

  • b)

    Descontrole educacional e social gerando agressividade.

  • c)

    Incapacidade na fala, limitando o processo de entendimento e a convivência social.

  • d)

    Falta de iniciativa nas tarefas e colaboração nos treinamentos.

210856 IBFC (2013) - EBSERH - Terapeuta Ocupacional / Terapia Ocupacional

Nas crianças com Paralisia Cerebral (PC ), o prognóstico

para adquirir independência nas atividades de vida diária

(AVDs) NÃO é diretamente influenciado por:

  • a)

    Grau de comprometimento dos membros.

  • b)

    Alterações cognitivas e déficits visuais.

  • c)

    Presença de convulsões.

  • d)

    Apraxias.

210857 IBFC (2013) - EBSERH - Terapeuta Ocupacional / Não classificada

De acordo com o processamento sensorial que representa as amplas tarefas do Sistema Nervoso Central (SNC), com a chegada da informação, as desordens na habilidade de regular e de organizar o grau, intensidade e natureza das reações para os estímulos sensoriais NÃO podem ser evidenciados:

  • a)
    Na defensividade sensorial.
  • b)
    Na insegurança gravitacional.
  • c)
    Na resposta aversiva ao movimento.
  • d)
    No tônus de repouso.

210858 IBFC (2013) - EBSERH - Terapeuta Ocupacional / Não classificada

A atuação da terapia ocupacional na área de gerontologia e geriatria NÃO se propõe a:

  • a)
    Realizar exercícios vigorosos para resgatar rapidamente a força muscular e amplitude de movimentação.
  • b)
    Restabelecer as perdas físicas e mentais.
  • c)
    Buscar desempenho mais independente possível, nas áreas de auto cuidado, do trabalho, do lazer, da manutenção dos seus direitos e papéis sociais.
  • d)
    Integrar por meio de atividades que possam expressar valores, auto responsabilidade, competências, habilidades entre outras.

210859 IBFC (2013) - EBSERH - Terapeuta Ocupacional / Não classificada

Considere verdadeiro (V ) ou falso (F ) as afirmações sobre reabilitação de idosos pós- fraturas que necessitam de hospitalização. ( ) A equipe de reabilitação deve traçar objetivos comuns para desenvolver programas terapêuticos amplos que contemplem todas as áreas. ( ) É necessário estimular ganho de força muscular, amplitude articular, treino funcional de atividades de vida diária (AVDs), uso de dispositivos auxiliares, estimulação sensório percepto-cognitiva, acompanhamento terapêutico psicoemocional. ( ) As fraturas nos idosos geralmente são relacionadas a quedas, no entanto, ao receber alta, o ambiente domiciliar não deve ser modificado (remoção de móveis e tapetes) pois eles estão acostumados com a disposição dos mesmos. ( ) As fraturas dos idosos não tem relação com a perda progressiva do equilíbrio, da força muscular, ou da amplitude articular. A sequência correta se estabelece em:

  • a)
    V-V-V-F.
  • b)
    V-V-F-F.
  • c)
    F-V-F-V.
  • d)
    F-V-V-V.

218738 IBFC (2013) - EBSERH - Terapeuta Ocupacional / Não classificada

Considere verdadeiro ( V ) ou falso (F ) as afirmações sobre terapia ocupacional no campo social: saúde do trabalhador. ( ) Atualmente é exigido do trabalhador a elaboração do processo de trabalho, que utiliza sua criatividade, conhecimento, iniciativa entre outras e nem sempre se preocupam com a evolução ou promoção do mesmo, gerando insatisfação e estresse. ( ) O objeto de atenção da terapia ocupacional nesse processo é a transformação desse trabalhador acima citado, em autores e atores da história, do próprio trabalho e da vida. ( ) De acordo com o conceito de saúde, a doença é produzida socialmente e todo indivíduo que não é valorizado no trabalho, sempre adoece, pois passa muito tempo em ambiente de insatisfação. ( ) O trabalho do terapeuta ocupacional é de caráter pedagógico e terapêutico tratando principalmente das questões coletivas. A sequência correta se estabelece em:

  • a)
    V-V-F-F.
  • b)
    F-V-V-V.
  • c)
    F-V-F-V.
  • d)
    V-V-F-V.

218739 IBFC (2013) - EBSERH - Terapeuta Ocupacional / Não classificada

A indicação de adaptações e uso dos recursos tecnológicos deve ser feita após avaliação cuidadosa das necessidades dos pacientes NÃO considerando:

  • a)
    Estado funcional das articulações.
  • b)
    Progressão da patologia como impedimento ao seu uso.
  • c)
    A força e coordenação muscular.
  • d)
    Sensibilidade do local.

218813 IBFC (2013) - EBSERH - Terapeuta Ocupacional / Não classificada

De acordo com a definição de Paralisia Cerebral (PC ), outras manifestações estão presentes e podem interferir no processo de reabilitação, pois necessitam de cuidados. Entre essas manifestações NÃO está(ão) presente(s ):

  • a)
    Convulsões.
  • b)
    Déficit cognitivo.
  • c)
    Infecções urinárias recorrentes.
  • d)
    Distúrbios da fala e da linguagem

218814 IBFC (2013) - EBSERH - Terapeuta Ocupacional / Não classificada

Em pacientes com déficits neurológicos (trauma crânio encefálico) é importante a realização da avaliação do tônus muscular para a execução da função. Essa avaliação NÃO deve ser feita na situação do tônus:

  • a)
    De base ou tônus de repouso.
  • b)
    Postural.
  • c)
    Dormindo.
  • d)
    De movimento.

218815 IBFC (2013) - EBSERH - Terapeuta Ocupacional / Não classificada

O tratamento de pacientes com Acidente Vascular Cerebral (AVC) que utiliza a mobilização neural associada tem como fundamento que essa atividade:

  • a)
    Interfira no reaprendizado e no ganho de força muscular.
  • b)
    Recondicione, fortaleça a musculatura e diminua a espasticidade.
  • c)
    Influencie no melhor deslizamento do nervo através das interfaces mecânicas.
  • d)
    Possibilite diminuição do edema e das respostas sensoriais.