26 resultados encontrados para . (0.008 segundos)

210730 IBFC (2013) - EBSERH - Nutricionista / Nutrição

De acordo com a parte comestível da planta, as verduras

e os legumes podem ser classificados. São considerados

bulbos:

  • a)

    Alcachofra e brócolis.

  • b)

    Alho–poró e cebola.

  • c)

    Aipo e aspargo.

  • d)

    Palmito e rabanete.

210731 IBFC (2013) - EBSERH - Nutricionista / Não classificada

Paciente, sexo feminino, 38 anos, colesterol total de 245 mg/ dL, triglicerídeos de 130 mg/ dL, hematócrito de 32%, hemoglobina de 10,5 g/ dL e glicemia em jejum de 91 mg/ dL.

Quanto à interpretação de seus exames laboratoriais, pode–se inferir que a paciente apresenta:

  • a)
    Hipercolesterolemia e hiperglicemia.
  • b)
    Hipertrigliceridemia e Anemia.
  • c)
    Anemia e Hipercolesterolemia.
  • d)
    Hipoglicemia e Hipertrigliceridemia.

210732 IBFC (2013) - EBSERH - Nutricionista / Nutrição

Paciente, sexo masculino, 42 anos, é portador de doença

renal crônica, com taxa de filtração glomerular de 34 mL/

min, e não apresenta diabetes mellitus. Seu índice de

massa corpórea é de 23,4 Kg/ m2

A recomendação

energética em quilograma por quilo de peso e proteica

(em gramas de proteína por quilograma de peso) diária

para esse paciente é, respectivamente, de:

  • a)

    25 Kca/ kg e 0,8 g/ Kg.

  • b)

    35 Kcal/ kg e 0,6 g/ Kg.

  • c)

    30 Kcal/ kg e 1,0 g/ Kg.

  • d)

    30 Kcal/ kg e 1,2 g/ Kg.

210733 IBFC (2013) - EBSERH - Nutricionista / Nutrição

O Programa Nacional para Prevenção e Controle dos

Distúrbios por Deficiência de Iodo – Pró–Iodo é um

Programa coordenado pelo Ministério da Saúde, em

parceria com outros órgãos e entidades, destinado a

promover a eliminação virtual sustentável dos distúrbios

por deficiência de iodo. Sobre as linhas de ação desse

Programa, é correto afirmar que:

  • a)

    O monitoramento do teor de iodo do sal para consumo humano ocorre apenas no nível industrial, na ocasião das inspeções sanitárias, e com periodicidade semestral.

  • b)

    O monitoramento do impacto da iodação do sal na saúde da população deve ser realizado por meio de amostras representativas da população, compostas por adolescentes e gestantes.

  • c)

    Valores de iodúria inferiores a 100 μg/ L () e superiores a 200 μg/ L () alertam para a necessidade de adoção de medidas corretivas, seja pela revisão dos teores documentados de iodação do sal, seja pela intensificação de medidas educativas para a população.

  • d)

    A meta do Pró–Iodo é que menos de 5% da população apresente níveis de iodúria abaixo de 100 μg/ L () e que menos de 1% apresente níveis de iodúria abaixo de 50 μg/ L ()

210734 IBFC (2013) - EBSERH - Nutricionista / Não classificada

Dentre as possíveis alterações das funções biológicas que ocorrem no adulto idoso em decorrência do envelhecimento, é correto afirmar:

  • a)
    A acloridria pode ocorrer por causa do envelhecimento, bem como por gastrite atrófica, resultando na deficiência principalmente de folato e vitamina C.
  • b)
    A sarcopenia é frequentemente caracterizada por perda de tecido adiposo subcutâneo e da funcionalidade relacionada à idade, trazendo prejuízos à qualidade de vida.
  • c)
    Pode haver disfagia, devido ao enfraquecimento da língua e dos músculos da bochecha, podendo tornar a mastigação e a deglutição difíceis e perigosas.
  • d)
    Pode ocorrer poliúria, devido ao aumento da taxa de filtração glomerular com o avançar da idade, resultando em incontinência urinária.

218850 IBFC (2013) - EBSERH - Nutricionista / Não classificada

Os pigmentos presentes nas hortaliças podem sofrer modificação da cor pela cocção e pela ação álcali ou ácida.

Sobre essas modificações, é correto afirmar que:

  • a)
    O licopeno, de cor vermelha, escurece na cocção prolongada.
  • b)
    As flavonas, de cor verde, sob ação ácida, adquirem coloração amarela.
  • c)
    A xantofila, de cor amarela, torna–se vermelha na cocção prolongada.
  • d)
    Os taninos, de cor verde, tornam–se incolores sob ação álcali.

218851 IBFC (2013) - EBSERH - Nutricionista / Não classificada

Antropometria é a medida do tamanho corpóreo e de suas proporções, tratando–se de um indicador direto do estado nutricional. Sobre o significado clínico das medidas antropométricas, é correto afirmar que:

  • a)
    Percentual de perda de peso de 5% em 3 meses é considerado perda significativa de peso.
  • b)
    Percentual de adequação do peso atual em relação ao ideal ou desejável entre 70,1 e 80% é indicativo de desnutrição grave.
  • c)
    Idosos com índice de massa corporal (IM(C) entre 20 e 25 kg/m2 (Kilogramas por metro quadrado) são classificados como eutróficos.
  • d)
    Em mulheres caucasianas, circunferência da cintura maior ou igual a 88 cm (centímetros) é indicativa de risco muito elevado de complicações metabólicas associadas à obesidade.

218852 IBFC (2013) - EBSERH - Nutricionista / Não classificada

A ingestão adequada (Adequate Intake– AI) de fibras para mulheres entre 19 e 50 anos de idade é de:

  • a)
    38 gramas por dia.
  • b)
    30 gramas por dia.
  • c)
    25 gramas por dia.
  • d)
    15 gramas por dia.

218853 IBFC (2013) - EBSERH - Nutricionista / Não classificada

Quanto à composição nutricional e às características físicas das fórmulas enterais, é correto afirmar que:

  • a)
    Lignina e hemicelulose são as formas predominantes de fibras utilizadas nas fórmulas.
  • b)
    Componentes mais hidrolisados, como os aminoácidos, têm menor efeito osmótico do que moléculas com peso molecular maior, como as proteínas íntegras.
  • c)
    A motilidade gástrica é maior com soluções com pH (potencial hidrogeniônico) menor que 3,5.
  • d)
    Hidrolisado de amido de milho e maltodextrina são as formas predominantes de carboidratos nas fórmulas.

218862 IBFC (2013) - EBSERH - Nutricionista / Não classificada

As proteínas, as gorduras e os carboidratos são possíveis fontes de combustível para a contração muscular durante o exercício físico, sendo a intensidade e a duração do exercício dois importantes determinantes das taxas relativas de utilização de substratos. Sobre esse aspecto, é correto afirmar que:

  • a)
    A glicose fornece menos energia por litro de oxigênio consumido que a gordura, por isso, quando menos oxigênio está disponível para as atividades de alta intensidade, existe uma preferência dos músculos pelos ácidos graxos.
  • b)
    Durante atividades de moderada a baixa intensidade (60% do consumo máximo de oxigênio) a energia é proveniente principalmente da glicose armazenada na forma de glicogênio muscular.
  • c)
    Quanto maior for o tempo gasto durante o exercício, menor a contribuição da gordura como substrato energético.
  • d)
    A gordura não pode ser metabolizada sem a presença do carboidrato, portanto, o glicogênio muscular e a glicose plasmática são substratos limitantes para o desempenho físico em qualquer intensidade e duração.