26 resultados encontrados para . (0.008 segundos)

210530 IBFC (2013) - EBSERH - Médico - Radioterapia / Raciocínio Lógico

Marcia recebeu seu salário e gastouno mercado e um

quinto do restante com vestuário, e ainda lhe sobrou do

salário R$ 1400,00. O salário que Marcia recebeu é igual a:

  • a)
    Um valor menor que R$ 2.500,00
  • b)
    R$ 2.800,00
  • c)
    Um valor entre R$ 2.500,00 e R$ 2.7.50,00
  • d)
    Um valor maior que R$ 2.800,00

210531 IBFC (2013) - EBSERH - Médico - Radioterapia / Não classificada

Para minimizar os riscos de pontos quentes e frios na junção entre 2 campos adjacentes de fótons, na irradiação crânio–espinal, o “gap” deve:

  • a)
    Ser movido várias vezes durante o tratamento.
  • b)
    Ser aumentado de 0,5 cm cada semana.
  • c)
    Ser aumentado e ser deslocado uma vez durante o tratamento.
  • d)
    Ser aumentado e ser deslocado várias vezes durante o tratamento.

210532 IBFC (2013) - EBSERH - Médico - Radioterapia / Medicina

Mostrar/Esconder texto associado

No corte axial ao nível das fossas obturadoras, as estruturas 14, 36, 32, 30 e 43, são respectivamente:

  • a)

    Cabeça do fêmur, m. obturador externo, vesícula seminal, reto, m. eretor do pênis.

  • b)

    Cabeça do fêmur, m. obturador externo, vesícula seminal, reto, pênis.

  • c)

    Colo do fêmur, m. obturador externo, próstata, reto, m. eretor do pênis.

  • d)

    Colo do fêmur, m. obturador externo, próstata, reto, pênis.

210533 IBFC (2013) - EBSERH - Médico - Radioterapia / Medicina

Quanto à classificação de risco para o câncer

endometrial, podemos afirmar que o estágio IIA, grau

3, se classifica como:

  • a)

    Alto risco independente da invasão do miométrio.

  • b)

    Intermediário/alto risco, se invasão do miométrio menor que 50%.

  • c)

    Baixo/intermediário risco, se invasão do miométrio menor que 50%.

  • d)

    Baixo risco, se invasão menor que 50% do miométrio.

210534 IBFC (2013) - EBSERH - Médico - Radioterapia / Não classificada

O efeito oxigênio é menos importante no tratamento:

  • a)
    De tumores volumosos.
  • b)
    Com feixe de radiação de alto LET.
  • c)
    Das neoplasias de cabeça e pescoço.
  • d)
    Do melanoma maligno.

210535 IBFC (2013) - EBSERH - Médico - Radioterapia / Não classificada

Na interação da radiação com a matéria, podem ocorrer vários fenômenos atômicos, dentre eles o Efeito Comptom. Quanto a esse tipo de interação pode–se afirmar:

  • a)
    O fóton é atraído pelo núcleo e desviado de sua trajetória, entregando parte de sua energia a um elétron de uma camada mais interna.
  • b)
    O fóton entrega toda a sua energia a um elétron da camada mais interna.
  • c)
    O fóton entrega parte de sua energia a um elétron de camada mais externa para arrancá–lo e muda sua trajetória, com um comprimento de onda maior.
  • d)
    Parte da energia do fóton é cedida ao elétron e parte ao núcleo.

218542 IBFC (2013) - EBSERH - Médico - Radioterapia / Não classificada

Existem evidências na literatura que comprovam que a radioquimioterapia neoadjuvante em relação à adjuvancia para o câncer de reto:

  • a)
    Aumenta a sobrevida global e a toxicidade da radiação.
  • b)
    Aumenta o controle local e a sobrevida global.
  • c)
    Diminuiu a toxicidade da radiação e o controle local.
  • d)
    Aumenta o controle local e diminui a toxicidade da radioterapia.

218543 IBFC (2013) - EBSERH - Médico - Radioterapia / Não classificada

Com relação ao Seminoma testicular, é correto afirmar, exceto:

  • a)
    São marcadores tumorais o BHCG e AFP e devem ser considerados antes de uma orquiectomia. O ultrassom testicular é preferido para avaliar a massa testicular.
  • b)
    No estádio patológico pT2 o tumor invade o cordão espermático com ou sem invasão vascular/linfática.
  • c)
    Cerca de apenas 85 % dos casos se apresentam no estádio I ao diagnóstico e têm uma sobrevida livre de doença de cerca de 82% em cinco anos.
  • d)
    Seminomas estagio IIC deveriam ser tratados ao menos com ciclos de cisplatina em combinação com outros agentes quimioterápicos.

218544 IBFC (2013) - EBSERH - Médico - Radioterapia / Não classificada

Nas neoplasias de próstata, considerando o critério de D’ Amico para câncer localizado, pode ser considerado como sendo doença de risco intermediário:

  • a)
    Estadio T2b, Gleason≤ 7 e PSA ≤ 10 ng/ml.
  • b)
    Estadio T2a, Gleason ≥7 e PSA entre 10–20 ng/ml.
  • c)
    Estadio T2b, Gleason 7 e PSA ≤ 10 ng/ml.
  • d)
    Estadio T2b, Gleason 7 e PSA entre 10–20 ng/ml.

218545 IBFC (2013) - EBSERH - Médico - Radioterapia / Não classificada

Na avaliação da doença de Hodgkin inicial, são fatores desfavoráveis:

  • a)
    Idade ≤50 anos, doença bulky, ≤ a 4 sítios, presença de sítios extranodais, histologia (predominância linfocítica ou depleção linfocitári(A).
  • b)
    Idade ≥50anos, doença bulky, ≥ a 4 sítios, presença de sítios extranodais, histologia (predominância linfocítica e esclerose nodular).
  • c)
    Idade ≤50 anos, doença bulky, ≥ a 4 sítios, presença de sítios extranodais, histologia (predominância linfocítica e esclerose nodular).
  • d)
    Idade ≥50 anos, doença bulky, ≥ a 4 sítios, presença de sítios extranodais, histologia (celularidade mista ou depleção linfocitári(A).