26 resultados encontrados para . (0.007 segundos)

210483 IBFC (2013) - EBSERH - Médico - Nefrologia Pediátrica / Medicina

Sobre o tratamento da hipertensão arterial(HAS) na infância

e adolescência, assinale a alternativa incorreta:

  • a)

    A redução de peso tem se mostrado eficaz para tratamento da HAS em crianças e adolescentes obesos.

  • b)

    HAS com lesão de órgão-alvo é uma indicação de terapia farmacológica.

  • c)

    Inibidores da enzima conversora da angiotensina devem ser evitados no tratamento da HAS em adolescentes femininas.

  • d)

    HAS secundária não é uma indicação de terapia farmacológica.

210484 IBFC (2013) - EBSERH - Médico - Nefrologia Pediátrica / Medicina

Sobre a nefrotoxicidade por vancomicina, assinale a

alternativa incorreta:

  • a)

    Concentrações sérica

  • b)

    O uso concomitante de outros agentes nefrotóxicos aumenta o risco de nefrotoxicidade pela vancomicina.

  • c)

    As manifestações associadas à nefrotoxicidade pela vancomicina costumam ocorrer antes do 20º dia após o início do tratamento com esse antibiótico.

  • d)

    O quadro é reversível na maior parte dos casos.

214550 IBFC (2013) - EBSERH - Médico - Nefrologia Pediátrica / Medicina

Sobre a terapia dialítica em crianças assinale a alternativa incorreta:

  • a)
    Na prescrição de hemodiálise (HD) em crianças, considerando o volume dos equipos e dialisador, pode-se permitir no circuito extracorpóreo um volume de sangue de no máximo 15% do total volume sanguíneo intravascular do paciente.
  • b)
    Na HD o fluxo sanguíneo deve ser entre 3-5 ml/kg de peso corporal/minuto.
  • c)
    As diretrizes brasileiras recomendam a diálise peritoneal ()DP) com o método preferencial de diálise crônica na população pediátrica.
  • d)
    Dados de literatura sugerem que o cateter peritoneal tipo swan-neck é alternativa segura e com bons resultados na DP pediátrica.

214553 IBFC (2013) - EBSERH - Médico - Nefrologia Pediátrica / Medicina

Em relação à avaliação laboratorial das doenças renais pela análise da urina, assinale a alternativa incorreta:

  • a)
    Grande número de eritrócitos dismórficos na urina sugere doença glomerular.
  • b)
    A presença de cilindros leucocitários na urina é sinal inequívoco de pielonefrite.
  • c)
    A associação entre hematúria microscópica e excreção urinária aumentada de proteínas sugere doença glomerular.
  • d)
    A presença de cilindros hemáticos pode não decorrer de doença glomerular.

228144 IBFC (2013) - EBSERH - Médico - Nefrologia Pediátrica / Medicina

Sobre a prevenção dos déficits nutricionais e de crescimento em crianças com doença renal crônica (DRC), assinale a alternativa incorreta:

  • a)
    Moderada restrição proteica é segura com respeito à preservação do crescimento e do estado nutricional.
  • b)
    Aumento da ingestão acima de 100% da recomendação diária (RD(A) para crianças saudáveis não resulta em obesidade, e pode ser útil na melhora do crescimento.
  • c)
    A acidose metabólica deve ser vigorosamente tratada com vista a prevenir ou atenuar déficits de crescimento.
  • d)
    As evidências permitem concluir que o tratamento com hormônio de crescimento (GH) recombinante deve ser iniciado o mais cedo possível em crianças com DRC no período pré-dialítico.

228145 IBFC (2013) - EBSERH - Médico - Nefrologia Pediátrica / Medicina

Entre os fármacos ou grupos de drogas abaixo relacionadas, assinale a que se associa a menor possibilidade de indução de nefrite tubulointersticial aguda.

  • a)
    Alopurinol.
  • b)
    Inibidores da bomba de prótons.
  • c)
    Diuréticos tiazídicos.
  • d)
    Sinvastatina.

228151 IBFC (2013) - EBSERH - Médico - Nefrologia Pediátrica / Medicina

Sobre a hipertensão arterial (HAS) em crianças e adolescentes, assinale a alternativa incorreta:

  • a)
    O objetivo do tratamento é atingir valores de pressão arterial (PA) sistólica e diastólica abaixo do percentil 90 para sexo, altura e faixa etária na HAS não complicada em pacientes sem comorbidades.
  • b)
    Utilização hormônio do crescimento, anabolizantes e anticoncepcionais orais devem ser considerados possíveis causas de hipertensão em adolescentes.
  • c)
    Quanto mais altos forem os valores da PA e mais jovem o paciente, maior é a possibilidade de a HAS ser secundária, com maior prevalência das causas renais.
  • d)
    O tratamento não medicamentoso deve ser recomendado a partir do percentil 90 de PA sistólica ou diastólica, correspondente à hipertensão limítrofe.

228154 IBFC (2013) - EBSERH - Médico - Nefrologia Pediátrica / Medicina

A anormalidade metabólica mais comum associada à litíase urinária na infância é a :

  • a)
    Hiperoxaluria.
  • b)
    Cistinúria.
  • c)
    Hiperuricosuria.
  • d)
    Hipercalciúria.

228155 IBFC (2013) - EBSERH - Médico - Nefrologia Pediátrica / Medicina

Sobre o transplante renal em crianças assinale a alternativa correta:

  • a)
    Diabetes pós-transplante é muito menos comum entre pacientes pediátricos que em adultos e é mais comum entre os pacientes tratados com ciclosporina que naqueles tratados com tacrolimus.
  • b)
    Hiperlipidemia pós-transplante é mais associada com o tacrolimus que com ciclosporina.
  • c)
    Em receptores da faixa etária pediátrica, hiperlipidemia e, em particular, a hipercolesterolemia estão significativamente associadas com nefropatia crônica do enxerto.
  • d)
    Hipertensão Arterial antes do transplante não é fator de risco para hipertensão arterial após transplante renal.

228157 IBFC (2013) - EBSERH - Médico - Nefrologia Pediátrica / Medicina

Hipercalemia persistente e acidose metabólica são achados da síndrome de:

  • a)
    Spitzer-Weinstein.
  • b)
    Sjögren.
  • c)
    Lidlde.
  • d)
    Fanconi.