26 resultados encontrados para . (0.008 segundos)

210923 IBFC (2013) - EBSERH - Médico - Infectologia Pediátrica / Não classificada

No que se refere à prevenção da Endocardite Infecciosa (EI), escolha a alternativa que não apresenta indicação de profilaxia com antimicrobiano.

  • a)
    Prolapso de valva mitral com regurgitação valvar.
  • b)
    Manipulação subgengival.
  • c)
    Comunicação intraventricular.
  • d)
    Implante dentário.

210924 IBFC (2013) - EBSERH - Médico - Infectologia Pediátrica / Medicina

Menino de 8 anos de idade chega ao hospital com crise

convulsiva tônico-clônica generalizada. Recebeu

tratamento com diazepam até cessar a crise. Depois

manteve-se com Escala de Coma de Glasgow entre 9 e

11, frequência cardíaca=100 batimentos por minuto,

frequência respiratória=20 incursões respiratórias por

minuto, temperatura axilar=38ºC e pressão

arterial=100/60 mmHg. Apresentou vômitos e diarreia

três dias antes. O hemograma revelou leucocitose com

aumento de linfócitos. Creatinina, glicemia, função

hepática e eletrólitos são normais. A partir do caso

clínico, o agente etiológico mais provável é:

  • a)

    Vírus da Dengue.

  • b)

    Enterovírus.

  • c)

    Rotavírus

  • d)

    Epstein-Barr vírus.

210925 IBFC (2013) - EBSERH - Médico - Infectologia Pediátrica / Medicina

Pré-escolar de 5 anos de idade é atendido com quadro

agudo de cefaleia, febre e vômitos. Ao exame, apresentase

sonolento e com rigidez de nuca. Exame do líquor:

900 células, sendo 90% de neutrófilos; proteína 80mg%,

glicose 25mg%; látex negativo para meningococo,

hemófilo e pneumococo. O diagnóstico provável e

tratamento mais adequado são, respectivamente:

  • a)

    Encefalite/aciclovir/imunoglobulina.

  • b)

    Meningite viral/sintomáticos.

  • c)

    Meningite bacteriana/corticóide/ceftriaxone.

  • d)

    Meningite tuberculosa/Pirazinamida – 2 meses. Isoniazida – 9 meses. Rifampicina – 9 meses .

210926 IBFC (2013) - EBSERH - Médico - Infectologia Pediátrica / Não classificada

A partir do segundo semestre de 2012, o Calendário Básico de Vacinação da Criança ganhou duas novas vacinas. Assinale a alternativa que as contenha.

  • a)
    Meningocócica C e Pneumocócica 10.
  • b)
    Poliomielite inativada e Pentavalente.
  • c)
    Pneumocócica 10 e Poliomielite inativada.
  • d)
    Meningocócica C e Pentavalente.

210927 IBFC (2013) - EBSERH - Médico - Infectologia Pediátrica / Não classificada

Segundo as Diretrizes para o diagnóstico e tratamento das faringites estreptocócicas do grupo A (FEA), publicada pela Sociedade Americana de Doenças Infecciosas em 2012, são corretas as alternativas, exceto:

  • a)
    O tratamento das FEA em alérgicos às penicilinas (naqueles onde não ocorreu a anafilaxia como manifestação) pode incluir as cefalosporinas de 1ª geração, Clindamicina ou Claritromicina, por 10 dias, ou Azitromicina, por 5 dias.
  • b)
    Para os doentes carreadores do estreptococo do grupo A (portadores) há a recomendação do uso de antibiótico profilático pela possibilidade de disseminação para os contatos íntimos domiciliares.
  • c)
    A aspirina deve ser evitada em crianças.
  • d)
    A baixa prevalência da FEA em menores de 3 anos de idade e o baixo risco para o desenvolvimento de febre reumática aguda, limita a utilidade do swab de orofaringe para o diagnóstico.

210928 IBFC (2013) - EBSERH - Médico - Infectologia Pediátrica / Não classificada

A Organização Mundial da Saúde e a Sociedade Brasileira de Pediatria preconizam o aleitamento materno exclusivo até os seis meses de vida e complementado até os dois anos de idade. Com relação à composição do leite materno, escolha a alternativa incorreta:

  • a)
    O leite maduro das mães de recém-nascidos pré-termo possui mais calorias e mais lipídeos.
  • b)
    A imunoglobulina A (IgA) secretória é a principal imunoglobulina que atua contra os microorganismos que invadem superfícies mucosas.
  • c)
    A concentração de Ig A diminui ao longo do primeiro mês.
  • d)
    O colostro apresenta mais calorias, proteínas e lipídeos quando comparado com o leite maduro.

218576 IBFC (2013) - EBSERH - Médico - Infectologia Pediátrica / Não classificada

Algumas doenças infecciosas têm as erupções cutâneas (maculopapulares, vesiculares, petequiais) como característica dominante. Dentre as doenças virais listadas, o grupo que apresenta a erupção vesicular como manifestação principal é formado por:

  • a)
    Sarampo, rubéola, herpes-zoster.
  • b)
    Varicela, Vírus coxsackie, Citomegalovírus.
  • c)
    Ecovírus, Varicela, Herpes simples.
  • d)
    Eritema infeccioso, herpes zoster, Mononucleose infecciosa.

218577 IBFC (2013) - EBSERH - Médico - Infectologia Pediátrica / Não classificada

Uma ampla variedade de marcadores biológicos têm sido propostos para o estudo da sepse e/ou choque séptico. Assinale a alternativa incorreta.

  • a)
    A Proteína C-Reativa (PCR) está diretamente relacionada ao grau de resposta inflamatória.
  • b)
    Medidas seriadas da PCR são úteis na monitoração da resposta ao tratamento.
  • c)
    A Procalcitonina (PCT) comporta-se como marcador diagnóstico e de monitoração.
  • d)
    Devido a sua alta especificidade, a PCR é frequentemente utilizada como biomarcador de estratificação.

218578 IBFC (2013) - EBSERH - Médico - Infectologia Pediátrica / Não classificada

Relacione os dados clínicos (números) apresentados

com as doenças exantemáticas (iniciais) na infância e

assinale a opção correta:



  • a)
    1E, 2E, 3S, 4S, 5V.
  • b)
    1V, 2V, 3R, 4E, 5S.
  • c)
    1R, 2E, 3R, 4R, 5E.
  • d)
    1V, 2E, 3R, 4E, 5S.

218579 IBFC (2013) - EBSERH - Médico - Infectologia Pediátrica / Não classificada

A doença de Chagas (DC) é uma das consequências da infecção humana produzida pelo protozoário flagelado Trypanosoma cruzi. Na ocorrência da doença observamse duas fases clínicas: a aguda e a crônica. Com base nesta afirmação assinale a alternativa incorreta.

  • a)
    A doença febril na fase aguda pode persistir por até 12 semanas.
  • b)
    Na doença de chagas aguda de transmissão vertical a maioria é assintomática.
  • c)
    Na fase crônica existem raros parasitas na corrente sanguínea.
  • d)
    A manifestação mais característica do chagas agudo é a cardiomegalia e o derrame pleural.