26 resultados encontrados para . (0.009 segundos)

210645 IBFC (2013) - EBSERH - Farmacêutico / Raciocínio Lógico

Marcia recebeu seu salário e gastouno mercado e um

quinto do restante com vestuário, e ainda lhe sobrou do

salário R$ 1400,00. O salário que Marcia recebeu é igual a:

  • a)

    Um valor menor que R$ 2.500,00

  • b)

    R$ 2.800,00

  • c)

    Um valor entre R$ 2.500,00 e R$ 2.750,00

  • d)

    Um valor maior que R$ 2.800,00

210646 IBFC (2013) - EBSERH - Farmacêutico / Não classificada

Em um paciente com sintomas clássicos de hiperglicemia o diagnóstico de diabetes pode ser estabelecido com:

  • a)
    Pelo menos duas determinações de glicemia com valores ≥ 200 mg/dl.
  • b)
    Pelo menos duas determinações de glicemia com valores ≥ 126 mg/dl.
  • c)
    Apenas uma determinação de glicemia com valores ≥ 126 mg/dl.
  • d)
    Apenas uma determinação de glicemia com valores ≥ 200 mg/dl.

210647 IBFC (2013) - EBSERH - Farmacêutico / Não classificada

O Teste da antiglobulina também chamado de teste de Coombs é baseado no principio de que globulinas antihumanas obtidas de espécies não humanas imunizadas ligam-se a globulinas humanas como IgG ou complementos livres no soro ou fixadas a antígenos em hemácias. Identifique qual dos testes abaixo não é realizado pelo método de Coombs indireto ou teste da antiglobulina indireto.

  • a)
    Pesquisa de Anticorpos Irregulares (PAI)
  • b)
    Prova de compatibilidade ou prova cruzada.
  • c)
    Pesquisa de D fraco.
  • d)
    Pesquisa de anti-A e anti-B naturais.

210648 IBFC (2013) - EBSERH - Farmacêutico / Não classificada

A avaliação farmacêutica da prescrição de Nutrição Parenteral (NP) quanto à sua adequação, concentração e compatibilidade físico-química de seus componentes e dosagem de administração, deve ser realizada pelo farmacêutico antes do início da manipulação. Qualquer alteração na prescrição, que se fizer necessária, em função da avaliação farmacêutica, deve:

  • a)
    Ser tomada pelo farmacêutico, independente de consulta a qualquer outro profissional.
  • b)
    Ser discutida com o nutricionista da equipe que é o responsável por sua alteração formal.
  • c)
    Ser discutida com o médico da equipe que é o responsável por sua alteração formal.
  • d)
    Ser discutida com o enfermeiro da equipe que é o responsável pela administração da NP.

210649 IBFC (2013) - EBSERH - Farmacêutico / Não classificada

A transfusão de hemocomponentes não está livre de riscos. Complicações relacionadas à transfusão podem ocorrer, e algumas delas podem trazer sérios prejuízos aos pacientes, inclusive fatais. Entre as chamadas reações transfusionais estão as hemolíticas agudas, as anafiláticas, as febris não hemolíticas, as complicações pulmonares, o desequilíbrio eletrolítico, as sepsis bacterianas, a hipotermia, a doença do enxerto versus hospedeiro, a aloimunização, a sobrecarga de volume, a sobrecarga de ferro e a imunossupressão. Sobre reação transfusional, hemovigilância de incidentes transfusionais imediatos e tardios assinale a alternativa incorreta:

  • a)
    Consideram-se reações transfusionais imediatas aquelas que ocorrem até 12 horas depois de iniciada a transfusão.
  • b)
    Em caso de suspeita de reação hemolítica é necessário coletar novas amostras de sangue do receptor. Os testes pré-transfusionais devem ser repetidos com as amostras pré e pós-reação transfusional.
  • c)
    Em caso de suspeita de reação transfusional por contaminação microbiana do hemocomponente, é necessária cultura microbiológica da bolsa e do paciente.
  • d)
    Para confirmação da investigação da reação transfusional hemolítica tardia por aloimunização é necessário realizar a Pesquisa de Anticorpos Irregulares (PAI), o teste da Antiglobulina Direto (TAD ) e identificação da especificidade do anticorpo.

214773 IBFC (2013) - EBSERH - Farmacêutico / Farmácia

Um marco histórico para a farmacovigilância foi o incidente

ocorrido com a talidomida na década de 1960. A talidomida

começou a ser utilizada em 1957, e em pouco tempo foi

relacionada com uma anomalia que causava:

  • a)

    Recém nascido com síndrome da banda amniótica.

  • b)

    Graves malformações congênitas em recém nascidos caracterizadas pelo encurtamento dos ossos longos dos membros superiores e/ou inferiores, com ausência total ou parcial das mãos, pés e/ou dedos.

  • c)

    Fissura lábio palatina e malformações congênitas.

  • d)

    Comprometimento ganglionar generalizado, hepatoesplenomegalia, edemas, miocardite, anemia, trombocitopenia e lesões oculares.

218792 IBFC (2013) - EBSERH - Farmacêutico / Não classificada

Acerca dos marcadores bioquímicos de lesão miocárdica, assinale a alternativa incorreta:

  • a)
    A creatinaquinase (CK-total) é um sensível indicador de lesão muscular, mas não é específica para o diagnóstico de lesão miocárdica.
  • b)
    A CK-MB massa eleva-se entre 3-6 horas após o início dos sintomas, com pico entre 16-24 horas, normalizandose entre 48-72 horas.
  • c)
    A medida da CK-MB atividade eleva-se em 4-6 horas após o início dos sintomas, com pico em torno de 18 horas, e normaliza-se entre 48-72 horas.
  • d)
    A troponina I e a troponina T elevam-se entre 1-2 horas após o início dos sintomas, com pico entre 36-72 horas e normalização entre 5-14 dias.

218793 IBFC (2013) - EBSERH - Farmacêutico / Não classificada

Com relação ao sistema Rh podemos afirmar:

I. RhD “normal”: possui todos os epítopos, previstos inicialmente como nove, mas estudos atuais demonstraram 37 epítopos já descritos até o momento.

II. RhD fraco: Fraca Expressão de RhD e são causados pela substituição de aminoácidos nas porções transmembranas e intracelulares da proteína RhD devido a uma única mutação missense no gene RHD.

III. D parciais: São caracterizados pela ausência de um ou mais epítopos originais do antígeno D que foram substituídos para outra(s) sequência(s) de aminoácidos. Essas trocas foram promovidas por mutações de ponto missenses no gene RHD ou rearranjos gênicos entre RHD e RHCE, alterando qualitativamente a proteína RhD na porção extracelular.

IV. Os indivíduos que expressam o antígeno D fraco e os indivíduos D parciais devem ser considerados fenotipicamente Rh(D )negativo, e não poderão receber transfusões de hemácias contendo antígeno Rh(D ) sob risco de produzirem anti-D.

  • a)
    Apenas as afirmativas I, II e III estão corretas.
  • b)
    Apenas as afirmativas I e III estão corretas.
  • c)
    Apenas as afirmativas II e IV estão corretas.
  • d)
    Apenas a afirmativa I e II está correta.

218794 IBFC (2013) - EBSERH - Farmacêutico / Não classificada

A respeito dos sistemas de distribuição de medicamentos, assinale a alternativa incorreta:

  • a)
    O sistema em que os medicamentos são armazenados nas unidades de internação, sob responsabilidade da enfermeira encarregada, formando miniestoques espalhados por todo o hospital, é chamado de sistema coletivo.
  • b)
    O sistema misto é uma mescla do sistema de distribuição coletivo e do sistema de distribuição por dose unitária, ambos classificados como sistemas tradicionais.
  • c)
    No sistema individualizado os medicamentos são requisitados e dispensados às unidades de internação em nome do paciente, de acordo com a prescrição médica, sua cópia direta ou sua transcrição, para determinado período.
  • d)
    No sistema de distribuição moderno o farmacêutico recebe a prescrição médica do paciente ou sua cópia direta; elabora o registro farmacoterapêutico do paciente (documento utilizado pelo farmacêutico para avaliar a terapêutica medicamentos(A); analisa as informações da prescrição; quando necessário, faz intervenções na terapêutica e dispensa os medicamentos em embalagens de dose unitária, o que justifica ser esse sistema denominado de Dose Unitária.

218795 IBFC (2013) - EBSERH - Farmacêutico / Farmácia

Em relação à manipulação de medicamentos, considere

as seguintes afirmativas:

I. Medicamentos manipulados em farmácia de atendimento

privativo de unidade hospitalar ou qualquer equivalente de

assistência médica, somente podem ser utilizados em

pacientes internados ou sob os cuidados da própria

instituição, sendo vedada a comercialização dos mesmos.

II. A farmácia pode transformar especialidade farmacêutica,

em caráter excepcional, quando da indisponibilidade da

matéria-prima no mercado e ausência da especialidade

na dose e concentração e/ou forma farmacêutica

compatíveis com as condições clínicas do paciente, de

forma a adequá-la à prescrição.

III. A checagem da pesagem durante a manipulação de

substâncias de baixo índice terapêutico deverá ser feito

única e exclusivamente pelo farmacêutico.

De acordo com a resolução RDC nº. 67, de 08 de outubro

de 2007, que dispõe sobre as Boas Práticas de

Manipulação de Preparações Magistrais e Oficinais para

Uso Humano em farmácias, assinale a alternativa correta

em relação às afirmativas acima:

  • a)

    Todas as afirmativas são corretas.

  • b)

    Somente as afirmativas II e III são corretas.

  • c)

    Somente as afirmativas I e III são corretas.

  • d)

    Somente as afirmativas I e II são corretas.