18 resultados encontrados para . (0.053 segundos)

145176 IADES (2014) - FUNPRESP-EXE - Analista Técnico - Atuária / Atuarial

O método atuarial de financiamento define, no regime financeiro de capitalização, a forma de distribuição do custo dos benefícios ao longo do tempo. Segundo as normas aplicáveis à previdência complementar fechada, é correto afirmar que o método de financiamento mínimo dos encargos atuariais de um plano na modalidade de benefício definido é o de

  • a)
    idade normal de entrada.
  • b)
    crédito unitário.
  • c)
    crédito unitário projetado.
  • d)
    prêmio nivelado individual.
  • e)
    capitalização ortodoxa.

145177 IADES (2014) - FUNPRESP-EXE - Analista Técnico - Atuária / Atuarial

A vida útil da bateria de um celular, medida em horas, apresenta distribuição normal com média de 12 horas e desvio-padrão de 0,3 horas. Com base nessas informações, é correto afirmar que a variação amostral

  • a)
    é 18 minutos.
  • b)
    está entre 11 horas e 42 minutos e 12 horas e 18 minutos.
  • c)
    é 12 horas e 18 minutos.
  • d)
    é 9 horas.
  • e)
    é 0,09 horas.

164039 IADES (2014) - FUNPRESP-EXE - Analista Técnico - Atuária / Atuarial

Considere, hipoteticamente, que determinada tábua de mortalidade indica que de cada 100 participantes que ingressam no plano de benefícios aos 20 anos de idade apenas 80 atingem a idade de aposentadoria aos 60 anos de idade. A tábua de mortalidade também aponta que dos participantes que morrem entre 20 anos e 60 anos de idade, a maioria (60%) morre entre 50 anos e 60 anos de idade. Desconsiderando outros decrementos além da morte, qual é a probabilidade de um participante com 20 anos sobreviver até os 50 anos de idade?

  • a)
    60%.
  • b)
    72%.
  • c)
    87%.
  • d)
    92%.
  • e)
    96%.

164040 IADES (2014) - FUNPRESP-EXE - Analista Técnico - Atuária / Atuarial

A respeito das premissas e hipóteses atuariais utilizadas nas avaliações atuariais dos planos de benefícios das entidades fechadas de previdência complementar, assinale a alternativa correta.

  • a)
    A taxa real de juros relaciona-se com o custo do plano da seguinte forma: quanto maior for a taxa real de juros utilizada nos cálculos atuariais, maior será o custo do plano.
  • b)
    O uso de tábuas biométricas descasadas da realidade do plano poderá resultar somente em perdas atuariais cumulativas ao longo do tempo, não havendo a possibilidade de esse uso resultar em ganhos atuariais para o plano.
  • c)
    As hipóteses biométricas tendem a apresentar desvios mais significativos em massas de maior quantidade de participantes.
  • d)
    A taxa real de juros deverá ser selecionada em função dos resultados efetivamente obtidos na rentabilidade dos ativos garantidores do plano nos últimos exercícios, não devendo incorporar a tendência provável prevista para os próximos anos.
  • e)
    A tábua biométrica adotada na avaliação atuarial poderá ser a resultante de agravamento em relação a uma tábua biométrica original, desde que o agravamento seja uniforme ao longo de todas as idades.

164041 IADES (2014) - FUNPRESP-EXE - Analista Técnico - Atuária / Atuarial

Quanto às reservas matemáticas e aos fundos relacionados aos planos de benefícios da previdência complementar fechada, assinale a alternativa correta.

  • a)
    As regras de constituição e reversão dos fundos previdenciais deverão constar da nota técnica atuarial, do parecer atuarial e das notas explicativas às demonstrações contábeis.
  • b)
    O fundo administrativo não poderá ter como fonte de custeio o resultado de investimentos do plano.
  • c)
    A constituição e a utilização dos fundos previdenciais para revisão do plano de benefícios, a partir da reversão da reserva especial para revisão do plano, deverá obedecer às normas específicas relativas ao tratamento de déficits atuariais.
  • d)
    A reserva matemática de benefícios a conceder poderá ser calculada pela diferença entre o valor presente atuarial das contribuições futuras e o valor presente atuarial dos benefícios futuros dos participantes que ainda não estão recebendo benefícios pelo plano.
  • e)
    O cálculo da reserva matemática de benefícios concedidos deve incluir os participantes ainda ativos, mas que já são considerados elegíveis a benefício pelas regras do plano.

164042 IADES (2014) - FUNPRESP-EXE - Analista Técnico - Atuária / Legislação Federal

A Sra. Maria, participante autopatrocinada da Funpresp-Exe e prestes a começar a receber benefício de aposentadoria normal, considera a possibilidade de cancelar sua inscrição no Plano Executivo Federal oferecido pela fundação. Na dúvida quanto às condições para exercício do próprio direito e ao valor a ser recebido em caso do exercício de resgate, busca informações junto a empregado dessa instituição. Nessa situação hipotética, com relação à resposta fornecida pelo empregado da Funpresp-Exe, assinale a alternativa correta.

  • a)
    Não é permitido o resgate de recursos, oriundos de portabilidade, constituídos em planos de previdência complementar aberta.
  • b)
    A portabilidade, dependendo das circunstâncias, pode caracterizar resgate.
  • c)
    A opção pelo autopatrocínio impede posterior opção pelo resgate.
  • d)
    É permitido o desconto de parcelas referentes ao custeio administrativo e à cobertura dos benefícios de risco, para fins de cálculo do valor devido em função de resgate.
  • e)
    O resgate é permitido mesmo que o participante esteja em gozo de benefício.

174858 IADES (2014) - FUNPRESP-EXE - Analista Técnico - Atuária / Atuarial

Um plano de benefícios oferece um benefício de aposentadoria programada em duas fases contíguas, com as características a seguir. Fase de renda certa: renda financeira anual, constante, postecipada e por um prazo certo de 20 anos, concedida a partir dos 60 anos de idade, calculada com base na totalidade do saldo da conta individual mantida em nome do participante, apurado na data da aposentadoria.

Fase de renda vitalícia: caso o participante sobreviva até o fim da fase de renda certa, terá direito a uma renda atuarial anual, constante, postecipada e vitalícia, pagável a partir dos 80 anos de idade, cujo valor do benefício anual é igual a 80% do benefício anual que foi pago durante a fase de renda certa.

Suponha que o participante se aposenta aos 60 anos de idade e o plano não prevê contribuições de aposentados, reversão do benefício em pensão e nem reajuste dos benefícios pela inflação. Considere também que:

I. O saldo da conta individual do participante na idade da aposentadoria é igual a R$ 400.000,00. II. O valor atual de uma renda financeira unitária anual, postecipada, de prazo 20 anos, a uma taxa anual de juros i adotada pelo plano (a20li) é igual a 16,00

III. O valor atual de uma renda atuarial unitária anual, postecipada e vitalícia a partir dos 80 anos de idade, à mesma taxa de juros i adotada pelo plano (a20) é igual a 12,00

Com base nessa situação hipotética e nos dados apresentados, assinale a alternativa que indica o valor da reserva matemática prospectiva relativa ao participante, quando ele atingir o início da fase de renda vitalícia aos 80 anos de idade.

  • a)
    R$ 200.000,00.
  • b)
    R$ 240.000,00.
  • c)
    R$ 300.000,00.
  • d)
    R$ 380.000,00.
  • e)
    R$ 400.000,00.

174859 IADES (2014) - FUNPRESP-EXE - Analista Técnico - Atuária / Atuarial

As premissas ou hipóteses atuariais integram as bases técnicas da avaliação atuarial e representam estimativas utilizadas nos cálculos e nas projeções atuariais que devem refletir as expectativas futuras do plano. De acordo com essas informações, assinale a alternativa que indica duas hipóteses atuariais diretamente relacionadas a riscos biométricos e econômicos, respectivamente, aos quais estão sujeitos os planos de benefícios das entidades fechadas.

  • a)
    Tábua de entrada em invalidez e crescimento salarial.
  • b)
    Idade de aposentadoria e composição familiar do participante.
  • c)
    Tábua de mortalidade geral e rotatividade.
  • d)
    Fator de capacidade salarial e taxa de inflação.
  • e)
    Indexador dos benefícios e taxa real de juros.

174860 IADES (2014) - FUNPRESP-EXE - Analista Técnico - Atuária / Atuarial

Um participante ingressa em determinado plano de benefícios aos 30 anos de idade e indica como dependente beneficiária sua esposa, 10 anos mais jovem do que ele no momento da adesão do participante ao plano. O participante planeja se aposentar somente aos 70 anos de idade. Considere os dados a seguir, retirados da tábua de mortalidade adotada nas avaliações atuariais do plano de benefícios: l20 = 990.000; l30 = 980.000; l60 = 910.000;

l70 = 800.000. Nessa situação hipotética, a probabilidade de o participante e a esposa dele estarem ambos vivos no momento da aposentadoria do participante é de aproximadamente

  • a)
    70%.
  • b)
    75%.
  • c)
    80%.
  • d)
    85%.
  • e)
    90%.

174861 IADES (2014) - FUNPRESP-EXE - Analista Técnico - Atuária / Legislação Federal

Com relação ao conceito de direito acumulado, especialmente para fins de aplicação dos institutos obrigatórios previstos na legislação de previdência complementar fechada, assinale a alternativa correta.

  • a)
    O instituto do resgate garante o levantamento do direito acumulado pelo participante em relação a determinado plano de benefícios.
  • b)
    O direito acumulado corresponde às reservas constituídas pelo participante.
  • c)
    O cálculo do direito acumulado pelo participante, para fins de portabilidade, pode variar em função do tipo de plano de benefício.
  • d)
    Os critérios e a metodologia de apuração do direito acumulado pelo participante, para fins de portabilidade, considerando eventuais insuficiências do plano, não precisam constar do regulamento do plano de benefícios.
  • e)
    Por se tratar de mera expectativa, o direito acumulado não é protegido pela legislação de previdência complementar fechada.