21 resultados encontrados para . (0.008 segundos)

150013 IADES (2014) - EBSERH - Médico infectologista / Português

Mostrar/Esconder texto associado

De acordo com o texto, os fatores que contribuem para uma não qualidade de vida.

  • a)
    são decorrentes de políticas e ações que norteiam o trabalho.
  • b)
    são identificados na vida familiar e social dos colaboradores.
  • c)
    devem minimizar os males do trabalho, eliminando as políticas e ações dos colaboradores.
  • d)
    identificam ações e políticas decorrentes do malefício laboral.
  • e)
    afetam o trabalho, a vida familiar e social dos colaboradores.

150014 IADES (2014) - EBSERH - Médico infectologista / Português

Mostrar/Esconder texto associado

Em relação às abordagens e ao tema apresentado no texto, assinale a alternativa correta.

  • a)
    O Brasil possui maior número de trabalhadores expostos a substâncias tóxicas que a Índia, mas a China alcançou 80% de seus trabalhadores com problemas de saúde, decorrentes da inalação de silício.
  • b)
    O mais grave dos problemas apresentados no texto são os mais de 300 milhões de acidentes laborais mortais a cada ano.
  • c)
    Segundo os estudos da Organização Internacional do Trabalho, o maior problema das enfermidades profissionais é o custo gerado pelas atividades de prevenção.
  • d)
    O abuso do álcool ou o uso de drogas, responsáveis por doenças psíquicas como a depressão ou a dependência química, são exemplos de violência psicológica junto aos trabalhadores.
  • e)
    Segundo o estudo realizado, os trabalhadores da Europa são atingidos por transtornos musculoesqueléticos e mentais (TME).

150015 IADES (2014) - EBSERH - Médico infectologista / Medicina

Em relação à toxoplasmose, assinale a alternativa correta.

  • a)

    Na toxoplasmose febril aguda, sempre a infecção inicial é bastante sintomática, generalizando-se.

  • b)

    Na linfoadenite toxoplásmica, geralmente, o quadro é caracterizado por linfadenopatia localizada, principalmente em mulheres e, geralmente, envolvendo os nódulos linfáticos cervicais posteriores ou, mais raramente, linfadenopatia generalizada.

  • c)

    Na toxoplasmose em paciente imunodeprimido, as lesões são focais e vistas com maior frequência na retina e no miocárdio e com menos frequência nos pulmões e no cérebro.

  • d)

    Com relação ao diagnóstico, o aumento dos níveis de anticorpos da classe IgG acima de 1:2048 aponta a presença de infecção crônica ou contato com o agente etiológico, dispensando a testagem para anticorpos da classe IgM em sorologias pareadas.

  • e)

    O tratamento específico é sempre indicado nos casos em que o hospedeiro é imunocompetente, sendo droga de escolha a espiramicina, com dose de 750 a 1.000 mg, VO, a cada oito horas, ou, subsidiariamente a clindamicina, VO, na dose de 600 mg a cada seis horas.

158976 IADES (2014) - EBSERH - Médico infectologista / Português

Mostrar/Esconder texto associado

Com base nas ideias do texto e nas relações entre elas, assinale a alternativa correta.

  • a)
    O trabalho é realizado, essencialmente, para a subsistência do trabalhador.
  • b)
    O trabalho se desvincula do homem moderno fora do ambiente de trabalho.
  • c)
    As organizações tendem a valorizar, cada vez mais, a capacidade produtiva das máquinas.
  • d)
    No ambiente de trabalho, oferecer melhorias permite a otimização das capacidades criativas dos trabalhadores.
  • e)
    Um bom desempenho no trabalho, na vida familiar e social dos colaboradores prescinde de políticas e ações que proporcionem qualidade de vida.

158977 IADES (2014) - EBSERH - Médico infectologista / Português

Mostrar/Esconder texto associado

De acordo com as ideias presentes no texto, assinale a alternativa correta.

  • a)
    O Brasil apresenta o maior número de trabalhadores expostos às substâncias tóxicas.
  • b)
    O alto investimento em prevenção adequada deve–se ao fato de os efeitos negativos das enfermidades profissionais refletirem em toda a sociedade.
  • c)
    Problemas pulmonares são responsáveis por mais da metade dos casos de doenças laborais na China.
  • d)
    Segundo a Organização Internacional do Trabalho, meio bilhão de acidentes letais com trabalhadores ocorrem a cada ano, no mundo todo.
  • e)
    O custo muito alto da prevenção justifica a falta de investimentos.

158978 IADES (2014) - EBSERH - Médico infectologista / Raciocínio Lógico

Metade deé igual a de outra fração. O valor dessa outra

fração é

  • a)

  • b)

  • c)

  • d)

  • e)

158979 IADES (2014) - EBSERH - Médico infectologista / Medicina

Quanto à sífilis adquirida recentemente, assinale a alternativa

correta.

  • a)

    A sífilis primária caracteriza-se por apresentar lesão inicial denominada cancro duro, não ocorrendo adenite satélite e desaparecendo em duas semanas, deixando cicatrizes.

  • b)

    A sífilis secundária é marcada pela disseminação dos treponemas pelo organismo, ocorrendo suas manifestações de três a quatro semanas do aparecimento do cancro. Primeiramente, tem-se o surgimento de lesões papulosas palmo-plantares, placas mucosas e adenopatia generalizada. A lesão mais tardia é a roséola, e as reações sorológicas são geralmente negativas.

  • c)

    As reações sorológicas não treponêmicas se tornam positivas a partir apenas da sétima ou oitava semana após o contágio.

  • d)

    As reações sorológicas treponêmicas para sífilis se tornam positivas a partir da terceira semana de infecção, concomitantemente ao aparecimento do cancro duro.

  • e)

    No período de sífilis latente precoce, são frequentes as manifestações clínicas visíveis, havendo treponemas em todos os tecidos. Assim, o diagnóstico, muitas vezes, é obtido somente pela anamnese e pelo exame físico, o que acelera o tratamento.

158980 IADES (2014) - EBSERH - Médico infectologista / Medicina

Acerca do tétano, assinale a alternativa correta.

  • a)

    Em geral, apresenta-se com febre alta.

  • b)

    Em geral, o paciente apresenta contratura dos músculos do pescoço e da região dorsal, mas são poupados os músculos masseteres, não ocorrendo disfagia.

  • c)

    O agente etiológico é o Clostridium tetani, bacilo gram-negativo, anaeróbio esporulado.

  • d)

    São exemplos de diagnósticos diferenciais a intoxicação pela estricnina, meningite, raiva, histeria, intoxicação por metoclopramida, intoxicação por neurolépticos e processos inflamatórios da boca e da faringe, acompanhados de trismos.

  • e)

    O período de incubação varia de 15 dias a alguns meses, mas geralmente é de 10 a 30 dias.

166484 IADES (2014) - EBSERH - Médico infectologista / Português

Mostrar/Esconder texto associado

No período “O trabalho, no decorrer da história, foi ocupando a maior parte do tempo do ser humano.” (linhas 1 e 2) , o uso das vírgulas justifica–se para

  • a)
    marcar a intercalação do adjunto adverbial.
  • b)
    marcar a inversão do adjunto adverbial.
  • c)
    marcar a elipse do verbo.
  • d)
    isolar o aposto.
  • e)
    marcar uma enumeração.

166485 IADES (2014) - EBSERH - Médico infectologista / Medicina

Quanto à raiva, assinale a alternativa correta.

  • a)

    O período de incubação não se relaciona com a localização e a gravidade da mordedura, arranhadura ou lambedura de animais infectados e nem com a proximidade de troncos nervosos, mas apenas com a concentração de partículas virais inoculadas.

  • b)

    Após um período variável de incubação, surgem os pródromos iniciais, que duram de dois a quatro dias, sendo inespecíficos, apresentando o paciente malestar geral, pequeno aumento de temperatura corpórea, anorexia, cefaleia, náuseas, dor de garganta, entorpecimento, irritabilidade, inquietude e sensação de angústia.

  • c)

    O período de incubação é bastante variável, desde dias até meses, com duração média de 15 dias, no homem, e de dois dias a 20 dias, no cão. Em crianças, há uma tendência de haver período de incubação maior que no indivíduo adulto.

  • d)

    Embora ocorram espasmos musculares que evoluem para quadro de paralisia da musculatura, não ocorrem alterações cardiorrespiratórias, retenção urinária e obstipação intestinal, pois nesses a inervação é realizada pelo sistema nervoso autônomo.

  • e)

    O período de evolução do quadro clínico, após instalação dos sinais e sintomas até o óbito, apresenta, geralmente, média de 15 a 20 dias.