21 resultados encontrados para . (0.009 segundos)

149989 IADES (2014) - EBSERH - Médico - Cirurgia Vascular / Português

Mostrar/Esconder texto associado

De acordo com o texto, os fatores que contribuem para uma não qualidade de vida.

  • a)
    são decorrentes de políticas e ações que norteiam o trabalho.
  • b)
    são identificados na vida familiar e social dos colaboradores.
  • c)
    devem minimizar os males do trabalho, eliminando as políticas e ações dos colaboradores.
  • d)
    identificam ações e políticas decorrentes do malefício laboral.
  • e)
    afetam o trabalho, a vida familiar e social dos colaboradores.

149990 IADES (2014) - EBSERH - Médico - Cirurgia Vascular / Português

Mostrar/Esconder texto associado

Em relação às abordagens e ao tema apresentado no texto, assinale a alternativa correta.

  • a)
    O Brasil possui maior número de trabalhadores expostos a substâncias tóxicas que a Índia, mas a China alcançou 80% de seus trabalhadores com problemas de saúde, decorrentes da inalação desilício.
  • b)
    O mais grave dos problemas apresentados no texto são os mais de 300 milhões de acidentes laborais mortais a cada ano.
  • c)
    Segundo os estudos da Organização Internacional do Trabalho, o maior problema das enfermidades profissionais é o custo gerado pelas atividades de prevenção.
  • d)
    O abuso do álcool ou o uso de drogas, responsáveis por doenças psíquicas como a depressão ou a dependência química, são exemplos de violênciapsicológica junto aos trabalhadores.
  • e)
    Segundo o estudo realizado, os trabalhadores da Europa são atingidos por transtornos musculoesqueléticos e mentais (TME).

149991 IADES (2014) - EBSERH - Médico - Cirurgia Vascular / Medicina

No que diz respeito ao tratamento das lesões vasculares

cervicais, costuma-se dividir a região cervical em 3 zonas

distintas:

1.Zona I: estende-se das clavículas e fúrcula

esternal até a cartilagem cricóidea.

2.Zona II: região intermediária entre a I e III.

3.Zona III: estende-se do ângulo da mandíbula

até a base do crânio.

Tendo em vista que a indicação cirúrgica será baseada na

zona atingida pelo trauma, assinale a alternativa correta.

  • a)

    Para ferimentos na zona I, com pacientes estáveis, o tratamento é expectante e observador.

  • b)

    Os traumas penetrantes na zona II devem ser explorados com cirurgia de rotina.

  • c)

    As lesões vasculares que podem ocorrer nos ferimentos na zona I devem ser abordadas por incisões supraclaviculares.

  • d)

    As lesões da artéria vertebral, localizadas na zona III, são mais bem tratadas por interposição de veia safena autóloga.

  • e)

    A abordagem cirúrgica da zona II é realizada por intermédio de incisão esternal com prolongamento cervical.

158171 IADES (2014) - EBSERH - Médico - Cirurgia Vascular / Português

Mostrar/Esconder texto associado

Com base nas ideias do texto e nas relações entre elas, assinale a alternativa correta.

  • a)
    O trabalho é realizado, essencialmente, para a subsistência do trabalhador.
  • b)
    O trabalho se desvincula do homem moderno fora do ambiente de trabalho.
  • c)
    As organizações tendem a valorizar, cada vez mais, a capacidade produtiva das máquinas.
  • d)
    No ambiente de trabalho, oferecer melhorias permite a otimização das capacidades criativas dos trabalhadores.
  • e)
    Um bom desempenho no trabalho, na vida familiar e social dos colaboradores prescinde de políticas e ações que proporcionem qualidade de vida.

158172 IADES (2014) - EBSERH - Médico - Cirurgia Vascular / Português

Mostrar/Esconder texto associado

De acordo com as ideias presentes no texto, assinale a alternativa correta.

  • a)
    O Brasil apresenta o maior número de trabalhadores expostos às substâncias tóxicas.
  • b)
    O alto investimento em prevenção adequada deve-se ao fato de os efeitos negativos das enfermidades profissionais refletirem em toda a sociedade.
  • c)
    Problemas pulmonares são responsáveis por mais da metade dos casos de doenças laborais na China.
  • d)
    Segundo a Organização Internacional do Trabalho, meio bilhão de acidentes letais com trabalhadores ocorrem a cada ano, no mundo todo.
  • e)
    O custo muito alto da prevenção justifica a falta de investimentos.

158173 IADES (2014) - EBSERH - Médico - Cirurgia Vascular / Medicina

Os filtros de veia cava têm como princípio básico impedir a

passagem de êmbolos, sem ocluir a veia cava. Esses filtros

devem ser colocados na veia cava inferior, em posição

infrarrenal. Tendo em vista a indicação absoluta para

implantação de um filtro de veia cava inferior, assinale a

alternativa correta.

  • a)

    Propagação de trombose iliofemoral, independente de tratamento anticoagulante.

  • b)

    Embolia pulmonar séptica.

  • c)

    Traumas extensos com risco elevado de tromboembolismo pulmonar.

  • d)

    Presença de trombo iliofemoral pouco aderido em pacientes de alto risco.

  • e)

    Complicações hemorrágicas durante o tratamento com anticoagulante.

158174 IADES (2014) - EBSERH - Médico - Cirurgia Vascular / Medicina

A hipertensão venosa é uma das complicações das fístulas

arteriovenosas para hemodiálise. Em relação a esse tipo de

complicação, assinale a alternativa correta.

  • a)

    Os casos de hipertensão venosa associada à estenose da veia subclávia são mais bem tratados, atualmente, por cirurgia aberta.

  • b)

    A utilização de balões de angioplastia no tratamento das estenoses venosas que estão provocando a hipertensão venosa tem sucesso imediato e apresentam excelente resultado de perviedade a longo prazo (12 meses).

  • c)

    O tratamento percutâneo das estenoses venosas que estão provocando a hipertensão venosa nas fístulas para hemodiálise não apresenta bom resultado para a estenoses segmentares da veia subclávia.

  • d)

    O implante de cateteres através da veia subclávia é o responsável pelo aumento do número de estenoses ou oclusões desse vaso, causando hipertensão venosa nas fístulas dos membros superiores.

  • e)

    A utilização de stents para tratar as estenoses venosas das fístulas para hemodiálise apresenta resultados piores do que o tratamento realizado com balões de angioplastia.

166491 IADES (2014) - EBSERH - Médico - Cirurgia Vascular / Português

Mostrar/Esconder texto associado

No período “O trabalho, no decorrer da história, foi ocupando a maior parte do tempo do ser humano.” (linhas 1 e 2) , o uso das vírgulas justifica-se para

  • a)
    marcar a intercalação do adjunto adverbial.
  • b)
    marcar a inversão do adjunto adverbial.
  • c)
    marcar a elipse do verbo.
  • d)
    isolar o aposto.
  • e)
    marcar uma enumeração.

166492 IADES (2014) - EBSERH - Médico - Cirurgia Vascular / Não classificada

A isquemia intestinal aguda por obstrução arterial é normalmente causada pelo trombo arterial, que ocorre onde há uma estenose ou por embolia arterial. O tratamento endovascular, a angioplastia por balão e (ou) uso de stent podem ser considerados um tratamento definitivo do problema. Apesar do tratamento endovascular instituído, ainda pode haver segmentos do intestino necrosado que requerem tratamento cirúrgico, por ressecar os segmentos comprometidos vitalmente. Acerca desse assunto, deve-se considerar a laparotomia, mesmo depois da angioplastia

  • a)
    Quando a arteriografia demonstrar uma oclusão extensa da artéria mesentérica superior.
  • b)
    Quando a tomografia abdominal demonstrar sinais de infarto intestinal.
  • c)
    Quando houver persistência de dor abdominal após a revascularização percutânea.
  • d)
    Em qualquer circunstância, após a revascularização percutânea.
  • e)
    Quando se utilizar a dilatação por balão no tratamento da isquemia intestinal aguda.

166493 IADES (2014) - EBSERH - Médico - Cirurgia Vascular / Não classificada

A arterite de Takayasu é doença inflamatória crônica que afeta preferencialmente a aorta e seus ramos principais: artérias subclávias, carótidas, vertebrais, renais, mesentéricas e ilíacas. No que se refere às características arteriográficas próprias, dessa patologia, assinale a alternativa correta.

  • a)
    Lesões estenóticas segmentares e curtas, ou oclusão da aorta e dos grandes vasos.
  • b)
    Lesões que atingem mais a aorta e as artérias mesentéricas.
  • c)
    Lesões aneurismáticas saciformes ou fusiformes, que ocorrem de 11% a 27% dos casos, e que atingem mais a aorta do que seus ramos.
  • d)
    Lesões oclusivas que são mais frequentes nas artérias subclávias e carótidas internas.
  • e)
    De acordo a classificação angiográfica da arterite Takayasu, o tipo III atinge o arco aórtico, seus ramos e a aorta descendente.