Notice (8): Undefined variable: description_for_layout [APP/View/Layouts/default.ctp, line 16] - 15 questões grátis para resolução." /> Notice (8): Undefined variable: description_for_layout [APP/View/Layouts/default.ctp, line 34] - 15 questões gratuitas para resolução." />
15 resultados encontrados para . (0.070 segundos)

51517 FUNDATEC (2017) - IGP-RS - Perito Criminal - Engenharia Civil / Engenharia Civil

De acordo com o Decreto nº 51.803/2014 que estabelece normas sobre segurança, prevenção e proteção contra incêndios nas edificações e áreas de risco de incêndio no Estado do Rio Grande do Sul, assinale a alternativa correta.

  • a)
    As edificações e áreas de risco de incêndio que já possuem Plano de Prevenção e Proteção Contra Incêndio (PPCI) aprovado pelo Corpo de Bombeiro(s) Militar do Estado do Rio Grande do Sul (CBMRS) ficam desobrigadas a apresentar novo documento antes de sofrer alterações nas suas características construtivas e de prevenção e proteção contra incêndio.
  • b)
    Na impossibilidade (mediante justificativa) de os materiais e os equipamentos de segurança contra incêndio utilizados nas edificações e áreas de risco de incêndio serem certificados por órgãos acreditados, poderão ser aceitos laudos conclusivos emitidos por órgãos nacionais com credibilidade técnica e/ou científica, ou ainda laudo conclusivo elaborado por profissional legalmente habilitado(a) pelos seus respectivos conselhos profissionais.
  • c)
    As edificações e áreas de risco de incêndio que possuam Alvará de Prevenção e Proteção Contra Incêndio (APPCI), emitido pelo CBMRS, não poderão permanecer com os sistemas e equipamentos instalados à época da concessão e deverão adaptar-se imediatamente quando do ato da vistoria periódica.
  • d)
    Caberá ao CBMRS pesquisar, periciar, estudar, analisar, propor, elaborar, aprovar e expedir as Resoluções Técnicas que irão disciplinar as medidas de segurança contra incêndio no Estado do Rio Grande do Sul.
  • e)
    Todos os laudos que instruem o PPCI deverão ser conclusivos, atestando que as medidas de segurança contra incêndio cumprem as normas técnicas específicas e não oferecem risco aos(às) usuários(as) em caso de incêndio. Quando um laudo for inconclusivo, deverá ser apresentada justificativa e laudo complementar atestando tal impossibilidade, emitido por profissional legalmente habilitado(a) pelos seus respectivos conselhos profissionais.

51518 FUNDATEC (2017) - IGP-RS - Perito Criminal - Engenharia Civil / Engenharia Civil

A hidratação do cimento consiste em uma reação química entre a água e os compostos anidros para que se constitua um gel em torno destes. Em função da trabalhabilidade necessária, os concretos e argamassas normalmente são preparados com água em excesso, o que acentua o processo de retração, natural neste tipo de reação em um produto preparado com cimento, sendo de três tipos: retração química, retração de secagem e retração por carbonatação. Inúmeros fatores intervêm na retração de um produto à base de cimento, dentre as quais, a:

  • a)
    Quantidade de cimento adicionada à mistura: quanto menor o consumo de cimento, maior a retração.
  • b)
    Natureza do agregado: quanto menor o módulo de deformação do agregado, maior sua susceptibilidade à compressão e, portanto, maior a retração.
  • c)
    Quantidade de água na mistura: quanto menor a retração água/cimento, maior a retração de secagem.
  • d)
    Granulometria de agregados: quanto menor a granulometria dos agregados, maior será a quantidade necessária de cimento para recobri-los e, portanto, maior será a retração.
  • e)

    Composição química do cimento: quanto menor a quantidade de cloretos, como o CACl2, empregado como aditivo acelerador de pega, e álcalis, maior será a retração.

51519 FUNDATEC (2017) - IGP-RS - Perito Criminal - Engenharia Civil / Engenharia Civil

Conhecendo-se a resistência dos materiais, a análise estrutural, dimensionamento e comportamento de estruturas de concreto armado, analise as assertivas abaixo, assinalando V, se verdadeiras, ou F, se falsas.

( ) O aço é mais elástico do que o concreto, pois seu Módulo de Elasticidade é maior do que o Módulo de Elasticidade do Concreto.

( ) O aço é utilizado na estrutura de pilares para que tenham seções menores do que se fossem constituídos exclusivamente de concreto simples.

( ) Ao se comprimir uma peça de concreto armado, tem-se uma redução de sua altura, que será igual tanto para o aço como para o concreto, já que são solidários, porém, as tensões no concreto são menores do que as tensões no aço.

( ) Pilares têm armadura em toda volta para que resistam a eventuais esforços de tração decorrentes da excentricidade das cargas.

A ordem correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é:

  • a)
    F – V – V – V.
  • b)
    V – V – V – V.
  • c)
    V – F – F – V.
  • d)
    F – V – V – F.
  • e)
    V – F – F – F.

55909 FUNDATEC (2017) - IGP-RS - Perito Criminal - Engenharia Civil / Engenharia Civil

Relacione a Coluna 1 à Coluna 2, associando as configurações típicas de fissuras em alvenarias e as sobrecargas experimentadas.

A ordem correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é:

  • a)
    2 – 1 – 2 – 3.
  • b)
    3 – 1 – 1 – 2.
  • c)
    2 – 2 – 3 – 1.
  • d)
    3 – 2 – 1 – 1.
  • e)
    2 – 2 – 1 – 3.

55913 FUNDATEC (2017) - IGP-RS - Perito Criminal - Engenharia Civil / Engenharia Civil

A perícia de engenharia foi acionada para levantamento de um local de incêndio. Chegando ao local dos fatos, o perito deparou-se com um parque de tanques de combustíveis onde ocorrera uma explosão vitimando dez pessoas, dentre elas, oito de forma fatal. O perito identificou, por exames no local e pela documentação apresentada, que houve intervenção de um soldador (uma das vítimas fatais) em um dos tanques combustíveis, que, apesar de encontrar-se vazio, não foi submetido à lavagem interna e medição para controle de explosividade de sua atmosfera antes da entrada do soldador. Sendo o perito do caso um especialista em explosões, seu laudo certamente NÃO apresentou que:

  • a)
    O incêndio foi desencadeado pela explosão decorrente da chama aberta em atmosfera em condições dentro da faixa de explosividade do combustível inicialmente armazenado no tanque.
  • b)
    A explosão envolveu combustão e liberação de calor, ocasionando um incêndio de grande magnitude em que a velocidade de propagação da chama foi elevada o suficiente de forma que combustível, comburente e calor reagissem instantaneamente.
  • c)
    A explosão causou, tanto pela onda de choque produzida como pela expansão dos gases, deformações de materiais, rupturas estruturais e, ainda, incêndios devido à propagação de chamas que frequentemente acompanham o fenômeno.
  • d)
    Há tanto misturas explosivas quanto substâncias puras, ambas suscetíveis à decomposição química em elevados volume, temperatura e pressão, à alta velocidade de propagação, quando sujeitas à energia de ativação, térmica, elétrica ou mecânica, classificadas, então, como térmicas, elétricas ou mecânicas. A explosão que se sucedeu foi, então, elétrica devido ao equipamento utilizado (solda elétrica).
  • e)
    O monitoramento diário das condições de armazenamento, o manuseio adequado e controlado, as condições locais seguras, sua disposição de acordo com as Normas e manutenção periódica são medidas preventivas fundamentais para se evitar acidentes envolvendo tanques de combustíveis.

55914 FUNDATEC (2017) - IGP-RS - Perito Criminal - Engenharia Civil / Engenharia Civil

De acordo com a NR 18, como medidas de proteção contra quedas de altura no meio do ambiente de trabalho na Indústria da Construção, em todo o perímetro da construção de edifícios com mais de 4 pavimentos, ou de altura equivalente, deve-se, obrigatoriamente, instalar uma plataforma principal de proteção que atenda a certas exigências. Uma dessas exigências diz respeito à:

  • a)
    Projeção horizontal da face externa da construção, que deve ser de, no máximo, 2,5m.
  • b)
    Projeção horizontal da face externa da construção, que deve ter um rodapé de 0,50m.
  • c)
    Inclinação da plataforma, que deve ser de 90° a partir de sua extremidade.
  • d)
    Instalação da plataforma, que deve ocorrer de 2 a 3 dias após a concretagem da respectiva laje, respeitando-se assim o tempo de cura.
  • e)
    Instalação de outras plataformas secundárias de projeção, acima e a partir da principal, em balanço, de 3 em 3 lajes.

61808 FUNDATEC (2017) - IGP-RS - Perito Criminal - Engenharia Civil / Engenharia Civil

Durante a construção de um edifício comercial de 8 pavimentos, ocorreu um acidente fatal cuja vítima veio a óbito no local dos fatos. A perícia foi acionada, e o perito criminal, com formação em engenharia, foi designado para atender ao local. Por meio do exame do local, o perito concluiu que a vítima era um empregado da construtora e encontrava-se em suspensão quando veio a sofrer o acidente, executando trabalho em altura. Como EPI, a vítima usava luvas, óculos de segurança, capacete e botas, compatíveis com o serviço que prestava até então. Como exames pertinentes ao caso, analise as assertivas abaixo, verificando se orientaram corretamente o perito para o levantamento das condições de segurança do trabalho no local e cumprimento legal, com base nas Normas Regulamentadoras do MT:

I. Medir a distância entre o solo (que foi o ponto de precipitação) e o ponto onde o funcionário exercia seu trabalho, pois somente acima de 2m de altura (desnível) seria exigido que o funcionário estivesse amarrado, obedecendo-se à NR 35.

II. Examinar documentos que conferissem os treinamentos admissional e periódico recebidos pelo funcionário, caso ele exercesse função especial como trabalhos de alto índice de periculosidade.

III. Analisar o Programa de Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção (PCMAT), documento obrigatório para toda e qualquer obra civil.

IV. Analisar as informações sobre os Equipamentos de Proteção Coletiva (EPC), essenciais, independentemente da disposição e uso de EPIs.

V. Como trata-se de acidente fatal, o perito deverá observar e trazer em laudo se medidas obrigatórias foram adotadas, como o isolamento do local diretamente relacionado ao acidente, que deverá manter suas características até sua liberação pela autoridade policial competente e pelo órgão regional do Ministério do Trabalho.

Quais estão corretas?

  • a)
    Apenas I, III e IV.
  • b)
    Apenas I, IV e V.
  • c)
    Apenas III, IV e V.
  • d)
    Apenas II, III, IV e V.
  • e)
    I, II, III, IV e V.

61810 FUNDATEC (2017) - IGP-RS - Perito Criminal - Engenharia Civil / Engenharia Civil

Entende-se por fogo o resultado de uma reação química exotérmica autossustentada, envolvendo combustíveis (sólidos, líquidos e gasosos), comburente, que é o oxidante, luz e calor. Sendo assim, é correto afirmar que:

  • a)
    Um incêndio tem início quando, em atmosfera com concentração de comburente suficiente, o calor, gerado pela fonte, aquece os vapores combustíveis até a temperatura de inflamação (flash point) evoluindo à temperatura de combustão (fire point), sendo que nesse ponto a combustão se mantém mesmo sem a presença da fonte de ignição.
  • b)
    Combustível, comburente e calor formam o tetraedro do fogo, que representa a interação entre esses três vértices e sua interdependência. Não há incêndio sem esses elementos em conjunto e em proporções estequiométricas.
  • c)
    O incêndio é uma reação química em cadeia, ou seja, uma reação cíclica que envolve combustível, comburente e uma energia de ativação, que se autoalimentará até que um destes for extinto: quando a concentração de oxigênio presente na atmosfera aumentar significativamente; quando a fonte de calor se esfriar; quando o combustível acabar.
  • d)
    Os combustíveis líquidos queimam diretamente: primeiro, transformam-se em vapor e, depois, queimam nesse estado como se fossem um gás.
  • e)
    A superfície dos combustíveis sólidos influencia a condição e propensão à queima, sendo uma condição importante para que um incêndio se desenvolva no tempo; assim, poeiras, com grande superfície de contato com o ar, devido à superfície ser imensamente maior por unidade do que o peso (baixíssima densidade), diminuem o risco de incêndio e explosão.

61811 FUNDATEC (2017) - IGP-RS - Perito Criminal - Engenharia Civil / Engenharia Civil

Quanto a sistemas hidráulicos e sanitários, analise as assertivas abaixo, assinalando V, se verdadeiras, ou F, se falsas.

( ) Quanto maior a velocidade da água na tubulação, menor será o diâmetro necessário para determinada vazão e menor a perda de carga.

( ) Sistemas hidráulicos ou sanitários com dimensionamento que implica em grandes perdas de carga tendem a sofrer maior desgaste no tempo, além de serem mais sensíveis aos efeitos dos golpes de aríetes.

( ) O PVC (Policloreto de Vinila) é amplamente utilizado na construção civil, em sistemas hidráulicos principalmente, por apresentar muitas vantagens em relação à tubulação de aço, como leveza, durabilidade, menor perda de carga e coeficiente de dilatação inferior ao do aço.

( ) Os tubos de PVC – Linha Hidráulica – (NBR 5648:2010) trabalham sob pressão de até 75 Kgf/cm2 (75 mca) na temperatura de 20°C. Devido às características do PVC, a resistência dos tubos diminui com o aumento da temperatura, assim o PVC é impróprio para instalações de água quente.

A ordem correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é:

  • a)
    V – F – F – V.
  • b)
    F – V – F – V.
  • c)
    F – F – V – V.
  • d)
    V – V – F – F.
  • e)
    F – V – V – F.

65096 FUNDATEC (2017) - IGP-RS - Perito Criminal - Engenharia Civil / Engenharia Civil

A cal hidratada é obtida pela reação entre a cal virgem, composta por óxidos de cálcio e de magnésio, com água, compondo-se uma combinação estável de hidróxidos de cálcio e de magnésio, elementos ideais para uso nas argamassas de assentamento e de revestimento. Assim, analise as assertivas abaixo, assinalando V, se verdadeiras, ou F, se falsas.

( ) Enquanto o cimento precisa de água para reagir e endurecer (cura), a cal hidratada reage com o CO2 do ar, transformando-se em carbonatos sólidos.

( ) A argamassa à base de cal hidratada pode ser feita para uso imediato, mas, quando é deixada em “descanso" (maturação de 16 a 24 horas), leva a maiores rendimentos, melhor liga e redução de microfissuras.

( ) A cal hidratada é um dos principais constituintes da argamassa, atribuindo-lhe elevado poder aglomerante, característica que o cimento não tem.

( ) A argamassa é uma mistura de cimento Portland, cal hidratada e água. A quantidade de cada um desses componentes é representada por uma proporção, ou “traço", como 1:2:9, no qual o primeiro número representa o volume do cimento, o segundo o volume da cal e o

terceiro o volume de água.

A ordem correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é:

  • a)
    F – F – V – F.
  • b)
    V – F – F – V.
  • c)
    V – V – F – F.
  • d)
    F – V – V – F.
  • e)
    V – F – V – V.