24 resultados encontrados para . (0.007 segundos)

40378 FUNCAB (2009) - PC-RO - Delegado de Polícia - r / Direito Constitucional

Acerca da competência legislativa prevista na Constituição Federal, é correto afirmar que:
  • a)
    no âmbito da competência concorrente, a superveniência de lei federal sobre normas gerais não altera em nenhum aspecto a vigência da norma estadual suplementar.
  • b)
    cabe à União legislar privativamente sobre direito urbanístico.
  • c)
    a competência da União para editar normas gerais sobre a proteção à infância e à juventude exclui a competência suplementar dos Estados.
  • d)
    é competência concorrente da União, Estados e Distrito Federal legislar sobre direito penal.
  • e)
    no âmbito da competência concorrente, compete à União legislar sobre normas gerais.

40379 FUNCAB (2009) - PC-RO - Delegado de Polícia - r / Direito Constitucional

Sobre os Estados-Federados, assinale a alternativa correta.
  • a)
    Os Estados poderão, mediante lei complementar, instituir regiões metropolitanas, aglomerações urbanas e microrregiões, para integrar a organização, o planejamento e a execução de funções públicas de interesse comum.
  • b)
    As normas sobre processo legislativo previstas na Constituição Estadual não são de repetição obrigatória, de acordo com a jurisprudência do Supremo Tribunal Federal.
  • c)
    É possível a edição de medida provisória para regulamentar a exploração pelos Estados-Membros do serviço local de gás canalizado.
  • d)
    É vedada expressamente pela Constituição Federal a iniciativa popular no processo legislativo estadual.
  • e)
    As regras constitucionais sobre inviolabilidade e imunidades dos Deputados Federais não são aplicáveis aos Deputados Estaduais.

40380 FUNCAB (2009) - PC-RO - Delegado de Polícia - r / Direito Constitucional

No que se refere às normas constitucionais sobre processo legislativo,marque a opção correta.
  • a)
    É vedada a edição de medida provisória sobre matéria tributária.
  • b)
    A matéria constante de proposta de emenda rejeitada ou havida por prejudicada poderá ser objeto de nova proposta na mesma sessão legislativa.
  • c)
    São de iniciativa privativa do Presidente da República leis que disponham sobre organização administrativa e judiciária dosTerritórios.
  • d)
    A proposta de emenda à Constituição será aprovada se obtiver, em dois turnos, dois quintos dos votos dos membros de cada Casa do Congresso Nacional.
  • e)
    A iniciativa popular pode ser exercida pela apresentação ao Senado Federal de projeto de lei subscrito por, no mínimo, cinco por cento do eleitorado nacional, distribuído por pelo menos dez Estados da Federação.

40381 FUNCAB (2009) - PC-RO - Delegado de Polícia - r / Direito Constitucional

As comissões parlamentares de inquérito, que terão poderes de investigação próprios de autoridades judiciais, além de outros previstos nos Regimentos das respectivas Casas, estão previstas na Constituição da República em seu Artigo 58, parágrafo terceiro. Em relação ao tema, pode-se afirmar que:
  • a)
    as conclusões extraídas da investigação realizada serão encaminhadas para o Ministério Público, para que promova a responsabilização civil ou criminal dos infratores.
  • b)
    a comissão poderá determinar o ingresso no domicílio, durante o dia, ainda que sem o consentimento do morador.
  • c)
    pode a comissão parlamentar determinar a violação do sigilo de correspondência e das comunicações telegráficas.
  • d)
    a comissão parlamentar poderá impedir que o investigado seja assistido por advogado quando de sua oitiva.
  • e)
    a comissão parlamentar deve ser instaurada por fato determinado, podendo ser indeterminado o prazo de sua duração.

40382 FUNCAB (2009) - PC-RO - Delegado de Polícia - r / Direito Constitucional

Com base na Lei nº 9.868 de 1999, assinale a alternativa correta.
  • a)
    Não se admite intervenção de terceiros no processo de ação declaratória de constitucionalidade.
  • b)
    É admitida a desistência de ação direta de inconstitucionalidade já proposta.
  • c)
    A decisão que declara a constitucionalidade de lei ou ato normativo pode ser objeto de ação rescisória.
  • d)
    A declaração de inconstitucionalidade tem eficácia contra todos e efeito vinculante em relação aos órgãos dos Poderes Judiciário e Legislativo, e à Administração Pública Federal, Estadual e Municipal.
  • e)
    A decisão de inconstitucionalidade de lei ou ato normativo somente será tomada se presentes pelo menos 11Ministros integrantes do SupremoTribunal Federal.

40383 FUNCAB (2009) - PC-RO - Delegado de Polícia - r / Direito Constitucional

A Constituição Federal prevê remédios constitucionais como instrumento para salvaguardar os direitos e garantias fundamentais assegurados em seu texto. Acerca do tema, assinale a opção correta.
  • a)
    Não é admitida, no ordenamento jurídico brasileiro, a concessão de liminar em sede de habeas corpus.
  • b)
    O habeas corpus pode ser ajuizado por qualquer pessoa em favor de terceiro, não sendo necessária autorização expressa nesse sentido.
  • c)
    O mandado de segurança pode ser sempre utilizado como sucedâneo do habeas data.
  • d)
    Os partidos políticos não têm legitimidade para a propositura de mandado de segurança coletivo.
  • e)
    É admitida a dilação probatória em sede de habeas corpus , diferentemente do procedimento do mandado de segurança.

46755 FUNCAB (2009) - PC-RO - Delegado de Polícia - r / Legislação de Trânsito

Em relação à embriaguez alcoólica, assinale a alternativa INCORRETA.
  • a)
    De acordo com a Lei nº 11.705, de 19/06/2008 (Código de Trânsito Brasileiro) “Dirigir sob a influência de álcool ou de qualquer outra substância psicoativa que determine dependência” constitui infração gravíssima.
  • b)
    É o conjunto de manifestações neuropsicossomáticas resultantes da intoxicação etílica aguda, de caráter episódico e passageiro.
  • c)
    São fases da embriaguez: excitação, confusão e do sono ou comatosa.
  • d)
    Para se dosar o álcool no organismo humano podem ser utilizados: saliva, urina, humor vítreo, bílis, ar expirado e sangue.
  • e)
    Se a embriaguez é absoluta e por força maior, acidental, patológica ou em caso fortuito, a responsabilidade não existe. Na embriaguez habitual (alcoolismo) e na preterdolosa, a pena é atenuada de uma dois terços.

46756 FUNCAB (2009) - PC-RO - Delegado de Polícia - r / Legislação de Trânsito

Segundo o Artigo 302 do Código de Trânsito Brasileiro, praticar homicídio culposo na direção de veículo automotor tem a pena aumentada de um terço à metade, se o agente cometer as infrações abaixo, EXCETO:
  • a)
    estiver sob a influência de álcool ou substância tóxica ou entorpecente de efeitos análogos.
  • b)
    não possuir Permissão para Dirigir ou Carteira de Habilitação.
  • c)
    praticá-lo em faixa de pedestres ou na calçada.
  • d)
    deixar de prestar socorro, quando possível fazê-lo sem risco pessoal, à vítima do acidente.
  • e)
    no exercício de sua profissão ou atividade, estiver conduzindo veículo de transporte de passageiros.

46757 FUNCAB (2009) - PC-RO - Delegado de Polícia - r / Legislação de Trânsito

Segundo o Artigo 19 do Código de Trânsito Brasileiro, compete ao órgão máximo executivo de trânsito da União, EXCETO:
  • a)
    apurar, prevenir e reprimir a prática de atos de improbidade contra a fé pública, o patrimônio, ou a administração pública ou privada, referentes à segurança do trânsito.
  • b)
    cumprir e fazer cumprir a legislação de trânsito e a execução das normas e diretrizes estabelecidas pelo CONTRAN, no âmbito de suas atribuições.
  • c)
    proceder à supervisão, à coordenação, à correição dos órgãos delegados, ao controle e à fiscalização da execução da Política Nacional de Trânsito e do Programa Nacional deTrânsito.
  • d)
    articular-se com os órgãos dos Sistemas Nacionais de Trânsito, de Transporte e de Segurança Pública, objetivando o combate à violência no trânsito, promovendo, coordenando e executando o controle de ações para a preservação do ordenamento e da segurança do trânsito.
  • e)
    coletar dados estatísticos e elaborar estudos sobre acidentes de trânsito e suas causas, adotando ou indicando medidas operacionais preventivas.

46758 FUNCAB (2009) - PC-RO - Delegado de Polícia - r / Legislação de Trânsito

O conceito de Marcas de Canalização é:
  • a)
    melhorar a percepção do condutor quanto às condições de operação da via, permitindo-lhe tomar a decisão adequada, no tempo apropriado, para as situações que se lhe apresentarem.
  • b)
    orientar os fluxos de tráfego em uma via, direcionando a circulação de veículos. regulamentar as áreas de pavimento não utilizáveis.
  • c)
    ordenar os deslocamentos frontais dos veículos e harmonizar com os deslocamentos de outros veículos e dos pedestres, assim como informar os condutores sobre a necessidade de reduzir a velocidade e indicar travessia de pedestres e posições de parada. Em casos específicos, têm poder de regulamentação.
  • d)
    separar e ordenar as correntes de tráfego, definindo a parte da pista destinada normalmente à circulação de veículos, a sua divisão em faixas, a separação de fluxos opostos, faixas de uso exclusivo de um tipo de veículo, reversíveis, além de estabelecer as regras de ultrapassagem e transposição.
  • e)
    delimitar e propiciar melhor controle das áreas onde é proibido ou regulamentado o estacionamento e a parada de veículos, quando associadas à sinalização vertical de regulamentação. Em casos específicos, têm poder de regulamentação.