33 resultados encontrados para . (0.007 segundos)

77595 FGV (2016) - COMPESA - Analista de Saneamento - Químico / Conhecimentos Gerais



“Mesorregião" é uma área geográfica que apresenta

similaridades naturais, econômicas e sociais que contribuíram

para criar uma identidade regional ao longo do tempo.

Com base no mapa acima, identifique as cinco mesorregiões do

Estado de Pernambuco.

( ) Metropolitana do Recife

( ) São Francisco

( ) Sertão

( ) Zona da Mata

( ) Agreste

Assinale a opção que indica a sequência correta, de cima para

baixo.

  • a)
    1 – 2 – 4 – 3 – 5.
  • b)
    3 – 5 – 1 – 2 – 4.
  • c)
    5 – 1 – 2 – 4 – 3.
  • d)
    3 – 1 – 2 – 5 – 4.
  • e)
    5 – 3 – 4 – 1 – 2

77596 FGV (2016) - COMPESA - Analista de Saneamento - Químico / Química

Uma mistura gasosa de 10 mmol de CO e 10 mmol de H2O é

colocada em um reator de 500 mL e aquecida até 500 °C,

atingindo o equilíbrio:

CO(g) + H2O(g)

CO2(g) + H2(g) com Kc = 4,00

A concentração, em mol.L–1 de dióxido de carbono nesse

equilíbrio é de

  • a)
    5,00 x 10–3.
  • b)
    1,33 x 10–2.
  • c)
    3,67 x 10–2.
  • d)
    4,00 x 10–2.
  • e)
    5,25 x 10–2.

77772 FGV (2016) - COMPESA - Analista de Saneamento - Químico / Química

Os sais de nitrato são compostos iônicos muito solúveis em água. Quando se coloca 1 mol de nitrato de cálcio em 1 litro de água ocorre a formação de uma solução na qual os íons estão separados e solvatados por moléculas de água. Nessa solução, as concentrações em mol.L-1 dos íons cálcio e nitrato, presentes na solução são, respectivamente,

  • a)
    1 e 1.
  • b)
    1 e 2.
  • c)
    2 e 3.
  • d)
    3 e 2.
  • e)
    2 e 4.

77773 FGV (2016) - COMPESA - Analista de Saneamento - Químico / Química

A Resolução 357 do Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA) dispõe sobre a classificação dos corpos de água e diretrizes ambientais para o seu enquadramento, bem como estabelece as condições padrões de lançamento de efluentes (...) (BRASIL. Ministério do Meio Ambiente, Conselho Nacional do Meio Ambiente, CONAMA. Resolução no 357 Brasília. 2005) De acordo com essa resolução as águas doces são classificadas em cinco classes: classe especial, classe 1, classe 2, classe 3 e classe 4 . As águas destinadas para o consumo humano após desinfecção ou tratamento simplificado são as águas classificadas como

  • a)
    classe 3 e classe 4.
  • b)
    classe especial e classe 1.
  • c)
    classe 2, classe 3 e classe 4.
  • d)
    classe 1, classe 2 e classe 3.
  • e)
    classe especial, classe 1 e classe 2.

77774 FGV (2016) - COMPESA - Analista de Saneamento - Químico / Química

As partículas que devem ser removidas da água por tratamento iniciado pela coagulação são, em geral, negativamente carregadas e os coagulantes usados no tratamento de águas, normalmente, apresentam espécies positivamente carregadas. A eficiência do processo de coagulação depende, entre outros fatores, da natureza do cátion. Dessa forma, sulfatos de alumínio, cálcio ou sódio devem agir como coagulantes, porém com eficiência de coagulação diferenciadas. Assinale a opção que expressa corretamente a tendência na eficiência de coagulação promovida pelos diferentes sais.

  • a)
    Sulfato de sódio > sulfato de cálcio > sulfato de alumínio.
  • b)
    Sulfato de sódio = sulfato de cálcio > sulfato de alumínio.
  • c)
    Sulfato de sódio > sulfato de cálcio = sulfato de alumínio.
  • d)
    Sulfato de sódio
  • e)
    Sulfato de sódio

77775 FGV (2016) - COMPESA - Analista de Saneamento - Químico / Química

Em uma análise de coliformes em amostras de água subterrânea usando a técnica de tubos múltiplos, um analista recorreu à inoculação de mais três volumes de amostra, tendo observado os resultados expressos a seguir.



Para as amostras A e B, os resultados, expressos em NMP/100mL, são, respectivamente,

  • a)
    540 e 1600
  • b)
    490 e 4700
  • c)
    49 e 350
  • d)
    49 e 47
  • e)
    4,5 e 47

77776 FGV (2016) - COMPESA - Analista de Saneamento - Químico / Química

Em uma determinação de cálcio por fotometria de chama, uma amostra de água mineral foi diretamente analisada, sendo obtido o teor de cálcio igual a 15,81 mg.L–1. A mesma amostra foi, posteriormente, contaminada com lantânio a 1% e então submetida à análise nas mesmas condições. O teor de cálcio obtido na segunda determinação foi 58,97 mg.L–1. O teor de cálcio na amostra foi de

  • a)
    15,81 mg.L–1.
  • b)
    37,39 mg.L–1.
  • c)
    43,16 mg.L–1.
  • d)
    58,97 mg.L–1.
  • e)
    74,78 mg.L–1.

80499 FGV (2016) - COMPESA - Analista de Saneamento - Químico / Química

Na preparação de uma curva de calibração para analisar nitrato

em amostras de água por meio da técnica de cromatografia

iônica, um analista utilizou uma solução padrão de concentração

inicial 99,6 mg.L–1

e preparou diferentes volumes de soluções

com diferentes concentrações.

A tabela a seguir apresenta volumes utilizados da solução padrão

e concentrações das soluções preparadas.



Os maiores volumes (em mL) preparados foram os

correspondentes às soluções

  • a)

    1, 2 e 3, apenas.

  • b)

    1, 3 e 4, apenas.

  • c)

    3 e 4, apenas.

  • d)

    5 e 6, apenas.

  • e)

    2 e 6, apenas.

80500 FGV (2016) - COMPESA - Analista de Saneamento - Químico / Química

As substâncias húmicas presentes em resíduos e no solo podem ser classificadas de acordo com sua solubilidade como humina, ácido húmico e ácido fúlvico. De acordo com suas propriedades as substâncias húmicas podem influenciar as características de corpos d’água significativamente. Entre as propriedades das substâncias húmicas está a capacidade de

  • a)
    diminuir a concentração de matéria orgânica solúvel em água.
  • b)
    aumentar a concentração de metais alcalinos livres em água.
  • c)
    formar quelatos com íons presentes na água.
  • d)
    aumentar a transparência da água.
  • e)
    diminuir a polaridade da água.

80501 FGV (2016) - COMPESA - Analista de Saneamento - Químico / Química

Nossas reservas d’água são afetadas por várias formas de poluição: biológica, térmica, sedimentar e química. Embora os sedimentos constituam a maior quantidade de poluentes, os agentes químicos são os potencialmente mais nocivos. Os tratamentos dos efluentes devem considerar os agentes poluidores, as características do corpo d’água e sua utilização. Sobre os tratamentos empregados, assinale a afirmativa correta.

  • a)
    primários – remoção de sólidos em suspensão; secundários – remoção de substâncias biodegradáveis; terciários – remoção de poluentes específicos.
  • b)
    primários – remoção de micro-organismos; secundários – remoção de substâncias biodegradáveis; terciários – remoção de plásticos em suspensão.
  • c)
    primários – remoção de metais pesados; secundários – remoção de pesticidas orgânicos; terciários – remoção de óleos em suspensão.
  • d)
    primários – remoção de resíduos de fertilizantes; secundários – remoção de material particulado; terciários – remoção de bactérias.
  • e)
    primários – remoção de metais pesados; secundários – remoção de bactérias; terciários – remoção de plásticos em suspensão.