50 resultados encontrados para . (0.007 segundos)

110300 FGV (2015) - TJ-BA - Técnico Judiciário - Área Administrativa / Português

Mostrar/Esconder texto associado

O segmento do texto 2 que mostra uma participação do enunciador no texto informativo é:

  • a)

    “A primeira missão tripulada ao espaço profundo desde o programa Apollo, da década 1970, com o objetivo de enviar astronautas a Marte até 2030";

  • b)

    “ O primeiro passo para a concretização desse desafio será dado nesta sexta-feira (5 )";

  • c)

    “... com o lançamento da cápsula Orion, da base da agência em Cabo Canaveral, na Flórida, nos Estados Unidos";

  • d)

    “O lançamento estava previsto originalmente para esta quinta-feira";

  • e)

    “...devido a problemas técnicos foi reagendado para as 7h05 (10h05 no horário de Brasília)".

110301 FGV (2015) - TJ-BA - Técnico Judiciário - Área Administrativa / Português

Mostrar/Esconder texto associado

“O primeiro passo para a concretização desse desafio será dado nesta sexta-feira (5), com o lançamento da cápsula Orion, da base da agência em Cabo Canaveral, na Flórida, nos Estados Unidos." Transformando o segmento “para a concretização desse desafio" em uma oração desenvolvida, a forma adequada será:

  • a)

    para concretizar-se esse desafio;

  • b)

    para concretar-se esse desafio;

  • c)

    para que se concretize esse desafio;

  • d)

    para que esse desafio fosse concretizado;

  • e)

    para que esse desafio seja concretado.

110302 FGV (2015) - TJ-BA - Técnico Judiciário - Área Administrativa / Português

Mostrar/Esconder texto associado

O fragmento de texto acima se inclui entre os textos do gênero argumentativo porque:

  • a)

    é introduzido por perguntas retóricas;

  • b)

    se compromete a relatar fatos;

  • c)

    estabelece uma discussão a ser explorada;

  • d)

    se refere a um fato histórico;

  • e)

    explora um tema ligado à religiosidade.

110303 FGV (2015) - TJ-BA - Técnico Judiciário - Área Administrativa / Português

Mostrar/Esconder texto associado

A frase “Deixamos eles bêbados", dita por Hagar no segundo quadrinho do texto 6, mostra uma linguagem coloquial; a forma adequada à norma culta seria:

  • a)

    deixamo-nos bêbados;

  • b)

    deixamos-nos bêbados;

  • c)

    os deixamos bêbados;

  • d)

    deixamo-los bêbados;

  • e)

    deixamos-los bêbados

110304 FGV (2015) - TJ-BA - Técnico Judiciário - Área Administrativa / Legislação Estadual

Em relação à licença prêmio, o Estatuto dos Servidores P blicos Civis do Estado da Bahia (Lei Estadual nº 6.677/94) estabelece que:

  • a)

    a cada período de 3 (três) anos de exercício efetivo e ininterrupto, o servidor terá direito à licença prêmio de 5 (cinco) meses, sem prejuízo da sua remuneração;

  • b)

    não será concedida a servidor que, no período aquisitivo, sofrer penalidade disciplinar de suspensão;

  • c)

    deverá ser gozada no prazo máximo de 2 (dois) anos, a contar do término do período aquisitivo, sob pena de prescrição;

  • d)

    será concedida a servidor que completar o período de 5 (cinco) anos de exercício efetivo e ininterrupto, ainda que tenha se afastado do cargo em tal período por força de licença para tratar de interesse particular;

  • e)

    o servidor terá direito à licença prêmio de 1 (um) mês, sem prejuízo da remuneração, após completar período de 3 (três) anos de exercício efetivo e ininterrupto.

110305 FGV (2015) - TJ-BA - Técnico Judiciário - Área Administrativa / Legislação Estadual

Antônio, servidor público efetivo estadual, sofreu um acidente automobilístico que lhe causou limitações em sua capacidade física, conforme comprovado por junta médica oficial. De acordo com o Estatuto dos Servidores P blicos Civis do Estado da Bahia, o cometimento ao servidor Antônio de novas atribuições, compatíveis com a citada limitação, garantida a remuneração do cargo de que é titular, é a:

  • a)

    reversão;

  • b)

    recondução;

  • c)

    aproveitamento;

  • d)

    reintegração;

  • e)

    readaptação.

110344 FGV (2015) - TJ-BA - Técnico Judiciário - Área Administrativa / Matemática

Ao abrir seu cofrinho de cerâmica onde só tinha colocado moedas de R$ 0,50 e de R$ 1,00, Solange verificou que, do total de 120 moedas, tinha 16 moedas de R$ 1,00 a mais do que moedas de R$ 0,50. O valor total das moedas que havia no cofrinho de Solange é:

  • a)

    R$ 112,00;

  • b)

    R$ 104,00;

  • c)

    R$ 98,00;

  • d)

    R$ 94,00;

  • e)

    R$ 92,00.

110345 FGV (2015) - TJ-BA - Técnico Judiciário - Área Administrativa / Administração Geral

Em todas as áreas de uma organização, os administradores exercem funções de planejamento, organização, direção e controle. É uma atividade de organização na área de finanças:

  • a)

    avaliação do desempenho financeiro da organização;

  • b)

    elaboração de projetos de investimento;

  • c)

    implementação de política de participação nos lucros;

  • d)

    aplicação dos recursos financeiros;

  • e)

    controle dos custos de produção.

110346 FGV (2015) - TJ-BA - Técnico Judiciário - Área Administrativa / Direito Comercial (Empresarial)

Um investidor quer saber o valor do patrimônio líquido da Cia XYZ. Foi informado ao investidor que a XYZ tem imóveis no valor total de 10.000,00 reais, veículos no valor de 5.000,00 reais, depósitos em bancos no valor de 2.000,00 reais e obrigações exigíveis no total de 3.000,00 reais. Além disso, a XYZ teve receita operacional de 1.500,00 reais em 2013 e lucro líquido de 800,00 reais no mesmo período. Com base nessas informações, pode-se concluir que o patrimônio líquido da XYZ é:

  • a)

    20.000,00 reais;

  • b)

    17.800,00 reais;

  • c)

    16.300,00 reais;

  • d)

    14.800,00 reais;

  • e)

    14.000,00 reais.

110347 FGV (2015) - TJ-BA - Técnico Judiciário - Área Administrativa / Direito Civil

Renato, motorista de ônibus de determinada sociedade empresária concessionária do serviço de transporte público municipal, freou o coletivo bruscamente e causou a queda do passageiro, Sr. Antônio, que sofreu diversas lesões. No caso em tela, a responsabilidade civil será:

  • a)

    subjetiva da sociedade empresária, bastando que Antônio comprove a conduta, o dano e o nexo causal, além de ser imprescindível a comprovação do dolo ou culpa de Renato;

  • b)

    subjetiva de Renato, sendo prescindível a análise do elemento subjetivo, ou seja, independentemente de ele ter agido com dolo ou culpa;

  • c)

    subjetiva e solidária do Município, porque contratou mal a sociedade empresária para prestar serviço público (culpa inelegendo);

  • d)

    objetiva da sociedade empresária, bastando que Antônio comprove a conduta, o dano e o nexo causal, independentemente da culpa ou dolo de Renato;

  • e)

    objetiva da sociedade empresária, sendo imprescindível a comprovação do elemento subjetivo na conduta de Renato, além dos demais elementos da conduta, dano e nexo causal.