44 resultados encontrados para . (0.008 segundos)

109868 FGV (2015) - TCE-SE - Cirurgião Dentista / Português

Mostrar/Esconder texto associado

“Que sente o tempo passar de maneira descontrolada e que, mal a semana começa, já chega a quinta-feira e com ela, o final de semana, mal aproveitado, diga-se de passagem”. Sobre os componentes desse segmento do texto 1, é correto afirmar que:

  • a)
    o conectivo “que”, ao início do segmento, mostra um modo de intensificar a mágoa causada pela vida;
  • b)
    a “maneira descontrolada” de o tempo passar revela a revolta das pessoas diante das inúmeras coisas que deixam de ser feitas;
  • c)
    a queixa maior das pessoas parece ser a inconsciência da passagem do tempo, no mais das vezes empregado insatisfatoriamente;
  • d)
    o fato de considerar-se a quinta-feira como o início do final de semana mostra a angústia existencial contra o excesso de trabalho da vida moderna;
  • e)
    a expressão “diga-se de passagem” indica textualmente algo de reduzida importância no enunciado.

112090 FGV (2015) - TCE-SE - Cirurgião Dentista / Português

Mostrar/Esconder texto associado

“Ela (normose) surge quando o sistema no qual nós existimos encontra-se dominantemente doente, desequilibrado, corrompido, e quando predomina a violência, a competição e o egocentrismo. Uma pessoa adaptada a esse sistema está doente”. A afirmação correta em relação aos componentes desse segmento do texto 3 é:

  • a)
    a forma verbal “encontra-se” indica um estado permanente;
  • b)
    o adjetivo “desequilibrado” encontra-se no masculino porque se refere a “doente”;
  • c)
    o conectivo “quando” indica simultaneamente lugar e tempo;
  • d)
    a forma verbal “predomina” se refere a “normose” e, por isso, está no singular;
  • e)
    o termo “esse sistema” se refere ao sistema citado anteriormente no mesmo trecho.

112091 FGV (2015) - TCE-SE - Cirurgião Dentista / Informática

Analise o trecho de uma planilha MS Excel 2010 mostrado a

seguir.

A coluna C mostra a proporção dos valores da coluna B em

relação à média destes. Sabendo-se que a célula C2 foi copiada

para as células C3 e C4, está correto concluir que a fórmula

contida na célula C2 é:

  • a)
    =B2 / $B5
  • b)
    =B$2 / B$5
  • c)
    =B$2 / B5
  • d)
    =B2 / B$5
  • e)
    =$B2 / $B5

112092 FGV (2015) - TCE-SE - Cirurgião Dentista / Informática

No contexto do LibreOffice Writer 4.2, analise o texto a seguir

com um trecho selecionado.

A operação de edição foi provocada pela digitação de:

  • a)
    Ctrl-c
  • b)
    Ctrl-v
  • c)
    Ctrl-x seguido de Ctrl-v
  • d)
    Ctrl-x
  • e)
    Ctrl-v seguido de Ctrl-x

112093 FGV (2015) - TCE-SE - Cirurgião Dentista / Informática

No MS Windows 7, o menu mostrado a seguir permite que uma

impressora seja escolhida como a impressora padrão.



Esse menu é alcançado por meio do:

  • a)
    Browser;
  • b)
    Gerenciador de Tarefas;
  • c)
    Painel de Controle;
  • d)
    Windows Explorer;
  • e)
    Windows Media Center,

112094 FGV (2015) - TCE-SE - Cirurgião Dentista / Odontologia

Sempre que a estrutura dentinária é preparada com

instrumentos rotatórios, uma camada aderente de debris e

biofilme bacteriano conhecida como “camada de esfregaço" é

formada. Uma alternativa à sua total remoção antes da

restauração do dente envolve a utilização de adesivos dentinários

que possuam a capacidade combinada de condicionar e infiltrar a

dentina. Essa estratégia de adesão consiste no(a):

  • a)

    condicionamento com ácido fosfórico a 37%, aplicação do primer e, em seguida, do adesivo dentinário;

  • b)

    utilização de um primer autocondicionante, seguida da aplicação do primer e, após este, o adesivo dentinário;

  • c)

    condicionamento com ácido fosfórico a 37%, aplicação do primer autocondicionante e, em seguida, do adesivo;

  • d)

    condicionamento com ácido fosfórico a 37% e aplicação do primer adesivo;

  • e)

    utilização de um primer autocondicionante seguida da aplicação do adesivo dentinário.

112095 FGV (2015) - TCE-SE - Cirurgião Dentista / Odontologia

Em um paciente com ausência dos elementos dentários 48, 47,

46, 45, 38, 37, 36, e 35 foi feito o planejamento de reabilitação

oral por meio de uma prótese parcial removível inferior. Sobre a

classificação de Kennedy do paciente e o planejamento da

prótese, é correto afirmar que:

  • a)

    o paciente é classe II, e a prótese deverá conter os grampos RPI nos elementos 34 e 44 e o grampo contínuo de Kennedy nos dentes anteriores;

  • b)

    o paciente é classe I, e a prótese deverá conter grampos circunferenciais nos elementos 34 e 44 e o grampo circunferencial reverso nos elementos 33 e 43;

  • c)

    o paciente é classe II, e a prótese deverá conter grampos circunferenciais nos elementos 34 e 44 e o grampo circunferencial reverso nos elementos 33 e 43;

  • d)

    o paciente é classe III, e a prótese deverá conter grampos RPI nos elementos 34 e 44 e o grampo circunferencial reverso nos elementos 33 e 43;

  • e)

    o paciente é classe I, e a prótese deverá conter grampos RPI nos elementos 34 e 44 e o grampo contínuo de Kennedy nos dentes anteriores.

112106 FGV (2015) - TCE-SE - Cirurgião Dentista / Odontologia

Sobre a etapa de preparo do fragmento dentário fraturado e do

elemento remanescente, durante os procedimentos de colagem

de fragmentos em um paciente com um dente anterior fraturado,

os desgastes a serem executados, tanto no fragmento como no

remanescente dental, visam:

  • a)

    compensar a espessura do material protetor em caso de fraturas próximas à polpa e mascarar a linha de união entre o fragmento e o remanescente;

  • b)

    ampliar a área de contato do fragmento dentário com o compósito restaurador;

  • c)

    reforçar o elemento dentário fraturado pela colocação de maior quantidade de material restaurador, evitando a necessidade de pinos endodônticos;

  • d)

    impedir que haja deslocamento do fragmento durante as etapas de colagem do fragmento;

  • e)

    facilitar o posicionamento correto do fragmento durante a preparação para a restauração.

112107 FGV (2015) - TCE-SE - Cirurgião Dentista / Odontologia

As radiografias desempenham um papel essencial na avaliação da

doença periodontal, pois ajudam o cirurgião-dentista na

identificação do grau de destruição do osso alveolar, fatores

irritantes locais, além de fornecer um registro permanente da

condição do osso durante o curso da doença. A perda da tábua

óssea vestibular ou lingual pode ser visualizada através de uma

imagem radiográfica apresentando:

  • a)

    perda óssea horizontal localizada e reação no periósteo adjacente;

  • b)

    sombra semicircular com ápice da radiolucência posicionado em direção à região apical do dente;

  • c)

    perda óssea horizontal em direção ao ápice do dente;

  • d)

    perda óssea vertical adjacente à raiz do dente;

  • e)

    espessamento do espaço periodontal e rarefação próxima à crista óssea alveolar.

112108 FGV (2015) - TCE-SE - Cirurgião Dentista / Odontologia

A godiva de baixa fusão é o material de escolha para a realização

do selamento periférico durante a moldagem funcional para

prótese total. As propriedades desse material que garantem boa

aplicabilidade clínica para esse fim incluem:

  • a)

    baixa contração de presa, resultando em boa fidelidade em copiar os detalhes anatômicos da região;

  • b)

    adesão química ao material da moldeira individual (resina acrílica), impedindo que a moldagem se desloque inapropriadamente;

  • c)

    biocompatibilidade com o tecido mucoso, evitando reações alérgicas anafiláticas ao material de moldagem;

  • d)

    fluidez adequada para exercer mínima pressão sobre os tecidos quando plastificada;

  • e)

    dureza após a presa apropriada para compensar a expansão do gesso utilizado na confecção do modelo.