70 resultados encontrados para . (0.008 segundos)

144162 FGV (2014) - COMPESA - Analista de Saneamento - Engenheiro Químico / Informática

No MS Office Outlook 2010 BR, o acionamento da tecla de função F9 tem o seguinte objetivo:

  • a)
    configurar conta de e–mail.
  • b)
    esvaziar caixa de e–mails excluídos.
  • c)
    imprimir um e–mail da caixa de entrada.
  • d)
    adicionar um novo contato ao catálogo de endereços.
  • e)
    enviar e receber itens, como e–mails, em todas as pastas.

148870 FGV (2014) - COMPESA - Analista de Saneamento - Engenheiro Químico / Português

Mostrar/Esconder texto associado

Segundo o texto, o computador

  • a)
    não tem a mesma autoridade da máquina de escrever.
  • b)
    tem a sinceridade de quem olha a tela no olho.
  • c)
    é aparentemente mais inteligente do que qualquer um de nós.
  • d)
    suporta os seres humanos por considerá–los melhores.
  • e)
    debocha dos usuários por vê–los como máquinas ultrapassadas.

148871 FGV (2014) - COMPESA - Analista de Saneamento - Engenheiro Químico / Informática

Em um teclado de um microcomputador, com sistema

operacional Windows 7 BR, o usuário ao pressionar a tecla

tem por finalidade

  • a)
    mostrar a janela do Explorer.
  • b)
    alterar a resolução de tela.
  • c)
    acessar a área de trabalho.
  • d)
    desinstalar um programa.
  • e)
    acionar o menu Iniciar.

148872 FGV (2014) - COMPESA - Analista de Saneamento - Engenheiro Químico / Informática

No Word 2010 BR, por default, um documento é configurado no modo

, mas pode ser mudado para

Para isso, escolhe–se um desses modos em uma pequena janela que se abre quando se clica em um ícone, a partir da guia

na barra de menus da Faixa de Opções.

  • a)

  • b)

  • c)

  • d)

  • e)



148873 FGV (2014) - COMPESA - Analista de Saneamento - Engenheiro Químico / Não classificada

Uma solução eletrolítica contém íons livres derivados de eletrólitos. Devido à existência de íons livres, a solução eletrolítica tem a capacidade de conduzir a corrente elétrica.

Em 1L de uma solução aquosa estão contidos 0,01 mol de íons K+; 0,03 mol de íons Cl; 0,01 mol de íons NO3e íons Al3+.

A concentração, em mol.L−1, dos íons Al3+nessa solução é de

  • a)
    0,01.
  • b)
    0,02.
  • c)
    0,04.
  • d)
    0,06.
  • e)
    0,08.

148874 FGV (2014) - COMPESA - Analista de Saneamento - Engenheiro Químico / Não classificada

“Os sistemas tamponantes são tão essenciais para a existência dos organismos vivos que a ameaça mais imediata à sobrevivência de uma pessoa com ferimentos graves ou queimaduras é a mudança do pH do sangue. Os processos metabólicos normalmente mantêm o pH do sangue humano dentro de um pequeno intervalo. (7,35–7,45).”

(ATKINS, P.; JONES, L. Princípios de Química. 5ª Ed Bookman.2012 p.484)

Assinale a opção que apresenta um sistema–tampão do sangue humano.

  • a)
    HCl/Cl
  • b)
    H2CO3/HCO3
  • c)
    RbOH/Rb+
  • d)
    KOH/K+
  • e)
    H2SO4/HSO4

148875 FGV (2014) - COMPESA - Analista de Saneamento - Engenheiro Químico / Não classificada

A água de um aquífero apresentou concentração de íons cálcio e

magnésio, respectivamente, iguais a 60mg.L−1 e 36mg.L−1

A remoção da dureza carbonatada desta água pode ser realizada

através da adição de cal hidratada de acordo com as reações:



  • a)
    5,5 t.
  • b)
    11,1 t.
  • c)
    16,65 t.
  • d)
    5550 t.
  • e)
    11100 t.

148876 FGV (2014) - COMPESA - Analista de Saneamento - Engenheiro Químico / Não classificada

Reações que envolvem trocas de elétrons são de grande

importância nos processos que ocorrem em águas residuais e

naturais. Estes processos podem controlar a diminuição dos

níveis de oxigênio, a contaminação de corpos d'água por metais e

a formação de nutrientes que serão absorvidos por espécies no

meio aquático.

Três reações importantes que ocorrem em ambientes aquáticos

estão representadas a seguir



Em cada uma das reações, os agentes redutores são:

  • a)
    I. {CH2O}; II. Fe(OH)2 ; III. O2
  • b)
    I. {CH2O}; II. Fe(OH)2 ; III. NH4+
  • c)
    I. CO2; II. Fe(OH)3 ; III. NH4+
  • d)
    I. O2; II. Fe(OH)3 ; III. NO3
  • e)
    I. O2; II. H2O ; III. NO3

148877 FGV (2014) - COMPESA - Analista de Saneamento - Engenheiro Químico / Não classificada

O teor de mercúrio máximo possível em água para o consumo humano, segundo a resolução CONAMA 396, é 1 μg.L−1 A determinação do teor de mercúrio na água pode ser realizada por espectrofotometria de absorção atômica.

Considerando o ensaio de mercúrio por espectrofotometria de absorção atômica e a técnica recomendada para a determinação deste elemento em concentrações na ordem de grandeza do valor máximo permitido, analise as afirmativas a seguir.

I. As amostras devem ser preservadas com adição de HNO3 até pH II. As amostras devem passar por digestão ácida com posterior redução do cátion para Hg0 e o ensaio, com chama de ar/acetileno, deve ser realizado imediatamente após a etapa de redução.

III. A determinação de mercúrio é conduzida pela técnica do vapor frio, na qual vapores de Hg0 são introduzidos numa cela de quartzo e os átomos dispersos no vapor absorvem comprimento de onda específico, emitido pela lâmpada de catodo oco.

Assinale:

  • a)
    se somente a afirmativa I estiver correta.
  • b)
    se somente a afirmativa II estiver correta.
  • c)
    se somente a afirmativa III estiver correta.
  • d)
    se somente as afirmativas I e II estiverem corretas.
  • e)
    se somente as afirmativas I e III estiverem corretas.

148878 FGV (2014) - COMPESA - Analista de Saneamento - Engenheiro Químico / Engenharia Química

Na figura a seguir são representados três tipos de fluidos que

apresentam diferentes perfis de tensão de cisalhamento em

função da taxa de deformação, com características reológicas não

dependentes do tempo.



Os fluidos 1, 2 e 3 são classificados, respectivamente, como:

  • a)

    Fluido de Bingham, Fluido Newtoniano e Fluido Dilatante

  • b)

    Fluido de Bingham, Fluido Newtoniano e Fluido Pseudoplástico

  • c)

    Fluido Newtoniano, Fluido de Bingham e Fluido Tixotrópico

  • d)

    Fluido Tixotrópico, Fluido Newtoniano e Fluido Viscoelástico

  • e)

    Fluido Reopético, Fluido Newtoniano e Fluido Pseudoplástico