30 resultados encontrados para . (0.009 segundos)

206699 FGV (2013) - SEDUC-SP - Professor - Química / Química

A eletrodeposição é um procedimento no qual a eletrólise é utilizada para aplicar um revestimento fino ornamental ou protetor de um metal sobre o outro, sendo uma técnica comum para aumentar a durabilidade de um objeto de metal. Um dos metais que pode ser usado como revestimento protetor é o níquel, depositado a partir de uma solução de sulfato de níquel(II).

A massa, em gramas, de níquel que deverá ser depositada sobre uma chapa de aço a partir de uma corrente de 2,0 A por 30 minutos é, aproximadamente, de Dados: Massa molar do Ni = 59 g.mol–1

1F = 96500C

  • a)
    1,1.
  • b)
    1,8.
  • c)
    2,2.
  • d)
    3,2.
  • e)
    5,9.

206700 FGV (2013) - SEDUC-SP - Professor - Química / Química

O ibuprofeno é um analgésico e antitérmico que também pode ser utilizado em processos inflamatórios. A síntese desse composto, apresentada no final da década de 1990, utiliza três etapas: na primeira o 1−fenil−metil−propano reage em condições adequadas com anidrido etanóico formando o isômero acetilado na posição para. Nas etapas seguintes ocorre uma reação de hidrogenação em presença de catalisador, seguida de carboxilação formando o produto final que é um ácido carboxílico.

De acordo com as informações contidas no texto, o ibuprofeno é corretamente representada pela seguinte fórmula:

  • a)
  • b)
  • c)
  • d)
  • e)

206701 FGV (2013) - SEDUC-SP - Professor - Química / Química

A L−dopa é um fármaco utilizado em alguns pacientes para o tratamento da doença de Parkinson. Uma etapa importante na síntese desse composto envolve a hidrogenação catalítica de uma enamida, produzindo o derivado da fenilalanina conforme a reação representada a seguir:





Os compostos orgânicos envolvidos nesta reação possuem, respectivamente, isômeros espaciais denominados
  • a)
    mesógiros e tautômeros
  • b)
    tautômeros e metâmeros
  • c)
    enantiômeros e mesógiros
  • d)
    metâmeros e geométricos
  • e)
    geométricos e enantiômeros

206702 FGV (2013) - SEDUC-SP - Professor - Química / Química

A estrutura geral de duas moléculas de polipropileno está representada na figura a seguir.





Sobre estas estruturas, assinale a afirmativa correta.
  • a)
    A estrutura PE–2 resultou de uma reação de polimerização do tipo dipolo–dipolo.
  • b)
    A estrutura PE–1 resultou de reações concorrentes entre diferentes isômeros do propileno.
  • c)
    A estrutura PE–2 resultou de reações sucessivas entre o carbono 2 de um monômero e o carbono 1 de outro monômero.
  • d)
    A estrutura PE–2 resultou de reações sucessivas entre o carbono 2 de um monômero e o carbono 3 de outro monômero.
  • e)
    A estrutura PE–1 resultou de reações alternadas entre o carbono 2 de um monômero e o 3 de outro monômero e entre carbono 1 de um monômero e o 3 de outro monômero.

206703 FGV (2013) - SEDUC-SP - Professor - Química / Química

O carvão mineral é responsável por cerca de 8% de todo o consumo mundial de energia e de 39% de toda a energia elétrica gerada e, apesar dos graves impactos sobre o meio ambiente, o carvão continuará sendo, por muitas décadas, o principal insumo para a geração de energia elétrica, especialmente nos países em desenvolvimento.

A geração de energia a partir do carvão pode ser obtida através de um processo chamado de gaseificação de carão, onde o carvão reage com oxigênio molecular e água, sendo transformado em gás de síntese (CO+H2), que é queimado em seguida.

As equações químicas relativas ao processo de gaseificação do carvão estão representadas a seguir (considera−se o carvão mineral como carbono puro).





Com base nas informações fornecidas, a variação de entalpia, em kJ/mol do processo global é:

  • a)
    −110,5
  • b)
    −221,0
  • c)
    −393,5
  • d)
    −566,0
  • e)
    −745,8

206704 FGV (2013) - SEDUC-SP - Professor - Química / Química

A combustão é uma reação entre uma substância (combustível) e o oxigênio (O2) (comburente), com liberação de energia levando à formação de gás carbônico e água. A falta de oxigênio durante a combustão pode levar à formação de um produto indesejável como a fuligem (C), que não tem oxigênio na sua constituição.

A quantidade de calor liberada é menor nos casos de combustão incompleta. Portanto, além de gerar compostos nocivos à saúde humana, a combustão incompleta apresenta uma grande desvantagem econômica, pois com a mesma quantidade de combustível haverá menor quantidade de energia gerada.

O calor liberado na combustão completa de metano é de 802 kJ.mol–1 e, nas mesmas condições de temperatura, o calor liberado na queima incompleta desse composto, produzindo fuligem é de 408,5 kJ.mol–1.


(Combustão e Energia disponível em http://www.usp.br/qambiental/combustao_energia.html; Acesso 01/10/2013)

A massa de metano, queimada de maneira incompleta produzindo fuligem, necessária para produzir a mesma quantidade de calor que a queima completa de 8 kg de metano é Dados: Massa molar do H=1 g.mol–1 C = 12g.mol–1

  • a)
    4,0 kg.
  • b)
    5,8 kg.
  • c)
    10,5 kg.
  • d)
    15,7 kg.
  • e)
    20,2 kg.

220526 FGV (2013) - SEDUC-SP - Professor - Química / Química

Uma forma de obter a energia necessária para o futuro é encontrar maneiras efetivas de gerar eletricidade a partir das reações químicas. Fontes de eletricidade portáteis, mas eficientes, são necessárias para equipamentos pequenos, de corações artificiais e computadores de bolso até automóveis elétricos e habitações espaciais. Sendo assim, um dos ramos da eletroquímica é o uso de reações químicas espontâneas para produzir eletricidade.

(ATKINS, P. e JONES, L. Princípios de Química: questionando a vida moderna e o meio ambiente. Porto Alegre: Bookman, 2001. p. 603. Adaptado)

Uma das formas de prever a espontaneidade de um processo eletroquímico é por meio da análise dos potenciais−padrão de redução.

Considere a tabela de potenciais a seguir.





A equação global que descreve o processo espontâneo, com maior geração de energia, é dada por:
  • a)
    Cu2+(aq) + Fe(s)→Cu(s) + Fe2+(aq)
  • b)
    3Ag+ Al→ 3Ag(s)+Al3+(aq) (aq) + A" (s)o3Ag(s) + A"3+(aq)
  • c)
    2Al3+(aq) + 3Zn(s)→2Al(s) + 3Zn2+(aq)
  • d)
    Zn2+(aq) + Fe(s)→Zn(s) + Fe2+(aq)
  • e)
    2Ag+(aq) + Cu(s)͛2Ag(s)+ Cu2+(aq)

220527 FGV (2013) - SEDUC-SP - Professor - Química / Química

A viabilidade de qualquer forma de geração de energia não depende apenas dos custos de produção ou potencial energético, mas também do impacto ambiental causado pela sua obtenção. Uma possível alternativa para esse caso é o modelo de bateria de metal/ar.

A bateria Al/O2, por exemplo, pode atingir centenas de metros imerso na água do mar alimentando dispositivos e instrumentos durante vários meses.





Sobre o funcionamento da bateria esquematizada na figura acima, assinale a afirmativa correta.
  • a)
    Oxigênio é o gerador de elétrons.
  • b)
    O óxido de alumínio atua como o agente redutor.
  • c)
    A semirreação anódica pode ser representada por Al3++3e−→Al.
  • d)
    A semirreação catódica pode ser representada por 02+H20+4E→4OH+ .
  • e)
    No eletrodo de alumínio ocorre reação de redução.

220528 FGV (2013) - SEDUC-SP - Professor - Química / Química

O professor preparou quatro experimentos para demonstrar aos alunos os fatores que afetam as velocidades das reações. Nestes experimentos o professor utilizou óxido de magnésio na presença de quantidades iguais de água e do indicador fenolftaleína.

As condições dos experimentos eram as seguintes:





Os resultados permitiram avaliar as velocidades das reações através da mudança de coloração da solução.

Assinale a alternativa que indica a ordem de aparecimento da cor nos experimentos.
  • a)
    I – II – III – IV.
  • b)
    II – III – IV – I.
  • c)
    III – I – II – IV.
  • d)
    IV – II – III – I.
  • e)
    III – IV – I – II.

220529 FGV (2013) - SEDUC-SP - Professor - Química / Química

Alguns hidrocarbonetos aromáticos são essenciais para a síntese de um grande número de substâncias de importância econômica. Estes compostos são obtidos industrialmente por meio da Reforma Catalítica de determinadas frações de petróleo. Os hidrocarbonetos aromáticos são separados dos alifáticos por um processo de extração seletiva e, em seguida, purificados.

A tabela a seguir relaciona os hidrocarbonetos aromáticos produzidos através desse processo e as suas temperaturas de fusão e de ebulição.





Sobre a separação e purificação dos hidrocarbonetos aromáticos produzidos através da Reforma Catalítica, assinale a afirmativa correta.
  • a)
    Os componentes podem ser separados e purificados através de uma cristalização fracionada
  • b)
    O tolueno deve ser retirado primeiro, pois é o mais reativo dentre os aromáticos presentes.
  • c)
    os componentes o−xileno, x−cileno e p−xileno são retirados em um mesmo ponto da coluna e em seguida devem ser separados por destilação simples.
  • d)
    Os componentes etilbenzeno, m−xileno e p−xileno são retirados em um mesmo ponto da coluna, e em seguida o p−xileno deve ser separado da mistura por cristalização.
  • e)
    Os componentes benzeno, m−xileno e p−xileno são retirados no mesmo ponto da coluna e em seguida devem ser separados entre si por extração seletiva com água sob pressão.