52 resultados encontrados para . (0.007 segundos)

207527 FGV (2013) - CONDER - Engenheiro Cartógrafo / Português

Mostrar/Esconder texto associado

A norma culta é respeitada nas frases a seguir, à exceção de uma. Assinale-a.

  • a)
    “Quando saí da redação do jornal depois de usar o computador pela primeira vez, cheguei em casa e bati na minha máquina”.
  • b)
    “Sabendo que ela aguentaria sem reclamar, como sempre, a pobrezinha”.
  • c)
    “Outra coisa: ele é mais inteligente que você”.
  • d)
    “Sabe muito mais coisa e não tem nenhum pudor em dizer que sabe”.
  • e)
    “Esse negócio de que qualquer máquina só é tão inteligente quanto quem a usa não vale com ele”.

207528 FGV (2013) - CONDER - Engenheiro Cartógrafo / Português

Mostrar/Esconder texto associado

“Sinto falta do papel e da fiel Bic”

Nesse segmento, o cronista emprega o nome de uma marca em lugar de “caneta esferográfica”, caracterizando uma figura de linguagem denominada

  • a)
    metáfora.
  • b)
    hipérbole.
  • c)
    eufemismo.
  • d)
    metonímia.
  • e)
    antítese.

207529 FGV (2013) - CONDER - Engenheiro Cartógrafo / Português

Mostrar/Esconder texto associado

"Agora compreendo o entusiasmo de gente como Millôr Fernandes e Fernando Sabino, que dividem a sua vida profissional em antes dele e depois dele". Esse segmento do texto tem a função de

  • a)
    mostrar a importância do computador para a literatura moderna.
  • b)
    indicar a diferença entre autores cultos e populares.
  • c)
    demonstrar quer autores importantes já aderiram ao computador.
  • d)
    comprovar a necessidade do uso do computador para textos rápidos.
  • e)
    informar ao leitor sobre as vantagens da computação.

207530 FGV (2013) - CONDER - Engenheiro Cartógrafo / Português

Mostrar/Esconder texto associado

A crônica de Veríssimo pode ser definida como

  • a)
    uma narrativa curta de cunho pessoal.
  • b)
    um depoimento sobre o choque entre velhos e novos hábitos.
  • c)
    uma argumentação em defesa do computador.
  • d)
    uma descrição das vantagens das máquinas de escrever.
  • e)
    uma exposição de motivos técnicos para a adoção da nova tecnologia.

207531 FGV (2013) - CONDER - Engenheiro Cartógrafo / Engenharia Cartográfica



Com base no diagrama dos nortes, e considerando-se válido

efetuar o cálculo sobre seus dados de 1993, o valor da declinação

magnética a ser considerada em 2013, no centro da folha da

carta de onde ele foi extraído, é de

  • a)
    21°06'.
  • b)
    22°02'.
  • c)
    22°51'.
  • d)
    23°00'.
  • e)
    23°40'.

207532 FGV (2013) - CONDER - Engenheiro Cartógrafo / Engenharia Cartográfica

"A Terra tem aproximadamente a forma de um elipsóide, mas variando até uma centena de metros para mais ou para menos, em relação a este, ainda que tomemos todas as medições ao nível do mar. A essa forma da Terra, dá-se o nome de Geoide." Com base no fragmento acima, assinale a afirmativa correta.

  • a)
    Latitude e longitude são determinadas em relação ao geoide, enquanto todos os sistemas de coordenadas planas são determinados em relação ao elipsoide. (B) Latitude e longitude são determinadas em relação ao elipsoide, enquanto todos os sistemas de coordenadas planas são determinados em relação ao geoide.
  • b)
    Latitude e longitude e todos os sistemas de coordenadas planas são determinados em relação ao geoide.
  • c)
    Latitude e longitude e todos os sistemas de coordenadas planas são determinados em relação ao elipsoide.
  • d)
    Não se pode afirmar que todos os sistemas de coordenadas na forma de latitude e longitude sejam determinados apenas em relação ao elipsoide, embora sistemas de coordenadas planas sejam determinados em relação ao geoide.

207533 FGV (2013) - CONDER - Engenheiro Cartógrafo / Engenharia Cartográfica

Considere uma projeção cilíndrica, por exemplo, a de Mercator, em que a superfície terrestre é projetada sobre a superfície de um cilindro que envolve a Terra, tangenciando-a. Nesse caso, quando o cilindro

  • a)
    for tangente à Terra ao longo do Equador, os meridianos resultarão linhas retas e equidistantes, formando ângulos retos com linhas de latitude retas e paralelas e geralmente não equidistantes.
  • b)
    for tangente à Terra ao longo do Equador, os meridianos resultarão linhas retas e não necessariamente equidistantes, formando ângulos retos com linhas de latitude retas e paralelas e sempre equidistantes.
  • c)
    for tangente à Terra ao longo do Equador, os meridianos resultarão linhas retas e equidistantes, formando ângulos não necessariamente retos com linhas de latitude não paralelas e curvas.
  • d)
    for tangente à Terra, ao longo de um círculo máximo, resultando numa projeção oblíqua ou transversa, os meridianos resultarão sempre linhas retas e equidistantes, formando ângulos retos com linhas de latitude sempre retas, paralelas e geralmente não equidistantes.
  • e)
    for tangente à Terra, ao longo de um círculo máximo, resultando numa projeção oblíqua ou transversa, os meridianos resultarão linhas curvas, formando ângulos retos com linhas de latitude retas, paralelas e sempre equidistantes.

207539 FGV (2013) - CONDER - Engenheiro Cartógrafo / Engenharia Cartográfica

O sistema UTM é utilizado entre as latitudes

  • a)
    64° N e 70° S
  • b)
    80° N e 82° S
  • c)
    80° N e 84° S
  • d)
    84° N e 80° S
  • e)
    90° N e 90° S

207541 FGV (2013) - CONDER - Engenheiro Cartógrafo / Engenharia Cartográfica

No sistema UTM, quando utilizado no Hemisfério Sul, a cada fuso é associado um sistema cartesiano métrico de referência e, na origem do sistema, é atribuído um valor para essas coordenadas. O local de origem e seu valor são, respectivamente,

  • a)
    Ao longo da linha do Equador, na borda do fuso à oeste, com valores N = 0 m / E = 0 m.
  • b)
    Ao longo da linha do Equador, na borda do fuso à oeste, com valores N = 10.000.000 m / E = 0 m.
  • c)
    Ao longo da linha do Equador, na borda do fuso à oeste, com valores N = 10.000.000 m / E = 500.000 m.
  • d)
    A interseção da linha do Equador com o meridiano central, com valores N = 0 m / E = 500.000 m.
  • e)
    A interseção da linha do Equador com o meridiano central, com valores N = 10.000.000 m / E = 500.000 m.

207542 FGV (2013) - CONDER - Engenheiro Cartógrafo / Engenharia Cartográfica

Considere as figuras a seguir.



A linha na carta que está representada pelo perfil XY é:

  • a)
    A – B
  • b)
    C – D
  • c)
    E – F
  • d)
    G – H
  • e)
    I – J