16 resultados encontrados para . (0.007 segundos)

00450 FGV (2010) - SEAD-AP - Auditor da Receita do Estado - Prova 2 / Banco de Dados

Atualmente, Business Intelligence tem crescido em importância, particularmente porque insere em seu cenário os conceitos de DataWarehouse.

Neste contexto, quando se fala de aplicações para negócio, lida-se com dois tipos distintos: aplicações que sustentam o negócio e aplicações que analisam o negócio.As aplicações de apoio à tomada de decisão que analisam o negócio utilizam como fonte de dados os mesmos sistemas de controle, mas têm como preocupação principal a identificação de tendências.

Essas aplicações são conhecidas por:
  • a)
    FLAP (Free Analytical Processing).
  • b)
    FLTP (Free Transaction Processing).
  • c)
    OLAP (On-Line Analytical Processing).
  • d)
    OLTP (Offline Transaction Processing).
  • e)
    RLAP (Relational Analytical Processing).

05533 FGV (2010) - SEAD-AP - Auditor da Receita do Estado - Prova 2 / Redes de Computadores

As redes de computadores com acesso à Internet operam com base na arquitetura TCP/IP. Os dois principais protocolos, o IP e o TCP, operam respectivamente nas seguintes camadas:
  • a)
    rede e transporte.
  • b)
    física e enlace.
  • c)
    aplicação e rede.
  • d)
    transporte e física.
  • e)
    enlace e aplicação.

05534 FGV (2010) - SEAD-AP - Auditor da Receita do Estado - Prova 2 / Redes de Computadores

A solução mais simples nas situações em que ocorre a necessidade da busca de maior espaço de armazenamento em um microcomputador é a de adquirir um outro disco rígido. Quando se faz referência ao armazenamento em redes, três siglas surgem como solução: NAS, DAS e SAS.

A esse respeito, analise as afirmativas a seguir.

I. "Serial Attached SCSI - SAS" refere-se a um barramento paralelo, similar ao IDE utilizado em HDs domésticos, mas que adiciona recursos para o uso em servidores. As versões iniciais do SAS suportavam taxas de transferência de 1 e 8 GB/s.
II. "Network Attached Storage - NAS" refere-se a uma máquina que funciona como um servidor de arquivos, ligado diretamente na rede e que roda um sistema operacional completo.
III. "Direct Attached Storage - DAS" refere-se a dispositivos de armazenamento externo, ligados diretamente ao servidor ou a qualquer outro micro da rede, como no caso das "cases" de HD ligadas à portas USB.

Assinale:
  • a)
    se somente a afirmativa II estiver correta.
  • b)
    se somente as afirmativas I e II estiverem corretas.
  • c)
    se somente as afirmativas I e III estiverem corretas.
  • d)
    se somente as afirmativas II e III estiverem corretas.
  • e)
    se todas as afirmativas estiverem corretas.

05542 FGV (2010) - SEAD-AP - Auditor da Receita do Estado - Prova 2 / Redes de Computadores

SNMP ("Simple Network Management Protocol") é um protocolo que faz parte da pilha TCP/IP, sendo utilizado para obter informações de servidores, no trabalho de gerenciamento. No seu funcionamento, utiliza o conceito de MIB ("Management Information Base"), definido pelo RFC1066 como o conjunto de objetos gerenciados, que procura abranger todas as informações necessárias para a gerência da rede.

No funcionamento do protocolo SNMP ("Simple Network Management Protocol"), existem duas operações básicas e suas derivações descritas a seguir.

I. utilizada para comunicar um evento; o agente comunica ao gerente o acontecimento de um evento, previamente determinado.
II. utilizada para ler o valor da variável; o gerente solicita ao agente que obtenha o valor da variável.

As operações I e II são, respectivamente, conhecidas por:
  • a)
    LINK e GET
  • b)
    LINK e PUT
  • c)
    TRAP e SET
  • d)
    TRAP e PUT
  • e)
    TRAP e GET

05543 FGV (2010) - SEAD-AP - Auditor da Receita do Estado - Prova 2 / Redes de Computadores

O X.500 é um serviço de diretório universal desenvolvido pela International Telecommunications Union (ITU), com o objetivo de definir a ligação entre serviços de diretórios locais para assim formar um diretório global distribuído. No X.500, a comunicação entre o cliente e o servidor do diretório usa o LDAP ("Lightweight Directory Access Protocol"), executado sobre a pilha de protocolos TCP/IP. O LDAP, por sua vez, é composto por vários modelos, sendo um dos mais importantes o de segurança.

Os serviços implementados por dois agentes foram:

I. Aplicação Cliente através da qual pessoas ou aplicações efetuam as várias entradas no diretório;
II. Aplicação Servidor que vai gerir a Directory Information Tree - DIT e que disponibiliza os serviços de diretório ao cliente.

Esses dois agentes são conhecidos, respectivamente, por:
  • a)
    Application User Agent (AUA) e Server Service Agent (SSA)
  • b)
    Directory User Agent (DUA) e Directory Service Agent (DSA)
  • c)
    Transport User Agent (TUA) e Transport Service Agent (TSA)
  • d)
    Directory Client Agent (DCA) e Directory Primary Agent (DPA)
  • e)
    Remote Authentication Agent (RAA) e Local Authentication Agent (LAA)

05544 FGV (2010) - SEAD-AP - Auditor da Receita do Estado - Prova 2 / Redes de Computadores

Uma rede de computadores com acesso à Internet está configurada pelo IP 197.251.176.0 e máscara 255.255.255.240, enquanto que a segunda rede pela notação CIDR 189.241.0.0/23.

Pode-se concluir que a notação CIDR para a primeira rede e a máscara utilizada pela segunda rede, são respectivamente:
  • a)
    197.251.176.0/28 e 255.255.254.0
  • b)
    197.251.176.0/27 e 255.255.254.0
  • c)
    197.251.176.0/26 e 255.255.255.0
  • d)
    197.251.176.0/27 e 255.255.252.0
  • e)
    197.251.176.0/28 e 255.255.252.0

14434 FGV (2010) - SEAD-AP - Auditor da Receita do Estado - Prova 2 / Engenharia de Software

A Análise de Pontos de Função é um método-padrão para a medição do desenvolvimento de software, que tem por objetivo estabelecer uma medida de tamanho do software em Pontos de Função, com base na funcionalidade a ser implementada, sob o ponto de vista do usuário. Nesse contexto, analise o esquema abaixo, que compreende um procedimento de contagem fundamentado em sete passos.



Na contagem das funções de dados, o primeiro passo consiste em identificar os seguintes arquivos:
  • a)
    de interface interna e lógicos internos.
  • b)
    de interface externa e lógicos externos.
  • c)
    de interface externa e lógicos internos.
  • d)
    de interface interna e lógicos públicos.
  • e)
    de interface interna e lógicos externos.

14435 FGV (2010) - SEAD-AP - Auditor da Receita do Estado - Prova 2 / Engenharia de Software

Em conformidade com a metodologia orientada a objetos, com a finalidade de evitar que partes de um programa se tornem tão independentes que uma pequena alteração tenha grandes efeitos em cascata, é aplicado um recurso que separa os aspectos externos e acessíveis de um objeto dos detalhes internos de implementação.

Esse recurso utiliza um princípio da Orientação a Objetos que propõe ocultar determinados elementos de uma classe das demais classes. O objetivo ao colocar uma proteção ao redor é prevenir contra os efeitos colaterais indesejados ao ter essas propriedades modificadas de forma inesperada.

Este recurso é conhecido por:
  • a)
    coesão.
  • b)
    acoplamento.
  • c)
    polimorfismo.
  • d)
    modularidade.
  • e)
    encapsulamento.

22419 FGV (2010) - SEAD-AP - Auditor da Receita do Estado - Prova 2 / Governança de TI

Processos de gerenciamento organizam e descrevem a elaboração e desenvolvimento de um projeto. Conforme o Guia PMBOK, o gerenciamento de contratos e a seleção de fornecedores são processos inclusos na área de conhecimento denominada Gerenciamento de:
  • a)
    Escopo do Projeto.
  • b)
    Qualidade do Projeto.
  • c)
    Integração do Projeto.
  • d)
    Aquisições do Projeto.
  • e)
    Comunicações do Projeto.

23192 FGV (2010) - SEAD-AP - Auditor da Receita do Estado - Prova 2 / Banco de Dados

Um Banco de Dados é definido como uma coleção de dados interrelacionados, representando informações sobre um domínio específico. Nesse sentido, observe a figura abaixo, que ilustra os níveis de abstração de um banco de dados.

Os modelos III e IV são denominados operacional e interno; os modelos I e II são conhecidos, respectivamente por:
  • a)
    descritivo e conceitual.
  • b)
    tático e descritivo.
  • c)
    estratégico e tático.
  • d)
    gerencial e estratégico.
  • e)
    conceitual e gerencial.