50 resultados encontrados para . (0.007 segundos)

30287 FGV (2010) - FIOCRUZ - Tecnologista em Saúde - Arquivologia / Arquivologia

Com relação à preservação de acervos documentais, houve um deslocamento de enfoque. Ao decidir pelo tratamento adequado, com base nestas mudanças de enfoque, devemos levar em consideração:
  • a)
    a preservação do original.
  • b)
    a preservação da informação.
  • c)
    a preservação do suporte.
  • d)
    a preservação do papel.
  • e)
    a preservação do microfilme.

30288 FGV (2010) - FIOCRUZ - Tecnologista em Saúde - Arquivologia / Arquivologia

O princípio básico que norteia o trabalho prático de restauração é:
  • a)
    a continuidade .
  • b)
    a velatura.
  • c)
    a adequação ambiental.
  • d)
    a intencionalidade.
  • e)
    a reversibilidade.

30289 FGV (2010) - FIOCRUZ - Tecnologista em Saúde - Arquivologia / Arquivologia

Os documentos que envolvem a proteção de direitos a curto ou longo prazo, tanto do governo quanto de terceiros, e que possuem caráter probatório apresentam valor:
  • a)
    fiscal ou tributário.
  • b)
    legal ou orçamentário.
  • c)
    legal ou jurídico.
  • d)
    fiscal ou legal.
  • e)
    fiscal ou orçamentário.

30290 FGV (2010) - FIOCRUZ - Tecnologista em Saúde - Arquivologia / Arquivologia

A descrição dos conjuntos documentais deve ser feita em relação à sua substância e à sua estrutura.

Com relação à susbstância e à estrutura, os itens a seguir indicam:
I. unidade de organização, funções, atividades, operações e assuntos.
II. esquema de classificação adotado, unidades de arquivamento, datas abrangentes, classe ou tipos físicos de documentos e quantidade.
III. unidade de espaciais, funções, atividades, operações e assunto.
IV. esquema de ordenação adotado, unidades de arquivamento, datas abrangentes, classe ou tipos físicos de documentos e quantidade.
V. unidade de organização, funções, atividades, código de classificação e assuntos.

Assinale:
  • a)
    se somente os itens I e II estiverem corretos.
  • b)
    se somente os itens II e IV estiverem corretos.
  • c)
    se somente os itens I e III estiverem corretos.
  • d)
    se somente os itens IV e V estiverem corretos.
  • e)
    se somente os itens II e V estiverem corretos.

30291 FGV (2010) - FIOCRUZ - Tecnologista em Saúde - Arquivologia / Arquivologia

“Nos arquivos permanentes os estudos ligados à teoria e à prática do arranjo e da descrição assumem lugar proeminente com o estabelecimento de um elo suficiente e necessário entre a indagação do pesquisador e sua solução, ou seja, a recuperação da informação”.
A recuperação da informação é possível, graças aos:
  • a)
    sistemas de indexação.
  • b)
    instrumentos de pesquisa.
  • c)
    instrumentos de indexação.
  • d)
    instrumentos de classificação.
  • e)
    sistemas de gestão de documentos.

30292 FGV (2010) - FIOCRUZ - Tecnologista em Saúde - Arquivologia / Arquivologia

Avalie o fragmento a seguir.

“Todos os fatos e idéias que tenham sido registrados, comunicados e/ou distribuídos formal ou informalmente em qualquer suporte físico”.

Ele apresenta o conceito de:
  • a)
    informação.
  • b)
    documentação de arquivo.
  • c)
    acervo arquivístico.
  • d)
    documentação de biblioteca.
  • e)
    acervo bibliográfico.

30293 FGV (2010) - FIOCRUZ - Tecnologista em Saúde - Arquivologia / Arquivologia

Um documento eletrônico arquivístico autêntico é aquele que é transmitido de maneira segura, cujo status de tramisssão pode ser determinado, que é preservado de maneira segura, e cuja proveniência pode ser determinada. Dentro deste contexto, podemos dizer que contribuem para a autenticidade o modo, a forma e o status da transmissão.
Para que a forma de transmissão seja bem sucedida é necessário utilizar o seguinte recurso:
  • a)
    metadados.
  • b)
    trilha de auditoria.
  • c)
    captura eletrônica.
  • d)
    padrões digitais.
  • e)
    assinatura digital

30294 FGV (2010) - FIOCRUZ - Tecnologista em Saúde - Arquivologia / Arquivologia

O processo de agrupamento dos documentos singulares em unidades significativas e o agrupamento, em relação significativa, de tais unidades entre si, é um Arranjo.
Essa relação significativa deve ser entendida como o princípio da organicidade. Com relação às justificativas para utilizar este princípio como norteador da sistemática do arranjo, analise as afirmativas a seguir.

I. Permite que se mantenha a integridade dos conjuntos documentais como informação;
II. Permite que se conheçam a natureza e o significado dos documentos no seu contexto e circunstâncias.
III. Permite que não haja critério rígido no arranjo e uniformidade na descrição.
IV. Permite que se conheçam a espécie e o significado dos documentos no seu contexto e circunstâncias.
V. Permite que se mantenha a acumulação dos conjuntos documentais como informação.

Assinale:
  • a)
    se apenas as afirmativas I e III estiverem corretas.
  • b)
    se apenas as afirmativas I e II estiverem corretas.
  • c)
    se apenas as afirmativas II e IV estiverem corretas.
  • d)
    se apenas as afirmativas III e V estiverem corretas.
  • e)
    se apenas as afirmativas II e V estiverem corretas.

30295 FGV (2010) - FIOCRUZ - Tecnologista em Saúde - Arquivologia / Arquivologia

A respeito de um documento de guarda eventual, assinale a afirmativa correta.
  • a)
    É aquele em que prevalece o interesse de retenção temporária e é eliminado posteriormente.
  • b)
    É aquele em que prevalece o interesse imediato e é eliminado posteriormente.
  • c)
    É aquele em que prevalece o interesse administrativo e é eliminado posteriormente.
  • d)
    É aquele em que prevalece o interesse jurídico e é eliminado posteriormente.
  • e)
    É aquele em que prevalece o interesse normativo e é eliminado posteriormente.

30296 FGV (2010) - FIOCRUZ - Tecnologista em Saúde - Arquivologia / Arquivologia

Segundo o grupo que elaborou o Modelo de Requisitos para Sistemas Informatizados de Gestão Aquivística de Documentos, conhecido como e-ARQ Brasil, os requisitos mínimos que caracterizam um Sistema Informatizado de Gestão Arquivística de Documento (SIGAD) são:
  • a)
    captura, armazenamento, indexação e recuperação de todos os tipos de documentos arquivísticos; captura, armazenamento, indexação e recuperação de todos os componentes digitais do documento arquivístico como uma unidade complexa; gestão de documentos a partir do plano de classificação para manter a relação orgânica entre os documentos; implementação de metadados associados aos documentos para descrever os contextos desses documentos.
  • b)
    captura, armazenamento, utilização e recuperação de todos os tipos de documentos arquivísticos; captura, armazenamento, indexação e recuperação de todos os componentes digitais do documento arquivístico como uma unidade complexa; gestão de documentos a partir do plano de classificação para manter a relação orgânica entre os documentos; implementação de dados associados aos documentos para descrever os contextos desses documentos.
  • c)
    captura, armazenamento, indexação e avaliação de todos os tipos de documentos arquivísticos; captura, armazenamento, indexação e recuperação de todos os componentes digitais do documento arquivístico como uma unidade complexa; gestão de documentos a partir do plano de classificação para manter a relação orgânica entre os documentos; implementação de dados associados aos documentos para descrever os contextos desses documentos.
  • d)
    captura, armazenamento, ordenação e tramitação de todos os tipos de documentos arquivísticos; captura, armazenamento, indexação e recuperação de todos os componentes digitais do documentos arquivístico como uma unidade complexa; gestão de documentos a partir do plano de classificação para manter a relação orgânica entre os documentos; implementação de metadados associados aos documentos para descrever os contextos desses documentos.
  • e)
    captura, armazenamento, produção e indexação de todos os tipos de documentos arquivísticos; captura, armazenamento, indexação e recuperação de todos os componentes digitais do documentos arquivístico como uma unidade complexa; gestão de documentos a partir do plano de classificação para manter a relação orgânica entre os documentos; implementação de metadados associados aos documentos para descrever os contextos desses documentos.