30 resultados encontrados para . (0.007 segundos)

22107 FGV (2010) - BADESC - Analista de Sistemas - Banco de Dados / Banco de Dados

Um banco de dados Oracle ao ser iniciado exige a execução e alocação de vários processos e buffers.
No intuito de suportar a inicialização de um banco de dados é criada uma instância do Oracle que é composta por:
  • a)
    programas armazenados pela PL/SQL e execução de processos em segundo plano.
  • b)
    Área Global do Sistema (SGA), compartilhada por todos os usuários e programas armazenados pela PL/SQL.
  • c)
    execução de processos em segundo plano e Área Global do Sistema (SGA), compartilhada por todos os usuários.
  • d)
    Área Global do Sistema (SGA), não-compartilhada por todos os usuários e programas armazenados pela PL/SQL.
  • e)
    execução de processos em segundo plano e Área Global do Sistema (SGA), não-compartilhada por todos os usuários.

22108 FGV (2010) - BADESC - Analista de Sistemas - Banco de Dados / Banco de Dados

A Procedural Language Structured Query Language (PL/SQL) é um ambiente de programação que reside diretamente no banco de dados.
Os programas PL/SQL podem ser chamados a partir dos ambientes de desenvolvimento Oracle indicados nas afirmativas a seguir.
I. SQL*Plus; Oracle Enterprise Manager; Pré-compiladores Oracle (como Pro*C, Pro*COBOL, etc.)
II. Oracle Call Interface (OCI); Server Manager; Oracle 9i Application Server
III. Java Virtual Machine (JVM)
Assinale:
  • a)
    se somente a afirmativa I estiver correta.
  • b)
    se somente a afirmativa II estiver correta.
  • c)
    se somente a afirmativa III estiver correta.
  • d)
    se somente as afirmativas I e II estiverem corretas.
  • e)
    se todas as afirmativas estiverem corretas.

22109 FGV (2010) - BADESC - Analista de Sistemas - Banco de Dados / Banco de Dados

No SGBD DB2, com relação ao armazenamento de informações do tipo textos grandes, textos binários grandes ou arquivos, etc., analise as afirmativas a seguir.
I. Tem o tipo de dado denominado de Large Object.
II. Estes tipos de dados podem ser BLOB, CLOB e DBCLOB.
III. O SGBD DB2 não permite o armazenamento de tipos de dados para estas informações.
Assinale:
  • a)
    se somente a afirmativa I estiver correta.
  • b)
    se somente a afirmativa II estiver correta.
  • c)
    se somente a afirmativa III estiver correta.
  • d)
    se somente as afirmativas I e II estiverem corretas.
  • e)
    se todas as afirmativas estiverem corretas.

22110 FGV (2010) - BADESC - Analista de Sistemas - Banco de Dados / Banco de Dados

O SGBD MySQL é por padrão instalado com a execução de uma transação com instruções de atualização (operações de inserção, exclusão e alteração de tuplas) em uma tabela com o modo:
  • a)
    transaction
  • b)
    autotransaction
  • c)
    autocommit
  • d)
    auutocommit / autorollback
  • e)
    start transaction

22111 FGV (2010) - BADESC - Analista de Sistemas - Banco de Dados / Banco de Dados

A linguagem T-SQL do SGBD SQL Server possui vários tipos de dados e são classificados de acordo com o conteúdo que será utilizado em uma determinada coluna (atributo).
Com relação aos tipos de dados do SGBD SQL Server, analise as afirmativas a seguir.
I. Possui o tipo de dado BIGINT, inteiro com oito bytes.
II. Possui o tipo de dado TINYINT, inteiro com um byte.
III. Possui o tipo de dado INT, inteiro com quatro bytes.
Assinale:
  • a)
    se somente a afirmativa I estiver correta.
  • b)
    se somente a afirmativa II estiver correta.
  • c)
    se somente a afirmativa III estiver correta.
  • d)
    se somente as afirmativas I e II estiverem corretas.
  • e)
    se todas as afirmativas estiverem corretas.

22112 FGV (2010) - BADESC - Analista de Sistemas - Banco de Dados / Banco de Dados

O SGBD Microsoft SQL Server 2005 Expression Edition possui recursos para implementação de trigger. Para gerenciar trigger neste SGBD é possível afirmar que:
I. possui tabelas especiais internas, denominadas de inserted e deleted, em memória RAM, e são acessadas enquanto a trigger está executando.
II. a tabela deleted armazena os registros manipulados com os comandos DELETE e UPDATE e a tabela inserted armazena os registros manipulados pelos comandos INSERT ou UPDATE.
III. é possível criar uma trigger sem associar uma ação para que a mesma seja executada automaticamente e desta forma, possa ser chamada pela aplicação ou o usuário para sua execução.
Assinale:
  • a)
    se somente a afirmativa I estiver correta.
  • b)
    se somente a afirmativa II estiver correta.
  • c)
    se somente a afirmativa III estiver correta.
  • d)
    se somente as afirmativas I e II estiverem corretas.
  • e)
    se todas as afirmativas estiverem corretas.

22113 FGV (2010) - BADESC - Analista de Sistemas - Banco de Dados / Banco de Dados

O operador EXCEPT de um comando SELECT da SQL do SGBD PostgreSQL tem por finalidade:
  • a)
    retornar as tuplas da primeira consulta que não estão na segunda.
  • b)
    retornar as tuplas da segunda consulta que não estão na primeira.
  • c)
    gerar uma exception em um comando SQL contido em uma trigger.
  • d)
    gerar uma exception em um comando SQL contido em uma stored procedure.
  • e)
    gerar uma exception em um comando SQL contido em uma stored procedure ou trigger.

22114 FGV (2010) - BADESC - Analista de Sistemas - Banco de Dados / Banco de Dados

O SGBD PostgreSQL possui vários operadores que combinam o resultado de duas consultas em um único resultado e são denominados de operadores de conjuntos.
No intuito de usar estes operadores, são seguidas as seguintes regras.
I. As colunas correspondentes nos comandos SELECT devem ser do mesmo tipo de dados e o comando SELECT deve ter o mesmo número de colunas.
II. O comando SELECT deve ter o mesmo número de colunas e o nome da coluna do primeiro SELECT deve ser usado como cabeçalho.
III. O resultado do operador não possui qualquer linha duplicada, a menos que a cláusula ALL seja usada e o nome da coluna do primeiro SELECT usado como cabeçalho.
Assinale:
  • a)
    se somente a regra I estiver correta.
  • b)
    se somente a regra II estiver correta.
  • c)
    se somente a regra III estiver correta.
  • d)
    se somente as regras I e II estiverem corretas.
  • e)
    se todas as regras estiverem corretas.

22115 FGV (2010) - BADESC - Analista de Sistemas - Banco de Dados / Banco de Dados

Analise a consulta envolvendo uma subconsulta apresentada a seguir.
SELECT Atrib FROM Tabela1
WHERE Atrib2 = ALL (SELECT Atrib2 from Tabela2);
Suponha que os valores que podem retornar no atributo da subconsulta, Atrib2, são os valores 1, 2 e 3.
A consulta externa deve retornar no atributo Atrib os seguintes valores:
I. =1 OR =2 OR =3
II. =1 AND =2 AND =3
III. =1 XOR =2 XOR =3, onde XOR é OU exclusivo
Assinale:
  • a)
    se somente I estiver correto.
  • b)
    se somente II estiver correto.
  • c)
    se somente III estiver correto.
  • d)
    se somente I e II estiverem corretos.
  • e)
    se todos estiverem corretos.

22116 FGV (2010) - BADESC - Analista de Sistemas - Banco de Dados / Banco de Dados

Analise a consulta em SQL envolvendo uma subconsulta com a palavra Operador nela contida:
SELECT Atrib FROM Tabela1
WHERE Atrib2 Operador (SELECT Atrib2 from Tabela2);
Os resultados retornados pela subconsulta Atrib2 foram os valores 1, 2 e 3 e sendo utilizado o operador <> ANY na primeira consulta e o operador NOT IN na segunda consulta.
Os resultados que podem ser apresentados pelas duas consultas,separadamente, através do atributo Atrib, são respectivamente:
I. not =1 OR not =2 OR not = 3; e not =1 AND not =2 AND not = 3
II. not =1 AND not =2 AND not = 3; e not =1 OR not =2 OR not = 3
III. not =1 XOR not =2 XOR not = 3; e not =1 AND not =2 AND not = 3, onde XOR é o OU exclusivo
Assinale:
  • a)
    se somente I estiver correto.
  • b)
    se somente II estiver correto.
  • c)
    se somente III estiver correto
  • d)
    se somente I e II estiverem corretos.
  • e)
    se todos estiverem corretos.