30 resultados encontrados para . (0.008 segundos)

52419 FCC (2017) - DPE-RS - Analista - Contabilidade / Contabilidade Geral

A Cia. de Minérios adquiriu o direito de exploração de uma mina de zinco por R$ 3.960.000,00 que foram pagos à vista. A capacidade total esperada de extração da mina foi estimada em 80.000 toneladas e no primeiro ano de exploração a Cia. extraiu 8.000 toneladas. No início do segundo ano, ao reanalisar a capacidade de produção da mina, a Cia. de Minérios estimou que ainda havia 80.000 toneladas remanescentes e, durante o segundo ano, fez a extração de 6.000 toneladas. O valor contábil apresentado para esta mina, no final do segundo ano, foi, em reais,

  • a)
    3.296.700,00
  • b)
    3.330.000,00
  • c)
    3.267.000,00
  • d)
    3.960.000,00
  • e)
    3.564.000,00

52440 FCC (2017) - DPE-RS - Analista - Contabilidade / Contabilidade Geral

O Patrimônio Líquido da Cia. VIP, em 31/12/2015, era composto das seguintes contas e respectivos saldos:

No ano de 2016, o lucro líquido apurado pela Cia. VIP foi R$ 150.000,00 e, além da Reserva Legal prevista na Lei das Sociedades por Ações, o estatuto da Cia. estabelece a seguinte destinação:

Sabe-se que R$ 40.000,00 do Lucro Líquido foram decorrentes de incentivos fiscais recebidos pela Cia. VIP e esta, para não tributar este ganho, reteve-o na forma de Reserva de Incentivos Fiscais, utilizando a possibilidade estabelecida na Lei em relação aos dividendo mínimo obrigatórios.

O valor

  • a)
    retido para constituição da reserva legal foi R$ 5.500,00
  • b)
    distribuído como dividendos mínimos obrigatórios foi R$ 45.000,00
  • c)
    da retenção de lucros prevista no estatuto foi R$ 59.750,00
  • d)
    distribuído como dividendos mínimos obrigatórios foi R$ 42.750,00
  • e)
    da retenção de lucros prevista no estatuto foi R$ 71.750,00

52441 FCC (2017) - DPE-RS - Analista - Contabilidade / Auditoria Governamental

Em uma palestra sobre normas vigentes de auditoria emanadas pelo Conselho Federal de Contabilidade acerca do Auditor Independente, foram abordados os seguintes itens: responsabilidades da liderança pela qualidade na firma, exigências éticas relevantes, aceitação e continuidade do relacionamento com clientes e de trabalhos específicos, recursos humanos, execução do trabalho e monitoramento. Nos termos da NBC PA 01, esses itens representam elementos tratados por políticas e procedimentos inclusos em

  • a)
    um sistema de controle de qualidade.
  • b)
    um projeto de auditoria independente.
  • c)
    uma sistemática de controle interno e externo.
  • d)
    um conjunto de medidas voltadas à evidenciação de atos auditados.
  • e)
    uma política de transparência fiscal.

52442 FCC (2017) - DPE-RS - Analista - Contabilidade / Contabilidade Pública

Em março de 2017, a Defensoria Pública de um determinado Estado caracterizou-se como beneficiária e a União como transferidora de R$ 990.000,00 que foram classificados com o código 1 quanto ao primeiro dígito da classificação da receita orçamentária por natureza. Assim, o recurso recebido pela Defensoria Pública, no que se refere à origem e à espécie da receita, classificam-se, respectivamente, como

  • a)
    transferências correntes; transferências intragovernamentais.
  • b)
    transferências correntes; transferências intergovernamentais.
  • c)
    outras receitas correntes; transferências intragovernamentais.
  • d)
    transferências de capital; transferências intragovernamentais.
  • e)
    transferências de capital; transferências intergovernamentais.

52443 FCC (2017) - DPE-RS - Analista - Contabilidade / Contabilidade Pública

No que se refere aos instrumentos de transparência da gestão fiscal, a Lei de Responsabilidade Fiscal determina que o Relatório

  • a)
    de Gestão Fiscal deve ser publicado, impreterivelmente, até trinta dias após o encerramento de cada trimestre.
  • b)
    Resumido da Execução Orçamentária deve ser publicado, impreterivelmente, até trinta dias após o encerramento de cada trimestre.
  • c)
    Resumido da Execução Orçamentária deve conter, entre outros itens, demonstrativo da despesa total com pessoal, distinguindo a com inativos e pensionistas.
  • d)
    Resumido da Execução Orçamentária deve conter, entre outros itens, demonstrativo da execução das despesas por função e subfunção.
  • e)
    de Gestão Fiscal deve conter, entre outros itens, demonstrativo dos resultados nominal e primário.

52495 FCC (2017) - DPE-RS - Analista - Contabilidade / Auditoria Governamental

Nos termos da Instrução Normativa IN nº 01/2001 da Secretaria Federal de Controle Interno − SFCI do Ministério da Fazenda, quando da necessidade de obtenção de informações em tempo hábil, em casos em que a ação na sua totalidade se torna impraticável, é necessária a aplicação

  • a)
    dos papéis de trabalho.
  • b)
    do registro das constatações.
  • c)
    da amostragem.
  • d)
    da escrituração contábil.
  • e)
    das notas remissivas.

57069 FCC (2017) - DPE-RS - Analista - Contabilidade / Auditoria Governamental

Considere os itens abaixo.

I. Verificação da legalidade dos atos de execução orçamentária de forma prévia, concomitante e subsequente.

II. Levantamento, prestação ou tomada de contas, a qualquer tempo, de todos os responsáveis por bens ou valores públicos.

III. Controle, pelo órgão incumbido da elaboração da proposta orçamentária ou a outro indicado na legislação, do cumprimento do programa de trabalho expresso em termos monetários e em termos de realização de obras e prestação de serviços.

IV. Controle da legalidade dos atos de que resultem a arrecadação da receita ou a realização da despesa, o nascimento ou a extinção de direitos e obrigações.

V. Controle da fidelidade funcional dos agentes da administração, responsáveis por bens e valores públicos.

Segundo dispõe a Lei nº 4.320/1964, esses atos são típicos do exercício do controle

  • a)
    da dívida pública.
  • b)
    da execução orçamentária.
  • c)
    de registros de atos públicos.
  • d)
    de limites fiscais.
  • e)
    das contas patrimoniais.

57070 FCC (2017) - DPE-RS - Analista - Contabilidade / Contabilidade Pública

Em 3/7/2017, um processo trabalhista foi instaurado por um ex-defensor público contra uma determinada Defensoria Pública. Após análise, o departamento jurídico da Defensoria classificou a probabilidade de saída de recursos como possível, sendo R$ 35.000,00 o valor estimado da perda para tal processo. Assim, em 31/7/2017,

  • a)
    um passivo permanente será reconhecido.
  • b)
    um passivo atuarial será reconhecido.
  • c)
    um passivo contingente será divulgado.
  • d)
    um passivo financeiro será reconhecido.
  • e)
    uma variação patrimonial diminutiva será reconhecida.

57071 FCC (2017) - DPE-RS - Analista - Contabilidade / Contabilidade Pública

De acordo com a Lei de Responsabilidade Fiscal, o Anexo de Metas Fiscais, em que serão estabelecidas metas anuais, em valores correntes e constantes, relativas a receitas, despesas, resultados nominal e primário e montante da dívida pública, para o exercício a que se referirem e para os dois seguintes, integrará o projeto

  • a)
    do Plano Plurianual.
  • b)
    da Lei Orçamentária Anual.
  • c)
    do Relatório de Gestão Fiscal.
  • d)
    da Lei de Diretrizes Orçamentárias.
  • e)
    do Relatório Resumido da Execução Orçamentária.

57072 FCC (2017) - DPE-RS - Analista - Contabilidade / Contabilidade Pública

As seguintes informações foram extraídas do Balanço Orçamentário e do Balanço Financeiro de uma Defensoria Pública referentes ao exercício financeiro de 2016, em reais.

O resultado financeiro da Defensoria Pública referente ao ano de 2016 foi, em reais, de

  • a)
    50.000,00
  • b)
    185.000,00
  • c)
    105.000,00
  • d)
    85.000,00
  • e)
    25.000,00