30 resultados encontrados para . (0.009 segundos)

52408 FCC (2017) - DPE-RS - Analista - Arquivologia / Arquivologia

De acordo com o Decreto nº 1.799/1996,

  • a)
    para exercer a atividade de microfilmagem de documentos, as empresas e os cartórios deverão requerer registro no Ministério da Justiça e sujeitar-se à fiscalização deste organismo.
  • b)
    os traslados, as certidões e as cópias de documentos microfilmados produzem efeitos legais, em juízo ou fora dele, dispensando a autenticação dos detentores do filme original.
  • c)
    os originais de grande formato devem ser comprimidos, para que cada página caiba num único fotograma.
  • d)
    uma vez microfilmados com padrão de qualidade, os documentos públicos originais podem ser eliminados, independentemente dos prazos de vigência estabelecidos em tabelas de temporalidade.
  • e)
    na microfilmagem de qualquer espécie deve-se utilizar filme original, com o mínimo de 180 linhas por centímetro de definição, de modo a garantir a qualidade da imagem e sua reprodução.

52417 FCC (2017) - DPE-RS - Analista - Arquivologia / Arquivologia

Mostrar/Esconder texto associado

Redator e originador correspondem, respectivamente, às definições de números

  • a)
    I e III.
  • b)
    IV e I.
  • c)
    II e III.
  • d)
    III e II.
  • e)
    I e IV.

52425 FCC (2017) - DPE-RS - Analista - Arquivologia / Arquivologia

Os teóricos da área costumam afirmar que os documentos de arquivo têm estatuto probatório congênito. Isso significa que tal característica

  • a)
    não prescinde do gesto de atribuição de sentido que os pesquisadores lançam aos documentos.
  • b)
    incide sobre as próprias atividades de que os documentos resultam.
  • c)
    explica o conceito de vínculo arquivístico, preconizado por Elio Lodolini e Luciana Duranti.
  • d)
    é a garantia de que os documentos formam um conjunto dotado de organicidade.
  • e)
    constitui o cerne do mais importante princípio arquivístico: o da proveniência.

52427 FCC (2017) - DPE-RS - Analista - Arquivologia / Arquivologia

Segundo Schellenberg, os documentos podem conter poucas informações sobre muitas pessoas, coisas ou fenômenos; muitas informações sobre poucas pessoas, coisas ou fenômenos; e muitas informações sobre muitas pessoas, coisas ou fenômenos. No processo de avaliação de documentos proposto pelo autor, tais características integram o critério

  • a)
    do respeito aos fundos.
  • b)
    da pertinência temática.
  • c)
    da territorialidade.
  • d)
    da temporalidade.
  • e)
    da densidade informacional.

52428 FCC (2017) - DPE-RS - Analista - Arquivologia / Arquivologia

A espécie documental que registra a opinião fundamentada sobre matéria submetida à análise de determinada autoridade, emitida em seu nome pessoal ou no do organismo a que está ligada, é conhecida como

  • a)
    ementa.
  • b)
    sentença.
  • c)
    portaria.
  • d)
    estatuto.
  • e)
    parecer.

52429 FCC (2017) - DPE-RS - Analista - Arquivologia / Arquivologia

O instrumento pelo qual uma pessoa recebe de outra(s) poderes para, em seu nome, praticar atos ou administrar bens é

  • a)
    a caução.
  • b)
    o protocolo de intenções.
  • c)
    o mandado de injunção.
  • d)
    a procuração.
  • e)
    o contrato social.

57029 FCC (2017) - DPE-RS - Analista - Arquivologia / Arquivologia

Mostrar/Esconder texto associado

Autor e destinatário correspondem, respectivamente, às definições de números

  • a)
    I e III.
  • b)
    I e IV.
  • c)
    IV e II.
  • d)
    II e III.
  • e)
    III e IV.

57030 FCC (2017) - DPE-RS - Analista - Arquivologia / Arquivologia

Robert S. Martin afirma que há uma diferença fundamental entre usar, ler e ver documentos, funções que caracterizariam, segundo ele, a postura típica que se tem perante os acervos de

  • a)
    museus, bibliotecas e arquivos.
  • b)
    bibliotecas, museus e arquivos.
  • c)
    museus, arquivos e bibliotecas.
  • d)
    arquivos, bibliotecas e museus.
  • e)
    arquivos, museus e bibliotecas.

57031 FCC (2017) - DPE-RS - Analista - Arquivologia / Arquivologia

Mostrar/Esconder texto associado

Memória como espécie documental aparece nas frases dos itens

  • a)
    II e III.
  • b)
    II e IV.
  • c)
    I e IV.
  • d)
    I e II.
  • e)
    III e I.

57034 FCC (2017) - DPE-RS - Analista - Arquivologia / Arquivologia

Questionando os princípios do racionalismo científico e a ideia de verdades universais, o renomado arquivista canadense Terry Cook (1947-2014) representou, no âmbito da Arquivologia, a corrente pós-moderna de pensamento. Para o autor, a atribuição de valores aos documentos deve levar em conta o mais amplo contexto social em que foram produzidos, e não apenas os organismos (públicos ou privados) de que se originaram. Tal procedimento ficou conhecido como

  • a)
    contextualização.
  • b)
    seleção natural.
  • c)
    macroavaliação.
  • d)
    avaliação social.
  • e)
    lógica funcional.