40 resultados encontrados para . (0.008 segundos)

146097 FCC (2014) - TCE-PI - Médico / Medicina

Em um paciente que apresenta diplopia intermitente e ptose palpebral vespertina é provável o encontro de anticorpo anti

  • a)

    centrômero.

  • b)

    LKM-1.

  • c)

    receptor de acetilcolina.

  • d)

    músculo liso.

  • e)

    citoplasma de neutrófilo.

146098 FCC (2014) - TCE-PI - Médico / Medicina

Na avaliação inicial, na sala de emergência, de um caso típico de cetoacidose diabética, dos abaixo, o conjunto de dados mais provável é

  • a)

    creatinina elevada, hipocalemia e pCO2 aumentado.

  • b)

    hipernatremia, ureia elevada e pH diminuído.

  • c)

    pCO2 diminuído, bicarbonato diminuído e ânion-gap diminuído.

  • d)

    ânion-gap elevado, hiponatremia e hipercalemia.

  • e)

    hiponatremia, hipercalemia e ânion-gap normal.

146099 FCC (2014) - TCE-PI - Médico / Medicina

Tem MENOR probabilidade de apresentar elevação dos níveis de LDL-colesterol o paciente que tem história de

  • a)

    fibrilação atrial e TSH indetectável.

  • b)

    prurido e presença de anticorpo anti-mitocôndria.

  • c)

    anasarca e proteinúria de 4,1 gramas em 24 horas.

  • d)

    ingestão de dieta rica em gorduras saturadas.

  • e)

    manter hemoglobina glicada cronicamente na faixa de 9,5% a 11%.

146100 FCC (2014) - TCE-PI - Médico / Medicina

Considere três pacientes com derrame pleural, além das características abaixo:





Paciente I: tosse, febre vespertina e emagrecimento.



Paciente II: histórico de cirurgia torácica recente.



Paciente III: poliartrite simétrica em mãos.





O estudo dos líquidos pleurais (LP) revelou:



LP 1: diminuição de volume após instituição de jejum e nutrição parenteral.



LP 2: dosagem de glicose



LP 3: citologia mostrando taxa de células mesoteliais inferior a 1%.





As associações mais prováveis são:

  • a)

  • b)

  • c)

  • d)

  • e)

146101 FCC (2014) - TCE-PI - Médico / Medicina

Considere o ECG abaixo, mostrado na derivação DII.









Além de apresentar aumento atrial, esse paciente apresenta alteração eletrocardiográfica mais provavelmente causada por

  • a)

    digoxina.

  • b)

    furosemida.

  • c)

    captopril.

  • d)

    espironolactona.

  • e)

    metformina.

146102 FCC (2014) - TCE-PI - Médico / Medicina

Dentre os principais sinais clínicos e laboratoriais que são sinais de alarme para a presença de febre hemorrágica da dengue, a forma mais grave da doença, como definidos pela Organização Mundial da Saúde, NÃO se inclui

  • a)

    prova do laço positiva.

  • b)

    febre acima de 39 °C.

  • c)

    derrame pleural.

  • d)

    trombocitopenia acentuada (3).

  • e)

    aumento > 20% do hematócrito.

146103 FCC (2014) - TCE-PI - Médico / Medicina

História de contato com gado bovino e ingestão frequente de leite recém-ordenhado é achado geralmente associado a pacientes com diagnóstico de

  • a)

    brucelose.

  • b)

    HIV e micobacteriose atípica.

  • c)

    leishmaniose mucocutânea.

  • d)

    histoplasmose.

  • e)

    HIV e meningite por criptococos.

146104 FCC (2014) - TCE-PI - Médico / Medicina

Uma das características da colangite esclerosante primária é a sua forte associação com

  • a)

    hepatite alcoólica.

  • b)

    colite ulcerativa.

  • c)

    câncer de pâncreas.

  • d)

    hepatite C.

  • e)

    adenocarcinoma de cólon.

156930 FCC (2014) - TCE-PI - Médico / Medicina

Em um paciente que apresentava hiperpigmentação de pele e mucosas, a investigação endocrinológica confirmou tratar-se de doença de Addison. Serão encontrados, neste caso, com maior probabilidade

  • a)

    hiponatremia, hipocalemia e linfopenia.

  • b)

    hipernatremia, hipocalemia e eosinofilia.

  • c)

    hiponatremia, hipercalemia e linfopenia.

  • d)

    hipernatremia, hipercalemia e eosinofilia.

  • e)

    hiponatremia, hipercalemia e eosinofilia.

156931 FCC (2014) - TCE-PI - Médico / Medicina

Considere dois indivíduos com contagem de plaquetas variando entre 9.000 e 12.000/mm3, equimoses difusas e sangramento gengival.





Caso I: Homem jovem com restante do exame físico sem alterações. Hemoglobina de 10,8 g/dL, microcitose, leucócitos de 7.200/mm3. INR e TTPA normais.





Caso II: Mulher de 48 anos, com história de cefaleia, seguida de hemiparesia direita. Descorada, ictérica. Tomografia de crânio mostra área isquêmica. Hemoglobina de 8,5 g/dL, aumento de bilirrubina indireta e DHL, grande quantidade de esquizócitos em esfregaço de sangue periférico. Leucócitos de 14.000/mm3 O tratamento inicial mais adequado para os pacientes I e II é, respectivamente,

  • a)

    transfusão de plaquetas e alteplase.

  • b)

    prednisona e plasmaferese.

  • c)

    globulina antitimocítica e prednisona.

  • d)

    imunoglobulina e transfusão de plaquetas.

  • e)

    esplenectomia e rituximab.