40 resultados encontrados para . (0.009 segundos)

151571 FCC (2014) - TCE-GO - Analista de Controle Externo - Planejamento e Desenvolvimento Organizacional / Administração Ge...

As variáveis situacionais que determinam a estrutura e o comportamento de uma organização, abordadas na Teoria

Contingencial, podem ser resumidas em:

  • a)

    Integração horizontal; Decisões operacionais; Delimitação de autoridade.

  • b)

    Ambiente interno, Metas e objetivos: Eficiência do controle.

  • c)

    Incerteza ambiental; Tecnologia; Tamanho da organização.

  • d)

    Importância dos grupos informais; Formas de reconhecimento; Hierarquia das necessidades.

  • e)

    Realização pessoal; Reconhecimento; Natureza do trabalho

151572 FCC (2014) - TCE-GO - Analista de Controle Externo - Planejamento e Desenvolvimento Organizacional / Não classificada

A tabela abaixo mostra o número de aparelhos celulares e televisores produzidos em dois anos, X1 e X2, e seus respectivos

preços, em um dado cenário econômico simples onde apenas dois itens são produzidos.

O PIB é o valor total de todos os bens e serviços finais produzidos dentro das fronteiras nacionais durante determinado período,

diante do cenário econômico exposto e tomando o ano de X1 como ano-base, o PIB real no ano de X2 será de

  • a)
    6.500 milhões.
  • b)
    3.410 milhões.
  • c)
    6.810 milhões.
  • d)
    3.500 milhões.
  • e)
    3.100 milhões.

151573 FCC (2014) - TCE-GO - Analista de Controle Externo - Planejamento e Desenvolvimento Organizacional / Não classificada

Para o cálculo do superávit primário NÃO são levados em consideração,

  • a)
    a contribuição para o financiamento da seguridade social.
  • b)
    o imposto de renda de pessoas físicas.
  • c)
    o imposto sobre operações financeiras.
  • d)
    os juros e correção monetária da dívida pública.
  • e)
    os cortes na folha de pagamento dos funcionários públicos.

151574 FCC (2014) - TCE-GO - Analista de Controle Externo - Planejamento e Desenvolvimento Organizacional / Não classificada

Sobre condução dos Círculos de Controle de Qualidade (CCQ) considere: I.Membros da diretoria e supervisores podem esperar resultados imediatos a partir da criação de um CCQ. II.A constituição e as múltiplas condições de um grupo determinarão o melhor método a ser aplicado, pois na prática, o CCQ não possui um procedimento universal. III.Uma vez instaurado um CCQ não poderá ser dividido, pois corre-se o risco da perda do histórico de ações e da queda de desempenho por dispersão das competências adquiridas inicialmente pelo grupo. IV.A padronização do processo deverá acontecer mediante os resultados obtidos com a ideia implementada. V.Todos os membros de um CCQ podem experimentar o papel de líder. Está correto o que se afirma APENAS em

  • a)
    II e IV.
  • b)
    I e III.
  • c)
    II, IV e V.
  • d)
    I, III e V.
  • e)
    III e IV.

151575 FCC (2014) - TCE-GO - Analista de Controle Externo - Planejamento e Desenvolvimento Organizacional / Não classificada

O departamento de auditoria de uma determinada empresa possui, ao todo, 20 funcionários. A tabela abaixo mostra o número

de absenteísmo por cada um dos funcionários no último ano.

A Média, a Mediana e a Moda podem ser expressas, respectivamente, por:

  • a)
    11,5; 11,5 e 14.
  • b)
    11,5; 12 e 8.
  • c)
    11,5; 12 e 14.
  • d)
    12; 12 e 8.
  • e)
    11,5; 11 e 11.

151576 FCC (2014) - TCE-GO - Analista de Controle Externo - Planejamento e Desenvolvimento Organizacional / Não classificada

A análise do ambiente interno sugere que determinadas empresas possuem alguns recursos e capacitações que outras empresas não possuem. Estes recursos e capacitações podem ser fontes de competências essenciais e de vantagem competitiva. Diante deste contexto, destacam-se como recursos intangíveis:

  • a)
    Sistemas formais de planejamento, controle e coordenação; acesso à matéria-prima e capacidade de empréstimo.
  • b)
    Direitos autorais; marcas registradas e posse de patentes.
  • c)
    Habilidade de gerar fundos internos; sistemas integrados de tecnologia da informação; e acesso a canais de distribuição.
  • d)
    Cultura Organizacional; reputação para os clientes e capacidade de pesquisa e desenvolvimento.
  • e)
    Marcas registradas; sofisticação dos equipamentos e localização da fábrica.

151577 FCC (2014) - TCE-GO - Analista de Controle Externo - Planejamento e Desenvolvimento Organizacional / Não classificada

A Gestão por Processos permite análises do trabalho e possui alguns conceitos, conforme descritos na tabela abaixo.

A correta correlação dos conceitos consta em

  • a)
    A-IV; B-II; C-III; D-I.
  • b)
    A-I; B-II; C-III; D-IV.
  • c)
    A-II; B-IV; C-I; D-III.
  • d)
    A-III; B-II; C-I; D-IV.
  • e)
    A-IV; B-II; C-I; D-III.

151578 FCC (2014) - TCE-GO - Analista de Controle Externo - Planejamento e Desenvolvimento Organizacional / Não classificada

Uma das estratégias para melhor gestão do capital intelectual é o uso do empowerment, que possibilita o rompimento do modelo tradicional de relacionamento chefe-empregado e tem como princípios gerais, EXCETO:

  • a)
    Estimular o trabalho em equipe.
  • b)
    Compartilhar a informação com todos.
  • c)
    Desenvolver uma atitude de interdependência.
  • d)
    Criar modelos patriarcais mais afetivos.
  • e)
    Delegar e capacitar.

159947 FCC (2014) - TCE-GO - Analista de Controle Externo - Planejamento e Desenvolvimento Organizacional / Não classificada

A Teoria X e Y, proposta por McGregor, parte do pressuposto que há duas maneiras de enxergar a natureza humana, e o comportamento dos gestores em relação aos seus funcionários se assenta em um destes pressupostos. Sobre a vertente Y desta teoria é correto afirmar que

  • a)
    as pessoas aceitam a responsabilidade e estão comprometidas com os objetivos da organização.
  • b)
    os trabalhadores põem a segurança acima de tudo.
  • c)
    se aproxima da visão abordada pela Teoria Clássica em relação à natureza humana.
  • d)
    estabelece método de bonificação e punição como forma de controle sobre os funcionários.
  • e)
    a maioria das pessoas não gosta de trabalhar e até evita, quando possível.

159948 FCC (2014) - TCE-GO - Analista de Controle Externo - Planejamento e Desenvolvimento Organizacional / Não classificada

A função de Custo Total (CT ) da empresa KPATAZ Ltda. para a fabricação de determinado produto é dada pela equação CT = 13.800 + 250 Q, onde “Q” é a quantidade total produzida. A empresa produziu 80 unidades no mês de janeiro e 120 unidades no mês de fevereiro, sendo assim, seu Custo Marginal (CM ) foi de:

  • a)
    R$ 500,00.
  • b)
    R$ 1.500,00.
  • c)
    R$ 250,00.
  • d)
    R$ 10.000,00.
  • e)
    R$ 5.000,00.