31 resultados encontrados para . (0.007 segundos)

212431 FCC (2013) - MPE-AM - Agente Técnico - Economia / Não classificada

Com respeito à mensuração do Produto Interno Bruto (PIB) de um país, é correto afirmar:

  • a)
    O consumo de bens e serviços efetuado pelo governo não influencia o cômputo do PIB.
  • b)
    O aumento de estoques da economia é um redutor do PIB, pois reduz o montante da formação bruta de capital fixo.
  • c)
    Em uma economia aberta, os conceitos de PIB (Produto Interno Bruto) e PNB (Produto Nacional Bruto) sempre são equivalentes.
  • d)
    O PIB é o melhor instrumento para mensurar o dinamismo intersetorial da economia, já que computa o valor nominal de todas as transações intermediárias.
  • e)
    O PIB de um país será tanto maior quanto maior for o saldo de sua balança comercial e da balança de serviços não fatores de produção.

212432 FCC (2013) - MPE-AM - Agente Técnico - Economia / Matemática Financeira

Um investidor pretende obter R$ 144.000,00 ao final de dois anos, recursos esses que serão utilizados para dar a entrada na

aquisição de um imóvel. Para poupar seus recursos dispõe de duas alternativas, sendo ambas com prazo de vencimento de

24 meses, a saber:

1.Aplicação com taxa de juros de 20% a.a. e regime de capitalização composta com periodicidade anual.

2.Aplicação com taxa de juros de 2,5% a.m. e regime de capitalização simples com periodicidade mensal.

O valor de capital que ele precisa aplicar em cada uma das alternativas para que obtenha o resultado esperado é,

respectivamente,

  • a)

    R$ 100.000,00 e R$ 90.000,00

  • b)

    R$ 90.000,00 e R$ 100.000,00

  • c)

    R$ 102.857,14 e R$ 79.614,05

  • d)

    R$ 100.000,00 e R$ 79.614,05

  • e)

    R$ 102.857,14 e R$ 90.000,00

212433 FCC (2013) - MPE-AM - Agente Técnico - Economia / Não classificada

Um título de valor nominal R$ 1.430,00 vai ser descontado à taxa de 5% ao mês, 2 meses antes do seu vencimento. Considere: V1 o valor líquido que seria recebido se fosse utilizado o método do desconto simples racional. V2 o valor líquido que seria recebido se fosse utilizado o método do desconto simples comercial. V3 o valor líquido que seria recebido se fosse utilizado o método do desconto composto racional. Comparando-se V1, V2 e V3, verifica-se que é verdade que

  • a)
    V23
  • b)
    V21 = V3
  • c)
    V32
  • d)
    V1 + V3 = R$ 1.587,00
  • e)
    V1 − V2 = R$ 15,00

212434 FCC (2013) - MPE-AM - Agente Técnico - Economia / Não classificada

Uma pessoa tem R$ 20.000,00 e deseja aplicá-lo a juros compostos por 2 meses. Está em dúvida se deve aplicar todo o capital à taxa de 4% ao mês ou se deve aplicar metade à taxa de 3% ao mês e a outra metade à taxa de 5% ao mês. Se M1 e M2 são, respectivamente, os montantes que seriam obtidos pela primeira e pela segunda opção, é verdade que

  • a)
    M1 = M2
  • b)
    M1 − M2 = R$ 4,00
  • c)
    M2 − M1 = R$ 2,00
  • d)
    M1 > R$ 22.000,00
  • e)
    M2

212435 FCC (2013) - MPE-AM - Agente Técnico - Economia / Não classificada

Considere as afirmações: I.A média geométrica dos valores 27, 64 e 125 é 60. II.A moda de um conjunto de números é o maior valor desse conjunto. III.O coeficiente de correlação linear de Pearson entre as variáveis X e Y sempre assume o valor 1 se a relação entre X e Y for perfeitamente linear. IV. O índice de preços de Laspeyres é uma média geométrica dos relativos, sendo que a ponderação é feita utilizando-se os preços ou quantidades da época-base. É verdade o que se afirma APENAS em

  • a)
    I.
  • b)
    I e III.
  • c)
    I, III e IV.
  • d)
    II e III.
  • e)
    III e IV.

214633 FCC (2013) - MPE-AM - Agente Técnico - Economia / Direito Tributário

Em junho de 2013, ocorreram diversas manifestações populares no país, as quais tinham por objetivo reverter os aumentos de

tarifa do transporte coletivo urbano de passageiros. Com o fito de contribuir para esse fim, o Governo Federal editou a Medida

Provisória no

617, de 31/05/2013, a qual reduziu a zero as alíquotas da COFINS e do PIS-PASEP incidente sobre as receitas

auferidas com o transporte rodoviário, metroviário e ferroviário regular e coletivo de passageiros em área municipal ou de região

metropolitana formalmente constituída. Considerando a estrutura do sistema tributário brasileiro e a busca do mesmo objetivo de

redução das tarifas no transporte coletivo municipal e em região metropolitana, é correto afirmar:

  • a)
    A União pode reduzir a alíquota do ICMS incidente sobre o transporte de passageiros, qualquer que seja o seu modal.
  • b)
    Os estados podem isentar as empresas concessionárias dos serviços de transporte rodoviário, metroviário e ferroviário do Imposto sobre a Renda.
  • c)
    Os municípios podem determinar isenção do ICMS na aquisição de ônibus e trens por parte das concessionárias de serviços de transporte.
  • d)
    Os municípios integrantes de regiões metropolitanas podem definir, em ato conjunto, a redução a zero da alíquota da contribuição previdenciária patronal para empresas do setor de transporte.
  • e)
    Os estados podem reduzir a alíquota do ICMS incidente sobre os serviços de transporte em regiões metropolitanas e os municípios podem reduzir a alíquota do ISS incidente sobre os serviços de transporte municipal.

224796 FCC (2013) - MPE-AM - Agente Técnico - Economia / Português

Mostrar/Esconder texto associado

Identifica-se noção de causa no segmento grifado em:

  • a)

    ... por ser tão eficiente na economia, a lógica econômica stá invadindo todos os outros domínios da vida em sociedade.

  • b)

    ... sem que tenhamos decidido que é para ser assim, nos faz mudar de uma economia de mercado para uma sociedade de mercado.

  • c)

    Felizmente ainda não, mas estamos a caminho.

  • d)
    ... em que os valores sociais, a vida em família, a natureza, a educação, a saúde, até os direitos cívicos podem ser comprados e vendidos.
  • e)

    ... com todos os seus defeitos, o mercado ainda é a forma mais eficiente de organizar a produção...

224797 FCC (2013) - MPE-AM - Agente Técnico - Economia / Não classificada

Em relação a estratégias competitivas e jogos, é correto afirmar:

  • a)
    Os modelos de Duopólio desenvolvidos pela Teoria Econômica não fazem uso do conceito de Equilíbrio de Nash.
  • b)
    Para todo e qualquer jogo sempre há apenas uma estratégia compatível com o Equilíbrio de Nash.
  • c)
    Quando cada agente consegue definir sua estratégia ótima, independentemente da adotada por seus concorrentes, há um Equilíbrio de Estratégias Dominantes.
  • d)
    Todo Equilíbrio de Nash corresponde a um Equilíbrio de Estratégias Dominantes, pois nenhum agente tem incentivo a alterar seu comportamento.
  • e)
    O Dilema dos Prisioneiros é um caso clássico em que todos os agentes possuem uma estratégia dominante e por isso o equilíbrio é alcançado.

224798 FCC (2013) - MPE-AM - Agente Técnico - Economia / Não classificada

Em 12/02/2012, Edmundo Montalvão e Marcos Mendes publicaram no site Brasil, economia e governo (http://www.brasileconomia-governo.org.br/2012/02/12/o-que-e-subsidio-cruzado-e-como-ele-afeta-a-sua-conta-de-luz/) o artigo O que é “subsídio cruzado” e como ele afeta a sua conta de luz? (consultado em 16/06/2013), no qual afirmam que a conta de luz dos brasileiros contém um subsídio cruzado. Esse subsídio se manifesta porque

  • a)
    uma classe de consumidores paga preços mais elevados para subsidiar consumidores de baixa renda ou beneficiários do Programa Luz Para Todos.
  • b)
    todos os consumidores se beneficiam da redução de tarifas decorrente da transferência de recursos do Tesouro para as empresas geradoras e distribuidoras de energia elétrica.
  • c)
    as empresas distribuidoras de energia elétrica repassam integralmente à tarifa do serviço de cada consumidor toda a redução de custos que obtêm por meio de empréstimos subsidiados.
  • d)
    o governo destina uma verba fixa por mês a cada beneficiário do Bolsa Família, a qual tem de ser utilizada necessariamente no pagamento da conta de energia elétrica.
  • e)
    as empresas geradoras e distribuidoras de energia elétrica têm seu lucro reduzido, já que têm de arcar com o ônus de levar a tarifa de energia elétrica a valores inferiores ao custo de produção.

224799 FCC (2013) - MPE-AM - Agente Técnico - Economia / Não classificada

Quando um país com perfeita mobilidade de capitais adota a política de taxas de câmbio fixo,

  • a)
    uma valorização cambial não produz qualquer efeito sobre o produto.
  • b)
    uma desvalorização cambial tende a piorar o resultado da balança comercial do país.
  • c)
    a política fiscal expansionista é eficaz para elevar o nível de renda do país.
  • d)
    a política monetária contracionista é eficaz para conter o desemprego da economia.
  • e)
    a desvalorização cambial e desoneração tributária, se utilizadas em conjunto, não terão eficácia no combate ao desemprego.