50 resultados encontrados para . (0.007 segundos)

208148 FCC (2013) - DPE-RS - Analista - Psiquiatria / Português

Mostrar/Esconder texto associado

Considerando-se o contexto, a expressão a gente banaliza o olhar (2°parágrafo) aciona um sentido oposto ao que sugere o segmento

  • a)
    Essa ideia de olhar (...) tem algo de deprimente.
  • b)
    Tem olhos atentos e limpos.
  • c)
    o que, de tão visto, ninguém vê.
  • d)
    Nossos olhos se gastam no dia a dia, opacos.
  • e)
    se instala no coração o monstro da indiferença.

208149 FCC (2013) - DPE-RS - Analista - Psiquiatria / Português

Mostrar/Esconder texto associado

O elemento sublinhado constitui uma falha de redação na frase:

  • a)
    O espírito de competição pelo qual se deixa empolgar acabará levando-o à loucura.
  • b)
    Trata-se de um artista de cujas qualidades ninguém deixa de acreditar.
  • c)
    Parecia-lhe preferível perder a competição com dignidade a ganhá-la com desonra.
  • d)
    Manuel Bandeira, cuja poesia logo me encantou, foi um lírico originalíssimo.
  • e)
    Durante a competição, a vitória da qual ele estava confiante escapou-lhe inteiramente das mãos.

208150 FCC (2013) - DPE-RS - Analista - Psiquiatria / Legislação Estadual

Mostrar/Esconder texto associado

A substituição legal do Defensor Público-Geral do Estado, em suas faltas, licenças, férias e impedimentos, compete ao

  • a)
    Corregedor-Geral.
  • b)
    membro mais antigo do Conselho Superior.
  • c)
    Defensor-Geral Adjunto.
  • d)
    Subdefensor Público-Geral.
  • e)
    Defensor Público de classe especial mais antigo em exercício.

208151 FCC (2013) - DPE-RS - Analista - Psiquiatria / Medicina

Em relação aos transtornos psicóticos, pode-se afirmar que

  • a)
    crises parciais complexas podem cursar com sintomas delirantes.
  • b)
    no esquizoafetivo, devem estar presentes sintomas de esquizofrenia e de transtornos do humor, independentemente da duração dos episódios.
  • c)
    no delirante, ao exame psíquico observam-se delírios e grande desintegração da personalidade.
  • d)
    o psicótico breve NÃO ocorre sem correlação com estressores acentuados.
  • e)
    o esquizofreniforme e a esquizofrenia diferem quanto a características clínicas, e não quanto à duração.

208152 FCC (2013) - DPE-RS - Analista - Psiquiatria / Medicina

Em relação ao transtorno de ansiedade generalizada,

  • a)
    enquanto os inibidores seletivos da recaptação de serotonina se mostraram eficazes no tratamento desta condição, os antidepressivos tricíclicos não se mostram efetivos.
  • b)
    os pacientes com este transtorno possuem alterações na arquitetura do sono semelhantes as dos pacientes com depressão.
  • c)
    é o transtorno que coexiste com mais frequência com outro transtorno mental.
  • d)
    o desenvolvimento do transtorno não está associado a acontecimentos negativos na vida.
  • e)
    a buspirona é uma medicação eficaz, principalmente, na redução dos sintomas somáticos.

208153 FCC (2013) - DPE-RS - Analista - Psiquiatria / Medicina

Assinale o conceito correto.

  • a)
    Narcolepsia implica sonolência diurna excessiva a manifestações anormais do estágio 1 do sono.
  • b)
    Parassonia é um fenômeno indesejável, que acontece de forma repentina durante o sono.
  • c)
    O sonambulismo é uma sequência de comportamentos complexos que se iniciam durante o sono REM.
  • d)
    Pesadelos são sonhos curtos, aterradores, dos quais os indivíduos acordam assustados.
  • e)
    A apneia obstrutiva do sono se refere à cessação do fluxo aéreo no nariz e na boca por, pelo menos, 30 segundos.

208154 FCC (2013) - DPE-RS - Analista - Psiquiatria / Medicina

O transtorno de personalidade narcisista pode ser dividido em dois tipos, o distraído e o hipervigilante. Com relação ao tipo hipervigilante é comum observar indivíduos que

  • a)
    não têm consciência das reações dos outros.
  • b)
    são arrogantes e agressivos.
  • c)
    são altamente sensíveis às reações dos outros.
  • d)
    necessitam ser o centro das atenções.
  • e)
    são absortos em si mesmos.

208155 FCC (2013) - DPE-RS - Analista - Psiquiatria / Medicina

Com relação aos norteadores das intervenções e práticas da reabilitação psicossocial (RPS), a

  • a)
    acessibilidade prevê que o paciente deve incluir várias intervenções no seu processo de reabilitação, sendo necessária a comunicação e interação de diferentes profissionais.
  • b)
    abrangência deve considerar a RPS como essencial ao cuidado em saúde mental, sendo que as estratégias devem estar disponíveis localmente.
  • c)
    equidade prevê o acesso das pessoas aos serviços de boa qualidade, sendo que nesse sentido deve-se buscar estratégias para corrigir disparidades geográ- ficas.
  • d)
    efetividade avalia a maneira que se coordenará as diferentes abordagens, trabalhando as necessidades sociais, psicológicas e médicas do usuário.
  • e)
    coordenação e a continuidade devem respeitar a autonomia das pessoas com transtornos mentais, trabalhando a autonomia e encorajamento na tomada de decisões.

208156 FCC (2013) - DPE-RS - Analista - Psiquiatria / Medicina

Os antidepressivos tricíclicos são considerados padrão ouro no tratamento da depressão maior e também em transtornos de ansiedade e do transtorno obsessivocompulsivo. O perfil de efeitos adversos é que, por vezes, limita seu uso, abrindo espaço para novos antidepressivos. Esses efeitos adversos, normalmente, não estão diretamente relacionados ao sítio principal de ação terapêutica. Os efeitos adversos, boca seca e turvação visual, estão relacionados à ação em receptores

  • a)
    histamínicos H1.
  • b)
    alfa 1 adrenérgicos.
  • c)
    colinérgico-muscarínicos.
  • d)
    dopaminérgicos D2 e D3.
  • e)
    noradrenérgicos.

214479 FCC (2013) - DPE-RS - Analista - Psiquiatria / Português

Mostrar/Esconder texto associado

Está plenamente adequada a pontuação do seguinte período:

  • a)
    Crianças e poetas, acredita o autor, são capazes de olhar o mundo de modo atento e criativo, como se o olhassem pela primeira vez, revelando nele, por isso, faces que, para a maioria de nós, permanecem ocultas.
  • b)
    Crianças e poetas acredita o autor, são capazes de olhar, o mundo, de modo atento e criativo como se o olhassem pela primeira vez, revelando nele por isso faces que para a maioria de nós permanecem ocultas.
  • c)
    Crianças e poetas - acredita o autor, são capazes de olhar o mundo de modo atento, e criativo, como se o olhassem pela primeira vez revelando nele, por isso, faces que para a maioria de nós permanecem ocultas.
  • d)
    Crianças e poetas, acredita o autor: são capazes de olhar o mundo de modo atento e criativo, como se o olhassem, pela primeira vez revelando nele, por isso, faces que para a maioria de nós, permanecem ocultas.
  • e)
    Crianças e poetas, acredita o autor, são capazes de olhar o mundo, de modo atento e criativo, como se o olhassem pela primeira vez, revelando nele por isso faces que, para a maioria de nós permanecem ocultas.