50 resultados encontrados para . (0.009 segundos)

208163 FCC (2013) - DPE-RS - Analista - Economia / Português

Mostrar/Esconder texto associado

Considerando-se o contexto, a expressão a gente banaliza o olhar (2°parágrafo) aciona um sentido oposto ao que sugere o segmento

  • a)
    Essa ideia de olhar (...) tem algo de deprimente.
  • b)
    Tem olhos atentos e limpos.
  • c)
    o que, de tão visto, ninguém vê.
  • d)
    Nossos olhos se gastam no dia a dia, opacos.
  • e)
    se instala no coração o monstro da indiferença.

208164 FCC (2013) - DPE-RS - Analista - Economia / Português

Mostrar/Esconder texto associado

O elemento sublinhado constitui uma falha de redação na frase:

  • a)
    O espírito de competição pelo qual se deixa empolgar acabará levando-o à loucura.
  • b)
    Trata-se de um artista de cujas qualidades ninguém deixa de acreditar.
  • c)
    Parecia-lhe preferível perder a competição com dignidade a ganhá-la com desonra.
  • d)
    Manuel Bandeira, cuja poesia logo me encantou, foi um lírico originalíssimo.
  • e)
    Durante a competição, a vitória da qual ele estava confiante escapou-lhe inteiramente das mãos.

208165 FCC (2013) - DPE-RS - Analista - Economia / Legislação Estadual

Mostrar/Esconder texto associado

A substituição legal do Defensor Público-Geral do Estado, em suas faltas, licenças, férias e impedimentos, compete ao

  • a)
    Corregedor-Geral.
  • b)
    membro mais antigo do Conselho Superior.
  • c)
    Defensor-Geral Adjunto.
  • d)
    Subdefensor Público-Geral.
  • e)
    Defensor Público de classe especial mais antigo em exercício.

208166 FCC (2013) - DPE-RS - Analista - Economia / Economia

No modelo IS-LM para uma economia fechada, a eficiência da política monetária para aumentar o nível de renda, quando o desemprego está acima de sua taxa natural, é função

  • a)
    direta da magnitude da propensão marginal a poupar.
  • b)
    inversa do valor do multiplicador dos meios de pagamento.
  • c)
    direta da elasticidade do investimento em relação à taxa de juros.
  • d)
    inversa da elasticidade da demanda de moeda em relação à taxa de juros.
  • e)
    inversa do valor do multiplicador keynesiano.

208167 FCC (2013) - DPE-RS - Analista - Economia / Economia

Uma pessoa fez um empréstimo bancário no valor de R$ 570.000,00 para aquisição de um imóvel junto a uma instituição financeira. O referido empréstimo será quitado em 10 anos pelo Sistema de Amortização Constante (SAC), a uma taxa de juros de 12% ao ano, com capitalização mensal, sendo a primeira prestação a ser paga no último dia do mês seguinte ao da liberação do numerário pelo banco. Abstraindo-se a atualização monetária, seu saldo devedor depois de 50 meses de pagamento correto das prestações é

  • a)
    R$ 337.250,00.
  • b)
    R$ 332.500,00.
  • c)
    R$ 327.750,00.
  • d)
    R$ 284.750,00.
  • e)
    impossível de ser determinado com as informações fornecidas.

208168 FCC (2013) - DPE-RS - Analista - Economia / Economia

A Companhia Gama apresenta os seguintes dados: Valor de mercado do Capital de Terceiros: R$ 200.000,00

Valor de mercado do Capital Próprio: R$ 300.000,00

Taxa de juros paga pelo uso de capital de terceiros: 20% ao ano.

Taxa de juros livre de risco: 8% ao ano.

Prêmio por risco: 2% ao ano.

Beta da empresa: 4

Utilizando-se o modelo CAPM para calcular o custo do capital próprio e supondo-se que a alíquota marginal dos tributos sobre o lucro da companhia é de 34%, o custo médio ponderado do capital (ao ano), em %, é igual a

  • a)
    17,60.
  • b)
    16,00.
  • c)
    13,28.
  • d)
    15,25.
  • e)
    14,88.

208169 FCC (2013) - DPE-RS - Analista - Economia / Economia

A curva de demanda

  • a)
    individual possui inclinação descendente, enquanto a curva de demanda de mercado dela derivada sempre apresenta inclinação ascendente. (B) de mercado de um dado bem resulta da agregação, para cada preço, das demandas dos consumidores individuais.
  • b)
    individual está relacionada ao desejo dos consumidores em adquirir determinado bem, ao passo que a demanda de mercado refere-se à concretização da compra, o que se denomina demanda efetiva.
  • c)
    de mercado é resultado da soma vertical das diversas curvas de demanda individual.
  • d)
    de mercado de um dado bem tem sua constituição influenciada pelo preço dos chamados bens concorrentes, mas não afeta a inclinação da curva de demanda individual dela derivada.

208170 FCC (2013) - DPE-RS - Analista - Economia / Economia

Um dos grandes desafios da estrutura institucional das agências reguladoras é equalizar os interesses dos sujeitos envolvidos na relação regulatória. Com esse intuito, os órgãos reguladores precisam estar protegidos por salvaguardas institucionais que lhes assegurem autonomia para agir em prol do bem comum em detrimento de qualquer outro interesse. Quando ocorre um desequilíbrio no exercício da autonomia pelos entes reguladores, implicando na prevalência dos interesses de um dos polos em detrimento do interesse coletivo, surge o

  • a)
    risco da captura.
  • b)
    risco da outorga onerosa.
  • c)
    problema do principal-agente.
  • d)
    processo de screening (filtragem).
  • e)
    problema da assimetria de informação.

208171 FCC (2013) - DPE-RS - Analista - Economia / Economia

Na esfera da regulação são exemplos de falhas regulató- rias: a “seleção adversa” e o “risco moral”, onde I. ambos podem ser considerados efeitos do problema da assimetria de informações entre os agentes em um processo transacional.

II. um cliente que não fornece todas as informações acerca de sua saúde, ou seja, não informa seu risco futuro para que a operadora calcule adequadamente o prêmio do plano de saúde, incorre em caso de seleção adversa.

III. em uma transação, o risco moral ocorre quando a parte ofertante tem maiores informações sobre os bens e serviços ofertados que a parte contratante.

IV. em uma transação, como o estabelecimento de um contrato entre partes, a seleção adversa se caracteriza como um problema ex ante (pré-evento), enquanto o risco moral é considerado um problema ex post (pós-evento).

Está correto o que consta em

  • a)
    I, II e III, apenas.
  • b)
    II, III e IV, apenas.
  • c)
    I, II e IV, apenas.
  • d)
    I, III e IV, apenas.
  • e)
    I, II, III e IV.

214493 FCC (2013) - DPE-RS - Analista - Economia / Português

Mostrar/Esconder texto associado

Está plenamente adequada a pontuação do seguinte período:

  • a)
    Crianças e poetas, acredita o autor, são capazes de olhar o mundo de modo atento e criativo, como se o olhassem pela primeira vez, revelando nele, por isso, faces que, para a maioria de nós, permanecem ocultas.
  • b)
    Crianças e poetas acredita o autor, são capazes de olhar, o mundo, de modo atento e criativo como se o olhassem pela primeira vez, revelando nele por isso faces que para a maioria de nós permanecem ocultas.
  • c)
    Crianças e poetas - acredita o autor, são capazes de olhar o mundo de modo atento, e criativo, como se o olhassem pela primeira vez revelando nele, por isso, faces que para a maioria de nós permanecem ocultas.
  • d)
    Crianças e poetas, acredita o autor: são capazes de olhar o mundo de modo atento e criativo, como se o olhassem, pela primeira vez revelando nele, por isso, faces que para a maioria de nós, permanecem ocultas.
  • e)
    Crianças e poetas, acredita o autor, são capazes de olhar o mundo, de modo atento e criativo, como se o olhassem pela primeira vez, revelando nele por isso faces que, para a maioria de nós permanecem ocultas.