54 resultados encontrados para . (0.010 segundos)

206997 FCC (2013) - Caixa - Médico do Trabalho / Português

Mostrar/Esconder texto associado

O autor refere-se no texto a três línguas, cuja variação se deve, sobretudo,

  • a)
    à classe social do falante, já que esta é marcada pela maior ou menor facilidade de acesso do indi víduo aos bens culturais.
  • b)
    à disposição de espírito e ao humor de cada um de nós, que variam de modo aleatório ao longo das diferentes etapas de nossa vida.
  • c)
    aos mecanismos linguísticos próprios da linguagem verbal, que nada têm a ver com as intenções ou necessidades circunstanciais do usuário.
  • d)
    à diversidade das situações de linguagem, que o autor vê marcadas na sucessão dos diferentes pe ríodos do dia.
  • e)
    ao maior ou menor índice de formalidade com que as pessoas as empregam, cumprindo ou descumprindo as normas gramaticais.

207014 FCC (2013) - Caixa - Médico do Trabalho / Medicina do Trabalho

Um homem de 66 anos, em uso de enalapril e metformina,

apresentou durante o trabalho adormecimento e fraqueza

do lado esquerdo do corpo. É examinado e constata–se

hemiparesia esquerda. É encaminhado a um hospital onde

chega já sem déficit motor, mas constata–se a presença

de fibrilação atrial, que é revertida a ritmo sinusal. A conduta

ambulatorial mais adequada, dentre as abaixo, é

  • a)

    ácido acetilsalicílico e clopidogrel.

  • b)

    clopidogrel.

  • c)

    varfarina.

  • d)

    varfarina e ácido acetilsalicílico.

  • e)

    ácido acetilsalicílico.

207015 FCC (2013) - Caixa - Médico do Trabalho / Medicina

O filho de 5 anos de uma mulher na 8a semana de gestação

é atendido em um hospital com o diagnóstico de

meningite meningocócica. A profilaxia da mãe deve ser

feita, preferencialmente, com

  • a)

    ciprofloxacina.

  • b)

    ampicilina.

  • c)

    penicilina benzatina.

  • d)

    rifampicina.

  • e)

    ceftriaxona.

207016 FCC (2013) - Caixa - Médico do Trabalho / Medicina do Trabalho

No campo da Saúde do Trabalhador, a epidemiologia tem exercido um papel fundamental na identificação e no controle dos

fatores de risco. Ela oferece, por meio de medidas, as bases para a estimativa de diagnósticos populacionais e a identificação de

necessidades de intervenção ou ações coletivas. Dentre as medidas utilizadas, inclui–se a

  • a)

    mediana, que é uma medida de tendência central, o seu valor divide a distribuição da frequência em duas partes, em que 50% da frequência está abaixo do valor mediano e 50% acima.

  • b)

    mediana, que é uma medida de tendência central, o seu valor sofre influência de valor aberrante, ou seja, se em uma distribuição houver um valor de variável discrepante das demais, ela será atraída para este valor.

  • c)

    média aritmética, que é uma das medidas de tendência central mais utilizada no dia a dia, e um de seus principais usos é ser utilizada como medida central nas distribuições assimétricas.

  • d)

    taxa de incidência, que é o número de pessoas afetadas na população de trabalhadores em um determinado momento.

  • e)

    taxa de letalidade, que é a medida que relaciona o número de casos graves de uma doença e o número de pessoas que foram acometidas por esta doença.

207018 FCC (2013) - Caixa - Médico do Trabalho / Segurança e Saúde no Trabalho

Riscos Ergonômicos são fatores psicofisiológicos relacionados ao trabalho em que o ser humano fica exposto durante o

desenvolvimento de suas atividades. Em relação aos tipos de riscos ergonômicos, é correto afirmar:

  • a)

    O uso do computador, se estiver posicionado de forma a ocasionar perda de contraste e visibilidade ruim no monitor devídeo, pode ocasionar desconforto para a atividade de trabalho, sem repercussão à saúde do trabalhador.

  • b)

    A postura inadequada, fator de risco no setor financeiro, pode acarretar problemas osteomusculares nos trabalhadoresdeste setor. A medida a ser tomada seria a instituição estar provida de mobiliários ajustáveis, o que eliminaria este fator derisco.

  • c)

    A reestruturação produtiva dos bancos, desde a década de 80, ocasionou uma diminuição quantitativa do uso dos caixasde banco, decorrente da utilização de caixas eletrônicos e acesso à internet, havendo uma diminuição da demanda detrabalho para os trabalhadores na função de caixa.

  • d)

    Há uma diferenciação entre os riscos que acometem as diferentes funções em um setor financeiro. Para os caixas háproblemas posturais com a cabeça e braços/mãos, sem impacto de fatores psicossociais e organizacionais, enquanto osgerentes/chefes apresentam cargas dos tipos organização do trabalho e psicossociais.

  • e)

    Como fatores ergonômicos existentes no setor financeiro podem ser identificados: iluminação inadequada com pouca oumuita luz, ventilação inadequada, ruído desconfortável, presença de reflexos luminosos, fatores psicossociais envolvidos,como as relações interpessoais com as chefias e colegas e os estilos de liderança.

207050 FCC (2013) - Caixa - Médico do Trabalho / Segurança e Saúde no Trabalho

Em relação às Normas Regulamentadoras, assinale a alternativa correta.



  • a)

    A e G; B e H; C e I; D e J; E e F.

  • b)

    A e H; B e J; C e F; D e I; E e G.

  • c)

    A e H; B e I; C e J; D e F; E e G.

  • d)

    A e I; B e J; C e F; D e G; E e H.

  • e)

    A e J; B e F; C e G; D e H; E e I.

214473 FCC (2013) - Caixa - Médico do Trabalho / Português

Mostrar/Esconder texto associado

Está plenamente adequada a pontuação da seguinte frase:

  • a)
    Tão logo anoitece nossas palavras, ao contrário do que ocorre pela manhã passam a se desfazer de sua nitidez funcional, assumindo agora, o aspecto nebuloso de um discurso que uma vez pronunciado, envolve-se em sombras densas.
  • b)
    Tão logo anoitece, nossas palavras ao contrário do que ocorre pela manhã, passam a se desfazer, de sua nitidez funcional, assumindo, agora, o aspecto nebuloso, de um discurso que uma vez pronunciado envolve-se em sombras densas.
  • c)
    Tão logo anoitece, nossas palavras ao contrário do que ocorre pela manhã, passam a se desfazer de sua nitidez funcional, assumindo agora o aspecto nebuloso, de um discurso que uma vez pronunciado, envolve-se em sombras densas.
  • d)
    Tão logo anoitece, nossas palavras ao contrário do que ocorre pela manhã passam a se desfazer de sua nitidez funcional assumindo, agora o aspecto nebuloso de um discurso, que uma vez pronunciado envolve-se em sombras, densas.
  • e)
    Tão logo anoitece, nossas palavras, ao contrário do que ocorre pela manhã, passam a se desfazer de sua nitidez funcional, assumindo agora o aspecto nebuloso de um discurso que, uma vez pronunciado, envolve-se em sombras densas.

220552 FCC (2013) - Caixa - Médico do Trabalho / Não classificada

A poluição do ar é um tema muito discutido atualmente. Dentre as questões envolvidas e consequências tem–se:

  • a)
    O smog se forma em grandes cidades onde a poluição do ar é elevada e provocada, pela queima de combustíveis fósseis (gasolina e diesel) pelos veículos automotores. Sendo assim, este tipo de evento tem pouca interferência com a presença de indústrias.
  • b)
    O efeito estufa ocorre pelo fato de o dióxido de carbono (gás carbônico) e o monóxido de carbono ficarem concentrados em determinadas regiões da atmosfera, formando uma camada que bloqueia a dissipação do calor. Outros gases que contribuem para este processo são: gás metano, óxido nitroso e óxido de nitrogênio.
  • c)
    A poluição do ar também tem prejudicado os ecossistemas e o patrimônio histórico e cultural. Fruto desta poluição, a chuva ácida destrói áreas verdes, interfere no habitat dos animais e corrói com o tempo monumentos históricos. O principal ácido que contribui com esta reação é o ácido clorídrico produzido pela oxidação das impurezas clorídricas existentes na maior parte dos carvões e petróleos.
  • d)
    A poluição do ar ocasiona ao ser humano vários problemas não relacionados à sua saúde, mas interfere em todo o clima, como por exemplo, o fenômeno do efeito estufa que está aumentando a temperatura em nosso planeta. Os gases poluentes formam uma camada de poluição na atmosfera, bloqueando a dissipação do calor, concentrando–o na atmosfera e provocando mudanças climáticas.
  • e)
    A queima de combustíveis fósseis como, por exemplo, carvão mineral e derivados do petróleo (gasolina e diesel) tem lançado uma grande quantidade de monóxido de carbono e dióxido de carbono (gás carbônico) na atmosfera. A substituição destes combustíveis por outros menos poluentes é uma solução que envolve, principalmente, a cultura das pessoas em substituí–los, não afetando a economia.

220553 FCC (2013) - Caixa - Médico do Trabalho / Não classificada

Em nosso país temos os Ministérios do Trabalho e Emprego, Ministério da Previdência e Assistência Social e Ministério da Saúde, além de outros órgãos que atuam na área de segurança e saúde do trabalhador. Dentre suas competências e ações estão:

  • a)
    A Rede Nacional de Atenção Integral à Saúde do Trabalhador – RENAST é uma das estratégias para a garantia da atenção integral à saúde dos trabalhadores. Ela tem, entre seus componentes, os Centros de Referência em Saúde do Trabalhador (CEREST), que, sendo vinculados aos governos estaduais, recebem recursos financeiros do Fundo Nacional da Saúde para promoverem ações em unidades descentralizadas regionais para melhorar as condições de trabalho e a qualidade de vida do trabalhador por meio da prevenção e vigilância.
  • b)
    Ao Setor de Fiscalização do Trabalho, do Ministério do Trabalho e Emprego, compete assegurar a execução das atividades de fiscalização do cumprimento da legislação trabalhista e prover recursos para que os sindicatos de trabalhadores prestem orientação ao público sobre matéria relativa à legislação trabalhista.
  • c)
    A Fundacentro é vinculada ao Ministério do Trabalho e Emprego. Seu objetivo é produzir e difundir conhecimento sobre Segurança e Saúde no Trabalho e Meio Ambiente, para fomentar, entre os parceiros sociais, a incorporação do tema na elaboração e gestão de políticas que visem ao desenvolvimento sustentável com crescimento econômico, promoção da equidade social e proteção do meio ambiente.
  • d)
    O Ministério da Previdência e Assistência Social administra atividades securitárias que garantem a renda do contribuinte e de sua família, em casos de doença, acidente, gravidez, prisão, morte e velhice, além de reconhecer o direito a benefícios como o de Prestação Continuada da Assistência Social – BPC–LOAS para idosos e pessoas com deficiência. Para receber qualquer tipo de benefício é necessário ter a qualidade de segurado; caso não haja esta condição, o benefício não será concedido.
  • e)
    A Portaria Interministerial no 152, de 13 de maio de 2008, ao instituir a Comissão Tripartite de Saúde e Segurança no Trabalho, com o objetivo de avaliar e propor medidas para implementação, no País, da Convenção no 187, da Organização Internacional do Trabalho – OIT, foi criada com a composição dos Ministérios do Trabalho e Emprego, da Saúde e da Previdência Social. Uma de suas atribuições será definir como participarão das discussões os representantes dos empregadores e dos empregados.

220554 FCC (2013) - Caixa - Médico do Trabalho / Não classificada

Assédio moral no trabalho é um

  • a)
    ato praticado sempre por grupos de indivíduos contra um indivíduo e, por isto, susceptível de constituir risco para as pessoas.
  • b)
    comportamento injustificado, que não está associado à vitimização e à humilhação de uma pessoa, mas que pode representar um risco para a saúde.
  • c)
    procedimento diferente do bullying praticado nas escolas e, por isto, sem risco para a saúde.
  • d)
    ato praticado somente por um indivíduo contra outro indivíduo e, por isto, insusceptível de constituir risco para a saúde das pessoas.
  • e)
    comportamento injustificado e continuado para com um trabalhador ou grupo de trabalhadores, susceptível de constituir um risco para a saúde.