50 resultados encontrados para . (0.009 segundos)

207004 FCC (2013) - Caixa - Engenheiro Civil / Direito Penal

Nos termos da Lei no 8.666/93, quando não acudirem interessados à licitação anterior e esta, justificadamente, não puder ser repetida sem prejuízo para a Administração,

  • a)
    é dispensável a licitação, mantidas, neste caso, to das as condições preestabelecidas.
  • b)
    deve haver, obrigatoriamente, contratação precedida de concurso, por ser a modalidade mais simples de licitação.
  • c)
    é inexigível a licitação, mantidas, neste caso, todas as condições preestabelecidas.
  • d)
    deve haver, obrigatoriamente, contratação precedida de convite, por ser a modalidade mais simples de li citação.
  • e)
    é inexigível a licitação, não sendo necessário, neste caso, a manutenção de todas as condições preestabelecidas.

207005 FCC (2013) - Caixa - Engenheiro Civil / Não classificada

Ao realizar uma análise de viabilidade de um empreendimento, cabe ao incorporador avaliar uma série de parâmetros que indicarão se o empreendimento é atrativo técnica e economicamente. Um destes parâmetros é o custo de oportunidade do capital, que consiste

  • a)
    na quantia para fazer face às despesas correntes, necessária para colocar ou manter em marcha o em preendimento.
  • b)
    na maior taxa de juros auferível no mercado em outras oportunidades de investimento, em termos do montante investido e prazo, a um dado nível de risco.
  • c)
    nas despesas relativas a vendas, administração, fi nanceiras e gerais na produção de bens ou serviços.
  • d)
    na taxa de desconto obtida por média ponderada dos custos de capital próprio e de terceiros.
  • e)
    na taxa adicional de juros em relação à taxa livre de risco, necessária para remunerar o risco do empreendimento.

207006 FCC (2013) - Caixa - Engenheiro Civil / Não classificada

O Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil − SINAPI é um sistema de pesquisa mensal que informa custos e índices da construção civil. Em 2002, o Congresso Nacional aprovou através da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) a adoção do SINAPI como referência para delimitação dos custos de execução de obras públicas. Nos custos de referência indicados na tabela está incluída a parcela referente

  • a)
    à mão de obra.
  • b)
    à administração.
  • c)
    ao projeto.
  • d)
    ao BDI.
  • e)
    ao licenciamento da obra.

207007 FCC (2013) - Caixa - Engenheiro Civil / Não classificada

O Projeto Básico caracteriza−se pelo conjunto de elementos necessários e suficientes, com nível de precisão adequado, para distinguir a obra ou serviço, ou o complexo de obras ou serviços, objeto da licitação, elaborado com base nas indicações dos estudos técnicos preliminares, que assegurem a viabilidade técnica e o adequado tratamento do impacto ambiental do empreendimento. O Projeto Básico deve possibilitar a avaliação do custo da obra e a definição dos métodos e do prazo de execução, entre outros elementos. NÃO fazem parte do Projeto Básico:

  • a)
    Subsídios para montagem do plano de licitação e gestão da obra, compreendendo a sua programação, a estratégia de suprimentos, as normas de fiscalização e outros dados necessários em cada caso.
  • b)
    Identificação dos tipos de serviços a executar e de materiais e equipamentos a incorporar à obra, bem como suas especificações, que assegurem os melhores resultados para o empreendimento, sem frustrar o caráter competitivo para a sua execução.
  • c)
    Informações que possibilitem o estudo e a dedução de métodos construtivos, instalações provisórias e condições organizacionais para a obra, sem frustrar o caráter competitivo para a sua execução.
  • d)
    Soluções técnicas suficientemente detalhadas necessárias à execução completa da obra, de acordo com as normas pertinentes da Associação Brasileira de Normas Técnicas − ABNT.
  • e)
    Orçamento detalhado do custo global da obra, fundamentado em quantitativos de serviços e fornecimentos propriamente avaliados.

207008 FCC (2013) - Caixa - Engenheiro Civil / Não classificada

A iluminação de ambientes de acesso comum, como escadarias de edifícios, corredores e halls de apartamentos, não precisa ser constante uma vez que a circulação de pessoas é reduzida em determinados horários. Sobre os dispositivos de iluminação, considere:

I. O interruptor de minuteria é um dispositivo de comando de iluminação que necessita da ação humana para ligar e desligar.

II. O tipo de dispositivo que possibilita programar, ligar e desligar automaticamente circuitos elétricos em tempos predeterminados é conhecido por interruptor horário.

III. O interruptor automático por presença capta, através de um sensor infravermelho, a radiação de calor de pessoas, animais etc.

IV. O tempo de iluminação após o acionamento humano pode ser previamente regulado utilizando−se um interruptor do tipo minuteria.

Está correto o que se afirma em

  • a)
    II e IV, apenas.
  • b)
    II, III e IV, apenas.
  • c)
    I, II e III, apenas.
  • d)
    I e III, apenas.
  • e)
    I, II, III e IV.

207009 FCC (2013) - Caixa - Engenheiro Civil / Não classificada

Na manutenção de edifícios, uma das patologias mais comuns é a fissura. Após a identificação da origem da fissuração, é necessário adotar técnicas para conter a sua propagação, principalmente com relação à atividade do defeito e à necessidade de se executar reforços estruturais, sendo que a solução depende ainda da profundidade da fissura. Durante vistoria em uma edificação, o engenheiro responsável identificou fissuras com abertura superior a 0,1 mm, para as quais especificou o preenchimento com resina epoxídica por meio da técnica de

  • a)
    polimerização.
  • b)
    selagem.
  • c)
    grampeamento.
  • d)
    injeção.
  • e)
    grouteamento.

207010 FCC (2013) - Caixa - Engenheiro Civil / Não classificada

Quando da execução de aterros compactados, deve−se levar em consideração a diversidade de equipamentos disponíveis e, principalmente, o tipo de solo a ser trabalhado. Assim, a cada tipo de solo deve corresponder um equipamento adequado e eficiente. Para a compactação de um solo argiloso, a especificação mais adequada de equipamento é o rolo

  • a)
    liso estático.
  • b)
    liso vibratório.
  • c)
    pé de carneiro estático.
  • d)
    de grade.
  • e)
    de placas.

207011 FCC (2013) - Caixa - Engenheiro Civil / Não classificada

A cartografia brasileira é baseada em referenciais planimétricos e altimétricos, que definem o SGB — Sistema Geodésico Brasileiro. Os referenciais servem para a obtenção de coordenadas que possibilitam a representação e localização em mapa de qualquer elemento da superfície. Todos os levantamentos topográficos realizados para subsídio de obras e projetos devem estar adequados a tais referenciais. Atualmente, o sistema de referência em uso no Brasil para o SGB é o

  • a)
    WGS−84, mas admite−se o uso do Córrego Alegre.
  • b)
    SIRGAS2000, mas admite−se o uso do Córrego Alegre.
  • c)
    SIRGAS2000, exclusivamente.
  • d)
    SAD 69, mas admite−se o uso do Córrego Alegre.
  • e)
    SIRGAS2000, mas admite−se o uso do SAD 69.

207012 FCC (2013) - Caixa - Engenheiro Civil / Não classificada

A organização do sistema de manutenção deve ser de acordo com a intervenção a ser realizada e levar em consideração as características das edificações, tais como tipo de uso; tamanho e complexidade funcional; número e dispersão topográfica e relações especiais de vizinhança e implicações de entorno. Pode−se citar, entre os tipos necessários, a manutenção

  • a)
    preventiva, que é a atuação efetuada em sistemas de proteção buscando detectar falhas ocultas ou não perceptíveis ao pessoal de operação e manutenção.
  • b)
    corretiva, que é a manutenção necessária em função de dano ou avarias que pode provocar a inutilização ou interdição do imóvel.
  • c)
    emergencial, que é a forma mais óbvia e primária de manutenção, pode sintetizar−se pelo ciclo “quebra repara”, ou seja, o reparo dos bens após a avaria.
  • d)
    detectiva, que consiste em um trabalho de prevenção de defeitos que possam originar a parada ou um baixo rendimento dos equipamentos em operação.
  • e)
    preditiva, que é a atuação realizada com base em modificação de parâmetro de condição ou desempenho, cujo o acompanhamento obedece a uma sistemática.

207013 FCC (2013) - Caixa - Engenheiro Civil / Não classificada

Na gestão de projetos existe uma característica forte de interação. Uma ação, ou a falta de ação em determinada área, geralmente afeta também outras áreas e essas interações exigem, frequentemente, balanceamento entre os objetivos do projeto. Em cada etapa do ciclo de vida do projeto ocorrem processos que podem abranger diferentes áreas de conhecimento. A gerência de qualidade inclui as atividades

  • a)
    requeridas para assegurar que os diversos elementos do projeto estejam adequadamente coordenados.
  • b)
    requeridas para assegurar que o projeto inclua todo o trabalho necessário para completar de forma bem sucedida o projeto.
  • c)
    necessárias para assegurar que o projeto seja implementado no prazo previsto.
  • d)
    necessárias à obtenção de bens e serviços externos à organização.
  • e)
    requeridas para garantir que o projeto ofereça os produtos previstos em conformidade com o solicitado pelo cliente ou patrocinador.