29 resultados encontrados para . (0.011 segundos)

01688 FCC (2012) - TJ-RJ - Analista Judiciário - Psicologia / Psicologia

Jean Bergeret, autor importante no estudo das drogadições, menciona que há uma extraordinária densidade estabelecida nas relações parentais do dependente de drogas. Chama a atenção para a incidência de episódios psiquiátricos nos pais dos drogadictos. Dentre eles identifica:
  • a)
    estados delirantes, sintomas esquizofrênicos e distúrbios na sensopercepção.
  • b)
    estados depressivos, alcoolismos e dependência de outras drogas, superconsumo de psicotrópicos, condutas de automedicação.
  • c)
    psicopatia, condutas de instabilidade afetiva e síndrome do pânico.
  • d)
    anorexia, bulimia ou transtornos alimentares em geral.
  • e)
    apatia, transtornos bipolares e/ou de ansiedade generalizada.

01689 FCC (2012) - TJ-RJ - Analista Judiciário - Psicologia / Psicologia

Em se tratando da avaliação psicológica realizada no contexto forense é possível dizer que as entrevistas
  • a)
    são idênticas àquelas realizadas no modelo clínico já que os objetivos e a metodologia são iguais.
  • b)
    não devem pressupor situações ligadas à dissimulação e simulação do entrevistado.
  • c)
    desconsideram informações e fatos ocorridos no passado focando apenas o momento presente da situação.
  • d)
    não devem se prestar a confirmar a validade dos achados e dos próprios métodos utilizados.
  • e)
    devem extrapolar o objetivo da investigação do mundo interno do avaliando, para valorizar, também, aspectos de sua realidade objetiva.

01690 FCC (2012) - TJ-RJ - Analista Judiciário - Psicologia / Psicologia

A entrevista investigativa possui sua fundamentação teórica baseada em pesquisas empíricas da área
  • a)
    da Psicologia Junguiana.
  • b)
    da Psicologia Cognitiva.
  • c)
    da Bioética.
  • d)
    do Psicodrama.
  • e)
    do Transculturalismo.

01691 FCC (2012) - TJ-RJ - Analista Judiciário - Psicologia / Psicologia

A atuação do psicólogo no âmbito do sistema prisional está regulamentada pela Resolução n^o 012/2011 do Conselho Federal de Psicologia. No tocante à determinação para a elaboração de exame criminológico ou outros documentos escritos com a finalidade de instruir processo de execução penal, caberá ao psicólogo
  • a)
    elaborar laudo pericial fundamentando a aferição da periculosidade do indivíduo.
  • b)
    realizar a perícia nos casos em que atua como profissional de referência para o acompanhamento da pessoa em cumprimento da pena.
  • c)
    a realização de perícia psicológica acompanhada de prognóstico criminológico de reincidência.
  • d)
    somente realizar perícia psicológica a partir dos quesitos elaborados pelo demandante e dentro dos parâmetros técnico- científicos e éticos da profissão.
  • e)
    somente realizar exames de avaliação familiar no âmbito psicossocial do apenado.

01692 FCC (2012) - TJ-RJ - Analista Judiciário - Psicologia / Psicologia

Uma conceituação teórica mais recente da relação entre Psicologia e Direito é chamada de Jurisprudência Terapêutica conforme ensina Matthew T. Huss na obra Psicologia Forense (2011). NÃO corresponde ao conceito de Jurisprudência Terapêutica:

  • a)
    os psicólogos forenses devem se ater às consequências da lei e do sistema legal quando dão assistência aos tribunais.
  • b)
    a lei importa além das leis de uma sala de audiência e pode ter um impacto profundo na prática da psicologia forense.
  • c)
    inclui não só o impacto da lei codificada ou da jurisprudência, mas também o processo legal menos formal que pode focar as ações dos juízes ou advogados.
  • d)
    a lei nunca tem um impacto fora da rotina da culpa ou inocência de um acusado ou a negligência de um acusado em uma causa civil.
  • e)
    possibilita melhorias na administração e aplicação da lei.

01693 FCC (2012) - TJ-RJ - Analista Judiciário - Psicologia / Psicologia

Sobre a Escuta de Crianças e Adolescentes envolvidos em situação de violência, o Conselho Federal de Psicologia, na Resolução de n^o 010/2010, menciona que o psicólogo deve obedecer os itens constantes do documento. Desses, é INCORRETO:
  • a)
    Deverá ter o papel de inquiridor.
  • b)
    Trabalhará em rede sempre que possível, realizando os encaminhamentos necessários à atenção integral, de acordo com a legislação.
  • c)
    Compartilhará somente informações relevantes para qualificar o serviço prestado com outros profissionais.
  • d)
    Contribuirá para a não revitimização.
  • e)
    Respeitará o desejo de livre manifestação do atendido.

01694 FCC (2012) - TJ-RJ - Analista Judiciário - Psicologia / Psicologia

A internação compulsória de pessoas portadoras de transtornos mentais é determinada
  • a)
    pelo delegado de polícia que o encaminhará a um hospital geral juntamente com um familiar.
  • b)
    exclusivamente por solicitação da família do doente.
  • c)
    apenas com o consentimento da família e do Conselho Federal de Psicologia.
  • d)
    pelo promotor de justiça que lavrará laudo técnico após o encaminhamento do doente para estabelecimento próprio.
  • e)
    pelo juiz competente que levará em conta a segurança do estabelecimento quanto à salvaguarda do paciente, dos demais internados e funcionários.

01695 FCC (2012) - TJ-RJ - Analista Judiciário - Psicologia / Psicologia

No Estatuto do Idoso, há um capítulo denominado “Do Direito À Saúde” que prevê que as instituições de saúde devem atender aos critérios mínimos para o atendimento às necessidades básicas do idoso, promovendo
  • a)
    o afastamento dos familiares já que a quebra de vínculos é um pressuposto para que o idoso se adapte ao novo lar.
  • b)
    o fechamento dos locais que não tiverem advogados plantonistas para atender e orientar o idoso.
  • c)
    a alfabetização daqueles que ainda não passaram pela escolarização mínima.
  • d)
    a capacitação e a orientação dos profissionais bem como a orientação a cuidadores familiares e grupos de autoajuda.
  • e)
    a captação de auxílio-residência para que os idosos reassumam seus locais de moradia bem como o treinamento de empregadores.

01696 FCC (2012) - TJ-RJ - Analista Judiciário - Psicologia / Psicologia

O psicólogo, na produção de documentos decorrentes do atendimento de Crianças e Adolescentes em situação de violência, considerará a importância
  • a)
    do vínculo estabelecido com o atendido.
  • b)
    do que foi acordado com a instituição escolar.
  • c)
    da equipe de saúde.
  • d)
    dos Conselhos Tutelares.
  • e)
    do Conselho de Direitos e Defesa da Criança.

01697 FCC (2012) - TJ-RJ - Analista Judiciário - Psicologia / Psicologia

O Estatuto da Criança e do Adolescente, atualizado com a Lei n^o 12.010/2009 que se refere à Lei Nacional de Adoção, prevê que a adoção internacional de criança ou adolescente brasileiro ou domiciliado no Brasil somente terá lugar quando
  • a)
    os interessados na adoção gozarem de melhor poder aquisitivo do que a família de origem.
  • b)
    a família adotante apresentar documento habilitando-a pela legislação de seu país de origem com validade máxima de dois anos.
  • c)
    os interessados submeterem-se a estágio de convivência de, no mínimo, 120 dias no Brasil.
  • d)
    a família tiver convivido, em seu país de origem, previamente com o adolescente por, no mínimo, 1 mês.
  • e)
    o adolescente for consultado e preparado para essa ação, mediante parecer elaborado por equipe interprofissional.